domingo, 18 de junho de 2017

Consciência-bombeiro

Consciência-bombeiro
Agora que Mercedes-Benz virou sobremesa do povo, já surgem "puta-de-dos" (exercício: organize as sílabas) que dizem que nunca ouviram falar de tais carros. Dizem que nunca foram consultados, porque se tivessem sido, escolheriam uma bicicleta ou mesmo umas botas de borracha. Há quem diz até que nem sabia que tinha direito a viatura protocolar. Hoje dizem que o povo está em primeiro lugar. Já se lembram que há hospitais sem medicamentos.
Tudo balela!
Infelizmente, são esses "puta-de-dos" que dizem que nos representam. Cidadãos com consciência própria. Consciência-bombeiro. Cidadãos com ética. Ética por conveniência.
Eu preferia que esses facínoras não abrissem a boca. Não gosto de gente falsa! Detesto gente que finge que é gente! Gente hipócrita!
- Co'licença!
MDM defende debate parlamentar sobre "Caso Mercedes"
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Lusa  em 17 Junho 2017
Share/Save/Bookmark
O MDM, terceiro maior partido moçambicano, defendeu nesta sexta-feira que a Assembleia da República deve debater a polémica criada pela compra de viaturas Mercedes para a comissão permanente do órgão, assinalando que a "indignação popular é legítima".
"Nós temos que discutir [a questão dos Mercedes], é um debate e nós estamos abertos [ao debate]", afirmou, em conferência de imprensa, o chefe da bancada parlamentar do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), Lutero Simango.
Aquele responsável disse que o terceiro maior partido moçambicano vai submeter-se à decisão que for tomada pela AR. "[A que vier a ser tomada] é uma decisão do órgão e nós todos nos submetemos", ressaltou Lutero Simango.
A indignação popular em torno da compra das viaturas, prosseguiu, é legítima e mostra a necessidade da ética e moralidade nos órgãos de soberania.
Lutero Simango declarou que não sabia que seriam compradas viaturas Mercedes para os membros da Comissão Permanente da AR, assinalando que usa um carro da mesma marca para fins protocolares, que lhe foi entregue pelo parlamento em 2014, quando a actual legislatura tomou posse.
"Não houve nenhuma previsão sobre a possibilidade de substituir ou receber outra viatura proveniente da nova frota que tem criado desinteligências e indignação da opinião pública", acrescentou o chefe da bancada parlamentar do MDM.
A aquisição de viaturas Mercedes no valor de 74.500 euros cada para os 17 deputados da comissão permanente do parlamento foi denunciada na última semana pelo semanário Canal de Moçambique, em contraste com a crise e o aumento do custo de vida no país.
Ao Canal de Moçambique, a presidente da Assembleia, Verónica Macamo, referiu que o parlamento só fez a requisição e o secretário-geral, Armando Correia, acrescentou que o assunto diz respeito ao Ministério das Finanças.
Rogério Nkomo, Diretor de Comunicação do Ministério da Economia e Finanças, defendeu à televisão independente STV que os membros da comissão permanente têm direito a carros de protocolo do nível escolhido e minimizou o valor da aquisição quando comparado com o total do Orçamento do Estado.
Venâncio Mondlane, deputado do partido da oposição MDM, lançou uma petição nas redes sociais contra o que diz ser "um luxo insultuoso".
Em declarações à Lusa, o deputado defendeu na quarta-feira que a comissão permanente devia devolver os carros para o Estado tentar reaver o máximo possível da despesa e trocá-los por modelos mais adequados à realidade de Moçambique, onde a maioria da população viaja em furgões e em caixas de carga de carrinhas, sem condições de segurança.
Comentários
Egidio Banze
Egidio Banze Só querem enganar os distraídos!
 · Responder · 
1
 · 16/6 às 7:42
Júlio Mutisse
Júlio Mutisse E todos, afinal, receberam entre um milhão e dois milhões e meio para compra de carro próprio...
 · Responder · 
9
 · 16/6 às 7:42
Juma Aiuba
Juma Aiuba Foram 2.5 milhões na unha.
 · Responder · 
3
 · 16/6 às 7:47
Júlio Mutisse
Júlio Mutisse Porra pa. E vem cá, hoje, o Venâncio se indignar? Quantos Mozies fazem esse valor mesmo em cinco anos?
 · Responder · 
2
 · 16/6 às 8:02
Juma Aiuba
Juma Aiuba Fazer nos de parvos. Atrapalhar os menos atentos.
 · Responder · 
6
 · 16/6 às 8:31
Ismael C. Gocaldas
Ismael C. Gocaldas Pelo menos o VM tem as coisas no lugar.
Júlio Mutisse
Júlio Mutisse Não tem nada. É demagogo...
Quem tem os Tomates no lugar não esperava boleia deste caso, reclamava quando chefe dele recebeu e começou a usar Mercedes. Reclamava do excesso dele próprio ter recebido tão elevada soma em tempo de crise.
Não tem é vergonha na cara isso sim
Alda Vembany
Alda Vembany ish faltam adjectivos para descrever esses madafakenes
 · Responder · 
1
 · 16/6 às 7:46
Josue Mucauro
Josue Mucauro Só acho que a Assembleia da República pelo menos é transparente, consegue nos mostrar as máquinas e seus respectivos preços... É lógico que nesse empurra empurra, as finanças é que serão os vilões, os partidos vão acusar a AR.. AR vai acusar o ministério que tutela o taco
 · Responder · 
3
 · 16/6 às 7:49
Ricardino Jorge Ricardo
Ricardino Jorge Ricardo "Puta-de-dos" são eles iguais a àqueles de barcos...revoltante.
 · Responder · 
1
 · 16/6 às 8:00
Manuel Maleve
Manuel Maleve Mas antes da polemica dos Benzes nenhum representante veio ao publico repudiar, so depois do assunto cair na comunicação social é que se pronunciaram. Depois dizem que nao foram consultados e outros nao querem comentar.
Como que vao sentir oque o opovo sente uma vez alguns deles nao conhecem o povo que representam.
 · Responder · 
2
 · 16/6 às 8:06
Helder Shenga
Helder Shenga Quem são esses mesmo? Queremos saber.
 · Responder · 
1
 · 16/6 às 8:15
Edgar Cubaliwa
Edgar Cubaliwa E é incrível como a gente cai na ladainha dessa gente. 
Cada um nesse momento está fazendo o maior aproveitamento político que pode.
 · Responder · 
2
 · 16/6 às 8:19
Dinis Tivane
Dinis Tivane Não concordo consigo Juma. Aliás Vaz tambem foi na sua onda. Vejamos, no Brasil, o Puta-de-do Tiririca também denunciou este tipo de atitude malévola. Fê-lo, mas não deixou de receber e não deixará de continuar a receber até que o mandato terminar. Mas, denunciou. Até fez uma lista completa das benesses que os deputados têm. Disse o que ele ganha, mas disse que não concordava. O Brasil inteiro ficou chocado com a brutalidade que são as regalias sociais e financeiras dos deputados. Há um ditado que vi aqui nas redes sociais quem diz "O PRIMEIRO PASSO NÃO TE LEVA PARA ONDE QUERES CHEGAR, MAS AO MENOS TE TIRA DE ONDE ESTÁS"... Eu acho que "Gente Hipócrita", meu caro Juma, é aquela que está no silêncio. Os corajosos já deram o primeiro passo: MOSTRAR A MOÇAMBIQUE QUE LÁ DENTRO HÁ GENTE QUE VAI COLABORAR SE VIER A SER NECESSÁRIO...
Spirou Maltese
Spirou Maltese Um raciocínio complicado esse... Paula Martins o que tens a dizer ? Aquele teu posicionamento sobre ninguém podia negar o Mercedes não me sai da cabeça. Tens razão sobre a nossa maneira de ser. Ehheeh
 · Responder · 
3
 · 16/6 às 9:42
Dinis Tivane
Dinis Tivane Os nossos críticos estão a fazer muita confusão. Acenam que isto e aquilo está errado. Finalmente, começam a surgir sinais de efeito positivo dessas críticas e aí, o nossos críticos dizem: "É hipocrisia" ou "Mais vale ficarem calados"; ou ainda, como vem no título "Consciência Bombeiro". 
Ora, quem faz crítica e espera resultados deve ser capaz de saber que ROMA NÃO FEITA NUM DIA. E deve ser capaz de aceitar a realidade. Vejam que a FRELIMO tem maioria no Parlamento. A RENAMO é a segunda força e o MDM só tem lá um punhado de deputados. Como é que queriam que eles se insurgissem se não têm força parlamentar para tal? Acho que é preciso que os críticos comecem também a ter consciência da realidade. Aceitar os contextos. Conformar-se com as limitações vigentes. E olhar para um futuro muito distante. Moçambique vai mudar. Aliás, vai mudando. Transformar um País não é uma prova tipo sprint. É uma Maratona: vai-se devagar e precisa de muito estofo...
Alfredo Macuácua
Alfredo Macuácua Afinal de contas, alguém tinha que "romper com o statu", concordo consigo Dinis Tivane.
Juma Aiuba
Juma Aiuba São falsos moralistas. Todos esses gajos 2.5 milhões no princípio do mandato e não falaram nada.
Dinis Tivane
Dinis Tivane Há um grande desfasamento entre o que acontece e o que a gente lê sobre o que acontece. Há um facto inicial que foi o despoletar da compra de Mercedes Benz. O que é que lemos? Primeiro lemos que é verdade que a AR comprou carros de luxo. E que é um EXAGERO. E a seguir nos rebelamos publicamente. E disto ocorre o segundo facto, que é a manifestação de repúdio por parte de um ou alguns deputados. O que lemos deste segundo facto? Lemos que é um falso moralismo... eh eh eh... Já não lemos que o Posicionamento desse(s) deputado(s) é VERDADEIRO. Dizemos que não está a falar o que pensa. 

Para mim, assim não resolveremos os problemas. O facto de terem aceite os 2.5M não faz do seu posicionamento actual FALSO. Vou dar um exemplo hipotético. Como são desmanteladas as Gangs e Centrais de Máfia? Com infiltrados nessas organizações. A polícia usa alguém de dentro para poder actuar. Essa pessoa de dentro não deixa de ser tão criminosa quanto os que serão a seguir presos. É tão corrupto e criminoso, porém, É QUEM QUER QUE A CORRUPÇÃO, AS GANGS E A MÁFIA TERMINE.
Pelo pensamento do meu amigo Juma Aiuba, mafioso não denúncia esquema de máfia. Pois se o fizer ele dirá que se trata de FALSO MORALISTA. Eu não concordo. Apoio ideia da viragem sim... Viva a todos os deputados que ousaram a pronunciar-se...
Antolinho André
Antolinho André Aos deputados que ousaram falar extemporaneamente pois durante a discussão do Orçamento nao ousaram questioner as rubricas inscritas.l Isto revela que sao Deputados de ocasiao.
Francey Zeúte
Francey Zeúte Esta legislatura nao começou no mes passado. Todos os deputados sabem e bem o que esta planificado e, isso inclui os mercedes entre outras despesas. Nao faz sentido que nos venham hoje dizer que há os inocentes e os culpados nessa empreitada faustosa.
Dinis Tivane
Dinis Tivane Eish... vocês...
Ernesto Nhaule
Ernesto Nhaule E parece que ha um ping pong a volta dos mecedes: ouvi um a dizer que a AR é órgão soberano, sabe porque os comprou. Por sua vez, aguem da AR Já tinha dito que a compra destes carrões foi das. Finanças...tsc
Antolinho André
Antolinho André As Financas apenas cumprem o que vem inscrito e aprovado pelo orcamento. Existem rubricas claras
Helena Joana Hobjana
Helena Joana Hobjana Eu so queria que devolvessem o dinheiro que levaram das pessoas suposto "banco chinês" a não ser que tenha sido esse que foi incluso para compra das viaturas!!!
Andre Jorge Chifeche
Andre Jorge Chifeche Estamos fu..dos com essa gente.
António Madureira Poxes Jr.
António Madureira Poxes Jr. Samora Machel precisa-se...não quero discutir
Emilio Francisco Chauque
Emilio Francisco Chauque Crescidos que somos e esclarecidos como diz-se, ainda acreditamos que existem políticos honestos?

Se não acreditamos, porquê o espanto?


Quando soube do baixo-assinado que Mondlane está a levar a cabo, eu disse, num post por aí, que não sabia qual era a real intenção do homem, porém a acção era boa.

Não acho que Mondlane seja a cara da santidade, porém a denúncia (independentemente da intenção) que faz, é louvável. Penso que ajudar a fazer com que aqueles senhores tenham a vergonha que lhes falta, tal como Guebuza teve na altura daquelas absurdas regalias que tinham atribuído à figura do ex-presidente.
 · Responder · 
3
 · 16/6 às 9:26
Antolinho André
Antolinho André Mondlane é caricato nessa encenação de palhaço porque a compra destes carros foi com base no orcamento aprovado por esta casa. será que no dia que esteve em discussao eles nao estiveramk presents para questioner?????
Emilio Francisco Chauque
Emilio Francisco Chauque Que eu saiba, as viaturas são para a CP, e, pelo que me consta, Mondlane não faz parte da CP, portanto é bem provável que ele não soubesse. 

Ademais, sabemos que naquela casa funciona a ditadura de voto. A maioria decide.
Saguate Sussundenga Junior
Saguate Sussundenga Junior Esses fulanos sao uns amputados com a mente amputada juro...
Andre Mahanzule
Andre Mahanzule Kkkk hipócritas por hipócritas, kkk hipocrisia por hipocrisia eu queria ver só qqr de nós na posição de receber um mbenz e companhia limitada. Oooo aí eu quereria ver até onde (não) vai a (nossa) hipocrisia. Bem pelo menos não os apedrejemos à passagem pela rua né.
Juma Aiuba
Juma Aiuba Eu até ia querer receber um Mercedes-Benz, mas não iria fingir que não quero. O problema não é querer receber, mas fingir que não quer. O problema é a falsidade.
Andre Mahanzule
Andre Mahanzule Tem razão meu irmão.
Mondlane Calane Dzovo Kito
Mondlane Calane Dzovo Kito Ate os poupaste por chama-los de puta-de-dos. Eu juro que dava nome pior.
Homer Wolf
Homer Wolf Realmente, saiu pior a emenda que o soneto!...
Imtiaz Vala
Imtiaz Vala "puta-de-dos" (exercício: organize as sílabas) kkkkkk
Rachid Mahomed
Rachid Mahomed Política 
Política 
Política 

Política
Mussa Dramuce Mussa Dramuce
Mussa Dramuce Mussa Dramuce Como um gaju de Nanti vai nega mercedes
Rui Armando Matavele
Rui Armando Matavele Um Partido político atento e preocupado em se manter no poder, sobretudo nas autárquicas, sacrificava algumas cabeças como bodes expiatórios. Porque os benzes vão influenciar os resultados nas urnas. Há que se renconsiliar com voto urbano. É por isso que hoje temos os conscientes.
Magrelo Naico Sanu
Magrelo Naico Sanu KKK como vai mano.
Juma Aiuba
Juma Aiuba Assim assim graças a Allah.
Philippe Gagnaux
Philippe Gagnaux Não concordo, mais vale tarde do que nunca! Pena q os outros mesmo agora q se deram conta não pensam entregar os Mercedes. E note o niusi não tinha ainda feito o seu discurso sobre os carros pessoais.
 · Responder · 23 h

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.