terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Bernie Sanders anuncia candidatura à presidência dos EUA

Bernie Sanders anuncia candidatura à presidência dos EUA

O senador independente do estado do Vermont foi uma das sensações das eleições primárias do Partido Democrata em 2016.
Foto
Bernie Sanders representa uma ala mais progressista no Partido Democrata REUTERS/YURI GRIPAS
O senador norte-americano Bernie Sanders anunciou esta terça-feira que volta a ser candidato à nomeação pelo Partido Democrata às presidenciais de 2020, depois de ter perdido em 2016 para Hillary Clinton.
"Juntos, vocês, eu e a nossa campanha de 2016, começámos uma revolução política", disse Sanders, de 77 anos, ao anunciar a pré-campanha na rádio pública do Vermont. "Agora, chegou a hora de completar essa revolução e implementar a visão pela qual lutámos."
Sanders disputou a nomeação em 2016, tendo sido derrotado nas primárias do Partido Democrata por Hillary Clinton, que nas eleições presidenciais perdeu para o candidato do Partido Republicano,​ Donald Trump.
Foi reeleito senador do Vermont como independente e pertence ao sector mais progressista, que está em expansão no Partido Democrata – nas eleições legislativas do final do ano passado, o partido elegeu para o Congresso vários elementos desta ala.
Bernie Sanders preconiza uma revolução no sistema político e entre as suas propostas estão a subida do salário mínimo para 15 dólares por hora, propinas gratuitas e um sistema de saúde público que abranja todos os cidadãos.
O senador do Vermont junta-se a mais de 30 democratas que já anunciaram a sua candidatura ou a intenção de o fazer.
  1. Deveria ter sido o candidato democrata, no lugar da Clinton. Todas as sondagens o davam em muito melhor posição para derrotar Trump. Grande senhor, o Bernie Sanders. Velhas são as mensalidades.
  2. Devia era reformar-se. Nao vai ter sorte
  3. Fugo
      AMADORA 
    Este já não pode com um gato pelo rabo, vai agora meter-se nestas andanças.
  4. nthrwrld
      Santa Comba do Assobio 
    O Mundo precisa de mais candidatos independentes. Os partidos limitam o livre arbítrio e portanto a democracia. Que não lhe faltem as forças.
  5. Sum Legend
      Portugal 
    Já tem idade para ter juízo.
  6. Leitor Registado
      Ando por aí 
    o homem quer ir a votos aos 79 anos?
    1. Filipe Sousa
        Dublin - Música do dia: "Só à estalada" (Ruth Marlene) 
      Por princípio também sou contra, mas abro uma excepcao para o Bernie: nao é um vira-casacas, e aos 79 consegue ter uma cabeca mais desempoirada do que indivíduos com metade (ou menos) da sua idade.
  7. Vai ser canja para o Trump
    1. Filipe Sousa
        Dublin - Música do dia: "Só à estalada" (Ruth Marlene) 
      Vai ser canja como o muro.

Mussumbuluko Guebuza importou uma considerável quantidade de armas num processo em que também está envolvido o director-geral do SISE, Gregório Leão, o então ministro do Interior, Alberto Mondlane, e ex-ministro da Defesa, Filipe Jacinto Nyusi.


CAMARADA BUCHILI, ONDE ESTA O MUSSUMBULUCO GUEBUZA?
PGR TENHAM CORAGEM
Mussumbuluco Guebuza filho do Armando Guebuza , gêmeo da falecida Valentina Guebuza, é um dos principais autores das dívidas acultas.
Quando o pai estava no poder, ele participou de processos de procurement militar, posando com fornecedores de armas, de metralhadoras em riste. Com proteção paternal, sua empresa estava de vento em popa. A Msumbiji surgia sempre em notícias de novas venturas empresariais com marca de arrojo e génio empreendedores. Mas os contratos eram ganhos porque sua sombra paternal estava sempre presente onde a Msumbiji se oferecia para trabalhar.
Mussumbuluco apoderou-se de mais de 40 milhões de usd das dívidas ocultas e esbanjava dinheiro para fazer show off aos seus amigos que tratava como empregados.
É de lembrar que depois dos videos dele a experimentar armas foram expostos desconfiou dos seus amigos empregados e cortou as relações com todos.
PGR por favor, tenha coragem de fazer algo que pelo menos poderemos uma vez na vida lembrar de si por algo bom.
Lembre se que a mídia internacional está de olho no nosso País e qualquer erro será o fim para muitos e nunca será esquecido.
PGR prenda o Mussumbuluco!!!
Unay Cambuma
___________________
Extraido do jornal @verdade:
Através das suas duas empresas, a “Msumbiji Investiments” (usa a conta 44717836102 domiciliada no Standard Chartered Bank em Hong Kong) e a “Timabes AG” (registada no Liechtenstein onde é titular da conta 10.359180_0.100.USD no Valartis Bank), Mussumbuluko Guebuza importou uma considerável quantidade de armas num processo em que também está envolvido o director-geral do SISE, Gregório Leão, o então ministro do Interior, Alberto Mondlane, e ex-ministro da Defesa, Filipe Jacinto Nyusi.
Através de uma fonte directamente envolvida no negócio, a investigação do “Canal de Moçambique” e do jornal “@ Verdade” teve acesso a várias imagens de reuniões entre Mussumbuluko Guebuza e os fornecedores de armamento.
Uma das principais reuniões realizou-se em Maio 2014 nas instalações da “Israel Weapon Industries” (abreviadamente designada como IWI). Na referida reunião, Mussumbuluko Guebuza está acompanhado por um oficial superior do SISE, identificado pelo único nome de Agy, que foi indicado por Gregório Leão para acompanhar o filho do “Chefe” no processo. Após um breve teste do armamento, a IWI emitiu um certificado de qualificação em nome de Mussumbuluko Guebuza. Quem intermediou o contacto de Mussumbuluko e os israelitas é um cidadão da Bielorrússia identificado pelo nome de Alex que, de resto, participou em quase todo o processo.
Comentários
Escreve um comentário...