sábado, 24 de junho de 2017

Mãe canadiana acusada de racismo por exigir “um médico branco” para tratar o filho


321
2
Uma mãe canadiana criou confusão num posto médico quando começou a exigir que o seu filho fosse visto por um "médico branco" e sem "dentes amarelos".

"Ser branco neste país, eu devia dar um tiro em mim mesma", ouve-se a mulher dizer num tom sarcástico
Getty Images
A confusão gerou-se num posto médico canadiano em Missisauga, no passado domingo, quando uma mãe exigiu que o seu filho fosse visto por “um médico branco”.
Uma das pessoas que esperava atendimento no Rapid Access to Medical Specialists, filmou o momento em que a mulher se vira contra os restantes utentes e funcionários. No vídeo, publicado no YouTube, a mulher exige também que o médico “fale inglês” e que tenha nascido no Canadá. Outras pessoas na sala de espera protestaram o comportamento da mulher e chamaram-na de “racista”.
Os funcionários informaram a mulher de que não havia nenhum médico de serviço que cumprisse “os requisitos” e recomendaram que o filho fosse visto por um pediatra num hospital. A mulher recusou porque o hospital “está cheio de médicos paquistaneses”.
O momento foi registado neste vídeo, até que uma outra mulher intervém para dizer que a criança não precisa de tratamento e que o problema é outro: “o seu filho tem mais problemas em tê-la a si como mãe”.
A clínica recusa-se a prestar declarações sobre o sucedido mas um comunicado afixado na entrada explica que estão “orgulhosos da qualidade dos serviços prestados nesta clínica”.


 clinic where woman demands a white doctor has released this statement on the incident.
A clínica está orgulhosa da qualidade dos serviços médicos prestados nesta instituição. Ninguém na clínica tem comentários a fazer (….)”

Andreia de Oliveira
 Para mim era simples: quer um médico tem um médico, critérios e características temos pena mas num hospital não se escolhe. No privado pode ir às listas on line e escolher pela cara que mais gosta.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
6
 · 8 h
João Farinhote
João Farinhote Mas ela também paga para o público 😀
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 4 h
Andreia de Oliveira
Andreia de Oliveira É diferente e todos nós sabemos que é. O que descontados não paga nem 10% do que "usamos". Pelo menos em Portugal. No privado cobrimos as despesas. Pode sempre ir à outro hospital público. Não sei como é lá por isso não vou falar mais para não cair em erros.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 1 h · Editado
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Cá em Portugal prefiro ser atendido por um médico português, que 1 estrangeiro, e isso não faz de mim racista. Tenho noção que o ensino português tem 1 nível de exigência que na maioria dos países não tem.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
19
 · 18 h · Editado
Comentários Principais está selecionado e, por isso, algumas respostas podem ter sido filtradas.
Fabiana Ramos
Fabiana Ramos Visão mais que enviesada...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
4
 · 18 h
Fábio Queirós
Fábio Queirós O problema não é esse. O problema é que tinha de ser "branco", como se não houvesse afroamericanos que sejam canadianos de nascença... isso seria o mesmo que você embirrar por ser assistido por um médico negro cá em Portugal, ignorando que por causa dos PALOP, há muitos negros que nasceram aqui.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 18 h
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Eu percebi Fábio Queirós,
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 18 h
Paulo Geraldo
Paulo Geraldo Quanto tiveres a morrer, logo escolhes...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
6
 · 18 h
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Fabiana Ramos, enviesada porquê? Todos sabemos que a média exigida para medicina ronda os 19. Não é disparate nenhum ter preferência a médicos com 1 curriculum bem recheado
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
5
 · 18 h
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Paulo Geraldo, não escolhas e depois queixa te
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
5
 · 18 h
RS Pinto Läzare
RS Pinto Läzare No interior de portugal ha por la ditos medicos vindos da america latina que nem o portugues falam..... De vez enquando sao descobertos, mas a comunicacao nao bota ca para fora... E as administracoes calam se muito bem.... Como falsificam nao sei, , mas tal como os médicos portugueses, os nossos farmacêuticos são bem formados( pelo menos na minha zona) e tal como aconteceu com a minha sobrinha("- peco desculpa, sao para o bebe?- beh, sim foi o medico k disse!"-" -sao medicamentos para adultos") quando ainda era recém nascida, ser prescrita a tomar medicamentos para adultos... Um caso passa, 2,3...., os profissionais farmacêuticos acham muito anormal e comunicam.... Até que se encontram os "melro"
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 18 h · Editado
Carlos Cunha
Carlos Cunha Deves ser e um granda tonho...em portugal e onde se encontram o maior numero de casos de negligencia medica, erros de diagnostico e afins...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
3
 · 18 h
Jorge Mendes
Jorge Mendes e dos médicos portugueses disponíveis eu ainda acho que se devia pedir o diploma de curso e o CV para escolher o melhor deles... :-D
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
4
 · 18 h
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Carlos Cunha, quem é racista afinal? Dizer mal dos portugueses já fica bem? Ficou apresentado o "tonhó"
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
10
 · 18 h
Elisabete Afonso Lopes
Elisabete Afonso Lopes "...que nem o português falam..."..."de vez enquando..."!!! Sweet  Carlos Cunha, vamos comer sardinhas, mas é ;)
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 18 h
Carlos Cunha
Carlos Cunha Bora...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 17 h
Fatima Carvalho
Fatima Carvalho Tem muita gente aqui no Canadá que tem curso de medicina e anda a guiar táxis .porque para serem médicos aqui tenhem que voltar a estudar uma data de anos.Se não acontece em Portugal não sei nem vou falar de um assunto que não tenho conhecimento .
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 16 h
Emanuel Spencer
Emanuel Spencer Querem um médico decente ou um professor de português? Preferes um medico que te cure a tua doença pois tá claro. E no fim agradeces pelos serviços. O racismo, esse não tem cura pelos vistos. Que ignorância e ainda por cima ficam mal na fotografia. Abre os horizontes. Nem conhece o médico e já o julga pq é estrangeiro.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
6
 · 16 h · Editado
Mário Pimenta
Mário Pimenta É muito simples: cada um tem direito de ser atendido por quem quiser. 
Se as muçulmanas podem escolher a médica que querem porque não esta senhora poderá escolher também ?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
4
 · 16 h
Maurício Correia
Maurício Correia Mário Pimenta O meu aplauso.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 15 h
Fatima Carvalho
Fatima Carvalho Mário Pimenta so much b.s
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 14 h
Luis Santos
Luis Santos Mário Pimenta,so se for no médico particular, no público é um felizardo se arranjar um médico, qualquer médico,.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 13 h
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Não és racista mas és Nacionalista, com uma noção mesquinha e míope de que os Médicos Portugueses são mais competentes que os médicos não Portugueses.
Até desconfio que esse teu raciocínio se aplica a muito mais coisas, o que é Nacional é bom!
Acertei?!?!? Ganho queijinho?!?!?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 6 h
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Mário Pimenta Tens a direito a escolher o serviço privado que a tua bolsa te permitir. Dentro dos Serviços Públicos aceitas alegremente quem o Estado coloca ao teu dispor. Entendes ou precisas de aulas de Educação Cívica?!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 6 h
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Paulo Ferreira, és mais 1 retardado formatado pelos mídias. Eu penso por mim e não pelo que me dizem para pensar. Sou livre de querer o que quero para mim
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 6 h
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Paulo Ferreira, entretanto esse mesmo serviço público financia à função pública 1 serviço de saúde privada... E palhaços como você vem dar aqui uma de "Chico esperto"
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 6 h
Jose Luis Tavares
Jose Luis Tavares Deixem-me acrescentar lenha à fogueira. Há uns meses atrás, a Netflix, através da Teleperformace, colocou um anuncio em que procurava operadores de call-center que falassem Português do Brasil, porque os seus clientes Brasileiros não gostam de ser atendidos por operadores que falem Português de Portugal. Por sua vez, eu várias vezes desliguei o telefone, sem dizer nada. quando fui atendido por Brasileiros. Simplesmente porque não me sinto confortável com as expressões deles, como "oi" quando não entendem ou não ouvem, por exemplo.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5 h
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Carlos Pulido Almeida Filho dedica-te à Gina e deixa as conversas sérias para quem não tem palas e meio palmo de testa.
És apenas mais um bronco assustado com tudo e todos mas descansa que eu não te quero mal, só tenho pena de ti pois não há motivo par
a tal. 
Entendes ou são muitos raciocínios interligados para tu conseguires acompanhar? E já agora se aprenderes a escrever Português correctamente consegues defender melhor a tua causa. 
Eu pessoalmente não ligo à cor da pele mas detesto gente iletrada a tentar passar-se por esperta.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
3
 · 4 h
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Paulo Ferreira és tão atrasado que tens de ir ver o meu perfil. Espero que tenhas feito 1 bom proveito. Fica a saber que no teu não tenho interesse nenhum visto que não passas de mais 1 idiota útil ao serviço de quem te f**e.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 4 h
Sara C. G. Louro
Sara C. G. Louro Não faz de si racista? É melhor ir rever o seu conceito. Enfim...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 4 h
Fernando Almeida
Fernando Almeida O alemão prefere outro alemão, a desempenhar a tua função, porque julga que em Portugal e nos países do Sul, é-te tudo dado sem te esforçares 
É somente outro ângulo de análise!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 4 h · Editado
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Carlos Pulido Almeida Não te enerves Carlitos, olha que te caem os ralos cabelitos que tens nessa oca caixa craniana. Recorreres ao insulto fácil nem parece coisa duma luminária como tu 
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2 h
Nani Vieira
Nani Vieira Carlos Pulido Almeida, oxalá tenha escrito algures bem junto de si (tatuado) que não aceita médicos de outra nacionalidade ou melhor, com notas de faculdades portuguesas. Porque se tiver o AZAR de ficar inconsciente e for assistido num qualquer hospital do SNS não poderá escolher quem o trata, opera ou, eventualmente salva a vida... Ou pode?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Paulo Ferreira De ti não , palhaço.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 2 h
Elisabete Afonso Lopes
Elisabete Afonso Lopes "Tens o direito de escolher o médico que queres", no SNS, é delicioso!!! (Não me vou centrar nas questoes racistas, xenófobas e estúpidas! )...Não, não podes escolher o médico que queres! Não faltava mais nada. Queres escolher? Vai ao privado. Os meus impostos não pagam as tuas doentes fobias! No limite, pagam- te um psiquiatra...de qualquer nacionalidade.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 1 h · Editado
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Mário Pimenta Palhaço sim, mas intelectualmente honesto e com espinha dorsal. Ao contrário de ti meu pobre "omen".
E adoro o teu trabalho em prol do desenvolvimento da nação, continua que estás safo ;)
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 1 h
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Paulo Ferreira, até o meu cabelo te faz confusão... Passe bem.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 1 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Paulo Ferreira Todos nós temos preferências em relação a um determinado médico:
por critérios daquele que pensamos ser o mais competente , por critérios de proximidade do médico que conhecemos ....Enfim , seja qual for o critério. Esta senhora apenas v
erbalizou um dos critérios que ela achou importante para o seu bom atendimento ..... Quem a pode obrigar ao contrário ? Quem pode escolher o médico por ela ?
Não acho que de honesto intelectualmente tenhas nada - apenas alguém com mentalidade de adolescente espigadote armado em inteligente por repetir meia dúzia de frases feitas.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 45 min · Editado
Mário Pimenta
Mário Pimenta Elisabete Afonso Lopes Os teus impostos o que pagam mais é fobias ....a senhora tem todo o direito de escolher até porque ela também paga impostos. Não és tu que decides o médico que a atende. Ditaduras era na antiga URSS.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 50 min · Editado
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Mário Pimenta Quem te ler vai pensar que faz parte de ser adulto ser racista, xenófobo, machista e outras coisas tão belas quanto obtusas mas por respeito a ti e ao teu comentário esforçado continuo a responder-te.
Critérios de preferência todos temos 
mas daí a tentar que os outros sejam obrigados a ser regidos por eles é outra. Por acaso o domínio prefeito de determinada língua é critério de preferência aquando da escolha de um médico? E cor de pele, é critério para a escolha de qualquer profissional? Ou vamos abrir precedentes para que os clientes de serviços públicos possam escolher os seus médicos, motoristas de autocarro, varredores de rua, polícias, bombeiros e outros?!
Entende ou nem por isso?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 32 min
Comentários Principais está selecionado e, por isso, algumas respostas podem ter sido filtradas.
RS Pinto Läzare
RS Pinto Läzare Ate compreendo que exija um canadiano e que fale a língua dela, agora brancos?, no sec. 21 utilizar a cor ja nao é racismo, é mesmo estupidez ao extremo. Nao sei a cor da pulseira de triagem do filho, mas a mae merece uma vermelha para a ala psiquiátrica...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
13
 · 18 h
Julieta Alves de Sousa
Julieta Alves de Sousa Ela queria um canadiano e que falasse uma língua do país, mascido no Canadá. Alguém que não tivesse os dentes amarelos (sujos). Não viu o filme da notícia?
Os culpados são os governos que põem os imigrantes à frente dos autóctones e a viverem a sua custa. Se não é uma discriminação, o que é? Chamar a isto racismo, só se for no sentido inverso.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
3
 · 18 h
RS Pinto Läzare
RS Pinto Läzare A senhora leu o meu comentário? O que tem a ver a cor? Nao ha canadianos pretos? Ou melhor de outra cor que nao a branca?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 18 h
Fatima Carvalho
Fatima Carvalho Julieta Alves de Sousa A senhora por acaso vive no Canadá para fazer um comentário com tanta autoridade no assunto.No Canadá para entrar para a escola de medicina tem que ter valores superiores a 94% , em algumas até requerem para cima de 98% de um curso universitário de 4 anos em ciências vivas. Se eles são médicos são inteligentes e conseguiram o que muitos brancos não conseguem. Tenha vergonha .
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
4
 · 17 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Se as muçulmanas podem escolher porque não poderá esta senhora escolher também ? Nada mais justo do que não impormos aos outros aquilo que eles não querem. A senhora tem todo o direito de escolher.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
3
 · 16 h
Luis Santos
Luis Santos Julieta Alves de Sousa não ela não é racista, quem é racista é você, imigrantes à frente de autóctones no Canadá? Oh minha senhora no Canadá são todos imigrantes, autóctones só os Inuits (esquimós) e os índios.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
5
 · 13 h
Guilherme Morgado
Guilherme Morgado Com artigos deste tipo e com os aspectos tendenciosos que incutem nos leitores, em que racistas só são uns e os outros não, vocês , jornalistas, só estão a acirrar ainda mais as provocações. Se o vosso papel é esse, como o demonstra a realidade dos ultimos dias, então a definição de jornalista abutre faz todo o sentido.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 3 h
João Mendes
João Mendes Curioso. Se isto tivesse acontecido nos EUA, a maioria dos comentários seria preconceituosa, a classificar todos os americanos como racistas. Como foi no Canadá... . Enfim, a eterna obsessão anti-americana.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 16 h
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira O que tem a Estrada da Beira a ver com a beira da estrada?!
Estamos a falar de racismo e não de obsessões pró-americanas.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6 h
João Mendes
João Mendes Parabéns pelo mural PCTP/MRPP pós-moderno.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 6 h
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Uau!!! Que coisa profunda e quasi ofensiva. Amei!!!
A cerveja no topo do tolo foi o like do Mario Racista ;)
Interessante como trazes politiquices e partidarismos a uma discussão de cariz social.

Isso é tudo medo de agulhas ou apenas desonestidade intelectual?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 1 h
Cleyton Sabóia
Cleyton Sabóia Eu não teria problema algum e ser atendido por um médico seja ele de qual nacionalidade fosse. O que importa ao fim das contas é o bom trabalho que o profissional exerce. A questão é que alguns "povos" se julgam superiores a outros e isso é ao meu ver uma extrema ignorância. Afinal quando morrermos vamos todos para o mesmo buraco. Ou tem alguém que vai para um lugar diferente 🤔
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 4 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Estás no teu direito assim como ela está no seu direito. 
Essa de povos superiores e não sei o quê já é uma interpretação tua que vale o que vale: pouco ou nada.
Não tens o direito de impor a outros o teu pensamento: se a senhora pensa assim , tem todo o direito. Já a outra senhora do video não tem nada de se meter onde não é chamada. Ainda não vivemos em ditadura.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 1 h · Editado
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Mário Pimenta Defender a lei e confrontar o racismo não é ditadura.
Acorda que ainda estás a tempo. DEUS AMA-TE!!!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 1 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Paulo Ferreira essa questão de racismo não és tu que defines: não é na praça pública em julgamentos populares que se define isso. O que se passa aqui é liberdade de escolha .... e não és tu nem ninguém que vai escolher o médico da senhora. 

O ANACLETO AMA-TE !!!😘😘
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 1 h · Editado
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Mário Pimenta E eu AMO O ANACLETO!
E claro que a definição de racismo vem em qualquer bom dicionário ;) E não é de interpretação aberta. O resto são racismos encapotados.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 22 min
Mário Pimenta
Mário Pimenta Paulo Ferreira Olha, querido: o racismo está tipificado na lei e é sancionado de acordo com essa lei. O resto são conjecturas tuas e do Anacleto . Como te digo: ditaduras é na Venezuela.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 13 min · Editado
Sofia Nunes
Sofia Nunes Acho que ela tem o direito de escolher o médico apenas tem de ir a outra clinica , simples
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 18 h
Serafim Guimarães
Serafim Guimarães Que fale inglês (ou francês no Quebec) até se compreende. Tudo o resto é idiota!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 41 min
Ângelo Oliveira
Ângelo Oliveira Eu gosto de ser atendido por um médico. Pode ser Norte- Coreano, Islandês ou Filipino. Nas Finanças acharam estranho.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 8 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Muito bem. A senhora em questão não.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 1 h
Paulo Geraldo
Paulo Geraldo A senhora não estava interessada na saúde do filho. Apenas quis fazer uma peixeirada para ser notícia. Parvo foi quem perdeu tempo com ela e não a pôs na rua.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
5
 · 18 h
RS Pinto Läzare
RS Pinto Läzare A senhora esta doente, e oa doentes devem ser tratados, eata senhora merece pulseira vermelha na ala da psiquiatria...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 18 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Agora és vidente ?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 15 h
Susana Assmus Fernandes
Susana Assmus Fernandes Ao que chegamos, enquanto fica à espera que todas as exigências se reúnam o seu filho se estiver mesmo doente pode morrer. Gente medíocre
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
4
 · 19 h
Frederico Veloso
Frederico Veloso Você não diz o mesmo em.relacao aos mulçumanos
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 19 h
Susana Assmus Fernandes
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 19 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta É um direito dela, claro.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 18 h
Francisco Santos
Francisco Santos Exactamente o que as muçulmanas fazem nos hospitais europeus, e os jornais não noticiam o sexismo, a xenofobia e a intolerância destes seres !
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 2 h
Joao Goncalves
Joao Goncalves Já agora, o médico pode ter um Mercedes de cor preta, ou não?!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 17 min
Joao Bento
Joao Bento Esta no pais dela è justo !!!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 14 h
Tatiana Charraz
Tatiana Charraz Que sentimento de vergonha alheia...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 18 h
Lurdes Colaço
Lurdes Colaço Espectacular a resposta da outra mãe 😂
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5 h
Emilia Guerreiro
Emilia Guerreiro Algum trauma antigo....nunca se sabe !
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Uma mulher que quer o que ela acha melhor para o filho. Nada mais natural.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
3
 · 15 h
Cláudio da Silva
Cláudio da Silva Eu mandava-a apanhar no ilhós 🤣
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 18 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Pois.... Mas tu és muito burro.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 15 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Cláudio da Silva Vai- te fuder , palhaço. Sabes lá tu o que dizes. Burro como és ...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 14 h
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Mário Pimenta Aqui está patente toda a tua verve e formação.
Parabéns!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 1 h
Sara Rocha Hörnstein
Sara Rocha Hörnstein Isto cheira-me que é um daqueles "estudos sociais"...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2 h
Luís Pinto C
Luís Pinto C Eu entendo esta mãe, ninguém merece isto
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 17 h
Alexandre Fernandes
Alexandre Fernandes Acho k fez bem! Na franca os hospitais têm de ter médicos muçulmanos pk estes só kerem ser consultado por estes. Estão mal,mudem se
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 5 h · Editado
Mia Santos
Mia Santos Conversa da rua!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 17 h
Clarinda Ribeiro
Clarinda Ribeiro O caso não era muito urgente se não o pensamento era outro .
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 1 h
PauloeNatércia Silva
PauloeNatércia Silva Mulherzinha estúpida e ignorante.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 18 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Por querer o que ela acha melhor para o filho ? És um bocado preconceituoso.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 15 h · Editado
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Mário Pimenta Experimenta ir ao dicionário descobrir o verdadeiro sentido das palavras que escreves. Queres tu dizer que um médico "branco" é melhor que um médico "não branco"?
São palavras tuas meu rico menino.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6 h
João Farinhote
João Farinhote Paulo Ferreira, não, mas se olharmos em termos de sociedades as ocidentais são mais evoluídas.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 4 h
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira João Farinhote O que tem isso a ver com a cor da pele?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 1 h
Maria Manuela Fernandes Silva
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 10 h
Ana Azevedo
Ana Azevedo Louca
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 13 h
Ingrid Iseias
Ingrid Iseias já vivi um caso ...infelizmente pode ser verdade
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 18 h
Tiago Marques Domingos
Tiago Marques Domingos Estamos todos "estragados". O ser humano está cada vez mais "pobre"
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6 h
Marco Antunes
Marco Antunes As imagens são lamentáveis!!!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 19 h
Gil Lopes
Gil Lopes NÃO TEM DE EXIGIR NADA.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 18 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Claro que tem , Não és tu nem ninguém por ela que vai escolher o médico para o filho dela . 
Ela tem todo o direito de escolher quem quiser.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 15 h
Paulo Ferreira
Paulo Ferreira Mário Pimenta Pode escolher no privado, no público aceita quem lhe é disponibilizado. O resto são lérias de gente pateta e ignorante.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 6 h
Mário Pimenta
Mário Pimenta Paulo Ferreira Paulinho racista, xenófobo e homofóbico: tenta argumentar sem ofenderes - um vazio absoluto. 
Escolher não é no privado ou no público: é em todas as ocasiões da nossa vida.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 30 min · Editado
Rita Melo
Rita Melo Lol
PARTILHE
COMENTE
2Comente e partilhe as suas ideias
SUGIRA
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.