domingo, 25 de junho de 2017

Piloto pede a passageiros para rezarem depois de “problema técnico”


Um "problema técnico" pôs um avião, que fazia a ligação entre a Austrália e a Malásia, a abanar com violência. O piloto chegou mesmo a pedir duas vezes aos passageiros para rezarem.
O voo levantou às 6h40 de Perth (Austrália) e regressou pouca antes das 10h
BARBARA WALTON/EPA
Os passageiros de um voo da AirAsia X não ganharam para o susto quando, este domingo, o avião começou a abanar violentamente na sequência de um “problema técnico”. O piloto chegou mesmo a pedir aos passageiros para rezarem.
O A330 fazia a ligação entre Perth (Austrália) e Kuala Lumpur (Malásia) com 359 passageiros a bordo. De acordo com o aeroporto australiano, citado pela CNN, o problema estava relacionado com o motor.
Um dos passageiros, que estava com um amigo a caminho do Myanmar, contou à CNN que ouviu um estrondo cerca de uma hora depois de levantar voo.
Nessa altura, o piloto tomou a decisão de voltar para trás e pediu por duas vezes aos passageiros para rezarem. “Abanou durante toda a viagem de regresso, cerca de duas horas”, explicou Damien Stevens.
Sophie Nicolas contou à ABC o pânico que viveu. “Eu percebi pela reação da tripulação que era mesmo mau. Eu estava a chorar imenso, havia muitas pessoas a chorar, a tentar ligar às suas mães. Não podíamos fazer grande coisa, só esperar confiar no piloto”.
O avião, que tinha levantado voo às 6h40, voltou a aterrar em Perth pouco antes das 10h. “Começámos todos a aplaudir quando aterrámos”, acrescentou Sophie.
Apesar do susto, houve quem decidisse filmar o momento em que o avião estava a abanar. “Achei que ia morrer”, lê-se na legenda.
PARTILHE
COMENTE
+Seja o primeiro a comentar
SUGIRA
Proponha uma correção, sugira uma pista: rporto@observador.pt

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.