quarta-feira, 19 de julho de 2017

À METADE III: SOBRE O “LINHA ABERTA DA STV” E OUTRAS LINHAS ESQUECIDAS

19 h · 



À METADE III: SOBRE O “LINHA ABERTA DA STV” E OUTRAS LINHAS ESQUECIDAS

O que aconteceu no debate Linha Aberta da STV da noite do dia 18 de Julho de 2017 não foi um debate sobre os dois anos e meio do mandato do Presidente Nyusi. Foi pelo contrário um julgamento preconceituoso da pessoa do Presidente Nyusi e sua governação. Para que fosse uma avaliação tinha antes que se discutir sobre como o Presidente Nyusi e seu governo encontraram o país. Questionar-se sobre o que havia, o que tinha que ser feito e o que não deveria ter sido feito, seja por mérito ou por demérito da sua governação. 
Ora, o que havia era um país abraços com calamidades naturais; cheias que cortaram o país em três pedaços e manteve-o incomunicável por mais de trinta dias, logo no início do mandato; um país com metade dele sem energia eléctrica da rede nacional por mais de sessenta dias; uma calamidade natural a sul e norte do país com estiagem à mistura; cheias à mistura; Chitima chorando mais de 100 pessoas mortas por pombe envenenado.

Só quem não sentiu fome é que não reconhece o trabalho do INGC e o processo de reposição de víveres e outros processos de salvamento de pessoas e bens. Recordo-me de pontes, estradas destruídas por chuvas, localidades inteiras evacuadas e tanta gente desaparecida por conta das cheias. Isto tudo a televisão mostrou. E vimos. O país enfrentou um surto de cólera que matou centenas de cidadãos de norte a sul; chuvas que inviabilizaram início de projectos de investimento, de norte a sul. Foi tudo noticiado.

O país esteve abraços com o conflito pós-eleitoral que pôs de joelhos a economia nacional de norte a sul. Vimos isso tudo a acontecer, enquanto pedíamos paz e tranquilidade. Orações não faltaram. De permeio, o bloqueio internacional resultante das dívidas não declaradas ao parlamento. Foi isso tudo que o país teve que enfrentar, assunto por assunto, mês após o outro e superou. Morreram pessoas; paralisou-se a economia. Choramos. Lamentamos. Suplicamos para que a normalidade se repusesse. E aconteceu. E está acontecer, paulatinamente, mas sem cessar. Esses são os factos reais. Não fabricados, não imaginados. Mas por todos nós enfrentados.

E o que se fez? O que se fez foi concentrar esforços para a paz. Conseguiu-se. Iniciar o processo de negociação das dívidas. Está no processo. Conseguiu-se garantir que PROJECTOS de organismos internacionais como Banco Mundial e de todos parceiros de cooperação não parassem. E estão em curso. Todos eles. Conseguiu-se parar com a espiral de inflação. Há quem projectava que o dólar chegasse aos 100. Não conseguiram. Conseguiu-se garantir serviços mínimos. Salário, menos 13º mês. Mas o país não esteve paralisado.
Isto tudo o Presidente não mencionou no seu informe. Também não precisava. Todos os que podem ler este post, conhecem o país que o Presidente Nyusi encontrou em 2015. Não por imaginação ou por leituras difíceis. Mas por experiência própria.

Agora quando se diz que o país está de volta já ninguém se recorda onde estava. E já é bom que ninguém se recorde que esteve na iminência de parquear o seu carro por falta de combustível; ou que o pão subiria três vezes do preço; já é bom que já ninguém se recorde que Nampula, Pemba ou Lichinga e respectivos distritos houve lojas que viram produtos perecíveis apodrecer por falta de energia. É bom que ninguém se recorde que em diversos Morgues dos hospitais, familiares tiveram que enterrar precocemente seus ente-queridos por temer a decomposição de corpos. Isso já é bom que ninguém se recorde. Meu pai também não gostaria que me recordasse das vezes que não pôde tratar da minha sarna por não ter dinheiro para comprar desinfectante ou sabonete com propriedades iguais. Faz bem para ele eu imaginar que toda minha infância foi mil-maravilhas. Não é tarefa dele provar-me sempre dos sacrifícios que teve que superar para me ver hoje bem formado. Faz parte do trabalho dele; do seu maior orgulho: superar problemas e se possível fazer esquecer das mazelas passadas.

Temos um grande problema neste país que é a atenção selectiva. Escolhe-se os episódios menos bem-conseguidos para se extrapola-se a todo exercício governativo. E, na falta deles, recorre-se à fala, ao discurso. É bom que isso aconteça com gente saudável, tratada em nosso sistema nacional de saúde, livre de cólera ou outras doenças diarreicas, fruto do trabalho feito por esse mesmo governo, nessas mesmas condições difíceis. Bingo. É bom que se fale da inoperância do governo de Nyusi, num ano em que se regista a melhor produção agrícola dos últimos 20 anos, nessas mesmas condições. Uau! É bom que se fale da falta de trabalho do governo de Nyusi num país onde não há ocorrência de insegurança alimentar, mesmo com o fenómeno El Nino que pós de joelhos a Swazilândia e Namíbia! Isso é muito bom. Perfeito. É bom que se reclame enquanto se consegue conduzir de norte a sul em tranquilidade. E com combustível para viaturas ao longo de toda estrada. Tal como estava previsto, a estas alturas, não haveria combustível para ninguém. E ninguém até agora consegue explicar que milagre é esse de comprar combustível sem dinheiro.
Bem, cada cabeça é uma sentença. Uma análise de governação, ainda de tão poucos meses como o do Presidente Nyusi, sem memória e consciência históricas não passa de um projecto de lavagem cerebral e de embrutecimento da sociedade. Foi o que se tentou fazer no debate “Linha Aberta” de ontem, que de aberta nada teve muito menos Linha houve para quem quisesse contribuir. Aquilo pareceu-se com uma paródia; uma imitação irônica, jocosa, com o propósito de satirizar ou ridicularizar seu conteúdo.

Se ninguém for capaz de dizer e descrever como a governação de Nyusi encontrou o país e como enfrentou os desafios encontrados, logo essa pessoa não está em condições de fazer o melhor juízo sobre os trinta meses da sua governação.

Eu estou feliz pelo facto de a maioria de nós ter rapidamente esquecido em tão pouco tempo dos tremendos desafios que como povo tivemos que enfrentar. Caso contrário, seriamos como outros povos, que não hesitaram em buscar refúgio em outros andares. Perguntem os zimbabwianos, Sírios, Somalis, Sudaneses, Etíopes, Iraquianos, Turcos (curdos), Venezuelanos, Nigerinos, Malianos, Ucranianos, etc., o que é viver num país incerto e instável. Dos poucos mais de 12 mil refugiados no Malawi regressaram todos; VOLTARAM todos, restando pouco menos de 3 mil em Kapisi. Os centros de acomodação construídos pelo INGC para comodar os deslocados internos estão em vias de serem desmantelados. A vida está a VOLTAR a normalidade. Até em Gorongosa, alunos estão neste momento participando dos jogos escolares em Gaza e tantos outros se encontram apinhados em salas de mais de 100 alunos estudando. VOLTARAM as aulas.

Isso tudo não é muito. Tão-somente um sinal do REGRESSO a normalidade. Quer saber com que espírito outros povos enfrentaram crises similares? Pergunte os americanos, sobre como superaram a grande crise de 1929 (crise de superprodução) ou ainda recentemente, com a crise imobiliária de 2008. Quer entender o espírito de resiliência de um povo ante as adversidades? Fale com os gregos, portugueses, se calhar, argentinos ou mesmo irlandeses. Quer perceber como superar a dor da carnificina entre irmãos? Nós mesmos somos esse exemplo de perdão contínuo. Os ruandeses são mestres. 
Existe um elemento comum nesses todos povos exemplificados: sua resoluta vontade de superar desafios através da união, entrega ao trabalho e foco. Não há nada do que eles fizeram que nós como povo e como estado não sejamos capazes de fazer. A história deles não é tão diferente do percurso que estamos a atravessar e da história que estamos a escrever. 
Há mais pais para além do nosso preconceito.

GostoMostrar mais reaçõesPartilhar

128 comentários
Comentários
Egidio Vaz Mana Rebeca Cipriano merece um rebuçado por ter visto o texto antes da hora. Rendi!

GostoMostrar mais reações · 7 · 19 hManage

Rebeca Cipriano Onde estou o sol ainda não "dormiu", mano.

GostoMostrar mais reações · 3 · 19 hManage
Rebeca Cipriano É bom. Pelo menos já te li.

GostoMostrar mais reações · 1 · 19 hManage
Egidio Vaz Tem razao. Boa leitura. Já vou a cama.

GostoMostrar mais reações · 1 · 19 hManage
Rebeca Cipriano Bom descanso nuanvandji

GostoMostrar mais reações · 1 · 19 hManage
Rebeca Cipriano Vou cobrar esse rebuçado a volta. 😘

GostoMostrar mais reações · 2 · 19 hManage
Chalaman Charles Murato Não se dorme grande Egidio? Parabéns pelo post

GostoMostrar mais reações · 1 · 18 hManage
Rosário Tomás Baúque Baúque Sim sra Egídio Vaz...
Um Raio X completo e íntegro este mano! Eligiar quando necessário e realístico.
O povo esquecje rápido, ontem, ontem já se foi. Ainda bem por este comentário exaustivo e ao detalhe.
A crítica e a oposição que cheguem, são ben vindos.

GostoMostrar mais reações · 2 · 17 hManage
Alberto Bache Chango Eligiar!Esquercje!

GostoMostrar mais reações · 16 hManage
Celso Ingona Sr. CHANGO, sempre a procura de erros!
Parabéns ao Egídio

GostoMostrar mais reações · 1 · 15 hManage
Antenge Buanar Explanação excelente, só pode entender para quem tem dois olhos, dois ouvidos e um bom cérebro ! O resto é resto como ouvi por aí. Continue a dar catequese a este maravilhoso povo grande Egídio Vaz

GostoMostrar mais reações · 2 · 15 hManage
Linette Olofsson A abordagem sobre os fenómenos naturais foram levantados. A maioria deles recordou das promessas feitas durante a sua tomada de posse, promessas essas não cumpridas. Assunto paz, algo que se vem arrastado desde o mandato do Guebuza com seu involvimento (assalto a Santugira), já como PR Trágicos acontecimentos de Zepinga e ponta Gea na Beira, factores esses que por sinal , só complicaram o já fracassado assunto da Paz. A questão do tratamento da dívida oculta tem a sua cumplicidades sim! Comportamento da justiça tem a sua cumplicidade sim. Estamos a esquecer dos raptos? Esquadrões da morte? Refugiados no Malawi ? Valas comuns? País está de volta de onde? Simplesmente o cancro maligno se alastrou. Responsabilização da dívida? Silencioso absoluto! Parabéns Silverio Ronguane, Muhamad Yassine que trouxe ao de cima da sua análise do fracasso deste governo no plano internacional jamais visto na história do País ) e o tal Chavale que colocou o dedo na ferida no ênfase do Eu, eu, eu, eu e mais eu! estão de parabéns! O momento não é de puxa sacos mas sim de coragem de colocar o dedo na ferida, foi muito interessante o painel Jeremias Langa. Parabéns pela oportunidade que deste aos Moçambicanos no que concerne às diferentes correntes de pensamento. Isso é que foi debate!!!

Jonas Joaquim O grande problema da Olofsson e companhia ee de estar a fazer oposição de forma empírica custa dizer que pelo menos o Nyusi esta a meter o pais nos carris? Ainda bem que se lembrou dos ditos esquadrões de morte e raptos mas a burrice nao te deixa dizer que abrandaram ou os fenómenos foram controlados que bicho ee esse?. Mas estranhamente sempre que se critica a podridão na gestão no seu galo a sra sai defendendo. Como se chama a doença que a sra sofre?

GostoMostrar mais reações · 4 · 13 hManage
Manjate Custodio Essa Linette Olofsson faz oposição as escuras. Muita pena

GostoMostrar mais reações · 2 · 12 hManage
Linette Olofsson Manjate Custodio, 1. Essa....não ! Essa pode ser a pessoa com quem convive diariamente, amigas etc. Etcetc. 2. Nunca fui cobarde. 3. Tenho orgulho de ser da oposição a este regime que é precisamente é o mesmo de 1975, com uma particularidade de terem desenvolvido a arte de roubar o ESTADO e de matar das formas cruéis usadas no passado, dizem defender a democracia, usam capa de democratas, de democratas nada têm! 4. Nunca fiz oposição às escuras, sou coerente com as minhas afirmações, nunca disse o dito por não dito certo? Já o dono deste post, o Egidio Vaz nas últimas eleições gerais apelava o voto para Presidente da RENAMO, esqueceram-se? Até dizia que era o seu Presidente, hoje é o Nyusi. 5. Não te conheço de lado algum, siga o seu caminho que eu sigo o meu, muita honra de ter fundado o MDM, partido com visão, visão essa que assustou o regime , o Guebuza em 2009 articulou aquela tragédia do desaparecimento dos processos do MDM. Orgulho por pertencer a um partido não armado, não militarista, ( quando não se entendem em questões referentes a Nação, usa as forças armadas, braço militar do partido Frelimo. Nascemos de uma revolução urbana na Cidade da Beira, não da força das armas! O tempo é mestre, o dia da mudança chegará, todas essas riquezas roubadas ao povo Moçambicano não levarão nada deste Mundo e a justiça divina/ providência é certa! iremos sim assistir, disse!

Manjate Custodio Com vossas querelas a distância ao poder aumenta. Arruma bem vossa casa para falar de outros

GostoMostrar mais reações · 11 hManage
Elísio Nhantumbo Carissimos. Lamento e deploro os insultos e uso de adjectivos feios, o resto é posicionamento de cada um de nós. Pessoalmente entendo que muitos factos que a oposição ao governo do dia elenca são isso mesmo, factos. A minha preocupação é quando a oposição nunca aparece a saudar o que de bom acontece. Por exemplo, o processo de paz julgo que paulatinamente o PR e o lider da RENAMO estão a construir a confiança necessária para uma paz definitiva. Isso é de elogiar.

GostoMostrar mais reações · 2 · 11 hManage
Jonas Joaquim A sra Olofsson continua doente a confundir tudo, eu elogia o MDM, o Dhlakama quando for preciso mas cegos politicos que de politica nao tem nada vao passear e pentear macacos

GostoMostrar mais reações · 1 · 11 hManage
Linette Olofsson Manjate Custodio a minha educação de berço, não me permite discutir assuntos internos na praça Pública, tenho assistido muito infantilismo político.

GostoMostrar mais reações · 11 hManage
Linette Olofsson Jonas Joaquim um louco não consegue ver o quanto o louco ele é. É uma patologia da loucura.



Gosto

Adoro

Riso

Surpresa

Tristeza

Ira
· 1 · 11 hManage
Linette Olofsson Vamos trocar de opiniões sem ofender as pessoas, aos que lhe faltam a capacidade de argumentação, ofendem! É como a violência doméstica do homem para a mulher, ao invés de dialogar com a mulher, usa a violência.



Gosto

Adoro

Riso

Surpresa

Tristeza

Ira
· 1 · 11 hManage
Jonas Joaquim Enquanto confundires os posts para puxar a sardinha para o seu partido vais apanhar na mesma medida

GostoMostrar mais reações · 1 · 11 hManage
Muhamad Yassine Penso que este tema já foi debatido em outros programas para além desse de ontem, vários painéis falaram disso. Não te concentres muito no debate de ontem ( principalmente se o que la foi dito não tiver relevância ), sao opiniões de quem esteve lá e não um julgamento universal


GostoMostrar mais reações · 1 · 14 hManage
Vicente Zacarias Matsombe Escreveu muito só termino amanhã

GostoMostrar mais reações · 1 · 19 hManage
Sarmento Julio Armando Ao percorrer estas linhas...ressalta-me a sensação que alguém fez um grande favor a este país e aos seus donos...mas seria errado que se fosse mais ambicioso ou esperar mais realizações!? Expectamos unanimidade sobre políticas de governação? A maior riqueza deveria ser incentivar este pluralismo de visões e do sentido crítico...e admitir que nem sempre ganharemos discussões ou que a razão sempre estará do nosso lado!... Um abraço.

Egidio Vaz Este é o tipo de conclusões que não está escrito. A conclusão é o argumento estão escritos. Essa é sua ilação. Se quiser rebater meu argumento vai fazê-lo.

GostoMostrar mais reações · 2 · 18 hManage
Muhamad Yassine O texto é longo, mas irei ler com calma

GostoMostrar mais reações · 4 · 18 hManage
Dany Mandlaze Pode ter feito muito mais faltou o essencial. A paz o bem maior k todos almejamos e k nos prometeu logo na primeira hora. Nesse capítulo o PR Sta derrapar e escorregar sempre não consegue dar passos sem escorregar com promessas públicas e prazos k jamais conseguiu cumprir. A trégua k hoje vivemos deve se em grande medida ao líder pois se fosse para esperar o PR até hoje estaríamos ainda em colunados. O PR está perder sua legitimidade de exercício pois, é desacreditado perigosamente pelos seus subordinados, recentemente foi desacreditado por Mtumuke. A exemplo disso veja k o PR prometeu avansos na semana finda mas na prática nem uma palha se mexeu no diálogo. O PR não consegue tirar seus próprio militares de gorongoza ok se espera em posteriores processos mais complexos? Caro ilustre Egídio acerte o seu relógio ultimamente está falhar um pouco. Pork não tentas trocar a pilha?

Mathusso Jucuiana Eu lhe pergunto. Quantas vezes você prometeu aos teus pais tirar boa nota e não consegiu? Quantas vezes disse que amava uma mulher e depois separou-se dela( consta nesta lista as namoradas)? Quantas vezes prometeu doce ao teu filho (se tiver e não comprou)? 
A paz não depende apenas do presidente da república. Na verdade ninguém sabe ou mesmo saberá o que Dhakama tem exigido ao presidente. Há muita coisa além da nossa percepção.

GostoMostrar mais reações · 2 · 14 hManage
Octávio De Jesus Domingos Mais certo não podia estar esse reparo.

GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Cristiano Machehane Bem, falta resolver assunto dívidas ocultas para fechar em grande!

GostoMostrar mais reações · 13 · 18 h · EditadoManage
Xou Lo Bomau Comparar países europeus Como Portugal e outros com este país nosso Moçambique é das mais absurdas comparações que o senhor Egídio faz ou fez.. Por cá e vive-se uma miséria horrível de sobrevivência inimaginável os direitos humanos são violados grosseiramente Neste País é inacreditável que tu consigas fazer uma comparação destas

Azarias Chihitane Massingue Provavelmente não sabe que semanalmente portugueses entram em massa neste País de miséria inimaginável. Até damo nos o prazer de expatriar muitos deles por irregularidades ou por confundirem que ainda eramos colónia. Portugal precisou de ser resgatado para sair da crise e nós não.

GostoMostrar mais reações · 2 · 15 h · EditadoManage
Egidio Vaz Eu pedi para falar com eles. Falem com eles. Qual é esse Moçambique que não ora precisar do resgate? Qual? Estamos em busca do resgate desde 1986.

Eugenio Patime Parece que a Xou Lo Bomau não leu bem o texto.. Seria melhor que voltasse a ler .

Elísio Nhantumbo É muito comum pessoas dizerem que não se compara o A com o B com base no status economico de um e de outro. Ora cientificamente podemos comparar quaisquers objectos, desde que usemos uma metodologia adequada e os objectivos bem definidos. Moçambique pode se comparar a Portugal, se quisermos discutir a lingua como objecto em análise.


GostoMostrar mais reações · 17 hManage
Vernisto Adelino Visão optimista. Mas, tudo esbarra nas dívidas e devedores que já todos sabemos. Penosamente ainda nos arrastamos e lamentamos. Felizmente estamos menos mal que alguns países africanos.

GostoMostrar mais reações · 16 hManage
Fernando Raibo Ta tudo dito. .. Valeu. ..

GostoMostrar mais reações · 16 hManage
Xavier Jorge Uamba Meu ilustre esqueceu de apontar também as falhas cometidas pelo este governo. 

Em relacão ao assunto da paz acho que é cedo demais para fazer qualquer comentário porque ainda não se faz quase nada. Vou sentir-me em paz apartir do dia que as forças residuais da Renamo serem integrados nas FDS e ser nomeados e promovidos. 

Outra coisa esse texto esta mais focalizado a coisas pequenas, que mesmo qualquer um se estivesse lá no poder podia resolver. 
Enfim essa é sua observacão respeito.

Egidio Vaz Repor uma ponte varrida de água é pouco!? Resgatar vilas. É pouco? Repor rede elétrica é pouco? Mano, tem ideia do que isso implica? Construir uma pobre não prevista é pouco? Seja modesto, peço para me ilucidar o é coisa pequena. Por favor. E que coisas grandes.

GostoMostrar mais reações · 15 hManage
Mulopwana Murrom'pwe Mas Egídio qual Ponte. Ainda não se pode viajar de Quelimane a Pebane. A ponte sobre Licungo está ainda destruído na Maganja. Para chegar ao li distrito sou forçado a passar de Mocuba Moura e duplicar a distância.
Meu caro no terreno.as coisas estão mal. No campo o país regrediu 20 anos...

Lucas Inacio Olece Sr Egidio ta na capital do país meu caro so ve na tv isso k tas a dzer......sera k diante essas dificuldades k tamos a passar fazer umas pontezinhas e instalar algumas zonas sera k atenua a dor k sentmos no dia a dia....



Gosto

Adoro

Riso

Surpresa

Tristeza

Ira
· 1 · 13 hManage
Egidio Vaz Afinal Mulopwana consegue chegar

Heleno Bombe O bem mais precioso que os moçambicanos almejam alcançar é a PAZ e isso ainda não temos mas sim uma trégua militar então o chefe de estado deve se concentrar nisso como o seu principal desafio e de seguida trazer de volta os doadores internacionais!

GostoMostrar mais reações · 1 · 15 hManage
Egidio Vaz Desde Dezembro que não há tiro. E nem haverá! Na história universal houve tréguas de até três anos. E em Moçambique só se chama trégua porque alguém que a anunciou tem seus objectivos. Mas jamais irá pegar em armas. Bem, que cada um pegue o seu ângulo. Porém estamos em paz

GostoMostrar mais reações · 1 · 15 hManage
Lucas Inacio Olece Acreditem ou nao mas a comunidade internacional quer ver os responsaveis pelas dividas escondidas presos, so k tamos a ignorar este facto deixando o tempo passar assim como deu se tanta volta para se aceitar a auditoria

GostoMostrar mais reações · 13 hManage
Mugaza Waka Machel As vezes finjo ser um burro e cego mas só para os burros que se acham inteligentes e espertos não me encomodarem. Só vos olho..🤓🤓

GostoMostrar mais reações · 2 · 13 h · EditadoManage
Armando Quembo Desculpe senhor Egídio Vaz, não li todo texto. Fez referência as dívidas ocultas ou não? se fez menção porquê? Se não também porquê? Se não fez menção no seu texto, as consequências não lhe afectam? Se não referiu o futuro lhe condenará como historiador.

Manuel Mageta Taque Desculpe sr. Mas antes de comentar qualquer texto deveria lê-lo e compreendê-lo. Haja paciência.

GostoMostrar mais reações · 2 · 14 hManage
Armando Quembo Senhor Manuel Mageta Taque já li e vi que não tem nada. Fi lo por querer lhe mostrar que é preciso ser coerente.

De Oliveira Percebeu o texto? Sugiro que volte a ler respeitando as regras de interpretação...

Jonas Joaquim Nestes termos so pode exigir coerência quem sabe ler e interpretar um texto o que o senhor Quembo nao consegue mas sei qual ee o problema dele.

Armando Quembo O meu problema senhor Jonas Joaquim é simples :"Não sou lambebota".

Samuel Silvestre Zaqueu Egidio Vaz Tenho lido com satisfação outrora textos por ti escritos; espantosamente este parece mais uma "advogacia intolerante". Limito me a para frasear ti " cada cabeça, uma sentença ".

GostoMostrar mais reações · 3 · 15 hManage
Marcos Miony Havia o saco azul de 71milhoes de matinais do seu antecessor,dividas do conhecimento do nhussy,...

GostoMostrar mais reações · 15 hManage

GostoMostrar mais reações · 15 hManage

GostoMostrar mais reações · 15 hManage
Manuel Mageta Taque Plenamente de acordo, a demais, este presidente é o mais comunicativo que já tivemos, para mim, so falta resolver e ou prender os culpados da roubalheira da EMATUM, PROINDICUS E MAM. Meu voto de confiança nele será acrescido. Mas o melhor para mim foi sempre ter conseguido trazer a paz.

GostoMostrar mais reações · 2 · 14 h · EditadoManage
Andre Dimas Como prender os culpados se os papeis dessas dívidas estão cheios de assinaturas dele autorizando uma e outra divida, não se esqueça que ele era ministro de defesa lá. O que falta é o esxencial não será ele a fazer fora dizer que o "povo está profuzir" em como se isso dependesse dele.

GostoMostrar mais reações · 1 · 14 h · EditadoManage
Maria Idalina Patia Obrigado pelo texto. Porém em
Relação às vias de acesso é uma grande Cruz. Não se consegue fazer a manutenção. Convidou-o a viajar de Maputo até Caia. Viajamos sim com a paz mas chegamos com o corpo sofrido.

GostoMostrar mais reações · 5 · 14 hManage
Egidio Vaz Eu conheço o estado da estrada, já esburacado e cavado pelos HAR. mas também há dez anos não é reabilitada. Há que olhar neste ponto com urgência Sim

GostoMostrar mais reações · 1 · 14 hManage
Maria Idalina Patia Egidio Vaz esta estrada não foi esburacada pelos HAR faltou apenas manutenção de rotina. Ainda na N1 temos problema do troço Mocuba-Nampevo com mais de 3 pontes danificavas. É uma estrada de referencia será que o ministério das Obras públicas já foi banido? Há sim produção como escoar os produtos sem estradas. Da Zambezia viaja-se em 24 horas e agora se viajas no seu meio pessoal a factura é cobrada nas oficinas. Em fim.

Lucas Inacio Olece Desde k nasci la na Beira nunca houvi k a estrada k liga sul e norte esteve em condicoes a nao ser pedaços reabilitados e outra part buracos k nem da p.ra andar e quem ja viajou de Mpt a zona norte sente k quanto mais se distanciamos da capital maior é o esquecimento das infraestruturas e outras necessidades.

Vasco Acha Para mim so falta uma coisa pequena considerar o Povo como seu verdadeir PaTaraU. O transporte publico indigno ete povo nao merece. Tenho um 4x4 doado pelo Governo e todos os dias me assunto quando vejo a multidao nas paragens e fico com medo de um dia me invadirem e me queimarem .Sao caras tristes dessas pessoas os pricologos da contrainteligencia deviam estudar bem as ruas da capital.

GostoMostrar mais reações · 1 · 14 hManage
Helder Hugo Parabéns pela publicação prezado Egidio Vaz ao se começar tenha certeza que esta disponivel para o ler todo porque nao e possivel interromper.

GostoMostrar mais reações · 1 · 14 hManage
Ernesto Nhaule Pois bem, exceptuando as calamidades naturais, a guerra não declarada, as dívidas ilegais e a corrupção generalizada mancharam negativamente o meio mandato do Nyusi...a carestia da vida, o elevado índice de desnutrição crônica, o corte de financiamento externo, não são consequências das calamidades naturais, mas sim, das dividas ilegais e da corrupção bem como da guerra não declarada. Mas prontos penso que se o país dependesse dele, talvez estariamos noutros patamares!

GostoMostrar mais reações · 2 · 14 hManage
Abel Zico Tirando o problema das calamidades, o resto o Presidente está a tentar gerir o que ajudou a estragar. Quem começou o conflito com a Renamo foi ele na qualidade de Ministro da Defesa. O problema dos combustíveis e corte de apoio dos parceiros ele conhece, a tal falta de dinheiro, pois, quando contraídas as dívidas, que pouco falas aqui, ele estava em posição de privilégio no governo e meteu a sua mão na massa, razão pela qual nada se faz a respeito porque a sua cabeça também pode rolar. Vir-nos com missas e sermões aqui e tentar chamar-nos de povo ingrato é tamanha hipocrisia e falta de respeito com a sua própria consciência.

Magacebe Majacunene Vislumbra-se que as equipas se preparam para a prova de estafeta.A meta está marcada para Setembro e os concorrentes estao entre os que desejam voltar ao podium e os que procuram mantet os lugares medalhados.Sendo uma prova à porta fechada,sem aplausos,o público vem correndo por fora na esperança que a força da razão seja a vencedora.

Joaquim Tesoura A idia de que o Governo fez grande esforço...bla bla. Há trabalho para fazer e voltemos ao slogan "eu confio em ti Nyussi ".

E.V. O que é novo nas adversidades que arrolaste?

Daniel Valentim Nambuavila O problema do nosso país por um lado é usar crítica para se chegar ao top, e por outro usar a crítica como cumprimento da missão incumbida pelo ocidente. É inacreditavel um que se diz "analista" não consegue fazer oseu papel. Limita-se em se opôr tudo.



Gosto

Adoro

Riso

Surpresa

Tristeza

Ira
· 1 · 14 hManage
Manish Cantilal Concordo a nossa memoria e fraquinhaaaaaa

GostoMostrar mais reações · 14 hManage
Dumangane David Sansao Começo por cumprimentar o Dr Egidio Vaz. Não gosto muito de comentar no Facebook, mas a tua análise comoveu me bastante, pois há infelizmente no nosso país indivíduos que de forma premeditada ignoram até o que é visível a vista desarmada. Não vou me alongar. O presidente Nyusi fez e está fazendo muito para este país. O resto, é o cúmulo da ingratidão. Boa análise meu amigo Egídio.

GostoMostrar mais reações · 5 · 14 hManage
Abel Zico O povo não deve se ajoelhar de gratidão aos servidores públicos por eles pagos, pois esses não fazem mais que a sua obrigação. É mania dos CHEFES nesse país achar que fazem favores ao povo, muito errado e medíocre esse pensamento. Quanto aos feitos do PR Nyusi volto a dizer que não há nada de extraordinário. A economia foi premeditadamente destruída, e ele fez parte do elenco que o destruiu. Na gestão das calamidades que aconteceram, que é um assunto da alçada do dr. Dumangane David Sansão, devo dar algum mérito, mas nada do outro mundo, até porque a melhor gestão desses fenómenos era ter um plano de contingências coerente, eficaz e de longo prazo, e não sermos "surpreendidos" por coisas que já sabemos que ocorrem.... Não é caro dr. Dumangane? Bom trabalho e abaixo a ideia de que o povo deve apenas calar e mostrar gratidão exacerbada aos servidores públicos, dos quais o PR também faz parte.


Gabriel Nori Francisco Tenho lido seus textos. Fez a radiografia dos acontecimentos que marcaram os 2,5 anos dá governação do presidente Nyuse, sobretudo quando faz menção as dificuldades atravessadas nestes 2,5 anos, que foram factores que retardaram o desenvolvimento do nosso pais e todas estes acontecimentos foram transmitidos pelos órgãos de informaçao e sentimos na pele e reconheço o esforço do governo em superar está crise, más à algo me deixa, em relação a causa dá crise, Porq isso, cade os culpados dá crise?

GostoMostrar mais reações · 14 h · EditadoManage
Star Neves Parece me que o Dr. Egídio Vaz não vive neste país. Ntsem

De Oliveira ❓Why?

GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Matias Aniceto Langa As estradas que foram devastadas pelas aguas das cheias, sao estradas mal construidas pelo governo da Frelimo. A falta de combustivel que se apregoava que iria nos assolar, tem como culpados os ratos da Frelimo que endividaram o pais devido a sua ambicao desmedida de enriquecer a qualquer custo. Este pais nunca foi governado por um outro partido para dizer-nos que Nyusi enfrentou dificuldades. Dificuldades de que governo? Nao foi a oposicao que lixou este pais, foram esses farapos que o Presidente luta para os defender. Nyusi nao esta a fazer nenhum favor aos Mocambicanos, apresentou a sua candidatura com apoio do partido Frelimo e que sem o qual terminaria como um Maximo Dias ou Raul Domingos. Portanto, ele faz parte dos mergulharam este pais na miseria e agora te digo de que miseria falo: Corrupcao que nos traz obras que caem antes de serem concluidas, agricultura de cabo curto que nao tras divisas para o pais, as infraestruturas como a do banco de Mocambique, que vai usar usar megawats superiores a cidade de quelimane, nao produz riqueza nenhuma para o pais, um governo despesista, violacao de direitos humamos, impunidade ao mais alto nivel, caso concreto dos ratos que lixaram o pais com dividas escondidas, criancas que nao sabem ler e escrever, ensino superior de pessima qualidade, que o digam os docentes da faculdade de agronomia que em 150 estudantes so 7 admitiram ao exame com uma nota maxima de 10 valores e as negativas variam de zero a sete. Que futuro se espear de um pais que ate reitores fazem plagio de obras e ficam impunes? Silverio Ronguane tem toda a razao ao afirmar que algumas pessoas, incluindo o presidente, nao estavam a falar de um pais que se chama Mocambique, talvez outro que esta sei la onde! Foi ao Japao ajoelhar-se e os Japoneses mandaram nos lixar congelando mais de 100 milhoes de meticais. Porque? porque nao concordam com o sofrimento do povo, ate pessoas do japao, da Europa e America conseguem ver que estes tipos sao larapios e anormais. Mas nos aqui dentro ainda defendemos esses miseraveis. Para terminar, gostaria de deixar palavras do Dr. Firmino Mucavel, que descanse em paz. e ele dizia: Nos Mocambicanos temos dificuldades de dizer que nao sabemos que nao sabemos.



GostoMostrar mais reações · 13 hManage
De Oliveira É preciso perceber que se está a analisar os 2 primeiros anos de governação!!!

GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Castigo Muzuculo Melhor post que li nestes dias. Não sabemos dar valor mínimo a nós mesmos. Não sabemos dar crédito as pessoas. Invadimos espaço dos outros com julgamentos preconceituosos. De tudo o que temos, sim, lembramos com muita dor o que deveríamos ter que até esquecemos de valorizar e cuidar o pouco conseguido com esforço e tentar multiplicar esse pouco. Pura lavagem mental.

GostoMostrar mais reações · 14 hManage
Francisco Antonio Essa é a sua opinião sr Egídio.Respeite a opinião dos senhores do programa LINHA ABERTA.



Gosto

Adoro

Riso

Surpresa

Tristeza

Ira
· 6 · 14 hManage
Rildo Rafael Caro Egidio Vaz, um excelente diagnórisco! Há muita superação na governação do PR nos últimos dois anos e meio e ainda muito trabalho por fazer! Ontem se assistiu na STV no programa linha aberta o emergir daquelas vozes discordantes da mesma fileira (entendes) que logo após a indicação do FN como PR de Moçambique tentaram o ostracizar numa analogia da extrema relevância do partido em relação a figura do PR, numa clara alusão que a estrutura partidária é mais importante do que acções individuais e nunca numa perspectiva de relação! O PR sofreu ataques aqui nas redes sociais sobre a composição do seu governo, catalogado até como de "Xighondos". E por mais que as coisas serenaram, muitos dos inímigos internos não se lograram de contentes e vão resmungado em "silêncio" e outros em voz alta sobre o balanço da governação do PR. Aqui entra em cena a dimensão continuidade que muitas vezes é afirmada nos famosos (4 andares): Samora, Chissano, Guebuza e Nyussi! O legado da continuidade ofusca a emergência da criatividade individual e o discurso do PR alegou que " O Páis esta de volta ao carris", isto de certa forma incomodou o núcleo do antigo consulado que o encarava como uma afronta para desacreditar a antiga governação, podes muito bem perceber quando um painelista insistia claramente na ideia de "eu fiz...eu fiz...eu fiz...repare que são os mesmos que outrora andavam na epopeia de dar qualidades superiores ao filho mais querido da nação! Para terminar meu caro amigo, Egidio Vaz gostaria de lembrar um dos seus post sobre MDM da qual falas de conflitos, eis aqui um exemplo claro que as clivagens políticas são características inerentes ao partidos políticos: Um abraço!

Iván Del Auro Mas quem tem estado a escrever os Posts neste perfil é mesmo o Egidio Vaz?? Nao o reconheço. Este perfil deve estar clonado.

أغاست ماندو ماندو Já tem mel, a FRELIMO eh forte



Gosto

Adoro

Riso

Surpresa

Tristeza

Ira
· 2 · 13 hManage
Iván Del Auro Muito forte mano

GostoMostrar mais reações · 13 hManage
Moises Machivene Grande post que li nos últimos dias Egidio Vaz estás de parabéns pela ampla visão.

GostoMostrar mais reações · 13 hManage
Ivan Aurelio Nhantumbo Juro que muito português não entendi, mas Que tal se o sr egidio Vaz, os comentadores de ontem na STV, vivessem apenas duas semanas como cidadãos comuns e depois disso apreciaram a metade de Nyusi, só para termos certeza de que conhecem Moçambique real e as mazelas que passamos no dia a dia antes e depois da metade de Nyussi



Gosto

Adoro

Riso

Surpresa

Tristeza

Ira
· 4 · 13 hManage
Muhamad Yassine Somos cidadãos comuns na realidade e palmilhamos também o país, nossa análise foi em função do que foi dito pelo PR e da realidade

GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Castigo Muzuculo Outra coisa que é avassalador é, em meio de problemas, deixar o problema de lado auto resolver se é nós ficarmos a discutir a razão e causa do problema. Aliás, o problema auto multiplica se enquanto nós nos matamos em busca não dá solução, mas do causador. Acontece em todos esferas, em casa, nas empresas, no estado, na sociedade como um todo. Todos nós estamos a espera de ver feita a justiça com relação as dívidas. No entanto o que deveria ser feito nesse período? Para normalizar o país que já está nessa crise?

GostoMostrar mais reações · 13 h · EditadoManage
Nacer Choy Me lembro de um reitor na altura que pediu a um fulano que recolhesse os seus cachorros que estão a deriva. Hoje vejo que alguns cachorros estão nas vias a ladrar e podem criar raiva aos inocentes. Ele devia recolher e os devolver donde nunca devia ter saído.

GostoMostrar mais reações · 3 · 13 hManage


GostoMostrar mais reações · 13 hManage
Valdemar Usta O que é que se viu ontem, é que o PR não tem poderes dentro do seu partido e mesmo no executivo, mas sim, há um outro poder mais forte que às do PR, e isto é também sabido por si, mano E.V. mesmo que faças longas escritas e bonitos dizeres, o oposto a isto, só pode enganar aos distraidos.

Américo Tomás Armanze Houve tempo que eu admirava Egídio Vaz, agora parece que se inspira na lua. Ora escreve algo legível, ora escreve como se sofresse de delírios de grandeza. É muito mau para um historiador

Gildo Torrichell Senhor Vaz por favor nós Pope dos seus discursos controversos.
Um dia o senhor foi a TV acusar o povo de sofrer de síndrome de Estocolmo e hoje aparece aqui a elogiar o mesmo regime que oprime o povo?
Falaste das calamidades so para te recordar as calamidades sempre existiram e vão existir quando o seu patrão gomate da Isaurinha se candidatou sabia disso.
Já tivemos cheia terríveis neste país e sobrevivemos.
Já tivemos seca de anos e sobrevivemos.
Já tivemos várias dificuldades mas como as do gomate esquece e so para o seu conhecimento Deus estava a mostrar a ele que mentir nunca foi bom.
Foi ele que foi a tacar a rememorar quando estava sossegada. Negou todas as exigências da Renamo e quando viu q já não tinha meios para continuar cedeu em quase tudo.
O senhor Vaz chega a ofender quando diz que já se circula neste país , quando é que o senhor andou de carro neste território?
De pambarra até um chope tá uma vergonha.
Malema fichinha um insulto ao povo de Niassa que passado 40 anos de independência não tem estrada e muitas outras estradas como chokwe a chicualacuala, hissano a Djibuti etc.
Por tanto o governo até agora não fez nenhum favor a ninguém mas sim tentar devolver o país para o jeito que estava .
Depois disso podem renunciar que nós os moçambicanos temos capacidade de viver sem este regime de ladrões e assassinos.



Gosto

Adoro

Riso

Surpresa

Tristeza

Ira
· 7 · 13 hManage
Caifadine Manasse Bem detalhado e explicito irmão .mas o triste e ter gente k fãs de conta.

GostoMostrar mais reações · 13 hManage
Kuyengany Produções Commissaire Politico ManasseVer Tradução

GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Leonel Sabonete Pontuado, Egidio Vaz

GostoMostrar mais reações · 13 hManage
Luis Moiane 👏👏 👏👏👏👏👏👏👏👏

GostoMostrar mais reações · 13 hManage
Victor Famandha Kufeni Vivas Acho que ultimamente o Sr Egídio Vaz está a ser pago pra contradizer a realidade que se vive neste país. O teu texto concentra_se numa análise muito limitada da realidade socioeconômica e política do país. Por exemplo quando diz que o presidente conseguiu resolver a questão do financiamento do país por parte de seus parceiros de cooperação internacional é tudo mentira. Ontem mesmo a JICA anunciou que deixava de financiar Moçambique até que sejam esclarecidas as dívidas ocultas. Nós como moçambicanos, como analistas, acadêmicos etc não podemos brincar assim. Post como esse seu Egídio São pilares que reforçam a cleptocracia e o colonialismo das panelas que se vive neste país. Antes e depois da independência de Moçambique quem fosse contrário as políticas e estratégias de desenvolvimento da Frelimo era considerado "reacionário ou contrarevolucionário" e eram submetidos a punições que até incluíam a pena de morte e todos nós sabemos disso. E os que roubaram e mergulharam o país à dívida e ao marasmo econômico São considerados o quê? E cadê a responsabilização?

GostoMostrar mais reações · 10 · 13 hManage
Egidio Vaz Olha, você é um ANALFABETO FUNCIONAL. Para não ficar zangado, quero começar por definir o que é analfabetismo funcional: Analfabetismo funcional é a incapacidade que uma pessoa demonstra ao não compreender textos simples. Tais pessoas, mesmo capacitadas a decodificar minimamente as letras, geralmente frases, ou textos curtos e os números, não desenvolvem habilidade de interpretação de textos e de fazer operações matemáticas. 
Portanto, esse é seu caso. E porque um analfabeto funcional é igualmente incapaz de desenvolver um raciocínio crítico independente, vive repetindo chavões. Se for a reler o meu texto e pedir alguém capaz de lhe interpretar, verá que todas suas preocupações serão respondidas. Mesmo porque eu coloco uma condição: se não for capaz de analisar de onde viemos, mal conseguirá avaliar onde estamos. Continuará a repetir chavões de que tem pouco domínio.

GostoMostrar mais reações · 1 · 13 hManage
Jeremias Chilaw Estas a fazer justamente o mesmo que criticas: dizes que o Vaz esta a fazer uma analise limitada da situacao do pais e, no que tange ao financiamento, trazes o exemplo da JICA para sustentares o distanciamento dos parceiros, mas nao dizes que a mesma JICA nao vai parar o financiamento a projectos. Ademais, nao dizes nada sobre a decisao do Governo Alemao de apoiar sectores chave do Governo, como o sector de energia. Nao fazes mencao aos 118 milhoes de dolares que este pais ja havia se comprometido no principio do ano. Nao dizes nada em relacao as missoes dipomaticas que dia-a-dia se abrem em Mocambique, como sinal do fortalecimento das relacoes diplomaticas. Eh preciso olharmos para o pais como um todo e reconhecer o bom que se fez...

Victor Famandha Kufeni Vivas Kkkkk. Sabe Egídio teu problema é esse. Sempre chamando nomes as pessoas. Mais uma vez caiu na limitação de debater os argumentos. Estamos concentrados em debater teu post e não chamar nomes as pessoas. Analfabetismo funcional é o que está a fazer. Vamos ao debate pessoal.

Victor Famandha Kufeni Vivas Me chame como quiser nunca vou deixar de expor minha opinião nos teus posts.

Ed Mazive Jeremias Chilaw , de que diplomacia está a falar. visitor USA mil vezes e nao ser recebido pelo seu president?

Jeremias Chilaw Ed Mazive, meu caro, a expressao máxima da diplomacia eh a abertura de missoes diplomaticas, que representa a manifestação de interesse de aprofundamento da relacoes entre os Estados. A este respeito, nos últimos dois anos tivemos muitas novas embaixadas, desde Arábia Saudita, Marrocos, passando por Argentina etc. Sobre os Estados Unidos, penso que precisas de aprender duas coisas: (i) o Presidente Nyusi, nas duas vezes que foi aos EUA, nao foi a convite do Governo americano,por conseguinte ser ou nao ser recebido pelo PR americano tinha muito ou nenhum significado. (ii) Precisas muito rapidamente de aprender os conceitos de visita oficial ou de Estado vs visita de trabalho. Para te facilitar a vida, por visita oficial ou de Estado, refere-se a uma situação em que Presidente de um pais efectua uma deslocação para outro a convite do seu homologo,ai sim, este eh recebido pelo PR do estado receptor (que o convida). Uma visita de trabalho, por sua vez, eh aquela que ocorre a convite de uma entidade diferente do Governo. Neste contexto, nao ha obrigatoriedade de ser recebido pelo PR do Estado receptor, porque nao foi este que endereçou o convite, salvo se este, por iniciativa própria, quiser, mas nao há obrigatoriedade nenhuma. Acho que precisas de dominar estes conceitos para evitares disparates nas redes sociais.

Elcidio Macuacua Alo Victor Famandha Kufeni Vivas, gostei dessa de colonialismo das panelas...

Hélio Abrijal Ha mudanças sim, algumas por mérito da governaçao obviamente. Mas são demaziadas minimas pra vangloriar-se e muito menos destacaveis, pois vejo muitas delas como expontâneas e poucas resultantes de açcoes directivas.
Incoerente a comparaçao q faz entre Moçambiq com paìses mencionados. Porqê nao contrario?? fazer a comparaçao para que Moçambiq siga países q são melhores exemplos no contexto de todo seu pensamento???

GostoMostrar mais reações · 13 h · EditadoManage
Elbe Daniel Chissano Este espaço é Mto curto pra fazer uma análise exaustiva do meio mandato do Nyusi. Mas temos 3 categoria pra analisarmos um líder : autoridade, legitimidade, legalidade. Não vejo ele com autoridade de poder mudar o partido, isto é o contrário . Legitimidade ele pode sim dar informe a espelhar os feitos do país como ele as tivesse materializado sendo a última unidade decisória e distanciado do partido mas que isso poderá trazer graves consequências porque o partido é que lhe suporta, pois sabemos que ele possui Poularidade ofuscada por escândalos , comparado com o líder da RENAMO que é o seu opositor principal, deixando o suporte partidário ele perde. Em termos legais como sempre sentou se por cima da constituição pois notou se mais uma tentativa de resgate duma imagem pessoal do que propriamente do país como ele referiu. Notou se um discurso poético com uso do eu em demasia do que do governo da frelimo, isto trará implicações no próprio partido.

Rafael Duarte Eu penso que o presidente poderia ter feito mais nesses 2.5 anos, não podemos simplesmente nos contentar com o pouco. Da mesma forma que ele exige o máximo do seu executivo, nós patrões dele exigimos o mesmo. E pronto

GostoMostrar mais reações · 13 hManage
Salomao Catingue É impressão minha ou alguns compatriotas só aceitam que os intelectuais o são quando atacam o Governo, quando não o fazem devem ter os seus diplomas retirados?! 😂😂😂😂🤣🤣🤣 EV é muito bom, é fenomenal, é Estrela, é gênio quando ataca o Governo e se torna besta, mal amado, vil cidadão quando elogia o trabalho do governo. 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣
Aconselho a quem tem opinião contrária a formula-la sem atacar o EV, ou são cegos e precisam do EV como muleta para se sentirem seguros nos comentários que querem fazer?! Será?!?🤔

GostoMostrar mais reações · 3 · 13 hManage
Clovis Macave O pais esta sendo degredado internacionalmente por conta das dividas ocultas, e o PR com os seus sequezes nos entretem com questoes marginais!

GostoMostrar mais reações · 1 · 13 h · EditadoManage
Óskar Ndzucula Egidio Vaz, o que esta a acontecer contigo? #Repentinamente viraste um escova do Nyusi e sua má gorvernaçao....a quanto vendeste a tua consciência?

GostoMostrar mais reações · 5 · 13 hManage


GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Cremildo De Abreu Coutinho Bravo! Egidio Vaz apresentou factos concretos e uma clareza como uma lua cheia ou agua cristalina. Preomptorio e realista na abordamos dos factos. Sem preconceitos e nem tabus. Parabens Egidio Vaz pelo esclarecimento.

GostoMostrar mais reações · 1 · 13 h · EditadoManage
Anaf Burramo Engrasado, kkkkk, pais d panza. Mané quer lencinhos dele k voce lh prometeu.

GostoMostrar mais reações · 1 · 13 hManage
Soshangane Wa Ka Machele bravo, meu mbuya. Hä um livro que o ma main man trouxe-me de uma de suas viagens de trabalho pela Escandinävia, o qual fala desta questäo da memöria e da atencao selectiva. Recomendo a todos que compreemos e leiamos "The invisible GORILLA - And Other Ways Our Intuitions Deceive Us", de Christopher Chabris e Danirl Simons.

GostoMostrar mais reações · 4 · 13 hManage
Egidio Vaz Obrigado pela referencia. Irei comprar imediatamente e o Helio o trará dos EUA

GostoMostrar mais reações · 1 · 13 hManage
Efraimo Neves O que o mano Vaz faz é se não um levantamento de obstáculos que as encontrou ou os foi encontrando, ora o presidente foi eleito para governar o país e não apenas gerir obstáculos. poderia ter sido mais ousado

GostoMostrar mais reações · 1 · 13 hManage
Sinesio Augusto Que o país vá sempre em frente

GostoMostrar mais reações · 13 hManage
Rui Neves Acho que o lema devia ser" Moçambique anda as voltas"

GostoMostrar mais reações · 1 · 13 hManage
Ani Zita Afinal haviam refugiados ???

GostoMostrar mais reações · 1 · 13 hManage
Telmo Vanexon Num ano em que se regista a melhor produção agrícola dos últimos 20 anos. Num país onde não há ocorrência de insegurança alimentar. Combustível para viaturas ao longo de toda estrada. Sr. Egidio Vaz, estas 3 afirmações estão muito longe de constituirem a verdade.

GostoMostrar mais reações · 3 · 12 h · EditadoManage
Lourenço Jossias Grande exercício. Boa análise. Parabéns.

GostoMostrar mais reações · 1 · 12 hManage
Lit Safrao Já foi dito com vários quadros seniores da Frelimo que o grande adversários dos problemas desse País são eles próprio não a Renamo ou sociedade civil,os companhia vão lamentando mas não há volta Nyusi esta a usar mal o seu poder e vai lhe custar caro se ele não despertar cedo porque quem determina a vitória não são os internautas ou elogio daquele ou acolá isoladamente e a percepção que os moçambicanos terão dele ajudemos a ele a compreender isso é quanto ao exercício do poder e preciso controlar as forças armada, garantir lealdade das suas bases de apoio e fazer certas alianças interna, chegar sim acordo com os credores e raustarar a paz sem preconceito e com todos instrumentos do seu lado recuperar o dinheiro do estado que está nas casa de certa pessoa que estão usando para atacar o seu governo.

GostoMostrar mais reações · 2 · 12 h · EditadoManage
Nitafa Nitafa Nomo RESCALDO DOS 2.5 ANOS DA
TERRÍVEL (DES)GOVERNAÇÃO DA
'SUA DEMÊNCIA' O "PRESIDENTE" DA
REPÚBLICA FILIPE NYUSI
Nem é preciso dizer muito, as imagens
são claras. O Nyusi é o pior
sanguinário da África Austral,
chegando mesmo a ultrapassar
Mugabe.
O Nyusi é um tremendo desastre.
Mentiroso e falso. Aldrabão e cínico.
Mulherengo e bêbado, drogado e
inepto.
Para além de também estar a proteger
os ladrões dos biliões das dívidas
ocultas (Guebuza, Manuel Chang,
Gove, Chipande, etc), o Nyusi é
directamente responsável pelos
assassinatos de vários graúdos da
Renamo como o coronel José Manuel,
o Dr Jeremias Pondeca (autorizou a
sua morte pelas 19.54 minutos do dia
anterior através de um número da
vodacom), sem falar do Prof Cistac,
Paulo Machava, valas comuns,
refugiados no Malawi, venda ilegal de
terras dos camponeses para a
Portucel, etc, etc. A bocado mentiu que
já retirou as suas fracotes tropas da
Gorongosa e ainda mais tem plano
secreto para transformar aquele área
em zona militar (o que será um
suicidio para a frelimo).
Com este senhor no poder, o país
ainda vai conhecer dias tenebrosos. O
Nyusi e seus sequazes estao a
trabalhar secreta e intensamente para
não só militarizar o pais como também
limitar ou apertar drasticamente a
liberdade de expressão das pessoas
através da vigilância das
telecomunicações (falaremos
detalhadamwdisso oportunamente e
apresentaremos eficientes contra
medidas para frustrar o esquema).
Atencao que eles só poderão espionar
as nossas chamadas telefonicas
normais e sms e NAO as
comunicacoes via Internet (facebook,
whatsapp, telegram, skype, etc).
O Nyusi e seus sequazes querem e
podem tornar Moçambique muito pior
que os tempos do regime comunista
de Samora Machel.
Só o marechal Dhlakama e seus super
comandos é que podem impedir isso
Quero alertar aos frelimistas de bom
senso sobre o grande perigo que o
Nyusi representa não só para o país
mas para os próprios membros e
simpatizantes. Neste momento é mil
vezes apoiar Dhlakama e a renamo do
que este pau mandado do Guebuza.
Se souberem o que o Nyusi e seus
sequazes estão a engendrar, muitos
quadros e simpatizantes da frelimo
ficarão super aborrecidos!
NOTA:
Recentemente os sequazes do Nyusi
tentaram, através de esquemas,
promover um dos seus conterrâneos
de coronel para (pasme se!) Major
General!
Ha alguns meses atras, o filho do
Nyusi, o Florindo, comprou o perfume
mais caro do mundo no valor de
50.000 dólares, o suficiente para se
comparar ou 10 autocarros usados de
30 lugares para colmatar a crise dos
'my loves', ou mais de 2 000 carteiras
para as nossas crianças (2-3 escolas
primarias).

Efraime Alberto Guila Junior Ninguem t elogia enquanto fores bondoso a vida toda, + cometa uma maldade e o mundo todo ira' contra si. Ou seja, das benfeitorias ninguem s lembra, estao cegos com a crise provocada pelas dividas

GostoMostrar mais reações · 12 h · EditadoManage
Vincent Nhavene E quais seriam as tais benfeitorias do PR?

GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Jossias Gimo Lindo texto Egideo Vaz,peca porém, por ser uma análise apaixonada facto que faz com que penses que o que o PR faz é um favor nação. Lembro-me de ter tirado negativa num texte que havia resolvido maior número de perguntas,o que pesou é que as questões que eu resolvi eram de menor cotação em relação as que não resolvi. Suponho que é o que esteja a acontecer com o presidente Nyusi,pois os serviços básicos se ontem deixavam a desejar,hoje são uma miragem,a justiça não digo. 
Eu não assisti o programa em causa,mas ouví que estavam aí membros da Frelimo a criticar a governação de Nyusi. É so para veres que em todos partidos há problemas e que nenhum líder reune tanto consenso no seio dos seus membros,se fossem para surgir cartas surgiriam pior e nem todos refletem a verdade. 
Reconheço a sua capacidade de escrita e descursiva,no entanto,a mensagem precisa ser desapaixonada para ser imparcial,so assim é que podemos fazer as coisas melhorar,lembre-se que todo político é mentiroso e nos é que somos os verdadeiros fiscalizadores.

Nitafa Nitafa Nomo E te esqueceste de mencionar oh Egidio Vaz.

GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Jeremy Timbe O Presidente não podia nem pode fazer nada mais do que fez. Em Geral a Africa para fazer algo, tem que não depender de ajuda externa. Moçambique possui independência politica e não económica. Um país assim não tem possibilidades nenhumas de exercer poder nem de impressionar com as politicas governativas. Os lideres Africanos de 1985 até cà passaram a ser puros implementadores e intermediarios de expedientes do ocidente (Breton woods-fmi e o Banco mundial). Retira se actualmente o Zimbabwe Em quem Em minha opinião Moçambique deveria seguir o exemplo! O Presidente tem boa vontade de trabalhar Mas é penoso ver como é humilhado quando sai fora a pedir dinheiro. Pela honra do país e dos nossos líderes, deviamos prescindir desses dinheiros emprestados, restruturar os modelos de governação, denunciar todos os acordos de cooperação com as instituições financeiras, estabelecendo um Prazo para o pagamento do que ha a pagar; rever o padrão de vida para baixo e descermos à machamba, investir o pouco que tivermos la Na machamba. Basicamente seria regressar aos níveis de vida dos anos 84 e 85. So assim o Presidente pode ter dignidade de fazer para o povo. Mas deve haver roptura Em todo o sistema e estabelecimento de novos paradigmas de estar e de governar.

GostoMostrar mais reações · 1 · 12 hManage
Traduzido do Inglês


The Japanese government has provided 23,630 US…
CLUBOFMOZAMBIQUE.COM


GostoMostrar mais reações · 1 · 12 hManage
Jeremy Timbe 4 barragens ao padrão de construção japonês, sao um investimento pesado! Estamos de rastos! Barragens de terra associadas à diques também de terra e canais de regra em terra; tecnologia barrata seriam A solução para o levantamento da agricultura Em Africa! Jà construimos isto ha milleniums e funcionou!

GostoMostrar mais reações · 1 · 12 hManage
Manjate Custodio Um acto excelente de exercício de cidadania . Parabéns Egidio Vaz

GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Ruy Zeca O presidente da República,deve mostrar vontade em esclarecer as "dívidas ocultas",e materializar no espaço real,pois na minha opiniâo ele tem se distanciado desse assunto ao longo desta primeira metade da sua governaçâo,embora seja um tema corrente....ahhh,depois disso se calhar ainda sou capaz de mudar de opiniâo com relaçâo a sua honestidade..#mais acçoes e menos blá,blá,blá...!!!!

GostoMostrar mais reações · 3 · 12 hManage
Vincent Nhavene Ninguém atiça fogo para se queimar, ele (PR) nâo é nenhum distraido.

GostoMostrar mais reações · 9 hManage
Abudo Machude Texto muito bom. Mas há muitas coisas que ainda não estão de volta.

GostoMostrar mais reações · 12 hManage
Manjate Custodio Egidio Vaz por saber pensar bem arrasta muita gente com forma pensar diferente já muito bom. Alguns dos seus críticos nunca lançaram um post com esta tamanha audiência. PALMAS

GostoMostrar mais reações · 2 · 12 h · EditadoManage
José Luís Um texto poético, quase que soltava lágrimas enquanto lia, principalmente aquela parte de pergunte os Os gregos, os Tugas, os órfão de #Chaves ... bla bla bla. 

Nós não vamos perguntar a ninguém, se hoje estamos a sofrer alguém colocou-nos neste embalsamado sofrimento. Não aceitamos que Está(mos) de VOLTA enquanto não vermos questões do ROMBO resolvidas. Ademais na Radiografia dos 2 anos e meio não se fez referência o recrudescimento da criminalidade sobretudo por questoes politicas...Neste momento estamos todos anestesiado por isso ha esta impressão de ter-se VOLTAdo a normalidade, mas se não se assinar acordo p'ra paz efetiva, se nao se recuperar a confiança dos parceiros internacionais meu caro EV nem a dita produção que houve não nos safara de VOLTAr a época dos anos #80. Contudo faço votos que o Presidente Nyusi tenha a coragem de entregar os indivíduos identificados pelo alfabeto afim de pagar pelos seus crimes que lesaram a pátria tal como fez com Lino de Almeida.

Lucas Sixpene Deram pontos de vista deferentes. Qual é o problema?

GostoMostrar mais reações · 2 · 12 hManage
Fernando Dengo Transporte público, educação de qualidade, preços dos bens e serviços, criminalidade, corrupção, abuso de poder, etc etc etc

GostoMostrar mais reações · 2 · 12 hManage
Gamatxulo Celestino Dinis Caro Egidio V😂az acho que ja tas a escovar para ser empossado para qualquer coisa! Força mano!

GostoMostrar mais reações · 2 · 11 hManage
Pereira Luis Viagem Caro Egidio: Desde a tomada de posse do presidente Nyusi os salarios manteram, a nossa moeda depreciou, os impostos subiram e os precos de produtos no mercado subiram dramaticamente; concluindo: o grafico tende a decrescer, razao que leva a mim (um cidadao comum), avaliar negativamente a 1/2 do mandato desse governo.

GostoMostrar mais reações · 2 · 11 hManage
Marcio Morais Devia ser acessor do Presidente.tem muita visão

GostoMostrar mais reações · 4 · 11 hManage
Silvino Ñhantumbo Estamos mal mano Egídio era último reduto conseguiram, prontos fazer mais como?

GostoMostrar mais reações · 3 · 11 hManage
Edson João João Alberto A sua análise Egídio Vaz é só para uma pessoa com visão e memória fresca. Obrigado por nos deliciar com essa reflexão sabia.

GostoMostrar mais reações · 3 · 11 hManage


Moçambique cresceu 2,9% no primeiro trimestre…
MACAUHUB.COM.MO


GostoMostrar mais reações · 1 · 11 hManage
Gamatxulo Celestino Dinis Isso entende quem le, ma sum cidadão comum que se encontra em Lalaua, Mecanhelas, Nhamatanda, Lugela, Namuno, Chicualacuala nem lhe quer dizer nada essa informação por si postada. Exibe factos reais para que um cidadão comum entenda. Não fale de percentagens!

Adilson Rafael O crescimento dos primeiros três meses deste ano fica abaixo das previsões das instituições internacionais, que apontam para um crescimento anual superior a 4%.

Adilson Rafael Sabes Dr. Egídio, sempre que via uma notícia eu sempre vinha para sua pagina para ver a sua análise Dr. Egídio más nos últimos meses venho vendo que uma grande mudança nas suas análises, não pareces o mesmo, a cada dia que passas perdes muita credibilidade e talvez não tenhas notado. As suas análises estão tão pobres que já nem fazem diferença. Deixaste de defender o povo e deixaste de fazer parte do povo e foste defender os que maltratam o povo.

Fernando Sande mbuya mwava mafala ya edilson xavier ndakuvudzani ine tayo?Ver Tradução

Alberto Ernesto Zico Já vendeu seu cérebro para melhorar lamber botas.

Alberto Ernesto Zico Para melhor lamber bota.

Jose Chirruco Falaste o mesmo na RM. Parabéns pela análise

GostoMostrar mais reações · 2 · 11 hManage
Theo Crush Matsule Ainda não LI

GostoMostrar mais reações · 11 hManage
Eugenio Abilio Abibo não é favor ! construir, Estrada,Ponte, escola, dar transporte público, mas sim é obrigação dele criar estas condições para o povo.E nos vamos insistir porque não estamos satisfeito, até que nos a presente à cabeça das dívidas oculta, que tirou as moedas de chapa,pão do bolso do povo.

GostoMostrar mais reações · 3 · 11 hManage
Denicio Dos Santos Muare Força Egidio Vaz, estas no caminho certo, ainda chegas a ministro!

GostoMostrar mais reações · 6 · 11 hManage
Frank Mwanaluc Ja deve ter um mercedes a sua espera

Delfim Bica Lucas parabens pela análise... todos nós sabemos de como este pais estava qundo o nhusi entrou para presidencia, esta de parabens o PR pelo seu esforço e bom trabalho que tem desencadeado no seu mandato...

GostoMostrar mais reações · 2 · 11 hManage
Limpo Zambo Nunca houve uma mobilizacao da populacao pois Samora, em prol de producao como o Presidente Nyussi o faz. sei que pode haver muitos que nao estimem ele como pessoa mas temos que reconhecer que o homem, tem conseguido ser um verdadeiro educador civico.

GostoMostrar mais reações · 2 · 11 hManage
Adilson Rafael Sabes Dr. Egídio, sempre que via uma notícia eu sempre vinha para sua pagina para ver a sua análise Dr. Egídio más nos últimos meses venho notando uma grande mudança nas suas análises, não pareces o mesmo.
a cada dia que passas perdes muita credibilidade e talvez não tenhas notado. 
As suas análises estão tão pobres que já nem fazem diferença. Deixaste de defender o povo e deixaste de fazer parte do povo e foste defender os que maltratam o povo.

GostoMostrar mais reações · 7 · 11 hManage
Egidio Vaz Irei comentar o teu comentário noutra ocasião. Para já, irei denunciar-te ao facebook por usares o nome de alguem que conheço e serás imediatamente banido daqui. Adelson Rafael veja esse senhor usando seu nome. Abraços.

Naine Mondlane Yuuuuuuuh! Logo desconfiei do comentario acima do falso Adelson. kkkkkkkkkkkkkkk... foste descoberto seu malandro

Adilson Rafael Boa tarde Dr. Egídio Vaz. Disseste que irias me denunciar porque estou a usar um nome falso porque te critiquei. Disseste que uso o nome de alguém chamado Adelson Rafael? não te deste o tempo de ver a diferença entre Adilson e Adelson? antes do L tenho i no nome e o Adelson têm e. Se quiseres que te mostre o B.I diga que te mostro. Costumava te elogiar bastante Dr. Egídio, confiava mais nas suas palavras do que nas palavras dos outros comentaristas. O dinheiro não gera respeito Dr. Egídio e ele não é tudo.

Adelson Rafael Egidio Vaz Muitissimo obrigado pelo alerta, tambem rei denunciar-te ao facebook!

Adilson Rafael O Sr Adelson também ira me denunciar e consequentemente irei perder o meu Facebook pois me fiz passar por alguém que não sou. sera que o Sr é o unico que merece o nome de Adelson? O Sr não se chama Adelson e Adilson.

Limpo Zambo O que aconteceu ontem na linha aberta foi o duelo claro entre o Deputado Caifadine com uma leitura de disciplina partidaria e uma logica coerente dos factos e um " Irmao " Chivale que com Nostalgia do discurso de auto estima e da revolucao verde vergou-se a uma linha opositoria, triste ...


Macuacua Massiquele Roberto Egideo Vaz, admiro muito a sua intelectualidade. 

Mas todos os desafios que aponta sao fruto de uma situação própria de um país desorganizado que não tem um projecto de governação objectivo e claro...

O problema é o de centralizarmos a problematização dos desafios do país e as suas respectivas soluções nas pessoas dos nossos dirigentes e os satélites que gravitam o poder de decisão na liderança deste país, por causa deste problema que é exatamente a falta de separação de poderes,sua delegação e inclusão na governação participativa deste país, fruto da ganância da qual resulta a marginalização dos melhores quadros deste país , contrariamente aquilo que foi que foi a visão e missão primordial deste país:

Libertar a terra e os Homens;
Construir uma nação para todos, combater o tribalismo, o racismo, o individualismo e todas as formas de exclusão e descriminação em prol da unidade nacional...

E todos os outras slogans que nos incluíam e nos uniam em.prol de uma causa comum...

Hoje se formos a ver a composição das lideranças deste país vamos ver que tem haver com a cor e origem daqueles que detém o poder, é Só verificarem as estatísticas das oportunidades criadas...

Isto pressupõe que, nem mesmo dentro do partido, há confianca entre os camaradas e isenção na criação de oportunidade criadas para dirigir e liderar...

Seria bonito vermos um dirigente preto ou branco a nomear brancos, pretos, mulatos, albinos, chineses, asiáticos islâmicos, indianos, macuas, changanas, nyanjas, macondes , bitongas, rongas, chuabos, nhungwes, ndaus, cenas, rongas, matswas, chopes, jauas, mwanis, etc, para com ele liderarem, desde que mostrassem competências, idonieadade, integridade e sobretudo espírito nacionalista...

Mas não é isso que está acontecendo, a sucessão da governação apresenta regionalização periódicas e houve ja provincias que apresentaram.listas negras de camaradas de outras paragens como forma de reivindicar o direito excluir a competição daquilo que deveria ser o critério de elegibilidade governativa...

É o factor Homem quem governa e transforma a natureza e a terra é o factir Homem e não o contrário...

Os factores da natureza e a conflitualidade humana é que constituem as variáveis de avaliação da nossa capacidade de liderança e competência na resolução de desafios e estes exustiram e existirão sempre ad eternum enquanto a humanidade existir e mesmo depois da sua existência, a menos que o universo deixe de existir!

É por essa razão que está difícil se chegar a consensos nesta questão de descentralização do poder nas suas componentes políticas e estatais de modo a reduzir a concentração do mesmo num grupo detentor do poder politico governamental e estatal ...

Não sejamos ingênuos de cabeças ocas, caro Egideo Vaz , em resposta a nossa academicidade e universalidade intelectual, sob a pena de nós tornarmos meros mirones da Praça a descutir coisas banais e não problemas tão sensíveis como este de análise da governação de quem.nos dirige...

Acho que somos mais do que isso...

Há 42 anos que o partido Frelimo se sucede a si mesmo na governação deste país.

Sendo assim, os desafios da liderança deste país deveriam.ser os mesmos , tendo em conta aquilo que seria a visão e a missão desta agremiação ao decidir abraçar a liderança governativa deste país...

Falar do presidente Nyusi é falar do presidente Guebuza, é falar do presidente Chissano e é também falar do presidente Samora, porque todos eles são regidos pela mesma visão e missão de grupo organizacional chamado Frelimo...

Apenas se sucedem os corpos directivos...

Mas as políticas corporativas deveriam se manter fiéis em termos dessa perspectiva de visão e missão...

Por isso que a Ford, a Toyota e muitas outras corporações são prósperas devido a fidelidade e a persistência na sua visão e missão, assim como muitos partidos irmãos de Moçambique , como o partido revolucionário comunista de Cuba, partido comunista chinês e outros partidos de orientação socialista que se mantiveram fiéis a sua causa, lideraram os seus países e povos para um patamar de vanguarda em termos de prosperidade dos seus Estados e Nações...

Seria o mesmo que querer culpar ao Neimar, Maradona ou qualquer outro claque pela derrota desastrosa da equipe...

Não basta ter apenas um único craque para que a equipe vença, é preciso que haja coesão e disciplina na equipe para que ela se torne vencedora, desde a massa associativa, a presidência , o pessoal de apoio , o treinador, ao conjunto dos jogadores e até por fim cada jogador dentro da sua especialidade...

Isso é que está faltando na frelimo...
Este partido tem pautado pela autopromoção , egoísmo , individualismo, grupismo e exacerbação de ganancias individuais em prejuízo do grupo...

Portanto, a conjuntura da incapacidade, fraqueza e insuficiência não pode ser atribuída a nenhum dos presidentes que lideraram o partido, tanto mais que muitos analistas de renome na Praça, já tenham implicado estes problemas e inclusive o presidente do partido e o núcleo do próprio partido - a ACLIM...

Sejamos realistas e objectivo e nas nossas análises...

Portanto não devemos discutir e nunca, os presidentes e os membros dos governos que eles investem ao analisamos os problemas de liderança deste país, devemos é discutir o grupo e as suas estratégias e políticas governativas para ver o que está errado...

Discutir a governação do presidente Nyusi ou dos que os antecederam, é Discutir problemas de um carro que não está funcionando bem, olhando apenas para uma das partes da sua emgrenagens...

o carro é o partido frelimo.

todos os outros membros que o partido coloca na liderança são apenas consumíveis ( pneus, e outras engrenagens de transmissão não críticas ) desta máquina chamada frelimo.

O desafio que se coloca neste país em termos de liderança, é se devemos substituir esta máquina por outra ou se se deve levar a máquina a uma Oficina para junto de especialistas fazer um diagnóstico correto da situação...

Quando apontamos problemas conjunturais do país para justificar o sucesso ou não dá governação, estamos fazendo o mesmo que alguém faz , ao culpar os acidentes geográficos do terreno, o estado da estrada , as pessoas que pedem boleia ou que pedem para carregar trouxas na viatura, o combustível e o local onde decidimos compra-lo e até a Deus, pela fraqueza da viatura e a do próprio condutor em que nos fazemos transportar, pela dificuldade de andar a um.ritimo desejavel que nos fará chegar a um destino pre-definido em tempo útil...

Esse é que é o problema!

Irmãos, uma pessoa não pode levar um.carro sem tração no tempo de chuva à Niassa , se quer chegar a Niassa...

Eis o meu ponto de vista...

O momento ideal para fazer o diagnóstico do problema desta máquina de forma objectiva e profunda é este que se aprixima: 

O congresso da frelimo.

Deixemos que eles proprios façam.o diagnóstico correto das avarias que eles proprios sabem ser profundas e reais que fazem com que nada di que afirmam ter alcançado corresponde uma verdade...

O que o.presidente Nyusi esta fazendo , é o mesmo que um.piloto ou um comandante de um.navio faria , numa situação de crise durante a viagem, dar ânimo e tranquilizar os utentes para evitar o pânico a bordo...

Cabe a quem é inteligente fazer as devidas leituras, em vez de avançar com cogitações que não nos levam a lado nenhum...

Só quem conduz a viatura sabe dizer com propriedade o que se passa para o carro não cumprir como horário da viagem...

O que eu sei é que o carro não está andando e ameaça parar a qualquer momento...

Os porquês não tenho como responder porque não conheço a dara de fabrico e muito menos o tipo de motor que nos faz transportar...

Mas se há pessoas sem ocupação e que acham divertida a viagem turistica banal desta carroça preguiçosa, tudo bem...

Cada um sabe de si...

Até mesmo as mulheres gravidas que correm o risco de dar parto em condições anomalas, a bordo, é com elas...

eu estou conformado no meu banco e calmo, por ter perdido tanto tempo nesta viagem sem fim...

Apenas digo isto para acalmar os ânimos e chamar a turba a razão...

GostoMostrar mais reações · 11 · 9 h · EditadoManage
Jeremy Timbe Detalhadamente colocado mas sem identificação acertada do real problema do nosso país. Nyusi, Dlakama ou Renamo e Frelimo não são os nossos reais problemas; nem mesmo o corpo todo destas formações polīticas. Em geral os partidos políticos Em Africa são a ressonância de interesses externos ao povo Africano, interesses sempre ligados aos europeus. Os líderes Africanos verdadeiros, aqueles que lutavam para o bem da Africa foram mortos pelos mesmos Europeus a quem hoje nossos governantes e encorajados por Nós mesmos como povo, ajoelham para pedir dinheiro para governar o povo! Que tipo de gente somos Nós? O Samora era da Frelimo mas queria o bem de Moçambique, entendeu a necessidade de sacrificios presentes para colher no futuro. Foi o ultimo nacionalista a cair em 86, mortos pelos que hoje fazem negócios connosco. Isto é que não està bem e não existe qualquer possibilidade de nós como povo cultivarmos a decência pois estamos a basear nossas vidas por cima de indecencia. Os negócios com a Europa deviam parar, fecharmo nos, construirmos união entre nós moçambicanos e com o resto dos paises Africanos. Seria penoso sim Mas viveriamos com mais dignidade e honra. Nós os Africanos devemo nos recriar em nossas formas de fazer politica e ascender ao poder e liderar o povo e não devemos nos apaixonar tanto pelo caminho de vida do europeu pois esse caminho representa apenas ruina ao Africano.

GostoMostrar mais reações · 1 · 8 hManage
Macuacua Massiquele Roberto Eis uma solução inteligente e única para deixarmos de nós distrair com banalidades...

Concordo em gênero e espécie em.cada letra; palavra e frase por si colocada por isso reitero: 

O factor da conflitualidade e da incompetência do homem.em resolver conflitos e problemas humanos é o proprio Homem...

Há países prósperos nas regiões mais inóspitas deste planeta e há também países muito pobres nessas regiões e nós estamos num continente com maiores e melhores condições de sobrevivência e prosperidade humana.

E Moçambique deveria ser o último país do mundo a se queixar ou lamentar da sorte divina que Deus providenciou ao homem.

temos um oceano e uma terra ricos em recursos naturais : 

praias das mais invejadas do mundo, fauna marítima Só vista num paraiso, recursos hidrocarbonetos e minerais em toda orla marítima, terras aráveis, recursos hídricos invejáveis, recursos minerais diversos e em.quantidades quase inesgotáveis.

Daí o nome de pérola do indico!

A única coisa que falta é apenas sabedoria e coerência , portanto, o factor humano...

Esta talvez é a única coisa que nos devemos queixar de não termos sido por Deus abençoados ...

Até inteligência temos , pois acadêmicos com Boa visão não faltam...

Mas sabedoria e coerência...eish...

Isso é uma raridade...talvez eu, tu e muito poucos que aqui se juntaram para comentar a volta deste assunto, modéstia à parte!

Quem achar que não temos razão que o diga...

GostoMostrar mais reações · 1 · 7 h · EditadoManage
Jeremy Timbe Somos todos Moçambicanos; mas somos sobre-tudo Africanos com diferentes culturas e riquezas étnicas únicas! Não podemos nos permitir lutar entre nós por causa de tão pouco com que os brancos nos compram! Somos um povo e as fronteiras entre nós e/ou mesmo os partidos políticos são estruturas coloniais estabelecidas pelo colono para poder nos explorar melhor. Não podemos claramente recusar estas fronteiras mas podemos isso sim abraçarmos nos, dar nos as mãos e levantarmos nos criando um super país de irmandade e com outros países Africanos criarmos um super estado Africano que coloque como prioridade o bem estar do povo e não interesses individuais de quém està à frente do estado e/ou seus associados Europeus. Vamos nos juntar as mão e estruturar o Moçambique e Africa que queremos Em https://www.facebook.com/groups/187084155140264/Mozambique Chapter - https://www.facebook.com/groups/867417213413947/?source=create_flow. Fazemos isto juntos sem separações ou não fazemos! Os nossos ancestrais os Moros, civilizaram a Europa entre séculos I e III quando a Europa ainda vivia Na ignorância extrema e pobreza. Fizeram isso com forte sentido de honra e Sabedoria; não foi com intrigas políticos! Puxou lhes os sentimentos de irmandade e humanidade. Estes sentimentos são a base e o estar de quém é Africano! Naturalmente, não diremos que os Europeus agradeceram aos Africanos por isto não! Pelo contràrio houve uma retribuição traidora por parte dos brancos contra os Moros resultando na confiscação de tudo o que haviam aprendido com os negros e plàgio de tudo o que se conhece como ciência hoje. Seguiu se o genocídio dos Moros Na Europa e quem conseguiu fugir regressou a Africa Mas continuou escravo até os dias de hoje. Africanos, conheçam a vossa historia, é a única coisa que vos pode empoderar. A ajuda externa é a única coisa que vos mantém escravos!!
Grupo fechado
1637 membros

GostoMostrar mais reações · 1 · 6 hManage
Macuacua Massiquele Roberto Eis um.pensamento crítico e estruturante...
Isto é que é ter sentido de patriotismo e não está falácia toda que muitos de nós andam aqui a demonstrar com lambebotismo ao pretender que são mais moçambicanos, entededores e inteligentes que a maioria...

GostoMostrar mais reações · 1 · 6 h · EditadoManage
Jeremy Timbe A APYA Moçambique é um projecto continental ainda Em estabelecimento; hà 02 anos que colegas meus em quase toda Africa trabalha neste projecto cuja a base é o Pan-Africanismo. É necessàrio emergir novos tipos de paradigmas por meio de edificação de novas formas mais honrosas e poderosas de pensar. O Restauro do Ma'at é a única forma que o Africano tem de recuperar o poder perdido por milleniums de exploração e escravização; o Ma'at é a nossa única herança.

GostoMostrar mais reações · 6 hManage
Macuacua Massiquele Roberto Força...apoio e talvez sugerir que a cada passo que vão dando, partilhem com os acdemicos, as instituições de produção de conhecimento e os mídia Africanos que pautem com atitude patriótica...
Acho que poderiam criar parcerias com correntes de pensamento crítico no olhar África , como a mozefo, o CIP e o Iesi...e institucionalmente com os institutos de relações internacionais e nas redes sociais...propunha até que criassem um mural para que a ideia cresça em progressão exponencial em termos de abrangência nesse despertar da consciência pan-afrucanista num.contexto pós independentista ...
O futuro de África depende da atitude dos africanos e na sua unidade na diversidade.
E o resgatar da consciência do africano depende da transmissão destes ideais de forma metodologia e também da desvinculação de compromissos e alienações ideológicas centradas no endeusamento dos líderes e seus partidos separatistas e exclusivistas por mera ganância fragilizadora do ideal construtivo e positivo do africano...

GostoMostrar mais reações · 1 · 5 h · EditadoManage
Jeremy Timbe Boa Macuacua. A APYA Mozambique jà tem a plataforma aqui mesmo no FB. Tudo relacionado ao projecto, o manifesto e diversos estão em https://www.facebook.com/groups/187084155140264/Mozambique Chapter - ...Ver mais
Grupo fechado
1637 membros

GostoMostrar mais reações · 3 hManage
Jeremy Timbe Pode o ilustre gostar da pàgina e fazer se membro do projecto. Todos devemos contribuir. Conto convosco!

GostoMostrar mais reações · 3 hManage
Tone Duarte Egidio para de lamber botas

GostoMostrar mais reações · 1 · 11 hManage
Egidio Vaz Este texto tem três páginas. Não falei de nenhuma bota nem acrescentei uma figura ou desenho ou foto que sujira uma bota. Logo, está claro que não só não leste como és um grande analfabeto funcional. Deixo o teu insulto aqui para que tantos outros saibam como analfabetos funcionais agem quando não conseguem argumentar.

GostoMostrar mais reações · 1 · 10 hManage
Tone Duarte Isso é o que os beija mão e os lambebotas fazem qndo nada tem a escovar.prossiga ,pois ate o cego e o surdo percebe de antemao o sentido e o objetovo da sua dicertação.

GostoMostrar mais reações · 3 · 10 hManage
Alberto Ernesto Zico Tone Duarte,quanto mais lambemos botas caba sujando a nossa massa cinzenta.

GostoMostrar mais reações · 2 · 10 hManage
Alberto Ernesto Zico Deixem ele arguntar mediocridade que tem nós mostrados nos últimos dias.pena dele já é mente desértica.

GostoMostrar mais reações · 2 · 10 hManage
Tone Duarte AFIRMATIVO E ASSINO POR BAIXO.

GostoMostrar mais reações · 1 · 9 hManage
Jonas Massingue Kkkkk ta mal isso

GostoMostrar mais reações · 1 · 8 hManage
Tiago Sith O Sr. Egídio virou um grande lambi-botas mesmo... diz que no debate da stv estavam simplesmente a desvalorizar os feitos do PR, o que vejo aqui no post dele é que o objetivo dele é simplesmente valorizar os feitos ( se é que tem) do PR.

GostoMostrar mais reações · 5 hManage
Tone Duarte Dá p ver q saiu da lista dos académicos visionários e virados p a mudaça do sistema politico actual...vejo que até o Chivale percebeu muito e bem que o caminho pelo qual seguia ,só o levava p o colapso de si e de todo um povo inocente,paciente,compreensivo e sofredor ,merce das acoes ideondos de um punhado de gente e em determento de mais de 25 milhões de moçambicanos.

GostoMostrar mais reações · 4 hManage
Geraldo Obra Espero um dia não ter que dizer: Egídio Vaz, bem vindo a República de Moçambique.

GostoMostrar mais reações · 3 · 10 hManage
Hussene Soro POLITICA É POLITICA MESMO...... Eu so te olho.kkkk

GostoMostrar mais reações · 1 · 10 hManage
Eugenio Tomas Esse Egidio Vaz é moçambino mesmo? Vive o Moçambique real?

GostoMostrar mais reações · 1 · 10 hManage
Eugenio Tomas Esse Egidio Vaz os filhos deles estudam nas escolas públicas ou privadas? Ele vai ao hospital publico ou privado? Usa transporte público ou particular?

GostoMostrar mais reações · 4 · 10 hManage

GostoMostrar mais reações · 10 hManage
Saidoskitas Iglesia O problema maior nos sabemos que não é ele como tal presidente... mas sim o problema está no facto de não usar das suas competências para colocar justiça neste país contra membros do seu partido... para que vale.... ou a lei é aplicável para todos cidadãos ou para alguns... também o que está errado neste país é o sistema político...

GostoMostrar mais reações · 10 hManage
Francisco Dos Santos A Guerra foi inventada para justficar a "compra de armas" a tal ponto que não precisa de mediadores para negociar,alias os americanos chama "guerra de baixa intensidade",não é possível avaliar sem ter em conta as dívidas não aprovadas pelo parlamento e ocultas,que o governo legalizou as.não ha como minimizar a violação da constituição.

GostoMostrar mais reações · 10 hManage
Sergio Padeiro Parabens Mbuia Egidio Vaz.

GostoMostrar mais reações · 10 hManage
Miguel Francisco Valoi Que mérito eu tenho em consertar aquilo que eu mesmo estraguei. A resposta é nenhum. O Presidente Nhusi deu-se muito bem na resolução dos problemas causados pelos fenómenos naturais, nomeadamente a seca na zona sul e centro, cheias na zona norte e na gestão das tragédias da província de Tete. Do resto só esteve a coçar a sarna que ele mesmo e os seus comparsas criaram. Por isso não devemos nos distrair com essas realizações, até deviamos exigir muito mais. Só atrasaram o país. Por isso não vale pena Sr. EV escovar o PR.

GostoMostrar mais reações · 5 · 9 h · EditadoManage
Jorge Saiete É verdade que o PR herdou desafios mas também devia estar consciente disso quando aceitou a empreitada. Doutro lado herdou boas coisas que devia ter os mantido com o tal e não o fez. Quando tomou posse Dhlakama estava na cidade e não nas matas e todos sabemos quem o empurrou para lá. Episódios como os de Zipinga e da sua residência na Beira são da era Nyusi. 
Herdou as dívidas (embora com meia culpa, afinal era ministro) mas pouco fez para que a Kroll acedesse a todas informações sobre a borada. No resumo divulgado pela PGR está claro que instituições que podiam, com um simples sinal presidencial, agir numa direcção não o fizeram. Não disponibilizaram a informação e nada lhes aconteceu até hoje. 
Os dossiers da Paz e das dívidas ocultas são as maiores preocupações de Moçambique actualmente e o que já se fez é muito pouco para quem tem poderes como os do chefe do estado.
Abraço

GostoMostrar mais reações · 2 · 10 hManage
Egidio Vaz Saiete, esta é a narrativa que te emprestaram. É normal que tenham sido cometidos erros. Mas é mentira dizer que Dhlakama esteve na cidade como se a sua vinda significasse o fim das hostilidades. Lembro-te do fiasco que foram as negociações do Centro de Conferencias, do fiasco que foi a EMOCHIM, que não conseguiu reunir um único majuba; do fiasco enfim, que foram as negociações. Ademais, lembro-te ainda que como um “entrant”, ele tinha que perceber as coisas e a pouco e pouco indo tomando as medidas necessárias, a começar pela Paz. E se tivesse agido rápido, a dívida iria se autofinanciar? E se tivesse recebido os credores, os doadores iriam manter a ajuda? Tudo isso o que acabou de mencionar não passa de uma narrativa de quem está associado à uma narrativa defensiva, só para desculpabilizar quem de facto é responsável não apenas pela contratação da divida como pela sua péssima gestão. Eu conheço a sua narrativa da ponta a outra

GostoMostrar mais reações · 9 hManage
Jorge Saiete Egidio Vaz , então preferiu chamar meus argumentos de narrativa emprestada? O ponto de partida já mata qualquer possibilidade de debate, por isso páro por aqui. Abraço irmão e bom labuta

GostoMostrar mais reações · 3 · 9 hManage
Egidio Vaz Jorge Saiete toda narrativa é emprestada.Não sei como compreendeu esse português. Mas toda narrativa é emprestada. É feita, refeita, maquiada e emprestada para divulgação e amplificação. Já li isso em vários outros textos de outros autores

GostoMostrar mais reações · 9 hManage
Lit Safrao Vaz a muita coisa que se comentou, Nyusi e Presidente desse País ele tem que usar todos elementos a sua volta para resolver os problemas segundo Chivale os seus antecessores tivera uma marca emblemática e a ele não se sabe qual é isso mostra que estamos a ser combatido dentro do Partido desde que tomamos as rédeas dessa nação oque sempre ouvi desde criança somos incompetente para dirigir o País.

GostoMostrar mais reações · 7 h · EditadoManage
Lit Safrao Estão a nós passar o certificado de incompetência isso ultrapassa a dimensão de Frelimo como Partido e um combate contra os quadro Centro e Norte fique de olho bem abertos se não vao dirigir esse País só um mandato enquanto os outro dirigirá 40 anos e mas não disse.

GostoMostrar mais reações · 7 hManage
Lúcio Langaa Ouviu Jorge Saiete? Toda narrativa é emprestada, incluindo a dele. É tudo emprestado. Ele disse

GostoMostrar mais reações · 3 · 6 hManage
Notiço D'Akeelaya É tudo emprestado, incluindo a dele! kikikikikkkkkkkkkk

GostoMostrar mais reações · 4 hManage
Angelo Francisco Pais cheios de lambe botas...

GostoMostrar mais reações · 9 hManage
Daniel Gilberto Ntumwa Basta que eu tenha uma opinião contraria a de muitos ja sou lambibota, esse meu país!

GostoMostrar mais reações · 4 hManage
Edson Godinho Caro Vaz, desde ja admiro seu esforco em elencar "avancos" do nosso "empregado", mas por favor....ca entre nos e sem agendas pessoais. Um bom dirigente nao aquele que tira o seu povo da miseria, mas sim aquele que evita miseria do seu povo....E RECUPERO O comentario do VALOI:....que MERITO TEM O VISADO EM CONSERTAR AQUILO QUE LE MESMO ESTRAGOU...Egidio Vaz, CLARIFIQUE A SUA AGENDA. Cpts.

GostoMostrar mais reações · 4 · 9 hManage
Egidio Vaz O que é que ele estragou? Comecemos por definir o dano.

GostoMostrar mais reações · 9 hManage
Eugenio Tomas Mas Egidio Vaz...nao vamos precisar dum psiaquiatra no futuro para você? Afinal quem era Nyussi antes de chegar a presidencia?

GostoMostrar mais reações · 3 · 8 hManage
Eugenio Tomas Achas que ele nada sabe das dividas ocultas? Quem mandava a santungira os nossos irmaozinhos que la pereceram?

GostoMostrar mais reações · 1 · 8 hManage
Eugenio Tomas Mortes de inocentes para garantir a riqza dum punhado

GostoMostrar mais reações · 8 hManage
Egidio Vaz Eugénio, tu não conhece todos.

GostoMostrar mais reações · 8 hManage
Edson Godinho A RESPOSTA E TAO OBVIA QUE TENHO QUE TENHO DIFICULDADES EM RESPONDER, MAS NA DIFICULDEDE EM OBTER A RESPOSTA SAI A VRANDA E VEJA A MISERIA DOS MOCAMBCANOS COMUNS E A ORGIA DOS DIRIGENTES E SEUS PARENTES...cpts

GostoMostrar mais reações · 9 hManage
Egidio Vaz não posso medir a miseria de um povo de 25 milhoes a partir da varanda de qualquer infraestrutura. é esse tipo de simplificação que reduz a nossa analise. a nao ser que queira fazer política

GostoMostrar mais reações · 9 hManage
Edson Godinho Caro Vaz....entao nao faca esforco em subir senao ainda cais, pois mesmo sem subir consegues ver a DESGRACA DOS MOCAMBICANOS...sei que es muito atento. Cpts

GostoMostrar mais reações · 1 · 9 hManage
Egidio Vaz Não me parece que se tenha prestado atenção ao que escrevi. O preconceito ainda está forte. Estava a espera que tentasse rebater os argumentos. Assim que estragou o país foi Nyusi. Se me permite a resposta, quando é que o país BOM viveu? Entre que anos?

GostoMostrar mais reações · 9 hManage
Rudolph Schniering Esse desviu de foco faz me lembrar o sr Ragendra de Sousa antes de provar mel falava com uma objectiva depois de provar o mel até parece uma estatua, mantenha o foco.

GostoMostrar mais reações · 4 · 9 hManage
Vincent Nhavene Força que chega lá, os outros fizeram o mesmo "LB"

GostoMostrar mais reações · 4 · 9 hManage
Edson Godinho kkkkkk.....estamos alinhados?

GostoMostrar mais reações · 9 hManage


GostoMostrar mais reações · 9 hManage
Luis Nassiaca Disse a verdade doa a doer

GostoMostrar mais reações · 9 hManage


Tema: Informe do PR sobre a 1ª metade do seu mandato. Não editado pela STV-SOICO
YOUTUBE.COM


GostoMostrar mais reações · 7 hManage


Tema: Informe do PR sobre a 1ª metade do seu mandato. Não editado pela STV-SOICO
YOUTUBE.COM


GostoMostrar mais reações · 7 hManage
Domingos Manga Gostaria de ter visto uma passagem que falasse das dívidas da MAM, Proindicos e Ematum na sua dissertação, mas infelizmente é uma espécie de uma réplica do discurso do PR... até o Chivale conseguiu elogiar o bom no discurso do PR e criticar o omisso, mano come onn... eu tiro chapeu para si, você devagou muito, até a crise de 1929 ñ escapou no seu discurso, mas tudo isto para manipular e distrair a opinião dos internautas.

GostoMostrar mais reações · 3 · 7 hManage
Egidio Vaz Não leste o meu texto.

GostoMostrar mais reações · 7 hManage
Domingos Manga Li muito bem o seu livro de memórias ilustre, ñ entendi nada em corelação ao debate de ontem... até o Chivale ontem mostrou imparcialidade, precisamos arregarçar as mangas e sermos realistas e ñ idealistas... o país precisa de si, o Senhor é um cérebro, critique quando for necessário e elogie quando quando houver motivos para tal. Aprecio a forma como busca informaçao, mas estranho as suas abordagens!

GostoMostrar mais reações · 1 · 2 hManage
Rogério Sitoe Egidio Vaz 1-Para mim é interessante ver ideólogos e propagandistas" da narrativa "deixa andar", atirarem-em-se como Golias, aos produtores da narrativa "o país esta de volta", com a mesma violência com a qual crucificavam a quem perguntasse "afinal deixou-se andar o que? Alias a esses o rotulo político era tao horrível que até eram classificados os quadros do "deixa andar". Afinal dói né. Até se faz numa plataforma televisa que outrora é do inimigo americano? 2- Nao sou defensor de slongans dessa natureza, pois classificam, dividem e excluem quem pensa diferente. Acima de tudo nos fazem perder o foco, o essencial. Nao discutimos o que deve ser feito e como. Nao procuramos solucoes e o que nos une para de facto o país seguir em frente. Perdemos tempo em coisas pequenas como antes perdemos e nos perdemos a procura dos "quadros do deixa andar".

GostoMostrar mais reações · 4 · 7 hManage
Egidio Vaz Seguramente. Seguramente.

GostoMostrar mais reações · 7 hManage
Mario M Strong Ya parece que Egídio Vaz quer nos mobilizar para interesses pessoais. Qual é o teu propósito camuflado neste post?

GostoMostrar mais reações · 2 · 7 hManage
Egidio Vaz O meu proposito é discutir contigo a minha opinião sobre certos desvios propositados de alguns propagandistas, que visam tornar o discurso do PR ininteligivel.

GostoMostrar mais reações · 7 hManage
Aulate De Almeida Dino Egidio Vaz kkkkkkk, hoje estas mal, os megas nao devem e nem podem acabar, teras k responder a cada um, senao diram k fugiste, lute ate ao fim, precisamos de defensores da patria, Hitler fez assim mesmo com uns miudos ai a 29.04.1945, deu mensagem aos rapazes para combaterem e defenderem Berlim ate ao fim, mas ele estava ciente k o fim ja tinha chegado e o nazismo dele seria esmagado. e assim se deu, dia seguinte suicidou-se

GostoMostrar mais reações · 7 · 6 h · EditadoManage
Fatima Mussa Fatu Caro Egidio Vaz nos fale dos Mercedes-Benz

GostoMostrar mais reações · 52 minManage
Luis Ernesto Chioze Força Egídio tens obra a concluir nada melhor que te posicionar assim mesmo, afinal só assim é que torna gente não é?

GostoMostrar mais reações · 5 hManage

GostoMostrar mais reações · 5 hManage
Arsenio Ndove Força Egídio vai puxando o saco!

GostoMostrar mais reações · 4 hManage
Kelvin Chaves O Que a nova série de metical não faz, escovismo, prostituição mental. O presidente nestes dois anos não nos deu a entender qual eh o seu foco ou marca de governação, será que eh combate a corrupção? Duvida mas o distinto Egídio Vaz deve saber já que sabe ate o preço e as marca dos sapatos e camisas do presidente.

GostoMostrar mais reações · 1 · 3 hManage
Arnaldo Caliche Hummm, mbuia ha algumas coisas que nao vou aceitar. presidente fazia parte do governo anterior. Nada de inocencia. Assunto de cheoa e seca, desde do tempo colonial, somos vitimas. Porque nao nos preparamos para reduzir o impacto da natureza. presidente era Ministros. O discurso dele e para a FRELIMO E NAO PARA O POVO E MUITO MENOS PARA GENTE COMO MBUIA EGIDIO.

GostoMostrar mais reações · 3 hManage
Ibraimo Sualehe Eu com deligencia e sem preconceito subscrevo

GostoMostrar mais reações · 3 hManage
Horacio Joao Antonio Triste viver num país com intelectuais sem visão e manipula opiniao pública somente pra agradar o regime do dia!

GostoMostrar mais reações · 3 hManage
Feliz Junior Intervenção de Mestre. Muito a desejar deixam aqueles que preferem se fazer passar por míopes, apenas por mero preconceito.

GostoMostrar mais reações · 2 hManage
Rafael Moises Dá até vergonha de comentar.....

GostoMostrar mais reações · 2 hManage
Jay Cee Malôa Ontem a noite estava na via da Matola para BH. Uma multidao estava na paragem com frio e gelados que nao resisti e parei. Lhes disse que ia até Xidiminguana mas parece que ninguem ouviu. Todos entraram no pick up e mais quatro na cabine. Eles disseram que Deus ouviu suas preces porque poderiam ficar mais de uma hora alí. Estavam muito cansados. Quando cheguei em Xidiminguana apenas uns 5 iam para aquele lugar. O remanescente ia para Boane mas de tanto frio ignoraram o que eu lhes dissera. Assim vai o Estado da nação nas ruas, e essa é que conta, nao demagogias do facebook ou TVs. É assim como o povo avalia. Com base no seu dia-a-dia. Contudo, percebí o alcance deste post.


À METADE I
O Presidente Nyusi e seu governo completaram a primeira metade da sua caminhada governativa. Ele decidiu dirigir-se à nação dizendo o que ao longo do tempo fez. Salientou o incremento dos serviços básicos aos pobres, essencialmente.
Deixe-me à guisa de contribuição/provocação tecer alguns considerandos.
Primeiro: O grande feito do presidente Nyusi foi a recuperação do processo de Paz. Ele pode falar dos progressos nas áreas de serviços básicos, mas é na Paz que se reconhece o Nyusi, Presidente de todos. E o dividendo da paz é inelutavelmente partilhado por todos.
Segundo: O enfoque para o resto do mandato deverá ser no desbloqueio internacional, ou seja, a normalização das relações entre Moçambique e seus principais parceiros económicos. Existe um detalhe muito interessante que eventualmente escape a muitos. Não se trata necessariamente por causa das dívidas ocultas que Moçambique está bloqueado. É sobretudo as consequências que tal escândalo provocou que Moçambique não se vê com possibilidades de ir fora e emprestar dinheiro.
Portanto, negociar e conseguir um novo pacote de assistência do FMI é de capital importância. Mas tal só será possível quando três condições forem alcançadas
a) Conclusão do processo de investigação pela PGR
b) Adopção de medidas macroeconómicas correctivas sugeridas pelos parceiros económicos com vista a preparação de um novo pacote de assistência
c) Renegociação das dívidas da EMATUM, MAM e PROINDICUS.
Ora, na minha opinião, nada impede que o FMI inicie a renegociação do programa de assistência enquanto o processo de investigação está em curso. Condicionar outro programa à conclusão do processo é mesmo chantagem dado que nem mesmo a Kroll reconhece que o processo é complexo. Pode levar tempo e a urgência da parte dos moçambicanos é sensível. Ora, o estado moçambicano não pode avançar com a renegociação sem antes acertar-se com as IFI. Por sua vez, os credores não podem aceitar renegociar sem conhecer a posição das IFI, dizem eles. Por isso julgo muito urgente travar mais uma batalha diplomática com as IFI (instituições financeiras internacionais, FMI incluso) para que finalmente o país volte a andar (está de volta, mas precisa correr já).
Terceiro: Muitos críticos salientaram o facto de o PR não ter mencionado as dívidas ocultas. Definitivamente eu não percebi, dado que a posição do governo é clara e o Presidente disse em várias ocasiões que o governo está interessado e disposto a colaborar com as autoridades judiciárias no esclarecimento do caso e assegurar a responsabilização; que o estado está interessado em conhecer o desfecho o mais rapidamente possível e que o estado quer e vai pagar as dívidas contraídas. O PR disse-o em pelo menos três ocasiões: aquando do anúncio da suspensão da ajuda e aquando da entrega do relatório da Kroll e ainda aquando da divulgação do resumo da Kroll. Não sei o que mais o chefe do estado iria dizer no balanço sem que tais recados fossem motivo de interpretação ainda controversa. Poderia por exemplo achar-se que se estava perante uma pressão politica às autoridades judiciárias; que o PR estivesse a se intrometer noutro órgão de soberania, que estivesse a atropelar o princípio de separação de poderes. Ainda estou por aprender dos demais, que mensagem se esperava do PR não sendo ele PGR e não querendo se intrometer no trabalho dos outros.
PS: É bem possível que não “faça sentido” que a metade do mandato não senha se reflectido positivamente nos demais cidadãos, principalmente os das zonas urbanas. Mas uma coisa é certa, nestes dois anos e meio, o PR se preocupou com “os que ficaram atrás”, os mais pobres e sem voz; não esses que gastam megas em grupos de whatsapp. É preciso compreender que o país está longe de ser o que nós imaginamos. O estatuto do nono país mais subdesenvolvido do mundo não nos deve desviar a atenção do que é essencial para um povo de 25 milhões de habitantes.
PS: No próximo texto, falarei do autoconhecimento. Em vez de nos perguntar o que Nyusi fez em 2.5 anos, a pergunta será em que medida os meus conhecimentos sobre o país melhoraram? EM que medida a minha análise sobre os desafios do país melhoraram? Conhecer as limitações do nosso conhecimento e da nossa análise é de capital importância pois possibilita abrir-se às opiniões e discutir com modéstia as opiniões dos outros. Peço para não comentarem esta parte por favor. Guardem a tese para amanhã.
GostoMostrar mais reações
Comentários
Junior Capece Excelente explicacao professor
GostoMostrar mais reações
1
Ontem às 13:12
Manage
Ahlupale Próprio Amakhwapa Em relação ao processo de paz, eu prefiro aguardar pela saída do Dlakama com seus homens das matas, sem nenhum incidente ou acidente. O desarmamento da Renamo e a solidificação da confiança mútua.
Estou em crer que isso vai acontecer porque eu confio em Nyusi.
GostoMostrar mais reações
5
Ontem às 13:18
Manage
Lucas Inacio Olece Falar nao custa e nos todos temos papas na lingua mas nos actos acompanhamos k os auditores da kroll foram espulsos do gabinete de um intocavel k por sinal ele tinha uma informacao bastante relevante para o trabalho da kroll, logo nota se dois senarios diferentes, fala se uma coisa e faz se a outra.
GostoMostrar mais reações
6
Ontem às 13:21
Manage
Yussuf Adam o que sao estas fotos_ tortura de quem_
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 13:28
Manage
Kuyengany Produções Nyussi il s'en fou de çaVer Tradução
GostoMostrar mais reações
Ontem às 13:39
Manage
Fauzio Mussagy Fernandes Desculpe teus textos são mesmo hoje dia de um LAMBEBOTISMO E ELOGIOS Sem REGRAS e com FRACA...

SObre INFORME do PRESIDENTE posso ELOGIAR a 50% mais o ESUQEMAS DE CORRUPÇÃO DO RELATÓRIO DA KROLL deve ser TRATADO de igual com outros CASOS pequenos e médios.
GostoMostrar mais reações
11
Ontem às 13:30
Manage
Lucas Inacio Olece Se prestares atençao veras k quando fala de MDM é sempre uma dura critica mas quand o assunto é S.excia ai sao elogios k nao acabam....
GostoMostrar mais reações
3
Ontem às 13:47
Manage
Fauzio Mussagy Fernandes VERDADE MEU CARO.... o HOMEM mudou de CAMISOLA normal...

Mais como BONS CIDADÃOS temos que TER VISÃO CRÍTICA E AUTO CRÍTICA porque a situação não está BEM... Não podemos VER situações dessas e ACEITAR porque uma SIMPLES OPINIÃO, TEXTO, UM DISCURSO muda nossa VISÃO é nosso SABER
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 13:50
Manage
Fernando Elias PUXA SACO QUE QUER TENTAR NOS EMBRUTECER!!! SAD!!!
GostoMostrar mais reações
3
Ontem às 14:22Editado
Manage
Fauzio Mussagy Fernandes Não se admira OCUPAR pasta BREVEMENTE ou próximo MANDATO...

Só faz BOA COLHEITA quem PLANTA 😳😳😳😳😳😳😳
GostoMostrar mais reações
1
Ontem às 14:21
Manage
Fernando Elias COMO ANIMA SER CAMALEAO!!! WHAKITE!!!
GostoMostrar mais reações
Ontem às 15:34
Manage
Ricardo Xavier O exemplo esta no Vice Ministro Ragendra
GostoMostrar mais reações
Ontem às 15:56
Manage
Frank Mwanaluc Um puxa saco autêntico...perdemos um jovem crítico que estava no aus do seu auto intelecto
GostoMostrar mais reações
Ontem às 17:15
Manage
GostoMostrar mais reações
Ontem às 20:54
Manage
Fauzio Mussagy Fernandes Voltará tarde.... E prontos nós queremos VISAO GERAL entre ELOGIOS E CRÍTICAS
GostoMostrar mais reações
22 h
Manage
Delfim Bica Lucas a que parabenizar o presidente Nhusi pelos seus 2.5 anos de mandato. congratula-lo pelo esforço para alcance da paz, parabeniza-lo ao apoio que tem dado a agricultura... espero mais trabalho e mais entrega do PR assim como da sua equipe. parabens por trazer moçambique de volta nos carris do pogresso
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 13:31
Manage
Fauzio Mussagy Fernandes O POVO está passar FOME, O MOÇAMBIQUE está de VOLTA aos CARRIS DE DESENVOLVIMENTO.... 

Qual DESENVOLVIMENTO se as VISITAS do EXCIA PRESIDENTE as PROVINCIAIS são bem ORGANIZADAS e a IMPRENSA mostra a VERDADEIRA organização... 


SENHORES a CRISE EXISTE, EMPRESAS estão fechando, aumento de DESEMPREGO, muitos mais PROBLEMAS que este GOVERNO HERDOU e na metade do mandato não mexeu esses assunto...
GostoMostrar mais reações
6
Ontem às 13:33
Manage
Daniel Gilberto Ntumwa Acho que o senhor não anda pelos distritos deste país, porque no que toca a produção agricola é muito evidente, aconselho-te a deixar um pouco o ar condicionado, viagem pelo pelos nossos belos distritos!
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 17:34
Manage
Sidonio Pedro O problema desse compatriota não é o ar condicionado, o problema dele é a fanfarronice.
GostoMostrar mais reações
Ontem às 22:05
Manage
Francisco De Assis Cossa Senhores não confundam as coisas, se a população está a produzir nos distritos é pelo esforço proprio, não venham aqui aqui mentir, caso concreto a população de Malema produziu muito milho este ano e os compradores é que ditam o preço, uma lata de 25l, comercializa-se a 60mts e o povo sai a perder, a minha pergunta é pk o governo nao intervem e no sentido dos produtores nao sairem lesados?
GostoMostrar mais reações
1
23 h
Manage
Joao Jone Chicote Afinal, não é neste dois anos onde se registaram os picos de fome? Recordo que o Governo da província de Gaza falou de gados morto.
GostoMostrar mais reações
22 h
Manage
Joao Jone Chicote Para além de falta de produção... Esquecemos do El Ninõ? Outras coisas...
GostoMostrar mais reações
22 h
Manage
Joao Jone Chicote Cá entre nós, a cidade e Província de Maputo com mais de 9 meses sem água... Não há zonas que não jorra o precioso líquido?
GostoMostrar mais reações
1
22 h
Manage
Fauzio Mussagy Fernandes Quando temos VISÃO CURTA resultado esse...

Aqueles tractores que estão alocados aos CENTROS DE SERVIÇOS custando caro os serviços de lavragem da terra o POVO RECLAMANDO e nada se fez...


DISTRITOS PRODUTIVOS com boa execução sempre existiu, não quero ser atrapalhado com CURTA VISÃO... Conheçam MOÇAMBIQUE e analisem
GostoMostrar mais reações
22 h
Manage
Joao Jone Chicote Não sei se é o problema de visão curta. É que o líder visionário, o filho mais querido da nação, com muita visão, nos colocou na lama e agora suspeitamos as boas intenções.
GostoMostrar mais reações
22 h
Manage
Joao Jone Chicote Na verdade, no final do mandato iremos ter melhores posições e espero nesta altura ter uma visão estrutural. Ps: ontem percorri 5 distritos da província de Inhambane e vi muita tangerina no lixo.
GostoMostrar mais reações
22 h
Manage
Fauzio Mussagy Fernandes ELOGIAR sim no CASO DO CORTE ILEGAIS DE MADEIRAS, ELOGIAR NA LEI DE MINAS caso notável das receitas de PEDRAS PRECIOSAS, REPATRIAMENTO DE ILEGAIS NO NORTE, ELOGIAR PRODUÇÃO AGRÍCOLA e queremos mais para poder ELOGIAR.

RECORDAR que um dos PARCEIROS AGÊ
NCIA JAPONESA JICA ABANDONOU o apoio ao GOVERNO por causa das DÍVIDAS OCULTAS. Então aqui PGR, todos resolverem esse assunto para ter MOÇAMBIQUE REAL DE VOLTA.... VOLTA DE BOÇA, VOLTA DE DISCURSO apenas
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 13:36
Manage
Victor Famandha Kufeni Vivas Eu vou aceitar é opinião. Tenho que respeitar isso, mas não partilho dessa visão. Epah Moçambique nem parece um país, parece um sítio. Já se esperava aquela intervenção do Nyussi. Aqui vamos nós mais uma vez no país da cleptocracia.
GostoMostrar mais reações
1
Ontem às 13:37
Manage
Fauzio Mussagy Fernandes Ano PASSADO estamos FIRMES, 2017 estamos de VOLTA 

QUAL VOLTA.??.

QUAL FIRME.?? 

Preciso RESOLVER os ASSUNTOS como mesma FRONTALIDADE
GostoMostrar mais reações
4
Ontem às 13:39
Manage
Paula Matusse Aprecio e admiro!
GostoMostrar mais reações
Ontem às 13:54
Manage
Jose Waite Muita retórica.
Parece estar a falar de um individuo sem artigo definido tipo A, C e outro sitio de posição k e y que não seja Moçambique.
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 13:59Editado
Manage
Eliseu Soares Cheio de Lambebotismo. Mocambicano nunca aprende. Estao a lamber o que? Povo sofredor. Este senhor esta apenas a passear pelas provincias e a lamentar, queremos medidas concretas como um presidente que quer as coisas andarem. Chega de lamentacoes Nyusi.
GostoMostrar mais reações
9
Ontem às 14:44Editado
Manage
Jonas Joaquim Quando nao concorda nao chame nome ao outro. Podes lancar criticas quanto quiseres ao PR o Vaz tem opiniao contraria ao teu sobre o chefe do Estado e usa seu post para elogiar o PR agora a pergunta que te faco ee o que te doi? o Vaz nao tem direito de opinao? seja razoavel?
GostoMostrar mais reações
1
Ontem às 16:53
Manage
Egidio Vaz Kkkkkk.
GostoMostrar mais reações
Ontem às 16:57
Manage
Eliseu Soares Jonas Joaquim academicos Mocambicanos dao muito a desejar, analises caricatas. Obrigado pela reflexao, e de lamentar o que vejo hoje.Isto chama se analise de estomago ou barriga como quer que seja.Academicos aventureiros que e bom em alguns casos.
GostoMostrar mais reações
Ontem às 17:43
Manage
Sidonio Pedro Há com cada palhaços
GostoMostrar mais reações
Ontem às 22:07
Manage
Jossias Gimo Para propaganda pro Nyusi não popa esforços mano Egideo,não se pode falar de balanço sem citar as dívidas,elas são a gêneses da maioria dos problemas que vivemos hoje,basta olhares que algumas empresas fecharam e muitos trabalhadores foram ao desemprego,muitas instituições funcionam com dificuldades extremas até luvas e medicanentos faltam nos hospitais públicos. Fácil é enventar argumentos mas dificil é esperimentar a dor e o sofrimentos que muitos compatriotas passam por causa da crise provocada por esses senhores. Se o povo aponta o dedo ao presidente é porque sabe que ele tem o poder sobre essas instituições,de nada adianta o argumento de separação de poderes pois sabemos que é manobra de distrair os menos atentos.
Nota:nem a visita dos ministros as ortas foi capaz de tirar-nos da crise
Manage
Jonas Joaquim Quando nao concorda nao chame nome ao outro. Podes lancar criticas quanto quiseres ao PR o Vaz tem opiniao contraria ao teu sobre o chefe do Estado e usa seu post para elogiar o PR agora a pergunta que te faco ee o que te doi? o Vaz nao tem direito de opinao? seja razoavel?
GostoMostrar mais reações
Ontem às 16:53
Manage
Jossias Gimo Jonas Joaquim,quando não tem nada a dizer é melhor manter-se calado.
GostoMostrar mais reações
1
11 hEditado
Manage
Constantino Joao Se o governo está disposto a colaborar com as Instruções da Justiça, como se explica que alguns agentes não tenham dado informações a Kroll que ajudassem a esclarecer o caso?
Uma coisa o que se diz, outra coisa é praticar o que se diz.
GostoMostrar mais reações
5
Ontem às 14:54
Manage
Ricardo Xavier Constantino vou repetir para E.V, desculpe ....Se o governo está disposto a colaborar com as Instruções da Justiça, como se explica que alguns agentes não tenham dado informações a Kroll que ajudassem a esclarecer o caso?
Uma coisa o que se diz, outra coisa é praticar o que se diz...
Manage
Egidio Vaz Era para o governo amarrar a pessoa? Ele ou ela vai poder melhor justificar em sede propria. Até porque nem está provado isso. Expulsar depois de quê? Eu nao sei muito sobre esse episodio. Apenas ouvimos de uma unica fonte.
Manage
Constantino Joao Há momentos em que o comentário de um indivíduo o torna ridículo. Questionar que o governo era para amarrar, é no mínimo patético. 
Eu disse da outra vez ao J.J.Cumbana que "ser advogado do diabo era trabalhoso, visto que as falcatruas desse serem tantas e pior ainda, ele não pára de aprontar".
Doutor, se escolheu advogar a causa do diabo, não me resta mais nada senão lhe desejar boa sorte.
Manage
Sidonio Pedro E você constantino, advoga o quê?
Manage
Constantino Joao Eu não sou advogado de ninguém.
Manage
Jose Goncalves Nassabe Mano Constantino Joao já disseste tudo, não adianta discutir com o Egídio, pois ele mostrou abertamente os seus interesses.
3
13 hEditado
Manage
Eusébio A. P. Gwembe "Primeiro: O grande feito do presidente Nyusi foi a recuperação do processo de Paz". 

Tenho uma pulga na orelha, Egidio Vaz, sempre que leio esta noticia: http://noticias.sapo.mz/info/artigo/1344468.html
GostoMostrar mais reações
3
Ontem às 15:47
Manage
Egidio Vaz Não há nada de incongruente. Qual é a pulga?
Manage
Eusébio A. P. Gwembe Egidio Vaz tendo em conta que a quebra da paz foi por ele iniciada, enquanto Ministro da Defesa, não vejo mérito senão uma mudança de estratégia a ser analisada, com profundidade. Porque, ao que tudo indica, os ninhos da instabilidade ainda estão activos e, se calhar, bem fortes do que o eram naquele 21 de Outubro de 2013. Como alguém disse la atras, quando eu vir a primeira arma da Renamo a ser entregue, ai sim. Por enquanto digo, ainda bem ser ele a buscar o caminho para a paz cuja quebra, se nao foi o principal, foi um dos protagonistas cimeiros.
Manage
Heleno Bombe Caro Egidio Vaz faltou mencionar alinea D) responsabilização dos implicados nas dívidas ocultas e tentar recuperar o pouco que possa existir
GostoMostrar mais reações
5
Ontem às 16:22
Manage
Egidio Vaz Está mencionada na mensagem do governo. Se voltar a ler vais ver
Manage
Castigo Muzuculo E deve perceber que cada mensagem tem um foco. Nem todos posts devem ter como tónica dívida oculta. Dívida está mencionada, mas não era o objecto do post
11 h
Manage
Castigo Muzuculo Pessoas pha
11 h
Manage
Amilcar Mabjaia Não vejo nenhum desenvolvimento, pois outrora andamos de my loves mais sufisticados "com lonas e bancos" em relação aos que existem hoje em dia, só para citar algum retrocesso...
GostoMostrar mais reações
5
Ontem às 16:32Editado
Manage
Ndibe Novais Egidio Vaz discordo plenamente quando diz que o presidente Nyusi cumpriu a missão de nos devolver a paz, pois a paz só será nossa quando houver assinaturas, a saída dos presidente da renamo das matas, a retirada definitiva das tropas das matas. Aí sim Nyusi terá comprido a missão.
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 16:38Editado
Manage
Castigo Muzuculo A paz efectiva ultrapassa qualquer assinatura de acordos. Aliás, depois das assinaturas voltamos para onde queremos sair agora. O que temos que reconhecer é que viajar de Maputo a PEMBA voltou a tornar se realidade mesmo sem papel assinado. Não reconhecer isso como avanço significativo é não ser utente da estrada nem ter noção de felicidade dos locais deslocados que regressaram as suas terras. Isso é por si só um avanço que merece ser mencionado.
11 h
Manage
Emilio Francisco Chauque Boa sorte ao PR, porque vai precisar, se ele realmente que dedicar a segunda parte do game no desbloqueio internacional. 

Ora, ainda ontem a JICA nos mandou dar um djico ali na esquina... vai precisar de muita sorte!
GostoMostrar mais reações
4
Ontem às 16:40
Manage
Gilberto Correia Dizes que o maior feito do PR nesse período em análise é a Paz. Contudo, não vivemos um ambiente de Paz, vivemos um momento de tréguas nas hostilidades. 
Logo, em bom rigor, nem esse grande feito referido existe. 


Valeu o esforço de tentares " dourar a pílula".....
GostoMostrar mais reações
19
Ontem às 19:34Editado
Manage
Gitandra Valoyi Caro Egidio Vaz,
Agradeço-te por nos brindares sempre com textos de reflexão.
Li com alguma atenção o teu post, e, particularmente, a parte que avança que “… Poderia por exemplo achar-se que se estava perante uma pressão politica às autoridades judiciá
rias; que o PR estivesse a se intrometer noutro órgão de soberania, que estivesse a atropelar o princípio de separação de poderes. Ainda estou por aprender dos demais, que mensagem se esperava do PR não sendo ele PGR e não querendo se intrometer no trabalho dos outros.” 
Espero que aceites alguma reacção minha, não aplicável ao todo, mas à parte.
O Presidente da República, enquanto tal, não se intromete no Judicial nem no Legislativo. Só se pode intrometer no Judicial e no Legislativo enquanto Chefe do Governo. Enquanto Presidente da República, ele é o mais alto magistrado da nação.
Que se percebam os três poderes como o desdobramento do Presidente da República. Deste modo, a dar alguma ordem ao Judicial, ou a qualquer outro poder, não estará a se intrometer, porque o Chefe do Judicial é o Presidente da República no Judicial, o Chefe do Legislativo é o Presidente da República no Legislativo e o Chefe do Executivo é o Presidente da República no Executivo. Nisto, o tipo de debate de que estou à espera é o que force que a Constituição da República faça com o executivo o que faz com o Judicial e o Legislativo (o Presidente da República não ser directamente Chefe do Executivo e simbolizar, apenas, a unidade dos moçambicanos e dos três poderes).
Sendo o Presidente da República representante da unidade dos moçambicanos (o que não se pode dizer dos chefes do Legislativo e do Judicial), então é legítimo que interfira em cada um dos órgãos sempre que tais órgãos não observarem o primado da nação de que ele é o mais alto magistrado.
EM SUMA: A PGR NÃO PODE SER DEFINIDA COMO UM "OUTRO" EM RELAÇÃO AO PR, MAS COMO EXTENSÃO (BRAÇO) DO PR.
GostoMostrar mais reações
5
15 hEditado
Manage
Alberto Pawandiwa Reflexão muito interessante que nunca vi em algum analista constitucional. Os meus aplausos
1
8 h
Manage
Gitandra Valoyi Agradeço, caro Alberto Pawandiwa! Infelizmente, nem todos são capazes de ler.
7 h
Manage
Rodrigo F. Rocha Em metade de um mandato, já foi um dos seus ex-ministros condenado!🤔
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 17:31
Manage
Matsimbe Hamilton Deviamos era corrigir nossos excessos. PR falou do que fez ou acha que fez e fe-lo consciente de criticas ou observacoes de outros.
Esta claro que nao fez muito e ele reconhece mas aponta os desafios tambem.
A questao central talves seja o dia-a-dia dos mocambicanos que ja nao aceita teorias ou justificacoes
GostoMostrar mais reações
Ontem às 17:33
Manage
Francisco Dos Santos Nos como país perdemos crédibilidade,ao assumir as dívidas ocultas,significa que pontapeamos a constituição da República,que estado e este que não respeita a sua constituição a essência do próprio estado, O FMI vai exigir a responsabilização dos autores e uma gingatesca acção para reaver o dinheiro,recomenda se que sejamos diligentes,por que enquanto talvez aceite um programa de assistência vugo resgate,com perda duma parte significante parte da nossa soberania e não vai ser difícil,ja mostramos que a nossa constituição existe para ser violada,que humilhação,tenho vergonha.
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 17:38
Manage
Geraldo Manjate O grande problema dos lideres africanos é continuar a pensar que ainda é possivel governar com base em mentiras, essas "IFI ( (instituições financeiras internacionais, FMI incluso)" usando outras fontes extra-governamentais e imparciais,tem muita base de informação da realidade deste pais, este relatorio ornamentado do presidente Nhusy, apenas serve para enganar alguns distraidos, as IFI sabem a verdade , mesmo estas dividas soubemos atraves deles, aqui os "Mavies" continuavam a nos entreter, não sabemos onde DHL esta, na RM apenas ouvimos uma unica voz apelando a paz sera que DHL tambem pensa assim?, para mim falar de ter trazido a Paz com DHL ainda em parte incerta, me parece uma utopia.
GostoMostrar mais reações
4
Ontem às 19:15Editado
Manage
Maulana Domingos Maulana O papel dos analistas é de trazer atona o que dificilmente podiamos descortinar sem ajuda deles. Más também, a que nos empurar ao poço. Mais não disse.
GostoMostrar mais reações
1
Ontem às 19:13
Manage
Isaias Tivane Afinal aquela bagunca que dantes fazias, oh Egídio Vaz, era fome? Assim que te deram alguns pingos, lambes até o cu? Você é cu.
GostoMostrar mais reações
2
Ontem às 20:15
Manage
Nando Mais foste longe demais
23 h
Manage
Gitandra Valoyi Será que não é possível ultrapassar a dimensão dos vitupérios, usando, apenas, a capacidadw argumentativa? Triste, Isaías Tivane!
15 h
Manage
Castigo Muzuculo Engraçado como somos vulgares no falar. Como somos fracos e preconceituosos
10 h
Manage
Gabriela Das Neves Santos Comentarios interessantes
GostoMostrar mais reações
Ontem às 20:58
Manage
Manecas Muconha Tbm faxo uma analise positiva na medida em k so a paz e k interexa aos moxambicanos. Porem, e um procexo mas xtamos num bom camimho cm a trega estabelecida rumo a uma paz efectiva. E necexario dar tempo ao tempo
GostoMostrar mais reações
Ontem às 21:47
Manage
Joao Jone Chicote Complicado avaliar o trabalho de Nyusi. Nestes dois anos o país atingiu o pico mais elevado de bolsa de fome, agravado com o fenômeno natural El Ninõ. Em Gaza, os efeitos até hoje são evidentes. Em Inhambane o Dineo veio agudizar a situação. 
Na cidade
 de Maputo já tivemos água bastante, mas há mais de 9 meses que vários bairros não tem o precioso líquido. Não imagino na província de Maputo. 
Na saúde, a cólera voltou a atacar quase o país inteiro e depois de vários anos esta doença chegou em Maputo, o que demonstra que o saneamento do meio carece de melhorias. 
A paz, temos apenas o calar das armas "trégua'" indeterminada, provavelmente a mais difícil ou perigosa de todas outras, dada a falta de previsão para a sua suspensão ou para o alcance duma paz definitiva.
GostoMostrar mais reações
2
22 h
Manage
Sergio Niuaia Em parte o post tem lá suas verdades. Mas Será que o manifesto do então candidato à PR nas últimas eleições foi apenas a devolução da PAZ? tragam-nos avaliações objetivas do que se propunha, o que foi realizado e o que falta por completar nesta próxima metade II.
Gosto
2
22 h
Manage
Xou Lo Bomau Frelporcarias
GostoMostrar mais reações
19 h
Manage
Teo Feijao Eu tenho lido seus Post. Simplesmente tenho a dizer que sinto uma mudança radical. Pode ser impressive mas tb pode ser realidade. Tu escreves como se o Presidente não tivesse responsabilidade nenhuma, em tudo que aconteceu e está acontecendo. Mas todos nós sabemos que o presindente é parte desses problemas. E a PGR é nomeada pelo PR. Onde é que está a separação de poderes? Egidio Vaz está a nos propor a Filosofia do auto conhecimento. Antes de criticar as acções dos outros primeiro deve-mos reparar para as nossas acções. Mano Egidio a diferença é que eles são os Gestores da coisa comum o Estado Moçambicano. E eu sou simplesmente um privado. O mão desempenho deles tem influencia directa na vida da nação e o meu mão desempenho tem influencia na minha vida. Óh Egidio a escrita é a palavra e a palavra tem poder, isso é Jesus que disse. E Samora disse que o Ambicioso é capaz de vender a Patriá. Obrigado ao meu Povo amado e perdão por eu não fazer nada.
GostoMostrar mais reações
1
16 h
Manage
Gitandra Valoyi O Legislativo, o Executivo e o Judicial devem emanar todos do Presidente da República, que simboliza a unidade dos moçambicanos. Assim, os chefes do legislativo, executivo e judicial seriam o PR nas suas diferentes dimensões. A Constituição, para mim, peca por reduzir o PR ao Chefe do executivo, colocando-o, deste modo, ao nível dos chefes do legislativo e do judicial. É por isso que acabamos pensando num certo intrometimento do PR nos outros poderes, porque o vemos na qualidade de Chefe do Executivo. Um outro e pior pecado - mas não da Constituição - é o de o PR ser reduzido ao presidente de seu partido, o que o faz igual a qualquer outro presidente de partido (Yaqubi Sibindy, Miguel Mabota, Deviz Simango, Afonso Dlhakama), ao invés de, constitucionalmente, ser definido como Presidente-mor de todos os partidos políticos, já que estes representam diferentes vontades dos moçambicanos.
GostoMostrar mais reações
14 h
Manage
Adelino Pilale Tenho lido e aprimorado a cogitacao dos demais mocambicanos que parecem estar a viver num tunel onde nao conseguem enxergar o quant esforc se faz pra estagio de vida digna de cada um de nos, ademais nem se quer dao opinoes nutridas d mocambicanidade. O que m reserva senao encorajar e reconhecer o afect que o president do povo e de todos nos tem sido a caracterista peculiar da sua governao. Forca presidente Nyusi cada um esta sentido o fluir do progresso
GostoMostrar mais reações
1
11 h
Manage
Gitandra Valoyi Kkkkk Gostei dessa!
Quem se contenta com os seus pensamentos acaba não pensando em mais nada.
11 h
Manage
Adelino Pilale O mal 'e estar a coabitar com a insatisfacao a todo o momento k parece ser coagido a pensar com forcas "marginais"
11 h
Manage
Alves B. Naete fala coisas qui nao vai ao encotro do povo nossos querems os verdadeiros homes qui levarao a bancarota
GostoMostrar mais reações
11 h
Manage
Castigo Muzuculo Não consegue viver para frente. Cada palavra do bem, mesmo que seja só para elogiar um médico que salvou nosso filho alguém tem que meter dívida nisso. Jesus. Minha avó que vive lá no campo sem rádio e nada sabe sobre cidadania, hoje fala da dívida. Agora quero ver se cabeças com dívida em toda sua extensão vão sair dela. Hei amigos. A dívida é um facto. Real e real mesmo. Vamos nós trabalhar para sobrevivermos e usarmos canais correctos para exigir melhores condições de vida, sem encher a mente com lamentações com coisas que nos empobrece a mente. Vamos acordar. Essas coisas feias todas não vão ser resolvidas por estarmos nervosos.
GostoMostrar mais reações
11 hGostoMostrar mais reações · 1 h · Editado

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.