segunda-feira, 31 de julho de 2017

SOBRE OS SOFISTAS DE MOÇAMBIQUE


Edgar Barroso
31/7 às 10:40 ·



SOBRE OS SOFISTAS DE MOÇAMBIQUE

Obviamente que eu nem deveria estar aqui a perder tempo com “críticos” que preferem vender as suas ideias às algibeiras gordurosas do poder, e não as colocar em acesso livre para o usufruto das massas que dizem representar. Noam Chomsky, citando Howard Zinn, já dizia: “o que importa são os inúmeros pequenos desconhecidos que assentam os alicerces para os eventos significativos que ficam na história”. E não os ilustres gigantes disfarçados de críticos que se aliam à opressão (meu acréscimo). Sim, a economia de mercado e os momentos de crise enriquecem sempre aos mais ousados, sói dizer-se. O que eu não poderia deixar incólume é a reiterada instrumentalização mercantil dos interesses do nosso povo, para a promoção e proveito pessoal daqueles que eu considero serem hoje os sofistas de Moçambique. Aqueles que se aliam aos agentes directos da deterioração das condições de vida dos trabalhadores e desempregados moçambicanos (e de suas respectivas famílias), por conta da sombria situação económica e social do país e que é, claramente, um sinal inequívoco de que o ego de algumas pessoas nunca olhará a meios para se sobrepor à solidariedade responsável perante o descalabro de todo o resto.

Vamos por partes. O que (ou quem) é um sofista? Na Grécia antiga, os sofistas eram um conjunto de pessoas, então designadas de mestres, que andavam de um lugar a outro a ensinar as suas ideias (que chamavam de conhecimento) a troco de dinheiro. Por outras palavras, eram comerciantes de ideias. Pode-se encontrar, em qualquer compêndio de Filosofia, a sua principal palavra de ordem: “o homem é a principal medida de todas as coisas”. Isto é, tudo na vida deve ser pensado em função dos interesses de cada homem, na sua individualidade, e não da sociedade como um todo, por exemplo. Ou seja, primeiro eu ou primeiro ele, não primeiro nós. Mas esqueçamos isso. O mais importante a reter aqui é que eles eram “mukheristas de ideias”. E que este é um fenómeno que, aparentemente, deve estar a “bater” em Moçambique. Começou com o G-40 e, agora, parece estar a alastrar-se para territórios insuspeitos como os habitados por figuras ilustres como a que aparece destacada na imagem que acompanha o presente texto.

Uns parênteses. Democracia é, em essência, o poder de influência de uma dada maioria sobre toda e qualquer decisão pública. Efectivamente, ter a maioria dos cidadãos a determinar o que deve e terá de ser feito em políticas públicas nunca interessará a qualquer elite política, em qualquer parte do mundo. Porque isso diluiria o seu poder. Simples. Então, eles sempre recorrem às “indústrias de produção de opinião pública” (os sofistas do século XXI), usando diversos catálogos de cooptação ao seu dispor e no esforço hercúleo de se parecerem democráticos aos olhos das massas. Querem perceber, num só exemplo, como funcionam as “decisões democráticas” dessas elites? Olhem para o escândalo das dívidas ocultas. Foi uma decisão democrática contraí-las? Claro que não. Não foi a maioria do povo moçambicano que decidiu se endividar aos agiotas do capitalismo neoliberal global para “ter controlo soberano sobre a exploração dos recursos naturais” em Moçambique. Foi um grupo elitista, sob a capa do Estado, que assim decidiu. E, pessoalmente, não acredito que tenha sido em nome do povo moçambicano, seu retórico “patrão”. Os mediáticos incidentes sobre o que tem acontecido com a exploração dos nossos recursos, como o caso das minas de pedras preciosas em Montepuez mostraram, não visam algum benefício da maioria do povo. Nem do povo daquela região, nem do povo de Moçambique em termos gerais. Muito pelo contrário, só a sua exploração e desumanização. Como se tem depreendido, com o exemplo de Montepuez, quem enriquece com a exploração de recursos (minerais ou energéticos) em Moçambique, em primeira instância, não é e nem tem como ser o povo moçambicano. São os políticos, os generais e os lobistas de sempre.

Deixemos de lado as perversões da nossa “democracia” e voltemos ao título do texto. Eu queria falar de um facto que, nos últimos dias, tem assombrado a opinião pública nacional (pelo menos ao nível das redes sociais). Têm circulado, nessas mesmas redes, fotografias de um convite ao “crítico político” Egídio Vaz para participar da VI Sessão Ordinária do Comité Central da Frelimo. E outras fotografias onde ele aparece já dentro do evento, com trajes oficiais do mesmo, e alguns posts onde, resolutamente, afirma ser daquele partido. Parafraseando-lhe, não se assumia como da oposição (e nunca deixara isso claro ou subentendido), mas sim membro crítico do partido no poder. Pese embora até eu tenha ficado estarrecido com a revelação (embora não tenha concomitantemente sentido “vontade de vomitar perante tão malcheiroso esterco”, como uns e outros deixaram vincar), não me surpreendi. Imediatamente lembrei-me dos sofistas da Grécia antiga. Com efeito, críticos que se prezem, em sociedades totalizantes como a nossa, são invariavelmente perseguidos e combatidos. Sofistas é que são convidados para a mesa do grande chefe.

Só para fechar, agora. Como referi, no início do texto, os sofistas lucram pessoalmente ao vender as suas ideias em hasta pública. Então, não deverá admirar, a quem quer que seja, que tenhamos em Moçambique “mukheristas de ideias” que não olham a meios para vender as suas boas prosas a quem poder pagar mais. A fórmula é simples: falar bem do cliente, reiterada e sistematicamente, em todo e qualquer canal possível, até ser visível e comprável. Os “convites“ ao banquete dos libertadores choverão, depois, naturalmente. Os registos fotográficos no seio dos privilegiados idem… é a clássica teoria do estômago. E assim a história se repete, onde um outrora acérrimo “defensor dos oprimidos” e apologista da alternativa oposicionista (o tipo fez campanha pública para a Renamo nas últimas eleições gerais), depois de estabelecer o seu preço, se transforma hoje em mais um bulldog para defender a casa grande do mestre-mor. Alia-se à causa dos repressores dos “excessos da democracia” moçambicana e hoje se rejubila, nos aposentos da opressão, com todos os dentes de fora e com a petulante pretensão de o estar a fazer em nome de uma aparente verticalidade intelectual (que só enganou, nestes anos todos, apenas a quem esteve ou a quem escolha permanecer em conveniente desatenção).

Para mim, a diferença entre o Egídio Vaz e aqueles homens da Unidade de Intervenção Rápida que guarnecem o “poder empreendedor” dos donos das minas de rubi de Namanhumbir, em Montepuez, é que ele não precisa de armas de fogo para ajudar a foder os moçambicanos.



GostoMostrar mais reaçõesPartilhar
377 377
21 partilhas
143 comentários
Comentários

Eliana Nzualo Não podia ter escrito melhor. Está tudo dito!

Gosto · 4 · 31/7 às 10:45 · EditadoGerir

Hussein Nácir Rupava Amiga pah 😁😁😁😁

Gosto · 31/7 às 14:57Gerir

Thulukela Junior Tudo escrito...

Gosto · 31/7 às 10:45Gerir

Rui Neves o estomago falou mais alto

Gosto · 8 · 31/7 às 10:46Gerir

Johnny Jack Guittar Eish!!!

Gosto · 1 · 31/7 às 10:47Gerir

Maria João Marques "a moral não tem importância e os valores morais não têm qualquer validade, só são úteis ou inúteis consoante a situação". dizia o filósofo .... o que havemos de fazer ?a coerência é uma grande chatice !

Gosto · 15 · 31/7 às 10:48 · EditadoGerir

Sandy Afonso Sociedade em crise de valores...Ironia!

Gosto · 31/7 às 10:50Gerir

Olavo Victor Gil Gabriel

Gosto · 31/7 às 10:51Gerir

Dércio Tsandzana Bom, vamos então por partes também.

É preciso assumir que o debate sobre a democracia não é absoluto e a definição que traz pode nos ser problemática, visto que essa lógica da influência da maioria costuma não funcionar de forma linear. Ou seja, no lugar de referir o exemplo da democracia, eu preferia dizer que estamos perante o poder da influência do A em relação ao B.

É aqui onde eu queria chegar, o que se está a passar com o exemplo que nos traz é a tendência de se criarem personagens que consigam agregar seguidores, muitas das vezes cegos, que mesmo sem analisarem o discurso acreditam piamente.

Podemos ainda falar do que teria dito Max, quando distinguia aqueles que vivem da política e para a política. Não me espanta essa realidade, vivemos numa sociedade da economia política.

Gosto · 23 · 31/7 às 10:56 · EditadoGerir

Lucas Silvestre Mate Eu ainda queria te chamar para os comentários, mas já chegaste.
Na verdade, eu já desconfiava de algumas interveções do EV, recordo-me que ele já tentou descredibilizar (com algum teor frelimista subentendido) as tuas oponiões que se opunham aos actos da nossa elite política. Enfim, é insofismável a presença de sofistas aqui, com máscara de defensores das massas.

Gosto · 7 · 31/7 às 11:16Gerir

Savage Thomas Sankara Rich Miguel Delacasa parece que a mascara do Vaz caiu...

Gosto · 3 · 31/7 às 10:53Gerir

Rudencio Morais Heheheheheehehe alguém deve estar a dizer ya esse puto valeu o investimento lá na tomorrowland. kakakaakakakakakakakaaka

Gosto · 22 · 31/7 às 10:53Gerir

Dulce Macuacua Guilima Mestrado merecido . Hehehehehehe

Gosto · 1 · 31/7 às 10:56Gerir

Zé Martins Eheheheh por algum motivo és mestre, não no sentido filosofico do sofista Grego, mas pela "cultura ocidental". Adorei a analise.

Gosto · 23 · 31/7 às 10:57Gerir

Fidel Negrizzy Gumançanze KO

Gosto · 31/7 às 10:57Gerir

Dinga Kruzes Mondlane 😂😂😂😂😂😂😂😂 estes pah. Esquecem muito rapido de um passado muito proximo.
O poder do estômago falou e venceu

Gosto · 9 · 31/7 às 11:00 · EditadoGerir

Manuel Mageta Taque A pouco tempo endossou o seu voto a um candidato A em detrimento do B

Gosto · 1 · 1/8 às 4:57Gerir

Dinga Kruzes Mondlane

Gosto · 1 · 1/8 às 5:58Gerir

Manhique Lwê Wa Ugamu - Xigumandzene Está dito!!!

Gosto · 31/7 às 10:59Gerir

Isidro Macaringue Sobrevivencia estomacal, está tudo explicado!

Gosto · 1 · 31/7 às 11:00Gerir

Milagre Pahuwa Oh meu caro Edgar Barroso nao foste a terra do Bacalhau pra brincar pah.😃😃😃
Infelizmente gostava muito dos textos do Egidio Vaz mas ultimamente tem escrito textos de autentica bajulação. Um individuo com aquele estatuto já não precisa de bajular a ninguém pah. Mas enfim, esse é o nosso belo Moçambique.
#Parabens pelo texto Edgar.

Gosto · 8 · 31/7 às 11:01Gerir

Helio Thyago Krpan Nelson Matsinhe, Yuri Jorge Guiliche, Nosde Selleth

Gosto · 3 · 31/7 às 11:02Gerir

Nelson Matsinhe Moz we ON... Watch out 😈Ver Tradução

Gosto · 31/7 às 13:15Gerir

Ismael De Oliveira Rabina Daniel Smart Boy Dominó Negro

Gosto · 31/7 às 11:02Gerir

Nivass Saquene

Gosto · 31/7 às 11:04Gerir

Naine Mondlane Edgar meu mano!
Juro de pes juntos que eu Naine, acreditei e sabia que tarde ou cedo voce haveria de se pronunciar sobre este "Ti Ti Tii"

Gosto · 6 · 31/7 às 11:04Gerir

Xavier Antonio Zunguze País de Sofistas. Cenários que já atrapalham o nosso pensar e já não sabemos a quem confiar e a quem seguir. São todos manipulados por algum trocado.

Não começou hoje e não termina hoje. Em fim (...)

Gosto · 1 · 31/7 às 11:04Gerir

Avelino Namarrocolo A gula e a ganancia falaram mais alto, nao sabe que sera descartado como se fosse papel higienico.

Gosto · 2 · 31/7 às 11:06Gerir

Elliot Ndo
Traduzido do Inglês
Respeito Edgar BarrosoVer Original

Gosto · 1 · 31/7 às 11:06Gerir

José Macaringue As instituições não deviam determinar os nossos valores e o modo de vida pelos quais vivemos. É preciso ser forte!

Gosto · 31/7 às 11:11Gerir

Danilo Tiago Eish, broder Edgar Barroso, O ulltimo paragrafo e' mesmo muito forte

Gosto · 5 · 31/7 às 11:14Gerir

Danilo Tiago Edgar Cubaliwa venha ler isto mano

Gosto · 3 · 31/7 às 11:14Gerir

Edgar Cubaliwa Kkkkkk. Li. Minha solidariedade a vocês que nutriam esperanças.

Gosto · 3 · 31/7 às 11:29Gerir

Manuel Julai 😔

Gosto · 1 · 31/7 às 12:29Gerir

Joaquim da Costa Theo Crush Matsule vem cá. JC

Gosto · 1 · 31/7 às 11:15Gerir

Theo Crush Matsule Ainda não LI e nem VI

Gosto · 31/7 às 11:16Gerir

Joaquim da Costa

Gosto · 31/7 às 11:18Gerir

Theo Crush Matsule Tudo isso

Gosto · 31/7 às 11:21Gerir

Hermenegildo GP Conhece prostituição intelectual quando ver? Em gramática aprendemos sobre os personagens redondos (aqueles que mudam de posição várias vezes ao longo da narrativa), o visado nunca me enganou, sempre soube que mais que um sofista ou nukherista de ideias é um mercenário, a questão que se coloca é quem paga mais.... R.I.P

Gosto · 6 · 31/7 às 11:16Gerir

Dinga Kruzes Mondlane Sempre disse isso ao meu amigo Manuel Mageta Taque. Esse ta procura de destaque pra seguir o caminho q muitos seguem. Ele ja sabe q a receita é única. Falar muito, ser "visto"... Dpois ser chamado. E la esta ele... Hoje um autentico G40 (q ele mesmo ja mal falou por varias vezes)

Gosto · 1 · 31/7 às 17:04Gerir

Ramos Primeiro Erudição, profundidade e clareza.

Gosto · 31/7 às 11:17Gerir

Theo Crush Matsule Moçambique está de volta...

Gosto · 6 · 31/7 às 11:19Gerir

Theo Crush Matsule Dioclécio Ricardo David
Bom dia

Gosto · 31/7 às 11:20Gerir

Zarito Mutana Mukherista. Ambição desmedida.

Gosto · 5 · 31/7 às 11:25Gerir

Carlos De Sousa Tivir Obrigado por teres voltado escrever...

Gosto · 2 · 31/7 às 11:26Gerir

Vagner Basilio

Gosto · 1 · 31/7 às 11:29Gerir

Lúcio Langaa Putice política

Gosto · 4 · 31/7 às 11:36Gerir

Aurora N. Pettersbakken 😂😂😂

Gosto · 31/7 às 14:08Gerir

Mario Albano Volto já para reeler o post... até 2019 isto vai ser a ferro e fogo concerteza .

Gosto · 31/7 às 11:36Gerir

Mauro X Paulo Edgar Barroso, on point!!! Sofistas, mais um conhecimento adquirido. Thanks!!!

Gosto · 3 · 31/7 às 11:39Gerir

Ariel Sonto Sempre deixou claro. Em 2013, lembro-me ter lido num texto que se dizia que "Decidi mesmo escrever quando um dirigente me mandou um SMS com o seguinte teor: “o teu amigo Egídio já está connosco. Falta você e grupo Belmiro”.", de Matias De Jesus Júnior

Gosto · 15 · 31/7 às 11:40Gerir

Edio Matola e o Belmoliro, tambem ja esta la, mas camuflado. É só se lembrarem da famosa frase de Martin Luther King e chegar a sua conclusão!

Gosto · 1/8 às 1:59Gerir

Sambroera Fandanga Tufa.Ver Tradução

Gosto · 31/7 às 11:42Gerir

Homer Wolf Se já não tivesses defendido, aconselhar-te-ia a submeter este job como tese...😂

Gosto · 22 · 31/7 às 12:04 · EditadoGerir

Wakamaā Mabjaia Ainda pode usar como mote para PhD. 😂

Gosto · 2 · 31/7 às 11:52Gerir

Inocêncio Albino Isso soa me a bomba que destruiu Nagazaki e Hirochima. Vai feder...

Gosto · 2 · 31/7 às 11:46Gerir

Guilherme Noronha Hawena, tas a ver qd alguem te da um pontape nos tomates?!!Ya....

Gosto · 3 · 31/7 às 11:51Gerir

Zeiss Lacerda Bem colocado Edgar Barroso. Mas este é mais um caso de prostituição intelectual do que de sofismo. Este indivíduo perde identidade a cada momento que as eleições se aproximam. É fome? Acho que não. É mesmo falta de lucidez na personalidade. Papel descartável limpa qualquer superficie. Vassoura só limpa o chão. Então melhor ser vassoura que papel limpinho, macio e branco mas descartável.

Gosto · 15 · 31/7 às 11:56Gerir

Peeh Oneh Eish

Gosto · 31/7 às 13:44Gerir

Maura Mahema Último parágrafo... Eish!!!

Gosto · 3 · 31/7 às 12:00Gerir

Soshangane Wa Ka Machele Meu Deus, quanta crueldade!

Gosto · 10 · 31/7 às 12:04Gerir

Luis Nhachote Podes crer aqueles tipos foram cruelmente maltratados em Nhamamubir...até a PGR decidiu entrar em ação

Gosto · 2 · 1/8 às 6:58Gerir

Abdula Mutualo É uma crítica ao crítico interessante. O meu desejo à si é que jamais percora o caminho de quem hoje criticas e, um deste dias, vires também o que tu chamas de "mukheristas de ideais". Um abraço.

Gosto · 6 · 31/7 às 12:06Gerir

Wakamaā Mabjaia Eu acho que não deve haver nenhum problema em um crítico deixar de sê-lo quando o que ele critica melhora, afinal não é criticar só por criticar. Deve ser porque deseja que as coisas sejam feitas doutra forma, provavelmente melhor. É preciso é ser clar...Ver mais

Gosto · 2 · 31/7 às 12:24Gerir

Abdula Mutualo Se notar, o caro Edgar, é dos que optou estar ao lado do povo, procurando trazer e discutir ideias em como melhorar a vida destes. No caso em apreço, se tinha a impressão que o criticado, em algum momento, estava na trincheira do povo, mas que a revelação dos últimos dias mostrou o contrário. Portanto, o meu conselho ao autor do post é que siga o seu caminho procurando ter a liberdade intelectual para continuar a defender o povo se sentir com "rabo preso". É só isto!

Gosto · 7 · 31/7 às 12:28Gerir

Linda Fernando Vamos dar tempo ao tempo.

Gosto · 31/7 às 12:08Gerir

Alice Da Fatima Nhaca No ponto!!!

Gosto · 2 · 31/7 às 12:13Gerir

Tchalshy Belocati Pensam que sao criticos mas nada tem...mukheristas de ideias e um matchende autentico

Gosto · 1 · 31/7 às 12:14Gerir

Wakamaā Mabjaia "Como se tem depreendido, com o exemplo de Montepuez, quem enriquece com a exploração de recursos (minerais ou energéticos) em Moçambique, em primeira instância, não é e nem tem como ser o povo moçambicano. São os políticos, os generais e os lobistas de sempre." É o mesmo com a madeira, com os recursos pesqueiros, com a terra, com os Mercedes, com tudo. Uns poucos mas poderosos donos disto tudo. Ontem ouvi e vi na TV um director (membro dum governo provincial) a dizer coisas assustadoras sobre a relação extractores de rubis vs comunidades locais. País pobre ou empobrecido? Empobrecido. Por quem? Por patriotas que se aliam aos sanguessugas de outros mares em troca de encher seus - e somente seus apenas - bolsos. No seu estilo característico iremos ver EV a dizer que tudo o que outrora criticava agora está bem. Não é problema ser da Frelimo e criticar a Frelimo (autocrítica). O problema parece ser a falta de princípios.

Gosto · 6 · 31/7 às 12:26 · EditadoGerir

Germano Milagre A sua opinião inspirou-me a também dar a minha contribuição sobre este assunto que irei mal tenha disponibilidade de tempo por no meu mural.

Gosto · 31/7 às 13:21Gerir

Sura Rebelo de Oliveira Edgar Barroso ,muito bem.

Gosto · 5 · 31/7 às 12:23Gerir

Germano Milagre dammm ... nao ficou nada para criticar

Gosto · 3 · 31/7 às 12:26Gerir

Chitukulu Mucumba Tenho umas farpas pra o jovem, mas digam ele me desbloquear, diz ser da frelimo fazendo campanha pra renamo? Volto ja

Gosto · 1 · 31/7 às 12:27Gerir

Cri Essencia 👏👏👏

Gosto · 1 · 31/7 às 12:34Gerir

Manuel Julai 👀

Gosto · 31/7 às 12:35Gerir

Jemusse Abel mais nao disse, meu muito obrigado!

Gosto · 1 · 31/7 às 12:41Gerir

Dulce Celina Bila Nem vou comentar mais nada pois está tudo dito, somente digo: continuo na torcida para que inicies o teu PhD ASAP...

Gosto · 1 · 31/7 às 12:43Gerir

Cléo Marley Mafu Kkkkkkkkk é bom ter-te de volta.

Gosto · 12 · 31/7 às 12:46Gerir

Mario Jacinto Meu falecido avo dizia: o homem só é bom quando esta a dormir.

Gosto · 10 · 31/7 às 12:54Gerir

Rysama Sanny E mais nada!!!!
Essa putice política é de assassinar qualquer tipo de tesão por esses..! Sinceramente , isto vai de mal a pior.

Gosto · 3 · 31/7 às 12:54Gerir

Manopito Pipito Um ponto de ordem. É sempre assim quando nos aproximamos do pleito eleitoral. Gostei do vocabulário.

Gosto · 31/7 às 13:03Gerir

Manu Dos Santos Vilanculos Conteúdo muito forte! Preciso de tempo pra "digerir":-)

Gosto · 31/7 às 13:05Gerir

Américo Matavele Balelas. Volto a si, sofista do outro lado.

GostoMostrar mais reações · 3 · 31/7 às 13:08Gerir

Spirou Maltese Estas a demorar

Gosto · 2 · 1/8 às 11:26Gerir

Américo Matavele Já está.

Gosto · 1 · 1/8 às 11:48Gerir

Mondlane Dzowo "Mukherista de ideias". Kkkkk. Ser crítico e deixar de ser quando as coisas tomarem outro rumo melhor de preferência o melhor, é sempre bom. Péssimo é abandonar as suas ideologias via transação mercantil. A oposição moçambicana está a passar um momento delicado, visto que o monstro selvagem usa as próprias pedras é pilares para desmorona-la. Fica aqui, uma grande reflexão. Quem está ao lado da pobre é desgraçada população moçambicana? Quem emite suas ideias a favor da população ou do povo em primeiro plano?
Egídio Vaz não deve pensar que traiu a oposição, traiu o povo moçambicano e si próprio. Traiu o seu ego.

Gosto · 4 · 31/7 às 13:09Gerir

Colaço Colaço Nao precisa exagerar, que povo Egidio Vaz traiu, ele nao representa nem a populaçao da terra dele,. Se houve quem foi traiudo é ele proprio que faz de tudo para ser qualquer coisa que historiador. Alias, ele nem se quer se acha como tal (com razao, porque talves tenha concorrido ao curso so porque queria sair de mutarra para maputo, ele encontrou no curso de historia seu refugio) prefere considerar-se qualquer coisa de "media" ou tipo jornalista.

Gosto · 1 · 31/7 às 20:16Gerir

Mondlane Dzowo Por acaso, nos últimos tempos o gajo tem vindo a se confundir com jornalista. Talvez o curso dele seja historojonalismo

Gosto · 31/7 às 22:45Gerir

Andre Dimas
Traduzido do Inglês
Você volta, mãe.Ver Original

Gosto · 31/7 às 13:11Gerir

Emmanuel Rassul
Traduzido do Inglês
PalavraVer Original

Gosto · 1 · 31/7 às 13:20Gerir

Sualey Scolfield Sualey Ainda a digerir a informação. . .

Gosto · 31/7 às 13:23Gerir

Eddy Prínce Xisiwana Eu so tenho pena dele porque ele é apenas mais um peixe que ousou a meter-se na rede para pela boca sair "directo pra frigideira" é melhor escreverem o que aqui digo

Gosto · 1 · 31/7 às 13:28Gerir

Oliveira Junio Edga' tas' de parabens continue desmascarando.+ o último paragrafo!!!!!!!

GostoMostrar mais reações · 31/7 às 13:31Gerir

Ivan Maússe Um Judas da Academia e do Povo!

Gosto · 5 · 31/7 às 13:34Gerir

Milton Gulli
Traduzido do Inglês
Bem-vindo de volta!Ver Original

Gosto · 1 · 31/7 às 13:34Gerir

Heleno Bombe Táctica do camaleão

Gosto · 31/7 às 13:35Gerir

Gil Luis Respect

Gosto · 31/7 às 13:37Gerir

Peeh Oneh E ouvi num papo que ele é quem escreve as cenas do Nini. ...😐

Gosto · 2 · 31/7 às 13:46Gerir

Tsutsi Fumo TF Hehehehehe se julgam homens livres, tem liberdade de tudo. Eles tem liberdade de se camuflar em ovelhas enquanto são lobos maus!

Gosto · 4 · 31/7 às 13:47Gerir

El Patriota Em suma não há moral que resiste quando a fome aperta Edgar! E o tempo é mestre. Espero que não te aconteça o mesmo, nós da plateia estaremos aqui serenos e atentos, para escrever sobre ti. Não é fácil sobreviver nesta selva. Isto é salve-se quem... Bem-vindo!

Gosto · 21 · 1/8 às 5:57 · EditadoGerir

Germano Milagre Carissimo a melhor defesa contra o sindrome da panela e a aquisicao de conhecimentos, valorizarmo-nos ao maximo e depois ter coluna vertebral ferrea. Estar capacitado para se for o caso lutar contra a podridao a partir do estrangeiro. Para se ter essa defesa e necessario tambem ter qualificacoes que exigem sacrificios como os que o Edgar teve que fazer ... cada dia ele esta mais livre de expressar as suas opinioes sem ter medo do sindrome da panela...se bem que na minha opiniao o Egidio nao se alinhou por fome e muito menos por convicao ... foi mesmo por ganancia, por achar que para atingir certos patamares sociais tinha que alinhar como alinhou ... quem analisou ao longo dos ultimos 5 anos as opinioes dele podera com facilidade constatar isso. Quando ele criticava era visivel aonde ele queria chegar ... so nao punha uma parte aqui no FB que era "ponham-me nesse lugar que eu vos mostro como se faz" ...

Gosto · 3 · 31/7 às 20:42Gerir

El Patriota Pois. Na verdade o meu comentário foi um desabafo e um alerta... É preciso mais jovens lúcidos como o Edgar. Precisamo-los aos montes...

Gosto · 3 · 1/8 às 5:41Gerir

Emerson Picardo Jose Picardo

Gosto · 31/7 às 14:01Gerir

Tonycha Massango Muito bem dito, parabéns Edgar!

Gosto · 1 · 31/7 às 14:03Gerir

Oliveira Junio ish...rendí com vossos comentario,mas onde a pessoa em causa se encontra?
Porque quanto as respostas ele tem tido- as sempre na ponta da lingua.

GostoMostrar mais reações · 31/7 às 14:03Gerir

Helder da Silva Xeque-mate!

Gosto · 1 · 31/7 às 14:58Gerir

Giro da Fonseca
Traduzido do Inglês
Santo Deus!Ver Original

Gosto · 31/7 às 14:03Gerir

Julio Lilito Boene Eish, pegou pesado.

Gosto · 31/7 às 14:05Gerir

Ivan K. Dias 👏👏👏🔥

Gosto · 31/7 às 14:15Gerir

Mondlane Calane Dzovo Kito O ultimo paragrafo foi muito forte, UIR= Egidio VaZ?? Hhehehehehehe. Para terminar dizer que o Tipo hoje me bloqueou.

Gosto · 4 · 31/7 às 14:19Gerir

Peeh Oneh

Gosto · 31/7 às 14:22Gerir

Nelson Badaga Houve um desvio muito sério de personalidade... Então um sofista chega a ser pior que um lobista.

Gosto · 2 · 31/7 às 14:52Gerir

Bento Naiene CARAMBA EGIDIO VAZ, VOCE NAO E CRITICO APENAS NAO TEM IDENTIDADE. E UM PAPAGAIO SOU DA FRELIMO, FRELIMO VC E MAFIOSO ATRAPALHADO AGORA JA COMEÇARAM A USAR-TE.

Gosto · 4 · 31/7 às 15:02Gerir

A Carlos Garcia È fome que apertou ao gajo.

Gosto · 1/8 às 11:26Gerir

Roland Hohberg Parabéns, Edgar. Não há muita variedade na criação de cabritos, só no comprimento da corda.

Gosto · 27 · 31/7 às 15:18Gerir

Edmilson Dengo Assim já recebeste um Block nê?

Gosto · 31/7 às 15:47Gerir

Macuacua Massiquele Roberto Caro irmão, estes agentes que aparecem para fazer estes convites são parte do sistema de controle de massas...
Eles agitam e fazem com que as pessoas se sintam envolvidos na discussão da vida do país e assim desviam.as atenções para as crises sociais...
São como aqueles que se metem numa briga, para acalmar os ânimos...

Gosto · 31/7 às 15:49Gerir

Ismael C. Gocaldas Eish esta doeu mesmo mano Edgar,acredito que Ele ao ler este texto enfiara a cara na terra de tanta vergonha,pensou que teria seguidores?palhaçada.

Gosto · 2 · 31/7 às 15:54Gerir

Feliciano Nkunda Só para fechar, agora... "os sofistas lucram pessoalmente ao vender as suas ideias em hasta pública." 😂😂
That's true and your welcome.

Gosto · 4 · 31/7 às 16:04Gerir

Bento Naiene Egidio Vaz, o Patinho feio

Gosto · 1 · 31/7 às 16:14Gerir

Paulino Da Fonseca Fanheiro Que os Atuns te encham... a barriga... falo isso no bom sentido não me leve a mal.....

Gosto · 31/7 às 16:23Gerir

Mwanana Wa Txinguizane K.O "Para mim, a diferença entre o Egídio Vaz e aqueles homens da Unidade de Intervenção Rápida que guarnecem o “poder empreendedor” dos donos das minas de rubi de Namanhumbir, em Montepuez, é que ele não precisa de armas de fogo para ajudar a foder os moçambicanos."

Gosto · 1 · 31/7 às 16:36Gerir

Isac Manuel Chissone Posso lhe fazer uma pergunta? O que é crítico e o que é oposição?

GostoMostrar mais reações · 1 · 31/7 às 16:47Gerir

Edmundo Bie Frelimo vs Renamo = oposição.
Isac Manuel Chissone (sendo da frelimo) n concordar com ideias do partido = crítico

Gosto · 31/7 às 22:53Gerir

Oliveira Junio Irmaos residentes,nao se preocupem a Frente de libertaçao de Moçambique é uma máquina.Na devida altura seberá como lhe afinar pra que a lámina nao torne a cortar ambas partes.

GostoMostrar mais reações · 1 · 31/7 às 17:19Gerir

Massing Jaq Samora Machel nos deixou um legado, basta visitarmos suas palavras para entendermos melhor o que esta a acontecer! Ha dois trechos de seus discursos que se encaixam nesta questão de sofistas, quando disse "havera muitos doutores para vender conhecimento" e quando disse "nao podemos construir o bem estar do povo com malandros e bandidos"! Hehehehehehe

GostoMostrar mais reações · 6 · 31/7 às 17:26Gerir

Carmen Fumo Política do ventre... simples quanto isso.

GostoMostrar mais reações · 1 · 31/7 às 17:33Gerir

Elias Langa Egídio Vaz. É um mercenário, Faz tudo pelo dinheiro. Um caso para dizer que é um historiador falso.

GostoMostrar mais reações · 3 · 31/7 às 18:01Gerir

Carlos Graca Lembro-me muito bem que aqui a uns anos atras, num dos comentarios feitos numa publicacao tua , disseste que tinhas sido convidado para ingressar nas fileiras do tal Partidao, respondi-te a pedir que nao aceitaces o convite e que continuaces sempre apartidario porque serias muito mais util a sociedade se nao tivesses conotacoes partidarias.., Fico feliz em saber, depois desta tua publicacao, que nao estava enganado a teu respeito.., abraco

GostoMostrar mais reações · 8 · 31/7 às 18:08Gerir

Artur Matavel Hiiii olhem que eu já estava a confiar nele! E com este texto fico sem saber quem fala verdade.para mim vocês sao bons jogadores das mentes

GostoMostrar mais reações · 31/7 às 18:21 · EditadoGerir

Marcelo Machava Votem em quem quiserem menos a Frelimo. Eu tou enjoado ja

GostoMostrar mais reações · 3 · 31/7 às 18:51Gerir

Muarabo Suale Palavras para quê, tudo dito e bem dito, quero eu acreditar que os mais lúcidos receberam muito bem a mensagem, parabéns por essa aula de sapiência a nós oprimidos e reles conhecedores da ciência do covarde brilhante e (vampiro) original Azagaia! Respect

GostoMostrar mais reações · 2 · 31/7 às 18:54Gerir

Calisto Jossefa Fiquei assaciado como se eu tivesse comido uma boa feijoada.

GostoMostrar mais reações · 1 · 31/7 às 19:04Gerir

Nércia Sendela Ta quente isso

GostoMostrar mais reações · 31/7 às 19:59Gerir

Canuma S. Canuma Judas tambem era amigo de Jesus.....!

GostoMostrar mais reações · 4 · 31/7 às 20:03Gerir

Germano Milagre Esta exposição / analise do Mestre Edgar Barroso merece os meus aplausos e aumenta a minha admiração por ele por múltiplas razões. So espero que ele consiga manter a sua liberdade de expressar livremente as suas ideias e que seja devidamente aproveitado no meio universitario. E que por vezes parece que temos uma tendencia para perder os nossos melhores filhos que chega a ser confrangedor.

GostoMostrar mais reações · 8 · 31/7 às 20:35Gerir

Maylene Paulo Certo e muito triste.....enfim

Gosto







· 31/7 às 21:11Gerir

Nelson Chibaiela Nao podias ter sido mais elucidativo meu caro. Grande e verdadeira analise. Congrats por teres posto o dedo na "FERIDA"

GostoMostrar mais reações · 31/7 às 21:25Gerir

Felismino Eanes Mas O Sr Egídio Vaz, não sabe que a sua personalidade crítica mudou, de água para vinho!! Nem os mais desatentos já o notaram...

GostoMostrar mais reações · 1 · 31/7 às 21:32Gerir

A Carlos Garcia O gajo é louco..... pobre é sempre pobre, com um rebuçado muda a 360 graus

Gosto · 1/8 às 11:28Gerir

Milton de Messi .

GostoMostrar mais reações · 1 · 31/7 às 22:38Gerir

Romao Sibambo Eu so sei k um Reimo dividido contra si mesmo nao pd subsistir! Mocambique dividido so servira para os chineses roubarem as pedras preciosas, madeira, marfim, cornos de rinocerote, etc. Agora se pensarmos numa Africa dividida pior ainda, ja alimentou a Europa, construiu os EUA e agora a China, acordem jovens Africanos e parem de se dividir em mais partidos politicos e confissoes religiosas...

GostoMostrar mais reações · 31/7 às 22:45Gerir

Romao Sibambo Um agradecimento especial a Paulina Chiziane e a tds k sonham numa Africa livre e unida...

GostoMostrar mais reações · 2 · 31/7 às 22:46Gerir

Edmundo Bie Embora o vocábulo estava um pouco pesado deu pra entender tudo....

Já tínhamos observado

GostoMostrar mais reações · 2 · 31/7 às 23:01Gerir

Jose Alexandre Faia Meu irmão Edgar Barroso estou orgulhoso de ti, parece que os meus irmãos tripeiros te ajudaram e bastante. Parabéns ..

GostoMostrar mais reações · 4 · 31/7 às 23:33Gerir

Manuel Mageta Taque Kkkkk... Edgar Barroso@ pela 1a vez que nos conhecemos chamei atenção sobre isto, embora minha crença e ideologia. Dinga Kruzes Mondlane@ @Lailo Machava, Matilwene Bucar, Marinos Sledge, sempre falei cuidado com a nossa crença e ideologia, todos temos um preço, o importante era e é sempre saber qual é , e até onde pode chegar. Nunca escondi para vcs o que acredito e no que preso, hoje me dedico a luta por Mavoco porque no mínimo tiro um ganho colectivo em nome da minha razão, quem será o próximo?

GostoMostrar mais reações · 2 · 1/8 às 1:44 · EditadoGerir

Hercilio Chinguvo Esse texto é forte ..gajos sem escrúpulos enriquecem a custa dos cegos..

GostoMostrar mais reações · 1 · 1/8 às 1:32Gerir

Edio Matola Muita bravura Edgar! Enfim, muito triste o nosso irmão de Mutarara!!!

GostoMostrar mais reações · 1 · 1/8 às 1:54Gerir

Honorio Isaias Massuanganhe Disse tudo Edgar ...o resto será entretenimento...

GostoMostrar mais reações · 2 · 1/8 às 5:29Gerir

Paula Martins É tarde tenho sono. Este é o post que tem a tua foto não é??? Pois é " adoro-te" com as turbinas ligadas.

GostoMostrar mais reações · 1/8 às 5:42Gerir

Chande Puna Ja li e reli o teu post, alimenta me a alma e orgulho me de ver que ainda ha jovens que conseguem ver direito, Vai uma moldura pra este texto!

GostoMostrar mais reações · 2 · 1/8 às 7:32Gerir

Carmelo Pontes Muitos criticam e até insultam o Egídio Vaz é normal, há que ter em conta que o historiador Vaz tem direito de se filiar a um partido a semelhança da maior parte dos nossos compatriotas, ora ele talvez desenvolveu imunidade a alienação e disciplina partidária pois durante muito tempo desfilou como crítico, mas sempre foi um "filho" rebelde mal visto nas hostes partidárias, muitos jovens da idade do Egídio Vaz começaram nos continuadores, ojm, até ao partido e foram inundados de ideiais e inspiração de Samora Machel, é caso para dizer Egídio Vaz ainda tá parado no tempo dourado falo de 1975-1986 época em que Moçambique gozava de Uma forte corrente de expressiva moçambicanidade, Vaz sempre foi do partido, isso é claro e inequívoco, foi sempre crítico por não se rever nas outras lideranças posteriores a Samora Machel, não o crítico importa aqui analisar a situação de ponto de vista objectivo. Se foi ao Comite central é porque tem interesse em dar contributo a actual liderança.mais não disse

GostoMostrar mais reações · 4 · 1/8 às 8:45Gerir

Nelo Blessing Levene Sider Tino Calisto Cumby

GostoMostrar mais reações · 1/8 às 9:16Gerir

Raúl Salomão Jamisse O meu apelo que volte à ribalta de opinião, é uma questão de dar voz aos que gritam e não são ouvidos...a sua soa bem alto por vários motivos, tenho inveja da coerência na escrita e colocação de ideias mano.

GostoMostrar mais reações · 1 · 1/8 às 10:01Gerir

Berta Borges Melina Timoteo Magueza Cristiana Zibias

GostoMostrar mais reações · 1/8 às 10:36Gerir

Rui Abudas A A Carlos Garcia venha sff. Há fumo verde...

GostoMostrar mais reações · 1/8 às 11:01Gerir

A Carlos Garcia Tipo sem identidade ou melhor há muitos doentes por ai..

GostoMostrar mais reações · 1 · 1/8 às 11:29Gerir

Américo Matavele O sofismo que o Edgar apregoa é uma palavra de dois (le)gumes. O que acabou de escrever neste post é um exercício de um sofista indignado com um sofista que se baldou de uma visão sofista do país para uma outra. Aliás, ao longo do texto está patente a dor de ser deixado numa ala que, segundo a sua consideração psicológica é a certa. O que é certo? Existe uma verdade universal? Nós todos aplaudimos as coisas segundo a nossa valoração, e esta nunca é universal. O facto de alguém mudar de opinião não vejo como algo doutro mundo, embora eu às vezes me insurja com isso, mas usando somente a questão ideológica e não moral. Todos sabemos que as valorações ideológicas não são justas, e são em si intransigentes e ciumentas, havendo aquela necessidade de a minha ideologia agrupar os melhores que há na área da sua propaganda. Isso é o que está a acontecer com Edgar. Ele está zangado, não porque o que fez o outro é moralmente condenável, mas porque a ideologia dele (Edgar), aquela que caça as coisas ruins do país, perdeu um forte aliado a favor daquela que procura as coisas boas. Por isso, toda a adjectivação que existe neste post é uma dor de perda de um aliado, coisa compreensível na guerra ideológica. Por outro lado, noto com profundo terror que os que se apresentam como democratas natos e de referência, são os que hoje usam e prezam a mais pura ditadura de opinião e de ideias; são os que usam com vigor a censura de opiniões, usando os mais vis adjectivos para coartar o pensamento, opiniões e mesmo as escolhas das pessoas. Agem, inconscientemente, como o puto Kim Jong-un, matando em pensamento todo aquele que ousa dizer ao contrário do que eles acham certo. Ora, como disse acima, não existe verdade absoluta aqui. Constitucionalmente todos nós temos direitos iguais, e se tu defendes o que defendes com vigor, eu tenho o direito de defender com vigor o que acho certo. Esses democratas acham que as suas ideias, a sua visão geral e a sua valoração são paradigmas que não devem ser destruídas, esquecendo a relatividade há muito apregoada por Einstein. Eu olho para esses tipos e imagino-os como dirigentes, e a censura que poderão fazer aos que ousarem pensar diferente. Por isso, este post de Edgar, para além de uma adjectivação que vai ao encontro do que é gostado pelos da sua equipa, não tem nada de profundo para além da presença de uma ditadura de opinião e da monolitização da discussão política no país. O que quer este post, é delimitar com um quintal de concreto as fronteiras políticas, criando uma intolerância nociva para uma convivência harmoniosa no âmbito do pensamento ideológico, acirrando ânimos para que as pessoas sejam vistas como alvos a abater pelo simples facto de mudar de ideias como se isso fosse uma pecado capital. Em suma, este post é o cúmulo da intolerância, agitação e da ditadura do pensamento, rumo à criação de uma visão monolítica de ideias como pertença de grupos rijos e com fronteiras inquebráveis como se fóssemos autómatos. Este post é uma ária à ditadura.

Gosto







· 9 · 1/8 às 11:55 · EditadoGerir
Ocultar 22 respostas

Edgar Barroso Estás de parabéns. Já mereces a propina deste mês. Apreciei o método: asfixiar os factos arrolados com o lençol retórico da tua opinião. Típico dos sofistas da Grécia Antiga (e do Moçambique actual). Ornamentar com palavras e frases ditas o que falece de fundamentos. Go and grab your dirty money now, house nigga.

Gosto · 21 · 1/8 às 11:57Gerir

Américo Matavele Nthla. Eu a pensar que já tínhamos ultrapassado esse estágio. Perdi o meu tempo. Nthla.

Gosto · 1 · 1/8 às 11:59Gerir

Edgar Barroso A tua previsibilidade só tem mercado lá mesmo, na Pereira do Lago. Own it.

Gosto · 13 · 1/8 às 12:00Gerir

Elias Langa Edgar Barroso Moçambique precisa de homens como tu . força

Gosto · 3 · 1/8 às 12:21Gerir

Américo Matavele Mano, se digo que esperava mais, é que já tínhamos ultrapassado essa fase, é que tu apresentaste argumentos válidos para o debate no teu post, e eu apresentei os meus. O que esperava era que continuássemos nessa linha, mas vejo que o cerne do teu pensamento ainda está ancorada na adjetivação e na fuga retórica, fazendo deste exercício uma perca de tempo. Pensei que já fossemos intelectualmente adultos para sairmos dessa fase, mas vejo que ainda está viciado em aplausos efêmeros. Estou fora disso. Cresci espiritualmente para debater ancorado na adjetivação. Sou da paz, e cultivo uma harmonia intelectual com às minhas crenças. Fique nesse patamar, eu não.

Gosto · 1 · 1/8 às 12:26Gerir

Edgar Barroso Você não está a debater nada do que eu disse. Você está a tentar asfixiar a minha denúncia. E eu estou a dizer que só estás a fazer o teu trabalho. A técnica do recurso ao "sentimentalismo" e derivados não vai colar mais aqui, pelo menos comigo. Recorra a outra. Utilize a narrativa do bombeiro com os menos treinados.

Gosto · 17 · 1/8 às 12:32Gerir

Elias Langa Não perca tempo com escovinha meu irmão. Força. Djimar Moçambique

Gosto · 1/8 às 12:37Gerir

Elias Langa Nunca vendas a tua pátria amada pelo dinheiro

Gosto · 1 · 1/8 às 12:38Gerir

Américo Matavele Prontos. Não há argumentos aqui. Perdi mesmo o meu tempo. Não vou entrar em adjetivações eu. Esse jogo já acabou para mim.

Gosto · 1 · 1/8 às 12:39Gerir

Edgar Barroso Faça o seguinte, agente Américo: arrume as tuas ideias e as publicite, no mercado da esfera pública. Depois aguarde pacientemente os teus clientes. Não te faltarão interessados (e desdenhadores). Fácil, fácil.

Gosto · 11 · 1/8 às 12:43Gerir

Américo Matavele Faço isso há bue! Mas hoje vim aqui.

Gosto · 1 · 1/8 às 12:44Gerir

Ahlupale Próprio Amakhwapa c

Gosto · 1/8 às 18:36Gerir

João Ngumbe 😂 😂 😂 Américo vs EdgEdgar Barroso

Gosto · 1/8 às 18:42Gerir

Spirou Maltese Matavele esperava mais de ti. Não gostei da tua argumentação e me lembrou como se comporta meu amigo e teu camarada Djone Lenon. Estou a ver que vcs são da mesma escola.

Gosto · 2 · 1/8 às 18:52Gerir

Américo Matavele Não era para gostar. É para entender. Ademais, não me mostraste onde guinei neste comentário. Não se discute generalidades.

Gosto · 1/8 às 18:57Gerir

Spirou Maltese Nem vou discutir. Kkkkkk vou só vos ler. Abraços.

Gosto · 1/8 às 19:00Gerir

Américo Matavele Abraços.

Gosto · 1/8 às 19:14Gerir

Giro da Fonseca Spirou, o argumento é repetir que o Edgar é um "amargurado", "zangado" e "monopolizador" de opinião. Não havia como rebater mas tinha de mostrar serviço.

Gosto · 5 · 1/8 às 21:05Gerir

Dalton Natal Estaríamos diante de um escovinha até ao tutano? Certamente que sim.

Gosto · 1/8 às 23:26Gerir

Américo Matavele Giro da Fonseca, bem visto. Gostei do teu argumento taaaao logico e cientifico.

Gosto · 1 · 2/8 às 0:00Gerir

Giro da Fonseca Wow! Quanta honra, nem me havia apercebido de que usei alguma ciência. É que eu só uso senso comum mesmo, Américo Matavele.

Gosto · 2/8 às 12:45Gerir

Américo Matavele Ok.

Gosto · 2/8 às 13:02Gerir

Amilton Joao Barroso Bem dito mano.

GostoMostrar mais reações · 1/8 às 12:04Gerir

Francisco Saimone Hehehehehe. Cada homem tem seu preço, incluindo dono do post. Rupias

GostoMostrar mais reações · 1/8 às 12:33Gerir

Mugaza Waka Machel 💪💪💪

GostoMostrar mais reações · 1/8 às 12:50Gerir

Karlos Bebas Eu sabia, eu sabia que um dia voltavas para a arena... Kkkkk

GostoMostrar mais reações · 1 · 1/8 às 15:53Gerir

Fatima Cordeiro Nem sei o que escrever a respeito.

Negar que era da oposição é excessivo!

Mais esses ex aliados do EV não tem provas para encerrar o assunto? Cartão, reuniões realizadas, registos etc?

Queremos tratar assuntos sérios da nação.

GostoMostrar mais reações · 3 · 1/8 às 17:39Gerir

Rmano El Bambino Obrigado Edgar, obrigado. Larga o "rap" e faça "isto"...

GostoMostrar mais reações · 2 · 1/8 às 22:12Gerir

Anacleto Machava Ate mudou de nome, agora chama-se Camarada (nome mesmo!) Egidio Vaz! Mamamia!!!!!!!

GostoMostrar mais reações · 1 · 2/8 às 2:35Gerir

Egidio Vaz É uma opinião, que só peça como sempre por primar pela superioridade moral. Só isso dá-lhe a razão de não mais regressar aqui. Tudo que afirmou não passa de uma falácia dispensável. Américo Matavele já tentou dissecar esse longo texto. A minha resposta está no meu mural. Em todo caso, vão se habituar com a nova situação. E aguardem pelos novos embates.

GostoMostrar mais reações · 3 · 2/8 às 3:48Gerir

Edgar Barroso É justo recorrer-se ao melhor advogado da zona, em julgamentos de traficantes da integridade intelectual como este. Só por isso coloquei um like no seu comentário. Wish all the best to you.

Adoro







· 14 · 2/8 às 10:49 · EditadoGerir

Mestre Saramago Sanzala Hehehehehehehehehe

Gosto · 2/8 às 11:30Gerir

Maria João Marques Eu, gostei por demais do " E aguardem pelos novos embates " Até fiquei curiosa com os "próximos embates" eheheheeheheh parece-me bem !

Gosto · 1 · 2/8 às 13:47Gerir

Faruk Aly Abaixo o Lambebotismo!Já dizia o aí figurado no meu perfil.

Gosto · 1 · 2/8 às 22:50Gerir

Noy Chicuate Kakakakaka a fome bateu alto camarada, ,bem vindo a casa.

Gosto · 2/8 às 23:00Gerir

Jose Alexandre Faia Para mim, a diferença entre o Egídio Vaz e aqueles homens da Unidade de Intervenção Rápida que guarnecem o “poder empreendedor” dos donos das minas de rubi de Namanhumbir, em Montepuez, é que ele não precisa de armas de fogo para ajudar a foder os moçambicanos.

GostoMostrar mais reações · 6 · 2/8 às 10:45Gerir

Lucas Inacio Olece Acho k o mano EV nao viu essa bomba se calhar teria disparatado....kkkkk

Gosto · 1 · 3/8 às 10:26Gerir

Cremildo Bahule ...Ya, gosto do papo.

GostoMostrar mais reações · 1 · 2/8 às 10:50Gerir

Mirza Mu Eishhh a tua linguagem Edgar está muito caprichada. Fala em português para entendermos.

GostoMostrar mais reações · 2/8 às 10:56Gerir

Eugenio Langa O estomago falou mais alto...

GostoMostrar mais reações · 2/8 às 18:23Gerir

Faruk Aly Os Sofistas e seus defensores fingirao não ter visto o povo chorando! Triste!

GostoMostrar mais reações · 1 · 2/8 às 22:47Gerir

George Mabuza Edgar, sofistas ou prostiutas pseudo intelectuais? o finado, agora, encaix(a)ou-se no manicómio onde merece estar.

GostoMostrar mais reações · 2 · 3/8 às 10:39 · EditadoGerir

Cidadão Comum

GostoMostrar mais reações · 4/8 às 1:38Gerir

Francis Manuel Brutal

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.