terça-feira, 25 de julho de 2017

Identificados agentes filmados a torturar garimpeiros


PRM confirma que maus tratos a garimpeiros em Cabo Delgado foram protagonizados por agentes da UIR
A Polícia da República de Moçambique (PRM) já identificou os indivíduos uniformizados de polícias, que aparecem em imagens que circulam em redes sociais, a torturarem garimpeiros numa mina no distrito de Namanhumbir, em Cabo Delgado.
Os actos de violência circularam nas redes sociais e chegaram a merecer repúdio da Comissão Nacional dos Direitos Humanos.
Hoje, o porta-voz da PRM, Inácio Dina, confirmou que os maus tratados foram protagonizados por polícias da Unidade de Intervenção Rápida (UIR), já identificados.
A polícia acrescenta estar já a interrogar os suspeitos e promete pronunciar-se logo que estejam disponível o relatório das investigações. Entretanto, não esclarece, se os agentes estão ou não detidos.
No briefing sobre os acontecimentos que marcaram a semana de 15 a 21 de Julho, da Polícia relata o aumento do número de acidentes, de óbitos e de feridos, em comparação com a semana anterior.
Na ocorrência das incidências da semana, o destaque vai também para a possibilidade de expulsão de dois agentes da polícia que se envolveram em actos de corrupção.
Na semana de 15 a 21 de Julho, a polícia deteve 512 pessoas nas diferentes operações que realizou.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.