quinta-feira, 8 de junho de 2017

“Governo está a trabalhar para evitar erros do passado”




Presidente da República diz que o Governo está a trabalhar para evitar erros do passado como a contratação de dívidas não declaradas
O Presidente da República disse, hoje, que o Governo está a trabalhar para evitar erros do passado como a contratação de dívidas não declaradas. Falando no Fórum de Infra-Estruturas, Filipe Nyusi assumiu que o país está de volta e que os investimentos vão acontecer.

"Moçambique está de volta". Foi a expressão usada pelo Presidente da República para convencer aos empresários que participam no Fórum de Infra-estruturas em Tete a investirem no país, nesse sector. Filipe Nyusi considerou que depois de anos difíceis, marcados pelo que chamou de perturbações armadas e pelas dívidas ocultas avalizadas pelo Governo, a decisão final de investimentos no gás aparece como um sinal de início de recuperação económica. Mas isso não basta, o Chefe de Estado diz que tudo está a ser feito para evitar novas dívidas ocultas.

Como resultado do Fórum de Infra-estruturas, o Presidente da República espera que cada um dos potenciais investidores se interesse em pelo menos um projecto e invista nele. Filipe Nyusi diz que este é o momento certo para investir no país.
O Presidente da Republica diz ainda que são necessários investimentos no sector da energia para alavancar a indústria nacional. Por outro lado, diz que a concessão de estradas para a gestão do sector privado é algo urgente. Sob o lema “Investir em Infra-estruturas Resiliente para Promover o Desenvolvimento Sustentável e a Integração Regional”, o Fórum de Infra-estruturas contou com a participação de ministros, vice-ministros e ex-ministros de vários sectores, sector privado, parceiros internacionais de cooperação, instituições públicas e outros interessados no sector.
“MOÇAMBIQUE ESTÁ DE VOLTA”, Presidente Nyusi
- este ano, teremos a maior produção agrícola dos últimos 20 anos!

Foi com estas palavras (Moçambique está de volta) que o Presidente da República Filipe Nyusi abriu hoje, na cidade de Tete, o Fórum das Infra-estruturas.
Num dos mais raros discursos motivacionais, o Presidente mobilizou a comunidade empresarial nacional e internacional a investir naquilo que é o “dorso do desenvolvimento estratégico e sustentável do país”.
Para o Presidente Nyusi, “o tempo para apostar em Moçambique é agora”. E eu acrescento: ou aposta agora ou arrisca-se a ficar para a cauda da atenção nacional. Nyusi defendeu a sua tese sobre o “regresso de Moçambique” com exemplos: mencionou o recente lançamento do projecto de exploração do LNG de Palma (Cabo-delgado) bem como da inauguração da construção da estrada alcatroada ligando Lichinga a Cuamba, para além de tantos outros projectos; todos eles com alta comparticipação de agentes investidores externos. Tal audácia é, para o Presidente Nyusi, reveladora da confiança que entidades como Banco Mundial, Banco Africano do Desenvolvimento, Agência de cooperação japonesa; investidores como BP, Eni e tantos outras nutrem por Moçambique. E eu acrescento: só pelo facto de estas entidades não serem nossos familiares, ao decidirem investir em Moçambique, sinalizam a insofismável viabilidade do que país é.
Num outro desenvolvimento, o Presidente da República anunciou que a presente época agrícola poderá ser a mais produtiva dos ÚLTIMOS 20 ANOS.
Aos interessados em ler o discurso completo, eis o link: http://bit.ly/2qZVfsB
LikeShow more reactions
Comment
Comments
Antonio Serra
Antonio Serra Esta de volta de onde?
LikeShow more reactions
· Reply ·
14
· 15 hrs
Egidio Vaz
Egidio Vaz No meu entender​, o sentido é poético, para significar que está a começar a ter sinais reais de recuperação em aspectos cruciais. Desde a estabilidade política, macroeconómica ao inflow de projectos de grande envergadura
LikeShow more reactions
· Reply ·
3
· 15 hrs
Antonio Serra
Antonio Serra Ainda é cedo para dizer isso
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· 15 hrs
Egidio Vaz
Egidio Vaz O presidente é o último a atirar a toalha. A sua missão é encorajar os desesperados a não desesperar, a trabalharem. E temos, modéstia a parte, resultados meu caro
LikeShow more reactions
· Reply ·
5
· 15 hrs
Antonio Serra
Antonio Serra Convenhamos.... a 40 anos que há encorajamento. Acho que é altura de quebrar a rotina porque cansou. Quando resultados e mudanças positivas começarem acontecer ninguém precisará de falar
LikeShow more reactions
· Reply ·
7
· 15 hrs
Jonas Joaquim
Jonas Joaquim Mentes ee falando que se fazem as coisas. Pode dar um exemplo de um unico Estado que nao fala do que faz?
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 15 hrs
Egidio Vaz
Egidio Vaz 40 anos da governação de Nyusi? Concordo que o tempo vai longo mas...estamos aqui a falar de uma coisa concreta. De um período concreto
LikeShow more reactions
· Reply ·
4
· 15 hrs
Jonas Joaquim
Jonas Joaquim Antonio Serra sera que o governo esta tambem a 40 anos a falar da fabrica de LNG em Palma? pelo menos um dia ser optimista mano.
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· 15 hrs
Antonio Serra
Antonio Serra Respeito o ponto de vista e o optimismo de alguns. Eu... tenho que ver para crer. Se os discursos fossem sinônimo de desenvolvimento... estaríamos ao lado dos EUA e da China
LikeShow more reactions
· Reply ·
4
· 15 hrs
Titos Mota
Titos Mota Os fenomenos narurais foram favoraveis, principalmente chuvas regulares em muitos regioes do pais. Será que o PR queria dizer que o seu executivo impulsionou a tal boa producao?
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· 15 hrs
Helio Maximiliano Robiesperre
Helio Maximiliano Robiesperre Qual regresso ilustre? Há muita mentira escondida por de trás desse suposto renascer.

O nivel de produção agricula que atingimos este ano, nada tem a ver com a genialidade do governo. Mas sim tem a ver com a sorte! Sim, digo sorte, porque a mãe natur
eza nos poupou das pragas e outras calamidades naturais.

Quero dizer com isto que não existe nenhum progresso na nossa agricultura, que nos permita afirmar que este "boom" na produção foi graças a implementação de alguma politica ou programa especifico. Tenho a maxima certeza que se a estiagem, o el nino ou outro fenomeno qualquer tivesse se manifestado, tal como no ano passado, hoje moçambique ainda não teria "voltado".

Este governo tem muito que fazer. Como dizia o saudoso Economista Agrario Dr. Firmino Mucavel (D.E.P), falta nos de entre muitas coisas, uma "cadeia de valores eficaz"
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· 14 hrs
Tomás Coana
Tomás Coana Gostei da sua explanação Titos Mota. O Nyusi faz parte do regime que está a 40 anos na governação por isso de sempre que ouvimos os seus discursos ouvimos atraveis do canal dos que há 40 anos estão no comando deste pais, o pior é que durante esse todo tempo nenhum PR já disse algo que ñ nos deixassem na boa expectativa mas em contra partida nos tornamos mais desgraçados.

2. Como disse o Titos Mota, dependemos maioriatariamente pela vontade pela vontade da terra, qual orgulho nisso?
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· 13 hrs
Antonio Serra
Antonio Serra Depois do "firme" agora esse vai ser o discurso de toda máquina....
LikeShow more reactions
· Reply ·
5
· 15 hrs
Salomâo Nicasse
Salomâo Nicasse Mas um entretenimento se fez sentir. Ás vésperas das eleições, estamos acostumados a esses discursos dissimulados.
LikeShow more reactions
· Reply ·
5
· 15 hrs
Antonio Romao Cossa
Antonio Romao Cossa Sao discursos demagogicos de longa data. Estas entidades finaciadoras estao a espera dos resultados da kroll k daki a alguns dias farao um mes na gaveta da Secretària da Buchile(guardiâ da impunidade). este pais nao voltarà nunca porke a corrupçao ja foi legalizada em moçambique. Tamos aconstumados com estes discursos. Pelo menos a mim n enganem
LikeShow more reactions
· Reply ·
7
· 15 hrs
Yussuf Adam
Yussuf Adam os chamados investimentos estrategicos. La na metade dos anos 70 quando estavamos em crise importamos feijao enlatado do Brasil e papa bichas da Hungria... O que ficou_ a esperanca, a memoria, a boa vontade, a solidariedade , os negocios dos outros... Sustentabilidade zero....
LikeShow more reactions
· Reply ·
5
· 15 hrs
Ematum Falido
Ematum Falido Nyusi é apenas mais romântico do que a política. Ele tem sempre o moral convecional em suas palavras...
LikeShow more reactions
· Reply · 15 hrs
Che Chiweteka
Che Chiweteka Há 40 anos lançando pedras que nunca terminam no niassa para obras de construção de entradas que...
LikeShow more reactions
· Reply · 15 hrs · Edited
Vagner Basilio
LikeShow more reactions
· Reply · 15 hrs
Agnessi Nicaca
LikeShow more reactions
· Reply · 15 hrs
Antonio Fani Fani
Antonio Fani Fani Avante Moçambique. Cresce o sonho ondulando na bandeira.
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 15 hrs
Lidia Simango
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 15 hrs
Antenge Buanar
Antenge Buanar O PR, apostou o incremento do sector agrário no seu manifesto eleitoral, e foi acertado em 100%, saibamos reconhecer os feitos
LikeShow more reactions
· Reply ·
7
· 15 hrs
Ernesto Armando
Ernesto Armando Até o dia das eleições o discurso será o mesmo, a frelimo e os seus dirigentes já nos habituar a nesses tipos de discursos.
LikeShow more reactions
· Reply · 15 hrs
Sidonio Pedro
Sidonio Pedro E vão ganhar
LikeShow more reactions
· Reply · 13 hrs
Adelino Branquinho
Adelino Branquinho Os discursos são importantes para os políticos, eles, os discursos são como termômetro, mas os políticos, devem usá-lo com muita habilidade política, e com um toque teatral para convencer; a dicção, o timbre de voz ajudam a prender a atenção de quem o escuta. Eu gosto de discursos verdadeiros e convincentes.
LikeShow more reactions
· Reply · 14 hrs
Caifadine Manasse
Caifadine Manasse Boa abordagem de esperança e positivista. vamos fazer Moçambique crescer temos k ser nós acreditar em nos mesmos.com erros desafios vamos aprendendo ...
mesmos.com
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 14 hrs
Spirou Maltese
Spirou Maltese Que haja esse salto. Bem haja.
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· 14 hrs
Leonildo Viagem
Leonildo Viagem São intenções, mas no concreto nada
LikeShow more reactions
· Reply · 14 hrs
Niklas Lehmann
Niklas Lehmann O macondinho nao tem mostrado músculos nenhuns e nao vai passar para um segundo mandato - de jeito nenhum!
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 14 hrs
Daniel Gilberto Ntumwa
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 13 hrs
Samuel Dos Santos
Samuel Dos Santos Triste a sua forma de tratar as pessoas. É normal que não goste mas no mínimo respeite.
LikeShow more reactions
· Reply · 12 hrs
Egidio Vaz
Egidio Vaz Ilustre Niklas, creio que esteja muito equivocado. Em todo caso, mantenhamos as possições e depois reconciliamos. Abraços.
LikeShow more reactions
· Reply · 11 hrs
Antonio Amine
Antonio Amine Lost in the jungle
LikeShow more reactions
· Reply · 1 hr
Paulo Samboco
Paulo Samboco Até que gostei do slogan. .. mas importa saber mesmo onde estava o país. ..Porquê havia saído do cometimento com o desenvolvimento... agradeço ao PR que está trazendo o país de volta
LikeShow more reactions
· Reply · 14 hrs
Helio Maximiliano Robiesperre
Helio Maximiliano Robiesperre Qual regresso ilustre? Há muita mentira escondida por de trás desse suposto renascer.

O nivel de produção agricula que atingimos este ano, nada tem a ver com a genialidade do governo. Mas sim tem a ver com a sorte! Sim, digo sorte, porque a mãe natur
eza nos poupou das pragas e outras calamidades naturais.

Quero dizer com isto que não existe nenhum progresso na nossa agricultura, que nos permita afirmar que este "boom" na produção foi graças a implementação de alguma politica ou programa especifico. Tenho a maxima certeza que se a estiagem, o el nino ou outro fenomeno qualquer tivesse se manifestado, tal como no ano passado, hoje moçambique ainda não teria "voltado".

Este governo tem muito que fazer. Como dizia o saudoso Economista Agrario Dr. Firmino Mucavel (D.E.P), falta nos de entre muitas coisas, uma "cadeia de valores eficaz"
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 14 hrs
Sidonio Pedro
Sidonio Pedro Deixa-la o nosso pais crescer mano, o desespero está a tomar conta de ti.
LikeShow more reactions
· Reply · 13 hrs
Helio Maximiliano Robiesperre
Helio Maximiliano Robiesperre Antes me diga de que parte do meu texto retiraste a infeliz ideia de que estou contra o crescimento do nosso Pais?
LikeShow more reactions
· Reply · 13 hrs
Manjate Custodio
Manjate Custodio Bem pensado
LikeShow more reactions
· Reply · 13 hrs
Kuyengany Produções
Kuyengany Produções Os Deputados também tão de volta por coïncidence
LikeShow more reactions
· Reply ·
8
· 13 hrs
Netinho Macamo
Netinho Macamo Certamente.
LikeShow more reactions
· Reply · 13 hrs
Delfim Bica Lucas
Delfim Bica Lucas Que continue trabalhando sr presidente... qunto aos moz criticos é so olhar.
LikeShow more reactions
· Reply · 13 hrs
Elídio Mavume
Elídio Mavume #FAZ #SENTIDO.
É de louvar as novas mediadas que o presidente Nyusi está a implementar. Bem haja Camarada Presidente.
LikeShow more reactions
· Reply · 13 hrs
Jeremias Chilaw
Jeremias Chilaw Esta claro que a Agricultura teve um desempenho muito bom. O preco de alguns dos produtos estrategicos para a dieta dos mocambicanos reduziu em mais de 60%, fruto da boa producao. O milho, por exemplo na Zambezia, esta a ser vendido por menos de 8mts o kg. O desafio, no entanto, eh garantir regularidade e mais diversificacao.
LikeShow more reactions
· Reply · 13 hrs
Azarias Chihitane Massingue
Azarias Chihitane Massingue Os opositores da Frelimo nunca aprendem, a política de "óculos de madeira" não produz resultados. Não é possível ignorar um monstro. Temos que o encarar de frente para explorarmos os defeitos ou fragilidades. Dizer que não existem obras quando as pessoas as vêem, é espécie de meia loucura. O normal é reconhecer a sua existência e, depois explorar as suas fraquezas. Muitos que estão a desprezar as políticas dos governos da Frelimo são precisamente frutos dessas políticas. É como graduar se e depois postar que não sabe nada porque não gosta de quem desenhou as politicas da sua graduação.
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 13 hrs · Edited
Elias Salomão
LikeShow more reactions
· Reply · 12 hrs
Antonio Fani Fani
Antonio Fani Fani Make Mozambique great again!!!
LikeShow more reactions
· Reply ·
3
· 12 hrs
Felisberto Massingue
Felisberto Massingue Guebuza vos elevou a "auto estima". E de traz vos comía o pescoso.
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· 11 hrs
Amade Lole
Amade Lole Grande discurso de quem tem uma visão futurista e de espirito de pertença
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 10 hrs
Manuel Moises Americo
Manuel Moises Americo Assim seja....
LikeShow more reactions
· Reply · 10 hrs
Jawardo Cesar Joao Joao
Jawardo Cesar Joao Joao Quando se constroi um prediu,esquece-se o res-do-chao e preocupa-se pelo decimo andar?hoje falasse com pompa a estrada cuamba lichinga,mas a nr 1 esta podre...Andasse em 15hras de qlmane a beira,numa distancia de poco mais de 500 km...E a phroduçao deste ano é fruto da mecanisaçao agricola?ou sera fruto dos 10 tratores de nhamatanda q pararam misteriosamente em tete?UM RECADO:-SAIAM DAI AFRENTE,PORQUE ATRAPALHAM E O POVO QUER TRABAHAR...
LikeShow more reactions
· Reply · 4 hrs
Mahando Assane
Mahando Assane Parabéns camarada Presidente
LikeShow more reactions
· Reply · 1 hr
Fernanda Andre
Fernanda Andre Força. Mocambique avanca
LikeShow more reactions
· Reply · 1 hr
Gilberto Correia
Gilberto Correia Egidio Vaz isso só mostra as nossas fragilidades técnicas e a nossa total exposição aos factores naturais. É um sucesso aleatório. Se chover menos ou deixar de chover volta tudo à mesma. Não é assim que se faz produção agrícola consistente.
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 37 mins
Isaias Silva
Isaias Silva Esteve onde?

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.