quinta-feira, 15 de junho de 2017

Dhlakama espera acordo em Moçambique até final do ano

Comments

1
Este senhor esta completamente perdido e enlouquecido.
A paz, na verdade, é muito desejavel, mas este senhor, por labutar por ela a partir duma postura de fraqueza e de loucura que o lado anti-paz da Frelimo vê, em verdade e verdade eu vo-lo digo, senhores, ele milita contra a paz, contra si mesmo, contra a Renamo e contra o povo moçambicano.
Este senhor esta mesmo mais do que perdido. Ora vejamos e lhe recordo a ele o que ele tem dito ao longo dos ultimos tempos, se ja se esqueceu do que disse principalmente o ano passado.
Em outubro de 2016, ele lamentou-se que nao foi possivel fazer um acordo da paz visto que o Nyusi foi lento e nao cumpriu o que os dois senhores, os dois vagabundos diga-se de certeza absoluta, tinham acordado e jurou mesmo pela alma da sua infeliz mae, digo infeliz por ela ter tido um louco por filho, que ele e o seu irmao Nyusi asseguradamente chegariam ao um acordo em Novembro de 2016.
2016 passou e este ano estamos no meio dele e este senhor, miudo senil diga-se com seriedade totalitaria, continua a uivar como uma hiena perdida e faminta na mata perto duma aldeia que sabe tem muitos cabritos para ela comer e a dizer agora que pelo fim do ano ele vai mesmo ter um acordo com o irmao dele Nyusi. E isto apesar deste senhor nao senhor, ao longo deste ano, se lamentar que o irmao dele Nyusi cujo governo ele nao quer ver a cair, nao cumpre o que os dois vadios tem falado e acordado pelo telefone, uma das coisas a saber que Nyusi nao retirou as suas forças das posiçoes que ocuparam na sua regiao de Gorongosa.
Nyusi nao vai sair de posiçoes que lhe sao favoraveis e Nyusi nao é Dhlakama. Ele é Nyusi que diz uma coisa e faz a outra. Eu nunca posso confiar no Nyusi como tambem no passado mandei passear o tsotsi Chissano que queria que eu fosse visita-lo em Maputo em vez dele vir ao meu esconderijo no Pacifico Noroeste. Quando alguns anos atras, ele chegou a Vancouver, disse ele mais tarde aos seus amigos que teria gostado se encontrar comigo, mas, parece-me que, no fim e ao cabo, o jagunço ganhou medo. Aqui é Canada onde nao toleramos terroristas e nao Moçambique onde é terrorista e onde age terroristamente.
Unay Cambuma, o mais aconchegado a este senhor, chora e choraminga. Olha lamenta-se sobre a falta da seriedade da Renamo, em vez de dizer, do Dhlakama. Ora diz que 30 homens da Renamo podem invadir ou assaltar Maputo. Tais declaraçoes expoem o senhor Unay Cambuma, um homem inteligente, ao ridiculo, fazendo assim que as pessoas lhe faltem o respeito e nao tomem o que diz a sério.
Se chegar a um acordo qualquer com Nyusi, estara garantido que tal acordo militara para a morte da Renamo e o fim mesmo do papel que o seu lider joga como dirigente vitalicio da Renamo e chefe mentalmente desbalançado da Oposiçao e pai da indemocracia ou desdemocracia moçambicana.
Eu nao comprendo porque milhares de pessoas seguem este doido.
Ele diz que o problema nao é Nyusi, mas o seus militares. Na a Renamo, o problem nao sao os militares, mas ele. Ele que impede tudo e desgraça outros.

2
Ohaawa wamacua said...
Afonso Dlakama, voce saiba que sua traçao ao povo oprimido e as forças revolucionarias vai terminar mal para si. saiba que a unica forma de minimizar o sofrimento sera alternancia governativa e ela so sera possivel com uma ofensiva militar de grande envergadura das forças revolucionarias que voce impede sempre para proteger suas minas do jugo colonial domestico da Frelimo. Voce canta democracia mas vendeu muitas vezes a vitoria. a esperança do povo reside na renamo que voce bloqueia.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.