domingo, 11 de junho de 2017

Como é que as nossas instituições públicas (não) comunicam?

Como é que as nossas instituições públicas (não) comunicam?
O título acima surge a propósito de duas situações que ainda pairam por aqui: (1) O processo da compra do Banco MOZA por parte do Fundo de Pensões do Banco de Moçambique e (2) A aquisição de novas viaturas para os membros da Comissão Permanente da Assembleia da República.
Sobre a questão do MOZA parece estar evidente que estamos perante um conflito de interesses, visto que temos uma ''entidade camuflada'' que vai fazer um duplo papel no mesmo jogo: árbitro e jogador. Sobre este capítulo pouco me resta acrescentar, o que a mim me preocupa é a forma como o Banco de Moçambique comunicou com o público em relação a este caso.
Depois de emitir um comunicado pálido e vazio a dizer que ‘’(...) Os passos dados e que indiciam, para muitos analistas, violação da lei e ética, foram superados por uma decisão superior de gestão...’’, até hoje não se dignou a explicar em detalhe os contornos da aquisição do MOZA, apesar dos questionamentos recorrentes. Ou seja, o BM prefere que se fique na especulação ou que a Comissão Central de Ética Pública se pronuncie sobre tal.
Sobre as novas viaturas para os Deputados, não estou preocupado em discutir se a compra é legítima/oportuna ou não, mas sim comentar sobre a forma como o porta-voz do Ministério da Economia e Finanças, Rogério Nkomo, veio explicar este caso ontem (09/06).
Confesso que fiquei boquiaberto ao ouvir o que ele (porta-voz) disse, passo a citar: ‘’(...) Como devem imaginar, o nosso Orçamento (2017) é volta de 172 MIL MILHÕES de Meticais, não vão ser uns 228 MILHÕES de Meticais que vamos calcular o seu peso, vão ser 0,00000 não sei quantos...’’.
Ou seja, para o senhor Nkomo e o seu Ministério, o dinheiro público não é problema neste momento porque o custo da compra dos Mercedes representa praticamente nada no bolo orçamental deste ano. Ademais, esse valor em termos numéricos são só uns ‘’zerrinhos’’ que pouco impactam a estrutura económica nacional. Eu não sabia que uma verba de 228 Milhões pode ser considerada um dinheiro fácil em tempo de crise e de aperto orçamental.
Não haveria aqui uma outra forma de comunicar isto ao público? Terá sido claro nessa sua explicação? Dar o corpo para levar todas as balas deve ser constrangedor, ser porta-voz é uma função ingrata e penosa, pois, tenho dúvidas que o senhor Rogério Nkomo estivesse a dizer aquilo de sã consciência.
Por vezes as nossas instituições públicas podem ter decisões correctas, mas comunicam extremamente mal. Nota-se que há um grave problema numa situação de comunicação de crise nas nossas instituições públicas: não existe antecipação aos problemas; não há agilidade na reacção; a qualidade informativa é uma lástima e a veracidade deixa muito a desejar.
Os casos acima acontecem numa altura em que a assessoria de imprensa das instituições públicas esteve recentemente reunida, algures na província de Maputo, para discutir soluções de como comunicar com eficácia.
LikeShow more reactions
Comment
Comments
Nildo Guambe
Nildo Guambe ‘’(...) Como devem imaginar, o nosso Orçamento (2017) é volta de 172 MIL MILHÕES de Meticais, não vão ser uns 228 MILHÕES de Meticais que vamos calcular o seu peso, vão ser 0,00000 não sei quantos...’’. Meu Deus! Nao acredetei que tivesse escutado isso no jornal da tarde, tanto que procurei ver o jornal da noite pa me certificar, essa explicação foi no mínimo infeliz.

No atual estágio da nossa economia e numa situação em que o próprio ministério n sabe donde trazer "taco" para fechar buracos na economia nacional, qualquer 0000003% pode fazer diferença para o bem comum

Se os 228milhoes nao impactam no OGE, deveriam ser usados para deminuir a dívida que o governo tem para com os funcionários públicos...
LikeShow more reactions
· Reply ·
3
· Yesterday at 11:57am
Abdul Gafur Monteiro
Abdul Gafur Monteiro Este valor chegava para pagar uns três meses do subsídio de bolsas para os estudantes das universidades públicas. Será que não faz diferença mesmo? Quando não têm uma explicação séria a dar, o conveniente é não dizer nada.
Precipitados, só andam a criar barrigas! Ntsém
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· Yesterday at 12:12pm · Edited
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana É escandaloso o que o senhor Nkomo disse, nem ele devia estar ciente daquilo, Nildo Guambe.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 11:59am
Cacau Chooly
Cacau Chooly Demarcaram medidas de Austeridade, cortes nas Despesas públicas.... Sensibilizaram tudo e todos sobre a Crise, sobre medidas a tomar para alavancar a economia, trocaram de dirigentes, suplicaram apoios, pra hoje dizerem que o valor para compra dos ditos carrões não faz diferença! Yuu "nhenhetsou me o Sô Ministro" :-( .....
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· Yesterday at 12:12pm
Milene Jossinai
Milene Jossinai Aonde está a oposição ou também já pensam pelo estômago.
Esperava que a Renamo e MDM converterem o dinheiro da compra dos Mercedes em automóveis para transporte públicos. Estamos cansados de muitos Love!
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 12:17pm
Milene Jossinai
Milene Jossinai Cansados de my Love!
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 12:19pm
Nildo Guambe
Nildo Guambe Escândalo da semana...
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 12:19pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Cacau Chooly, austeridade par alguns, luxo para os outros.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 12:22pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Milene Jossinai, na hora dos benefícios não há oposição aqui.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 12:23pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Nildo, é uma "xiconhoquice" da semana.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 12:23pm
Nildo Guambe
Nildo Guambe Em relação ao assunto MOZA, só gostaria de saber se os pensionistas (donos do dinheiro investido) foram consultados sobre a aplicação e se terão acento no Concelho Administrativo..??
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 12:28pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Mesmo que se tivessem sido consultados, negariam? Tenho as minhas dúvidas.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 12:29pm
Milene Jossinai
Milene Jossinai Serão punidos todos fantoches 2018 /19 é já amanhã.
LikeShow more reactions
· Reply ·
2
· Yesterday at 12:35pm
Nildo Guambe
Nildo Guambe Boa sorte aos pensionistas, investir dinheiro para reerguer um negócio falido não é fácil... Mas como é uma situação em que o próprio árbitro é também jogador, "Vamos a Ver"
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 12:38pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Quadro Milene Jossinai, tenho dúvidas, nós temos memória muita curta, isso já vai ser esquecido.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 12:41pm
Milene Jossinai
Milene Jossinai Isto está insuportável o transporte oficial da capital do país é my Love, se é que existe oposição desta vez vai reagir é o mínimo a fazer.
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 12:54pm
Euclides Da Flora
Euclides Da Flora não esdou surpreso com essaa declarações( fui socializado a ouvir coisas atípicas em Moçambique) Dércio Tsandzana
LikeShow more reactions
· Reply ·
3
· Yesterday at 12:54pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Milene Jossinai, como é que a oposição vai reagir se a mesma esta beneficiada nisto?
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 1:06pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Euclides Da Flora, o anormal tornou-se aceitável.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 1:06pm
Euclides Da Flora
Euclides Da Flora falta legislar !!
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 1:08pm
Euclides Da Flora
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 1:08pm
Euclides Da Flora
Euclides Da Flora diz que o valor de aquisição das viaturas é insignificante( Pooras PAH)
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 1:09pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Para eles (deputados e dirigentes de topo) é sim insignificante.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 1:18pm
Euclides Da Flora
Euclides Da Flora se é supérfluo, porque temos défice no nosso orçamento?
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 1:21pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Não te preocupes, são só uns zeros e nada mais no Orçamento do Estado.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 1:31pm
Euclides Da Flora
Euclides Da Flora zero convertidos em milhões de meticais! valha me Deus!
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 1:34pm
Ad Leite Leite
Ad Leite Leite As instruções públicas de moz apenas não comunicam, se não informar.
O mesmo informe somente surge num quadro de reivindicação social e não obrigação delas perante o povo patrão.
Por mim, o que tem o PR a dizer que fala em apertar os cintos enquanto
seu regime lhe vai pelas costas desfazendo ponto por ponto do seu discurso.
O mesmo parlamento com seus comparsas governamentais vira nos próximos dias falar do orçamento rectificativo.
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 2:18pm
Cacau Chooly
Cacau Chooly As instituições Públicas andam infestadas de Gabinetes de Comunicação de Imagem.. Os mesmos servem pra que? Não seriam pra sistematizar todo tipo de informação a ser veiculada!
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 2:29pm · Edited
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Bem dito Ad Leite Leite, há mesmo diferença entre comunicar e informar. Ou seja, eles só reagem, nunca agem.
LikeShow more reactions
· Reply · 21 hrs · Edited
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Cacau Chooly, são só mais uns Gabinetes para ''drenar'' dinheiro público, e nada mais.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 2:28pm
Boaventura Samuel
Boaventura Samuel Lembro me da anterior aquisição, de 250 viaturas de diferentes marcas para os deputados,
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· Yesterday at 2:55pm
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana É sempre assim, o luxo não cansa.
LikeShow more reactions
· Reply · Yesterday at 8:24pm
Caetano Morais
Caetano Morais Onde funciona a sede do "kuhanha" (não sei se estou correto na grafia)? E se esse negócio for uma decisão errada como ficarão os pensionistas do BM? Lembrando que o cidadão comum peredeu avultadas somas das suas contribuições do INSS no mesmo negócio e não há comunicação nenhuma sobre a sua recuperação, isto sem contar nos vários escândalos e burlas na compra de imóveis de luxo aeronaves para um empresário, etc. Não sei se ainda sobra dinheiro no INSS. O ataque agora é o saco azul do BM..
Sobre a compra dos Mercedes-Benz pela AR é de lamentar. Dércio Tsandzana, definitivamente sou obrigado a concluir que o país (entanto que espaço geográfico) tem dois estados: Um praticamente falido e o outro em plena primavera económica!
LikeShow more reactions
· Reply · 9 hrs · Edited
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Olha Caetano Morais, a mim o que preocupa é a forma como as nossas instituições de estão a gerir isto em termos de comunicação, parece não estarem preocupados com os erros cometidos na forma como lidam com o público.
LikeShow more reactions
· Reply ·
1
· 12 hrs
Euclides Da Flora
Euclides Da Flora temos grandes exemplos crassos de comunicação das nossas instituições!!?
LikeShow more reactions
· Reply · 11 hrs
Dércio Tsandzana
Dércio Tsandzana Eu nem sei se nessas instituições existe comunicação.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.