quinta-feira, 20 de julho de 2017

Frustrada tentativa de linchamento dum dirigente do Estado na Zambézia


PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 20 Julho 2017
Share/Save/Bookmark
Um grupo de indivíduos que fez parte da campanha de distribuição gratuita de redes mosquiteiras tentou, sem sucesso, linchar o director do Serviço Distrital da Saúde, Mulher e Acção Social no distrito de Ile, província da Zambézia, quando contestava, na residência da vítima, a exiguidade dos subsídios pagos.
Trata-se Jaime Casamento, segundo o qual os insurrectos invadiram a sua casa e tentaram incendiá-la, com ele no interior da mesma, após derramarem gasolina por quase todos os cantos.
O acto considerado como tentativa frustrada de justiça pelas próprias mãos culminou também com a destruição dos vidros da referida propriedade.
O pior não aconteceu porque a Polícia da República de Moçambique (PRM) interveio atempo.
O grupo, às centenas, amotinou-se igualmente defronte do Serviço Distrital da Saúde, Mulher e Acção Social no Ile, reclamando o facto de os subsídios pagos serem exíguos e não corresponderem ao trabalho realizado.
Jaime Casamento disse que antes do início da campanha de distribuição de redes mosquiteiras informou aos participantes que receberiam valores, em função das tarefas dadas a cada um deles.
Alguns indivíduos alegaram que contraíram dívidas para assegurar a realização do trabalho que desempenharam, uma vez que o Serviço Distrital de Saúde, Mulher e Acção Social no Ile não criou nenhumas condições para o efeito.
Na sequência da confusão instalada e tentativa de linchamento do dirigente daquele sector, sete pessoas foram recolhidas aos calabouços pelas autoridades policiais.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.