segunda-feira, 8 de maio de 2017

Bill Clinton vai lançar o primeiro romance, com James Patterson


Tocar saxofone tenor e fazer palavras cruzadas são alguns dos "hobbies" de Bill Clinton. Agora, o ex-presidente tem outro: escrever um livro com James Patterson. Chama-se "The President is missing".
O livro tem data de lançamento marcada para junho de 2018
Niall Carson - WPA Pool/Getty Images
Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos, está a escrever um romance em parceria com o escritor James Patterson. Chama-se “The President is missing” (“O Presidente está desaparecido”, em português).
O livro co-escrito vai também ser lançado em conjunto, num acontecimento inédito, por duas editoras rivais, a Alfred A. Knopf y Little e a Brown and Co. É que a primeira tem sido a editora de Bill Clinton há anos, enquanto a segunda é a de James Patterson há décadas. Em declaração à Associated Press, as editoras descreveram a publicação como “uma amálgama única de intriga, suspense e drama por trás dos corredores mais altos do poder”, acrescentando que o livro de Bill Clinton “terá informações que só um presidente pode saber”.
Trabalhar num livro sobre um presidente no cargo, inspirado pelo que sei sobre o trabalho, a vida na Casa Branca e do modo como funciona Washington, foi divertido”, contou o antigo presidente dos Estados Unidos num comunicado citado pela Associated Press.
Bill Clinton revelou que era fã do agora seu co-autor, James Patterson, e mostrou-se grato por trabalhar com ele, bem como se mostrou o escritor: “Trabalhar com o presidente Clinton foi o ponto alto da minha carreira, e ter acesso à sua experiência direta influenciou de maneira única a escrita deste romance”.
Patterson partilhou na sua página a capa do livro que tem data de lançamento marcada para o dia 6 de junho do próximo ano.
James Patterson, conhecido pela série de livros “Women’s Murder Club” comentou esta “combinação rara” de autores e revelou: “Os leitores serão atraídos para o suspense, é claro, mas também terão um olhar interior sobre o que é ser presidente”.
PARTILHE
COMENTE
+Seja o primeiro a comentar
SUGIRA
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.