domingo, 9 de julho de 2017

ALGUMAS REGRAS PARA ELABORAÇÃO DO MANIFESTO ELEITORAL DO POVO PARA AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES


A situação das liberdades democráticas de um povo independente, como é o caso do nosso país, estão tão degradadas que já não estabelece confiança entre os partidos políticos e o povo em geral! 

Há tanta desconfiança que o povo já não sabe para que destino o partido quarentona no poder, quer levar este povo e o Estado! 

Privatização do Estado pela Frelimo? 

Razão pela qual os partidos PIMO, PT e PARENA, analisando à situação da traumatização política do nosso povo, chegaram a seguinte conclusão: 

1 - Criar uma Coligação entre os partidos políticos da oposição com o Povo subjugado e traumatizado com a Frelimo!

2 - A Coligação visa, resgatar à confiança entre o povo e à classe política moçambicana no sentido de devolver ao povo uma ESPERANÇA sobre às virtudes da Independência política de Moçambique, assim como da manutenção do sistema de Estado do Direito e Democrático em construção no nosso País! Virtudes essas, questionadas hoje pela nova geração juvenil, se a Independência foi mesmo conquistada para servir interesses públicos do povo e do Estado ou, foi conquistada para alimentar um Estado Privado? 

3 - A Coligação ESPERANÇA DO POVO = E-POVO, tem como objectivo: acarinhar o povo desesperado, para que junto com os partidos políticos da oposição, ambos numa mesa redonda reflectirem estratégia comum para elaborar um Manifesto eleitoral ditado pelo povo, redigido pelos intelectuais e implementado com os partidos políticos que fielmente se comprometerem à governar Moçambique, numa posição clara de um verdadeiro empregado que humildemente está ao serviço do seu Patrão - o povo! 

4 - Para evitar que o povo seja surpreendido no meio do mandato, pela ditadura governamental, saído de um Governo de Confiança Nacional, fruto de um manifesto eleitoral elaborado pelo povo, antes das eleições o povo deve exigir um pré-acordo eleitoral, no sentido de que o único Candidato da oposição, depois da vitória, forme um governo que partilhe as pastas ministerias com os jovens devidamente seleccionados pelas virtudes e méritos das suas capacidades técnicas e não políticas, capazes de levar ao bom porto, o País que até hoje, 42 anos depois da Independência, carece de uma Agenda de Estado para à conquista da sua Independência Económica! 

5 - Independência essa, baseada e provada dentro de um Plano Estatístico de distribuição equitativa de vastos recursos minerais e económicos entre às FAMÍLIAS e o Estado, recursos que o país possui com tanta abundância, como um gráfico para avaliar o plano do crescimento de desenvolvimento socioeconómico de Moçambique! 

Portanto, à saída desta crise de falta de confiança entre os políticos e o povo, não passa por haver uma plateia do povo que exige aos políticos "soluções concretas" enquanto à massa explorada pelo novo colonialismo - Frelimo, assiste como telespectadores da degradação dos valores políticos, económicos e morais, aguardando pelas soluções mágicas exclusivamente concebidas pela classe política moçambicana, tal e qual nos sugerem os Ilustres os mainatos do partido no poder!
6 comentários
Comentários
Felix José André Kavute Nao inportamo-nos com imagem nem paflets, oq inporta é o camarada xtar vivo e pronto prA tirar o povo da escravatura dos 40 anos.
Neves Arcanjo Raul Força ai junto mudarems moz
Antonio Matavel Afinal este homem com a imagem d 1994 k agora e bem velho, e tambem "camarada" como se chamam na Frelimo desde ha decadas? Interessante! Quanto ao desesperado Sibindy, nada a comentar pork ele foi por sua ambicao k saiu da mae Frelimo achando k podia sem capcidade, sem apoio ganharia o poder. Desde 94 concorre para tudo o k e elicao p ganhar o poder mas foi sempre e k sra sempre vegonhosamente derrotado. Ninguem esta contra ele nem eu, mas ele n e capaz e nem tem apoio quase d ninguem. Como ganhar o poder assim? Formou um Partido k o unico membro k eu conheco e so ele . Quem iria lhe votar ? Eu aconselho lhe k volte a casa mae ou peca ao tio Dlakhama p ver se pode lhe encaixar , so assim pode limpar as lagrimas d sua alta ambicao pelo poder.
Agostinho Jose Lobato Só para ver que vocês são mafiosos postam imagem de uma pessoa a 30 anos atrás que hoje o seu rosto não é o mesmo assim como o corpo que agora está cansado. É assim que também fazem campanha com panfletos de 1994. Qual é a vossa vergonha?
Abdul Perreira Uk inporta n é a imajem m caru amigo. Mas sm os feitos da pessoa.
Este sr cuju a imajem pode ter vinte ou mais anos.
Ele sim, é salvador desta patria. O moiseis de moç pr mto k um gropinho de pessoais como o casu. N acredite nele. Mais ns os oprimido é nele k reside a nossa maior confiança.
Asino e sublinho...
Felix José André Kavute AGostinho jose, a imagem e pauflets
Oga Dee Frelimo deve cessar mesmo.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.