segunda-feira, 5 de junho de 2017

Cimento fiscalizado a partir de Setembro


Cimento nacional e importado será fiscalizado no país a partir de Setembro
Numa altura em que se tem vindo a questionar a qualidade de algumas obras, o Governo através do decreto 28/2016 de 18 de Junho pretende fiscalizar a produção, transporte e comercialização do cimento vendido no território nacional. Para o efeito, uma equipa multissectorial, constituída pelo Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural (MITADER), Laboratório de Engenharia, Ministério do Trabalho, Inspecção Nacional de Actividades Económicas (INAE) e Instituto de Normalização e Qualidade (INNOQ) irá trabalhar em conjunto, a partir de Setembro próximo.
O INNOQ diz que passará a ser obrigatório que todo o cimento tenha o selo da instituição.
Já o Laboratório de Engenharia garante que tem equipamento sofisticado para a análise e certificação do cimento.
Esta medida visa garantir a protecção do consumidor, através da venda de um produto de qualidade. Antes do início da fiscalização, uma equipa fará um trabalho de consciencialização de todos os intervenientes que serão abrangidos pela acção. 

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.