sábado, 20 de maio de 2017

Filipe Nyusi faz balanço positivo da visita à Holanda


Chefe de Estado considera que a visita à Holanda foi produtiva e trouxe ganhos importantes para a economia do país
Foram três dias de reuniões, visitas e negociações. Grandes negócios foram fechados com destaque para o investimento de 7 mil milhões de dólares a ser realizado pela Shell numa refinaria de gás natural para produzir gasóleo. Mas também a instalação de uma fábrica de cervejas da Heineken em Bobole, no distrito de Marracuene.
Uma das visitas que o Chefe de Estado efectuou foi ao Porto de Roterdão, uma experiência que quer ver replicada no país pela forma como o mesmo está estruturado e desenvolvido.
O chefe de Estado visitou ainda o Instituto de Pesquisa Aplicada de Água que desenvolveu o sistema de gestão da água da Holanda, considerado um dos melhores do mundo. O Presidente ficou impressionado com nível de conhecimento que os holandeses têm sobre os recursos hídricos moçambicanos.
O desenvolvimento do Plano Mestre de Requalificação da cidade da Beira foi outro tema que dominou as reuniões na Holanda, por isso, a presença na delegação presidencial, do edil daquela cidade, Daviz Simango.
Filipe Nyusi diz regressar à casa com o a convicção de que os objectivos da viagem  à  Holanda foram cumpridos e trouxe ganhos importantes para a economia do país.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.