sábado, 22 de julho de 2017

Magrebino planeou atentado contra Papa durante visita a Fátima

Homem tentou infiltrar-se numa ambulância, utilizando a ligação à esposa que trabalhava como bombeira, mas não terá sido bem sucedido. O magrebino já terá sido expulso de Portugal.

REUTERS/Tony Gentile
Um cidadão magrebino casado com uma bombeira portuguesa é suspeito de ter planeado um atentado contra o Papa Francisco na visita a Fátima, entre 12 e 13 de maio, avança o jornal Sol.
Segundo o semanário, o homem tentou infiltrar-se numa ambulância, utilizando a ligação à esposa que trabalhava como bombeira, mas não terá sido bem sucedido. O magrebino, que já terá sido expulso de Portugal, estava a ser vigiado pelas autoridades, que suspeitaram da compra de materiais utilizados usualmente na construção de bombas artesanais.
As movimentações suspeitas registadas nos últimos meses não estarão a ser divulgadas pelas autoridades para não provocar alarme social, escreve o Sol.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.