domingo, 23 de julho de 2017

Lourenço Matola, o homem que atirou contra Filipe Samuel Magaia

Lourenço Matola, o homem que atirou contra Filipe Samuel Magaia
Lourenço Matola nasceu em Chamanculo, então Lourenço Marques (Maputo), por sinal o mesmo bairro em que vivia Filipe Samuel Magaia quando cumpria o Serviço Militar, (ainda não tenho a data exacta do nascimento). Era carpinteiro e pintor e em 3 de Junho de 1957 saiu para Chibuto onde se empregou na casa de António Maria de Oliveira, na empresa de Camionagem Autoömovel Oliveira & Cia., Ltda, acompanhado de Daniel Malhaieie. Na mesma localidade vivia um irmão seu, Arrone Matola. Em Novembro de 1961 seguiu para Salisbury (Harare) e daqui para Tanganhika, onde chegou em 22 de Fevereiro de 1962. Pelas suas cartas que escreve ao tio, Alfredo Matola, percebe-se que fez parte do grupo que seguiu ao Ghana, com propósito de fundar a Frente Unida em Maio, para libertar Moçambique. 
 Quando Aurélio Bucuana e David Shambala, elementos que com Adelino Gwambe fundaram a UDENAMO, abandonaram aquela organização depois de terem roubado alguns documentos pertencentes aquele movimento, e, que entregaram a uma autoridade oficial Portuguesa, descobriu-se que Lourenço Matola usava o irmão, na RAS, para dar recados da Frelimo ao Governo Colonial Português em nome da Wenela, situação que criou desentendimento entre Portugal e Africa do Sul. Relatórios da PIDE apontam-no como a pessoa que atirou contra Filipe Magaia obedecendo a uma “ordem não especificada numa altura em que a liderança de Mondlane era posta em causa” o que é corroborada com o relatório da polícia Tanzaniana (não vou entrar em detalhes) que o encarcerou na prisão durante 5 anos sem julgamento findos os quais recebeu ordem de expulsão e refugiou-se ao Quénia onde veio a morrer em 1989.
Deixo aqui algum espólio (algumas cartas de Lourenço Matola)
GostoMostrar mais reações
Comentar
Comentários
Belarmino A. Lovane
Belarmino A. Lovane Então, tira-se a hipotese de ser inflitrado ?? E pelo seu curriculo tambem temos que anular a hipotese de ser um "fulano" ou uma figura por ser investigada (suas origens e etc) conforme argumentou o General Hama T. Tudo indica que foi uma figura sonante na nossa historia, é um heroi... A questão é, o que faria ele atirar ?? Mesmo estando alinhado (conforme nota-se no seu percurso).
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
4
 · 8 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Nao acompanhei o depoimento do genral Hama Thai. Infiltrado, nao encontro elementos que apontem para tal.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 8 h
Gerir
Belarmino A. Lovane
Belarmino A. Lovane Neste caso, há elementos para validar a hipotese de ser uma ordem interna ??
 · Responder · 
1
 · 8 h
Gerir
Clementino Raice
Clementino Raice Ja li um artgo no jornal zambeze k dzia K kem ordnou a mort d Filip Samuel Magaia matou 2 passarinhos com a mesma pedra, pois, dpois do sucedido, o mandant nao so ocupou o posto do finado no exercito mais tambem ficou com a namorada do finado. Edwin Hounnou Eusébio A. P. Gwembe
 · Responder · 
3
 · 6 h · Editado
Gerir
Edio Matola
Edio Matola Clementino Raice nesse caso a J Muthemba?
 · Responder · 
1
 · 5 h · Editado
Gerir
Clementino Raice
Clementino Raice Afirmativo Edio Matola!
 · Responder · 
1
 · 4 h
Gerir
Santinho J. Dos Santos Jr.
Santinho J. Dos Santos Jr. Boateiros....kkkk ishiiii Mocambicano é bom para inventar coisas.Melhor é lermos o que o sr.Gwembe acaba de nos fazer chegar.Epah....
 · Responder · 3 h
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Na verdade não entendi nada não há relação entre os dados e a inauguração da estátua. 

Pensei que pudesse nos falar das razões que levaram ao assassinato do Filipe Samuel Magaia.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
4
 · 7 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Nao, eu nao falei da inauguraçao da estatua, em todo o post.
 · Responder · 
1
 · 7 h
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Mas qual foi a razão de trazer o senhor Lourenço?
 · Responder · 
1
 · 7 h
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Não foi no âmbito das pessoas quererem conhecer quem assassinou o Magaia?
 · Responder · 7 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Bitone Viage, Rafael tagou-me ontem num post de Homer Wolf em que procurava saber quem é o tal de Lourenço Matola.
 · Responder · 
3
 · 7 h
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Então este post poderia ser colocado lá naquele debate, porque fora perde o contexto e nos baralha. 

Quando vi o título li com a intenção de saber sobre como mataram e porquê mataram Magaia. 


Mas infelizmente não encontrei nada se não trajetórias e cartas sem conteúdo.

Logo fui enganado pelo Eusébio A. P. Gwembe
 · Responder · 
2
 · 7 h · Editado
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Como acha que ia colocar todas estas imagens num simples comentario? Nao sei se foi enganado ou se deixou enganar
 · Responder · 
5
 · 7 h
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage As duas coisas fui enganado e por conta da vontade em querer saber porquê mataram Magaia me deixei enganar.
 · Responder · 
2
 · 7 h · Editado
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Bitone Viage acho que como se trata de um posto era mais bom se me perguntasse de forma directa, por que o mataram. Alias, ate porque quem le com olhos de ler pode encontrar a pista no que escrevi
 · Responder · 
2
 · 7 h
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Assim não li com olhos de ler. 

Meu objetivo é saber porquê mataram Magaia
 · Responder · 
3
 · 7 h
Gerir
Gabriela Das Neves Santos
Gabriela Das Neves Santos Acho que essa pergunta foi bem respondida pelo general Hama Thai. Queriam lhe tirar da chefia da defesa e segurança da frelimo. O objectivo do Lourenço Matola penso que foi esse.
 · Responder · 
2
 · 7 h · Editado
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Gabriela Das Neves Santos queres dizer com o seu comentário que a própria Frelimo mandou o Lourenço matar Magaia?
 · Responder · 
1
 · 7 h
Gerir
Gabriela Das Neves Santos
Gabriela Das Neves Santos Não. Lourenço Matola matou Magaia pk ele se achava melhor que o Magaia para dirigir o sector da defesa do partido. Por isso matou para ficar no seu lugar.
 · Responder · 
2
 · 6 h
Gerir
Sebastiao Paulino
Sebastiao Paulino Naqueles tempos muitos irmãos, tios, avós... Morreram por ambição dos outros.
 · Responder · 
1
 · 6 h
Gerir
António Cipriano Gonçalves
António Cipriano Gonçalves Bitone Viage, deixe de lado perguntas filosóficas e tente fazer análise do conteúdo pah!
 · Responder · 
1
 · 5 h · Editado
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Professor António Cipriano Gonçalves por favor não limite as fotos inquietativas a argumentos filosóficos.

O próprio Prof Eusébio A. P. Gwembe disse me que não existe relação nenhuma entre o post com a inauguração da estátua, o que eu tanto procurava no post
 · Responder · 5 h
Gerir
António Cipriano Gonçalves
António Cipriano Gonçalves Essa pergunta sobre os porquês vai te levar a nada. A questão é quem foi
 · Responder · 
1
 · 5 h
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Podes crer que mesmo o que o professor Eusébio A. P. Gwembe nos trouxe sobre quem foi o Matola tem algumas lacunas e não são bastante esclarecedoras as fontes.
 · Responder · 
1
 · 5 h
Gerir
Leopoldo Kass
Leopoldo Kass Duvido
 · Responder · 
1
 · 5 h
Gerir
Titos Cau
Titos Cau Bitone Viage so quer criar matope onde nao ha sequer poeira. As evidencias sao claras. Alguns estao tristes por verem derrubadas algumas teorias conspiratorias infundadas. O Bitone nunca menciona ou questiona o PIDE. Porque?
 · Responder · 1 h
Júlio Mutisse
Júlio Mutisse José Belmiro vem cá aprender. Seu fofoqueiro tindzaveiro mor.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 7 h
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Por muitas vezes tento fazer pedido de amizade ao José Belmiro mas nada.

Ó mano Júlio Mutisse diz lá o meu irmão diminuir umas gajas e me aceitar
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6 h
Gerir
Imtiaz Vala
Imtiaz Vala A sociedade mocambicana tem que institucionalizar a fofoca,especulacao,deturpacao dos factos por que tudo hoje é feito por que somos uma sociedade baseada na liberdade (libertinagem) de impressa e de expressao kkkkkkk
 · Responder · 5 h
Gerir
Bitone Viage
Bitone Viage Imtiaz Vala é sério isso que estas dizendo?
 · Responder · 5 h
Gerir
José Belmiro
José Belmiro Estou aqui o
 · Responder · 4 h
Gerir
Júlio Mutisse
Júlio Mutisse Imtiaz Vala assuntos de irmãos que depois vão sentar e beber cerveja. É isso que são os meus mimos com José Belmiro.
Já agora Bitone Viage vou ordenar: JB aceite o Bitone
 · Responder · 4 h
Gerir
José Belmiro
José Belmiro Kkkkk Imtiaz Vala kkkkkkk rendo com esse quadro!
 · Responder · 
1
 · 4 h
Gerir
Júlio Mutisse
Júlio Mutisse Aceita la Bitone como amigo no FB voce JB
 · Responder · 
1
 · 4 h
Gerir
Veronica Bobone Júlio
Veronica Bobone Júlio Gostei do trabalho de busca que fizeste, parabens pelo esforco, mas a informacao ainda insuficiente
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 7 h
Gerir
Morgado Mombassa
Morgado Mombassa Pelo menos existem pistas pra informação necessaria, a muito que procurava informação do genero!!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6 h
Gerir
Eduardo Domingos
Eduardo Domingos Atirou e nao fugiu do lugar. Se fosse infiltrado punha se em fuga e se nao fez porque tinha proteccao no seio daquela organizaçao criminosa, Eusebio Eusébio A. P. Gwembe. A morte de Magaia abriu caminho para os netos do sanguinario ngungunhana encetar uma purificaçao etnica.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
9
 · 7 h
Gerir
Francisco Wache Wache
Francisco Wache Wache Ha historiadores e hitoriadores. Tu, de simples professor de historia, passaste a ser historiador e de referencia no nosso solo patrio. Parabens a ti a UP, que formou bem.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
9
 · 7 h
Gerir
Wilson Profirio Nicaquela
Wilson Profirio Nicaquela Formou-se em que Instituição? Rsrsrsrs.
 · Responder · 7 h
Gerir
Francisco Wache Wache
 · Responder · 1 h
Sura Rebelo de Oliveira
Sura Rebelo de Oliveira Eusébio A. P. Gwembe eu tenho reservas..
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 7 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Quanto ao que, Sura?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 7 h
Gerir
Sura Rebelo de Oliveira
Sura Rebelo de Oliveira Como morreu o FSM
 · Responder · 7 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Sura Rebelo de Oliveira, dizem que foi atingido por 3 tiros diaparados por Lourenço Matola, enquanto ele ajudava os seus homens a atravessar um riacho iluminando-lhes o caminho porque era noite. Levado ao hospital acabou por falecer.
Gosto
 · Responder · 
1
 · 7 h
Gerir
Sura Rebelo de Oliveira
Sura Rebelo de Oliveira Eusébio A. P. Gwembe ouvi outra versão.... mas pronto fiquemos por aqui
 · Responder · 7 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Sura Rebelo de Oliveira me conte em off, se puder.
 · Responder · 
1
 · 7 h
Gerir
Elcidio Macuacua
Elcidio Macuacua Alo Eusébio A. P. Gwembe, no âmbito de uma pesquisa que estou a fazer... Na entrevista que fiz Lutero Simango, fez referência o envolvimento do Lourenço Matola na Morte do Filipe Samuel Magaia.
 · Responder · 
3
 · 7 h · Editado
Gerir
Joao Cabrita
Joao Cabrita Eusébio A. P. Gwembe, no Museu da Revolução em Maputo está, numa vitrina, o cinturão que FSM usava no momento em que foi atingido por uma bala disparada por Lourenço Matola. Se reparar na fivela metálica do cinturão, ela está perfurada. Efectivamente, a bala atingiu a região do abdómen de FSM. Foi disparada apenas 1 bala - e não 3.

De acordo com uma entrevista que me concedeu Manuel Lisboa Tristão, ex-representante da Frelimo em Songea (local de onde partiu a coluna de FSM para o Niassa, e onde viria a realizar-se o seu funeral), o tiro foi disparado na direcção da lanterna que FSM trazia à cintura e que no momento do disparo ele acendia e apagava intermitentemente para avisar a dianteira da coluna de que devia suspender a marcha. A versão da travessia do rio não é correcta, segundo Manuel Lisboa Tristão. FSM acabou por sucumbir no local do crime, Niassa, devido a hemorragia interna, não tendo por isso chegado a ser hospitalizado na Tanzânia. Samuel Dhlakama foi quem prestou os primeiros socorros no local (Mitomone, no actual Distrito de Majune).

P.S. Agradecia que esclarecesse a alegação de que Lourenço Matola trabalhava para a PIDE. Esta é a mesma versão posteriormente avançada por Samora Machel (1981). De acordo com Tristão (que entrevistei para esclarecer as circunstâncias do assassinato de FSM), o crime foi decidido ao nível do comando do Centro de Preparação Político-Militar de Nachingwea, criado, como deve saber, em 1965.
 · Responder · 
1
 · 53 min
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Joao Cabrita , de todas as fontes que consultei nao encontro nenhuma que aponte Lourenço Mataca como agente da PIDE. Pelo contrario, um nacionalista, como revelam as entrelinhas da carta a Belinha (namorada) com quem jurara casa, mesmo na sua ausencia.
 · Responder · 43 min
Joao Cabrita
Joao Cabrita Eusébio A. P. Gwembe, tinha em mente a sua introdução, onde diz: «... descobriu-se que Lourenço Matola usava o irmão, na RAS, para dar recados da Frelimo ao Governo Colonial Português em nome da Wenela...» Portanto, fica assente, que os 'recados' não eram do tipo de informador?
 · Responder · 12 min
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Joao Cabrita foi problema de percepçao. Eram recados da Frelimo quanto as reivindicaçoes e nao como colaboraçao. Ja postei, la abaixo, alguns dos recados.
Jeremias Chilaw
Jeremias Chilaw Eh preciso mais fontes para se chegar a uma conclusao. Relatorios da PIDE nem sempre relataram historias verdadeiras.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 7 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe E da Policia Tanzaniana? Se eu nao coloco é por ser simplesmente comprometedor, Jeremias Chilaw
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 7 h
Gerir
Jeremias Chilaw
Jeremias Chilaw Os dados ou informacoes daquele tempo, vindo de onde vieram, eram de natureza selectivo-politico no sentido de que se escrevia e divulgava o que era politicamente conveniente. Ademais, dentro das organizacoes, os chefes maximos tambem forjam os dados que vao aos superiores, por isso temos o conceito de numeros politicos. Precisas de mais fontes para dissipar duvidas. Acho que estas lembrado dos relatorios sobre os massacres de Tete (Wiriamu) e forma a PIDE desinformou o proprio governo portugues.
 · Responder · 7 h
Gerir
Lyndo A. Mondlane
Lyndo A. Mondlane Eusébio A. P. Gwembe, voce é historiador, esta para contar e talvez interpretar os acontecimentos passados, deixa de comprometedor, nao és tu q comprometes, é a historia, enquanto estiverws a contar o que aconteceu, nao pode ser comprometedor.. conta pah..kkk
 · Responder · 
2
 · 6 h
Gerir
António Cipriano Gonçalves
António Cipriano Gonçalves Jeremias Chilaw, onde está o problema mesmo? Já lemos muitas fontes a apontarem na mesma direção....
 · Responder · 
1
 · 5 h
Gerir
Jeremias Chilaw
Jeremias Chilaw Quais fontes?
 · Responder · 5 h
Gerir
Jeremias Chilaw
Jeremias Chilaw Leste tu nao eu. E nao vejo estas fontes aqui na postagem. Podes enriquecer o debate trazendo as tais fontes que tens para corroborar ao que o Eusebio diz.
 · Responder · 5 h
Gerir
Sura Rebelo de Oliveira
Sura Rebelo de Oliveira Vou ficar na reserva mesmo....
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 7 h
Gerir
Gabriela Das Neves Santos
Gabriela Das Neves Santos Vivendo e aprendendo.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 7 h
Gerir
Filho Do Cinzentinho
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6 h
Gerir
Filho Do Cinzentinho
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6 h
Gerir
José de Matos
José de Matos " como a pessoa que atirou contra Filipe Magaia obedecendo a uma “ordem não especificada numa altura em que a liderança de Mondlane era posta em causa”"

Eusébio A. P. Gwembe, seria util sabermos quem deu essa ordem e porque a referncia a contestaçao a Mondlane! Sem sabermos esse dado, podemos questionar a versao oficial sobre a morte de Magaia!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
6
 · 6 h
Gerir
Joaquim Joao Correia
Joaquim Joao Correia Ai me cheira ambicao de poder ou entra mulher no meio
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 6 h
Gerir
John Wetela
John Wetela História
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6 h
Gerir
Xavier Antonio
Xavier Antonio Está de parabéns Eusébio A. P. Gwembe, por trazer elementos que nos permitem reflectir sobre a nossa história. É isso que os nossos pseudos historiadores da praça deviam se ocupar, não nos entreter com textos em defesas dos delapidadores do Estado, para serem elegiveis ao covil de corruptos e antipatriotas. Ora fazem se de historiadores, ora de jurisconsultos, ora de filosofos, ora de sacerdotes... tudo para ganhar simpatia de quem assaltou o queijo e faca para lhe garantir uma fatiazinha. Estou me referir de alguém cujo nome, infelizmente também começa por letra E.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
6
 · 6 h · Editado
Gerir
Xavier Jorge Uamba
Xavier Jorge Uamba Eusébio A. P. Gwembe aquestão que não quer calar é: depois de ter morto esse homem quen ficou a tomar conta da esposa?

Porque me parece que logo se apoderou da mulher dele.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 6 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Magaia era casado?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5 h
Gerir
José de Matos
José de Matos Eusébio A. P. Gwembe , era noivo da Josina Machel, isso todos sabemos!
 · Responder · 5 h
Gerir
Santinho J. Dos Santos Jr.
Santinho J. Dos Santos Jr. Ele nao era casado só tinha a Josina Muthenba como namorada.Agora quer dizer que a jovem Josina tinha que ficar sem namorar apôs a morte do Filipe Samuel Magaia? Já que ela veio namorar com o Samora Machel que por sinal passou a ocupar o lugar deixado pelo malogrado, fala se duma conspiraçao...Samora.

Poxaaa pah...outra coisa !precisamos é de Historiadores e nao de bo9ateiros os inventa factos....
Obrigado sr. A.P.Gwembe investiga .
 · Responder · 3 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe José de Matos, Samora pode ser o lado mais fraco do trama e se calhar pegou a Josina para apagar fogo, por causa dos acontecimentos que se sucederam apos o ocorrido. Ha (entre as minhas fontes) quem afirme que até Lourenço Matola aceitou o papel mas nao foi ele por isso sair sem julgamento nem condenaçao. Aguardem SERENAMENTE :)
 · Responder · 
2
 · 2 h
Gerir
Santinho J. Dos Santos Jr.
Santinho J. Dos Santos Jr. ...com ansiedade
 · Responder · 2 h
Gerir
Xavier Jorge Uamba
Xavier Jorge Uamba Para mim percebo de que Samora esteve envolvido na morte do Magaia. Essa história falta caldo.
 · Responder · 2 h
Gerir
José de Matos
José de Matos Eusébio A. P. Gwembe , portanto aceitas que essa versao sobre o Lourenço Matola posivelmente esta errada, como outras versoes contadas pelos "historiadores" do regime!
 · Responder · 53 min
Zulfikar Abdurremane Amur
Zulfikar Abdurremane Amur Eusébio A. P. Gwembe parece me que o seu blog liga a morte de Filipe ao Samora Machel. https://ambicanos.blogspot.com/.../a-morte-de-filipe...
A MORTE DE FILIPE SAMUEL MAGAIA E AS DIVISÕES NA FRELIMO
AMBICANOS.BLOGSPOT.COM
 · Responder · 21 min
Henderson Kadzombe
Henderson Kadzombe Boa historia, mas ha muita lacuna
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5 h
Gerir
Benjamim Agostinho Mucopote
Benjamim Agostinho Mucopote So podia ser de Maputo kkkkkkkk
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5 h
Gerir
Benjamim Agostinho Mucopote
Benjamim Agostinho Mucopote Obrigado MA Eusébio A. P. Gwembe por estes subsidos da nossa historia k tens publicado.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5 h
Gerir
Olympius J. Mondlane
Olympius J. Mondlane É perigoso namorar uma mulher linda no meio de tubarões.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 5 h
Gerir
Ariel Sonto
Ariel Sonto Um historiador a serviço do público.
 · Responder · 
2
 · 3 h
Gerir
Heleno Bombe
Heleno Bombe Valeu à tentativa mas não tivemos respostas porque matou e com que objetivos contudo está de parabéns pelo esforço
 · Responder · 
2
 · 3 h
Gerir
Benedito Mamidji
Benedito Mamidji Eusébio A. P. Gwembe, pode explicar melhor o que quer dizer com "usar o irmão para dar recados da Frelimo ao governo colonial em nome da Wenela"? Esta frase não está muito clara. Dá a entender que a Frelimo tinha algo da Wenela para dizer ao governo colonial. Ou queres dizer que o Matola era um agente da PIDE e que ele dava informações sobre a Frelimo ao governo colonial, usando os circuitos da Wenela?
 · Responder · 
3
 · 3 h
Gerir
Manuel Raice
Manuel Raice A nossa história.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 3 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Benedito Mamidji, vou anexar as cartas, ja trabalhadas: começo com a segunda. Dizia respeıto as convenções de 1909 e 1928 sobre o recrutamento de afrıcanos para as mınas da Africa do Sul. A posição da Frelımo negava o novo acordo, de Setembro de 1962 para que fosse nomeado um novo comıssarıo de inquérito a fım de encontrar formas de recrutar a mao de obra. O documento, era uma suposta recusa dos trabalhadores a serem recrutados mas terminava com “sofremos e não somos lıvres”.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 3 h · Editado
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 3 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 3 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Aqui vai a explicaçao
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 3 h
Gerir
Benedito Mamidji
Benedito Mamidji Caro Eusébio A. P. Gwembe, eu só pedi um pouco mais de esclarecimento. Não estou a disputar a sua nota sobre o Matola. Apenas não fiquei claro sobre o que quis transmitir. Então estás a dizer que a Frelimo, através do Matola, fe chegar ao governo colonial o seu discordo com o novo acordo. Se é isso, então qual a ligação disso com a morte de Magaia? As fontes que partilhas são importantes, mas a síntese histórica é o que me interessa aqui. O que essas fontes te dizem sobre o papel do Magaia na Frelimo? Ele era agente da PIDE? Matou o Magaia de propósito a mando da PIDE? Houve equívocos por parte da Frelimo em prende-lo por 5 anos?
 · Responder · 1 h
Leonildo Viagem
Leonildo Viagem Lourenço Matola.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2 h
Gerir
David Jairosse Namawona
David Jairosse Namawona O Tal Lourenço Matola, Ate Agora Ele Vive Ou Ja Morreu?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2 h
Gerir
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Sempre é bom ler até ao fim para evitar perguntas que ja tem resposta, David Jairosse Namawona
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 2 h
Gerir
David Jairosse Namawona
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2 h
Gerir
John Wetela
John Wetela David não leu a história, ele disse que morreu em 1989.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 2 h
Gerir
Vasco Acha
Vasco Acha Verdade historica
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2 h
Gerir
José Puchar Puchar
José Puchar Puchar Se a pessoa que ordenou o morte do conabdante Magaia, tinha a intencao de ocupar o cargo e a mulher, sera a mesma pessoa que ficou com tudo isso? Se eh, entao eh sobejamente conhecida a tal figura.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2 h
Gerir
John Wetela
John Wetela Continuo apoiando o Eusébio A. P. Gwembe, pelas publicações do passado.
So que quero dizer a ele para selecionar com tempo bem preparado e faça o livro real, da história dos heróis deste país.
Assim como nós temos que fazer isso. Para que o que anda es
crito nos nossos livros da escola seja trocado, no futuro, aquilo não é nada, é total fantochada. Se tivesse bons poderes mandava destruir tudo e recolher a historia real.
 · Responder · 2 h
Gerir
Raimundo António Meneses
Raimundo António Meneses Lourenco Matola atirou contra Filipe Samuel Magaia seguindo ordens de Samora Moises Machel.
 · Responder · 1 h
Vitorino David
Vitorino David Provas?
 · Responder · 1 h
Raimundo António Meneses
Raimundo António Meneses Essa informacao anda muito espalhada por ai, nao tem conhecimento desse facto quem nao quer saber ou finge que nao sabe. Da mesma forma que se afirmava que Filipe Samuel Magaia teria sido morto por agentes do inimigo i hoje se sabe que era um homem que estava consigo, um dia teras as provas que procuras.
 · Responder · 1 h
Elcidio Macuacua
Elcidio Macuacua Lourenço Matola terá sido na altura preso pelas autoridades da Tanzânia após ao assassinato de Filipe Samuel Magaia, ele passou a viver no Quénia e depois da independência nacional, passou a ser um visitante frequente a cidade de Maputo.
 · Responder · 47 min
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Benedito Mamidji, Não foi agente da PIDE. Quanto os documentos serem encontrados nas mãos da PIDE tal deveu-se a assinatura Matola. Quando o governo sul-africano remeteu a carta ao governo português este pediu que se fizesse buscas na casa do tio e no espólio encontrado encontraram as correspondências que deram prova de que Matola, para despistar as autoridades coloniais, enviava as suas cartas a RAS e o tio as enviava aos familiares em Lourenço Marques. Na mesma senda foram encontrados vários documentos da Frelimo que era para serem distribuídos em Moçambique. Ou seja, Matola fez dos elementos que Mondlane utilizou para espalhar a campanha da Frelimo ao Sul do Save.
 · Responder · 12 min

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.