quarta-feira, 5 de julho de 2017

Igreja Católica exige declaração de ilegalidade da dívida oculta


Igreja Católica pede que o órgão competente declare inconstitucional a inclusão, por parte da Assembleia da República, das dívidas ocultas


A Igreja Católica pede que o órgão competente declare inconstitucional a inclusão, por parte da Assembleia da República, das dívidas ocultas “contraídas de forma unilateral, ilegal e ilegítima”.
Num comunicado divulgado ontem pela Comissão Episcopal de Justiça e Paz, a Igreja Católica exige a responsabilização dos que contraíram directamente a dívida, assim como das pessoas e instituições que não responderam à solicitação de informação da Kroll, consultora responsável pela auditoria à Ematum, Pro Indicus e MAM.
“Não podemos permitir que ao povo moçambicano seja imputada a responsabilidade de pagar com a miséria, sangue e morte as dívidas contraídas em seu nome de forma ilegal e inconstitucional”, diz a Igreja Católica.
Em mensagem aos cristãos católicos, a igreja diz que ninguém está obrigado a obedecer a disciplina de qualquer partido político ou aos seus dirigentes, contradizendo a sua consciência. “Não podemos colocar um partido nem os seus dirigentes acima da justiça, do amor a Deus e do amor aos irmãos. No final dos nossos dias, seremos julgados conforme o amor. Não levaremos riquezas nem poder”, alerta a igreja.
A Comissão Episcopal lembra as inconsistências entre as explicações fornecidas pelo Indivíduo A, pelo Ministério da Defesa e pela empresa Contratada relativamente à utilização efectiva dos USD 500 milhões do montante do empréstimo.
De acordo com o resumo da auditoria, continuam a subsistir lacunas sobre como foram exactamente gastos os USD 2 biliões, apesar de esforços consideráveis para resolver essas lacunas.
Nelson Tinga Tinga A igreja católica sempre interviu em assuntos da paz,aos ataques de Muchungue nunca ouvi alguma reclamação mas quando o assunto está ligado ao "dinheiro"...!!? hehehehe, enfim essa é a etiqueta do moçambicano que nunca de uma nem de outra forma deixará de ser ambicioso ao dinheiro
Mostrar mais reações
2
1 h
Matin Sabin Diz-se "interveio"  porque o verbo-base é vir cujo passado se conjuga "ele veio".
Mostrar mais reações
João Mindo ...Que moral tem Igreja Católica (e qualquer outra deste País) para falar de ilegalidade (do Dinheiro)!!!??? Poupem-nos, please. Vão, lá, dar uma volta no Éden.
Mostrar mais reações
Victorino Manuel Jaime Vejo atraves dos comentários aqui, que o moçambicano ainda dorme profundamente e se esquece cm muita facilidade. Os acordos gerais de paz, as igrejas estavam lá. Num passado muito recente, não só a igreja católica, os pastores SANDULANES, e outros, ariscaram as suas vidas entrando nas matas da GORONGOSA, a caça do Dhlakama, afim de convencer a ele a aceitar o diálogo e termos a PAZ. E hoje quando a igreja católica vem de alguma forma, ajudar aos moçambicanos sobre essas dívidas que nos afundam, olha o troco que recebe. Desculpa pela expressão, mas o moçambicano é burro demais. Continuem a choramingar nos cantos, é porque voces merecem. Os outros vão criando as barrigas a vossa custa, seus palhaços.
Mostrar mais reações
2
52 min
Nelson Tinga Tinga Verdade meu caro,nós moçambicanos estamos a colher os frutos da nossa ignorância,até cheguei a conclusão de que o maior problema não é da igreja se intrometer neste assunto mas sim o problema está nos que fazem parte de outras religioës,aqui já estou a ver assuntos de política religiosa
Mostrar mais reações
Christopher Felex Muitos só dizem tolices e disparates aqui,a igreja católica(não sou membro nem concordo c seus dogma etc)faz parte deste partido que suporta o governo desde o início,vieram da Europa e sim ajudaram lhe a partilhar e praticar metas atrocidades mas qdo viram que isto estava mal p o colono mudaram de lado,esconderam nas igrejas motos q iam p os movimentos de libertação dos países Áfricanos na diáspora,levantaram partidos e governos em Áfric,dai è de estranhar este súbito interesse pelo povo,ou querem mudar de lado de novo
Mostrar mais reações
1
2 h
Cardoso Nhoca Análise extremista isso.não olhe para a igreja mas sim faça a análise daquilo que foi exposto neste momento!obrigado
Mostrar mais reações
Joao Tembe Aqui facilmente distingue-se os que São verdadeiros protestantes da igreja católica. O governo ao chamar a religião para ajudar em assuntos políticos não esta a cometer nenhum mal, esses que levantam criticas, contra os católicos em relação as dívidas quando convidados pelo governo para darem ajuda em assuntos políticos não corespondem?
Mostrar mais reações
Bento Mimbire Ajudem nos a fazer entender a bancada maioritaria que as dividas ocultas sao incostitucionais , ilegais...na AR porq ela finge nao saber....
Mostrar mais reações
Rafael Muchanga Igreja católica cumprindo com o seu papel de executar as ordens dos europeus, aliás desde a sua vinda em África.
Mostrar mais reações
3
3 h
Octávio Zimbico Mentira! Eles não fazem mais do que exigir a justiça e transparência
Mostrar mais reações
Rafael Muchanga Eu acredito que trabalho deles é cuidar de assuntos religiosos.
Mostrar mais reações
Tivane Pedro Tivane A igreja não pode meter si em política ou algo ligado directa ou indirecta ao governo ou política. Jesus deixou claro isso.
Mostrar mais reações
2
3 h
Michael Daude Jesus te disse isso? Falaste com ele?
Mostrar mais reações
6
3 h
Eddie Anderson Massunda Falamos com ele meu amigo ...
Mostrar mais reações
1
3 h
Matthew Celestyn Chilundo "Romanos 12:2 - Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." onde a igreja entra nisso! Nós que somos verdadeiros cristão, sabemos que somos peregrinos e estamos de passagem neste mundo!
Mostrar mais reações
2
3 h
Tivane Pedro Tivane Michael acreditas que existe nuvens? Já pegaste, o ar? Só sentes. Estudei analise sabes o que isso, nao só si crê no que si vê. Fé
Mostrar mais reações
1
2 hEditado
Michael Daude N é questão de crer no q se vê, eu sou muculmano, tb creio no invisível, mas em algura alguma Jesus disse pra ficarmos calados perante corrupção e injustiça, todos devemos falar, independentemente de ser mawlana, pastor, gestor de mesquita ou igreja, ou o q quer q seja
Mostrar mais reações
2
2 h
Francisco Montes Acredito que este não é o papel principal da igreja, mas em minha opinião a igreja tomou uma posição correcta ! Sua intervenção não pode ser apenas para resolver estabilidade militares etc, pode sim dar o seu contributo como parte da Sociedade Civil.
Mostrar mais reações
5
2 h
Jose Pedro El Poliglota comparar fé ou crença como m ar é muita ignorância
Mostrar mais reações
Candido Alfredo Quive Quando a igreja Católica interveio para os acrdos de Roma não houvem quem disse que ela está a meter-se, e hoje sobre dívidas ocultas há os que dizem ser uma prática ilícita o que a igreja fez. A igreja tem legítimo direito de dar a sua opinião sobre estas dívidas, tanto que elas já não são assunto meramente político, é sim social, como a guerra.
Mostrar mais reações
9
2 h
Nelson Tinga Tinga Muito bem falado Sr Candido Alfredo Quive
Mostrar mais reações
Joaquina Domingos Amados irmaos, aqui esta aver problemas de interpretacao Biblica, nao crieis odio contra o seu proximo mas antes amaras ateu proximo como ati mesmo, intervencao da igreja catolica nao tem nada haver com a vida crista se somos ou nao deste mundo, mas sim com a realidade do mundo em que vivemos actualmente, ser crente nao e ser alienado a coisas do nosso pais, se assim fosse Deus nao diria para darmos a cesar o que e de cesar e a Deus o que e de Deus, a igreja catolica no caso assim como as outras igrejas tem grande influencia no estado, se todos nos nos unirmos e negarmos adivida que nao e nossa, exigindo que pague quem e de direito, conseguiriamos nos livrar da injustica que esta sendo cometida ao povo Mocambicano lembrando que enquanto Jesus nao vier buscar a sua igreja, ate os nosso trisnetos encontrarao essas dividas e isso e Justo?, como disse outro amado o evengelho de Jesus prega tambem a justica, porque Ele amor mas E Justica tambem, entao nao critiquem so porque a reivendicacao veio da igreja catolica,
Mostrar mais reações
3
1 h
Matthew Celestyn Chilundo Onde a igreja entra nisso! Nós que somos verdadeiros seguidores de CRISTO JESUS, sabemos que este mundo não nos pertence e que somos peregrinos, estamos de passagem, e não devemos nos conformar com ele! "Romanos 12:2 - Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."
Mostrar mais reações
3
2 h
Yola Bernardo Bernardo A igreja católica como sempre!
Mostrar mais reações
Candido Alfredo Quive Matthew, devias saber antes do nada que vives neste mundo, embora, pode ser que, não sejas deste mundo. Sobre dívidas, não é assunto necessariamente político, é social. Deus é Justo, e o seu filho Jesus Cristo, aquem tu crês, é tambem justo, e ele prega a justiça em todo o mundo, e ordenou aos seus apóstolos (discipulos) para que fizessem o mesmo que ele, pregando e ensinando o amor verdadeiro, e o amor verdadeiro é antes justiça.
Mostrar mais reações
2
2 h
Nelson Tinga Tinga Matthew Chilundo,qual é a tua religião? senhor"verdadeiro seguidor de Jesus Cristo"kikikikikikiki moçambicano pah!
Mostrar mais reações
1
2 h
Matthew Celestyn Chilundo Muito bem Candido! Sei que a igreja é um órgão que lida com com a sociedade assim como estado que se define por um órgão socialmente organizado! Mas os dois órgãos tem alvos diferentes dentro da mesma sociedade, o Estado lida dos seus assuntos e Igreja dos seus também! E se igreja se prerocupa com assuntos financeiros, achas que a Palavra De Deus será pregada pelo Estado? Existem assuntos que convergem, quando o Estado intervê (Assuntos Religiosos e Constitucionais) não neste âmbito! Acho eu!!!
Mostrar mais reações
Matthew Celestyn Chilundo Nelson, eu sou Cristão!
Mostrar mais reações
Octávio Zimbico Você é seguidor de Cristo mas vive neste mundo. Bebe água deste mundo, dorme nele e ainda respeita as lideranças deste mundo.
Mostrar mais reações
Fidelio Gustavo Muito positiva a atitude da igreja católica. Que as outras congregações religiosas e toda a sociedade moçambicana tenham a mesma atitude
Mostrar mais reações
Armando Tatissane Mula Mula Será que a Igreja Católica representa o Conselho Cristão de Moçambique? Onde entram nas Política Moçambicana?
Mostrar mais reações
Sérgio José Filimaõ Manjate onde reside a laicidade do estado qndo as congregações interferem em matérias de índole político.
Mostrar mais reações
Inacio Julio Macamo A igraja não sofre da crese politica? O que é igreja na sua concepção? Veja o papel da igreja no desenvolvimento dos movimentos sociais em outras realidade, depois vamos conversar.
Mostrar mais reações
1
2 h
Xavier Albertu Inácio 👌
Mostrar mais reações
Edmu Joao Panguene É muito engraçado! O poder legislativo violou a CRM è estranho isso mais aqui em Moz é normal chamamos isso de disciplina partidària😵😵
Mostrar mais reações
Jeronimo Jose Nhavotso Jerry Chimoio, Libertai seus filhos. Estamos acorrentados inocentemente.
Mostrar mais reações
Danillo Assan Varind Nao concordo com as dividas ocultas .... mas acho que a Igreja devia se preocupar mais em arrumar o Vaticano onde surgem casos de pedofilia ao mais alto nível.... ate pode condenar a conduta dos envolvidos nas dividas.... mas nao tem que exigir politicamente nada.
Mostrar mais reações
Danillo Assan Varind Igreja católica??????
Mostrar mais reações
Silvia Machaieie Igreja deve se preocupar com a fé em Cristo.
Mostrar mais reações
2
3 h
Bento Mimbire Igreja também tem esse papel de intervir na politica, social, cultural ... Do país.
Mostrar mais reações
1
3 h
Silvia Machaieie Esqueceste de referir as finanças.
Mostrar mais reações
Matthew Celestyn Chilundo " Romanos 12:2 - Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. " onde a igreja entra nisso!
Mostrar mais reações
2
3 h
Yola Bernardo Bernardo Certíssimo!
Mostrar mais reações
João Nhanengue Tudo isto foi resultado do voto maioritário na AR.
Mostrar mais reações
2
3 h
Elcidio Muianga Onde entra o Vaticano nisso? ??
Mostrar mais reações
2
3 h
Bento Mimbire Onde entra? É tambem papel das igrejas intervir na vida do país , para o teu conhecimento cara.
Mostrar mais reações
1
3 h
Matthew Celestyn Chilundo Os verdadeiros cristão sabem que este mundo não lhes pertence mas sim estão de passagem, onde a igreja entra nisso, de facto?
Mostrar mais reações
2
3 h
Azel Noé Macondzo Yiuuu,os cristaos nao Sao pessoas?cairam do ceu? Nao fazem parte do pais?
Mostrar mais reações
2
2 h
Yola Bernardo Bernardo Depois sempre a igreja católica!
Mostrar mais reações
Matthew Celestyn Chilundo Romanos 12:2 - Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
Mostrar mais reações
Elcidio Muianga Bento Mimbire qual é a relação entre igreja e política. ? 
Pelo que eu saiba estas duas entidades não compartilham informação , por isso que a igreja não paga impostos. .
Mostrar mais reações
Nelson Tinga Tinga Elcidio Muianga,o caso das dívidas ocultas tem a ver com política??
Mostrar mais reações
1
1 h
Elcidio Muianga E assunto do governo não dá igreja. .
Mostrar mais reações
Nelson Tinga Tinga Elcidio Muianga leia com muita atenção os comentários,o Bento falou da Vida Do País e você correu logo para política,és algum político meu boss??
Mostrar mais reações
Elcidio Muianga É que a igreja não pode exigir contas ao governo não sei se você percebe este é o assunto que só os políticos devem discutir percebes agora não a religião. ..
Mostrar mais reações
Nelson Tinga Tinga O que é governo no seu entender?sr Elcidio
Mostrar mais reações
Elcidio Muianga Meu amigo se isso é correcto para ti esta tudo bem..
Vai percebendo assim...
Mostrar mais reações
Nelson Tinga Tinga Sr Elcidio o dinheiro roubado não é dos político mas sim é do Estado e o Estado somos todos nós moçambicanos,será que nós(povo)que tanto reclamamos dessa dívida somos políticos?
Mostrar mais reações
Mostrar mais reações
Mostrar mais reações
Xavier Albertu Exigência justa
Mostrar mais reações

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.