terça-feira, 20 de junho de 2017

Drone voa ao lado de avião antes da aterragem em Lisboa



Trata-se do quarto incidente com este tipo de aparelho só em Junho.
patrícia martins/arquivo
Foto
patrícia martins/arquivo
Um Boeing da companhia holandesa KLM reportou nesta segunda-feira que um drone "voou ao seu lado" a 1200 metros de altitude, à vertical do Farol do Bugio, no estuário do Rio Tejo, disseram à agência Lua fontes aeronáuticas.
Contactada pela Lusa, a NAV Portugal (responsável pela gestão do tráfego aéreo) confirmou a ocorrência, acrescentando que irá notificar a Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC) e o Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF), sendo este o quinto incidente este mês e o nono desde o início do ano.
Segundo as mesmas fontes, o incidente ocorreu pelas 14h30, quando os pilotos do Boeing 737-800, com capacidade para 162 passageiros, se aperceberam de "um drone a voar ao lado", no momento em que o avião estava no corredor aéreo para rumar ao Aeroporto de Lisboa, sendo aquela zona igualmente utilizada para os aviões que aterram e descolam do Aeródromo de Cascais.
O regulamento da Autoridade Nacional de Aviação Civil proíbe o voo destes aparelhos a mais de 120 metros de altura e nas áreas de aproximação e descolagem de um aeroporto.
O GPIAAF anunciou no sábado passado a realização de um estudo de segurança devido aos recentes incidentes envolvendo a presença de drones nas trajectórias de aviões. "O GPIAAF decidiu iniciar a realização de um estudo de segurança com vista a caracterizar o histórico de ocorrências deste tipo no nosso país, analisar a eficácia da regulamentação nacional sobre esta matéria e comparar com as práticas que estão a ser utilizadas noutros países para a prevenção deste tipo de ocorrências, com vista à eventual emissão de recomendações às entidades relevantes", disse então o director do GPIAAF.
Nelson Oliveira justificou a medida com "a frequência e características das recentes ocorrências envolvendo a presença de drones na trajectória de aeronaves", ressalvando, contudo, que as ocorrências reportadas "constituem uma violação da regulamentação aplicável e um potencial ilícito de natureza criminal por parte dos seus responsáveis".
Na sexta-feira passada, um avião da Aero Vip, do Grupo Seven Air, foi obrigado a realizar uma manobra para evitar a colisão com um drone a 300 metros de altitude quando estava em aproximação para aterrar no Aeródromo de Cascais, com 14 pessoas a bordo. "Na aproximação à pista 35 de Cascais, vislumbrei um objecto que julguei ser uma ave. Ao aproximar-me, apercebi-me de que se tratava de um drone de grandes dimensões, de quatro rotores. Tive de mergulhar, aumentar a razão da descida, para evitar a colisão com o drone, que passou a cerca de cinco metros acima da asa esquerda", relatou nesse dia o piloto à Lusa.
A 14 de Junho, um avião da TAP, com cerca de 130 passageiros, cruzou-se com um drone a 700 metros de altitude, quando se preparava para aterrar no Aeroporto de Lisboa. O Airbus 319, proveniente de Milão, Itália, "cruzou-se" com o drone por volta das 21h, no momento em que a aeronave estava à vertical da Ponte 25 de Abril, na zona de Alcântara, e a poucos minutos de aterrar no Aeroporto Humberto Delgado.
A 1 de Junho, um Boeing 737-800, da companhia TVF, France Soleil, grupo Air France/KLM, com cerca de 160 passageiros, teve de realizar várias manobras para evitar a colisão com um drone a 450 metros, quando a aeronave se preparava para aterrar no aeroporto do Porto.
Público
9 h ·


Trata-se do quarto incidente com este tipo de aparelho só em Junho.


Drone voa ao lado de avião antes da aterragem em Lisboa
Um Boeing da companhia holandesa KLM reportou nesta segunda-feira que um drone "voou ao seu lado" a 1200 metros de altitude.
PUBLICO.PT


34 comentários
16 partilhas
174174
Comentários Principais

GostoMostrar mais reaçõesComentarPartilhar

Comentários

Escreve um comentário...

Joao Verde Um drone dos mais comuns NÃO tem autonomia para subir a 1200m e acompanhar um avião à velocidade a que se desloca. História mal contada.

GostoMostrar mais reações · Responder · 5 · 8 h

Avelina Santos Será? Alguém não diz a verdade toda .....

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 · 8 h

Ricardo Faria Esta notícia está completamente desajustada! É impossível um drone seguir uma avião! Tenho um é o máximo que ele dá é 65km/h e a esta velocidade a autonomia é perto de 15min.. para não falar o tempo que demora a subir a uma distância destas mais a distância surrial que aconteceria se conseguisse seguir o avião!

GostoMostrar mais reações · Responder · 3 · 8 h

Joao Verde Exactamente. A ter acontecido só com algum modelo especial e mesmo assim duvido. Nenhum drone no mercado faz isto.

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 · 8 h

Romeu Gamelas Só se foi um drone dos americanos, aqueles que eles usam para bombardear a Síria e o Iraque.
Drones a rotor, já chegar a essa altitude só mesmo um muito bom e seguir um avião só com uma corda amarrada a uma asa do mesmo!

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 · 7 h

Romeu Gamelas Ainda por cima com o vento que se fez sentir! Só se o dono do drone o lançou em Albufeira e a esta hora o bicho deve estar caído algures na Galiza.

GostoMostrar mais reações · Responder · 3 · 7 h

Rui Alex A história tem de estar mal contada porque quem as escreve não é piloto. Quando leio que "avião fez múltiplas manobras para se desviar de drone" pergunto-me que "múltiplas manobras" pode um piloto fazer fazer ao passar a 250 km/h por um objeto que, para todos os efeitos, em termos de velocidade relativa, está parado no céu e que pelo tamanho só pode ser detetado a curta distância.

Mas não invalida que os aviões estejam a passar ao lado destes objetos que podem mas não deveriam de estar lá. Se estes objetos os acompanham durante 5 segundos ou não, é relativamente secundário. Um dia destes, um drone faz o ninho dentro de um motor e temos uma tripulação a declarar emergência mesmo em cima dos prédios de lisboa.

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 · 1 h


Escreve uma resposta...



Olga De Carvalho Mas afinal qual é o mistério se um drone não pode voar a essa altura o que é que tem voado ao lado dos aviões ? Parece me que a ANA devia dar mais informações ! A vida dos passageiros está em jogo com estas brincadeiras ! Aterro muitas vezes em Lisboa e entre os drones e os artigos que vejo sobre a segurança estou a ficar cada vez mais inquieta !

GostoMostrar mais reações · Responder · 3 h

Francisco STomé A ANA não parece estar muito preocupada com a segurança dos passageiros, num aeroporto congestionado e com grande perigo, por estar localizado no centro da cidade. Uma tragédia pode acontecer a qualquer momento.

GostoMostrar mais reações · Responder · 6 h

Rogerio Ferreira A seguir deve aparecer um Drone a 2mil metros de altura. Informem-se, NÃO HÁ DRONES com rotor que atinjam velocidades para acompanhar um boing ou um airbus , muito menos a essas alturas, é só tretas de fakenews. Mostrem provas porque quem tem um Drone ou sabe mais a respeito disto não acredita nestas tretas de ocurrencias mediáticas

GostoMostrar mais reações · Responder · 4 · 8 h · Editado

Rui Alex Então e os vídeos que vemos de recordes de altitude? Fake news?

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 h


Escreve uma resposta...



José Gonçalves 1200 metros de altura? Boeing 737? Velocidade superior a 300 quilômetros hora?? Estes Merdia mais as notícias.... Um Drone mesmo que seja de competição e preparado não tem autonomia para fazer tal, muito menos acompanhar um 737, muito menos ainda a essa atitude com apenas uns meros 15 minutos de voo juntando os ventos mais fortes que se fazem sentir a essa altitude que iria retirar bastante autonomia ao Drone, ou seja nenhum Drone no mercado é capaz de fazer tal habilidade, por acaso alguém sabe o que é um Boeing737 e o que é um Drone?!
Pois bem me parecia, muitos poucos desconhecem 😂😂, enfim...

Para quem não sabe,
um Boeing 737 a 1200 metros de altitude não voa a 70 quilômetros por hora, essa é a velocidade máxima de um Drone mais rápido e disponível no mercado civil!!!

GostoMostrar mais reações · Responder · 3 h · Editado

Alexandre Oliveira Na América, já á algum tempo que se relataram casos de drones a serem abatidos, por invasão de propriedade... Mas neste caso, fake news, sem a mínima dúvida

GostoMostrar mais reações · Responder · 32 min

André César de Sá 1) Registo obrigatorio dos drones
2) Caca ao Drone
3) Arranjar alguma forma de interferir com a frequencia dos mesmos sem por em causa as frequencias da aviacao comercial.

Escolham uma.

GostoMostrar mais reações · Responder · 13 min

Pedro Gaspar Isso não aguenta com um balde de água? Precisamos de toda a ajuda na zona centro

GostoMostrar mais reações · Responder · 3 · 8 h

Abílio Carvalho Que não tratem do idiota que faz isto e vamos ter mais uma tragédia em breve.

GostoMostrar mais reações · Responder · 2 · 9 h

Rogerio Ferreira Que idiota? O jornalista? O gajo que tem um drone top secret com características militares para acompanhar um Boing a 1200mtrs? Ou os idiotas que acreditam nestas fakenews?

GostoMostrar mais reações · Responder · 7 h


Escreve uma resposta...



Diogo Miguel Ferreira Mas quem faz estas coisas não tem mínima noção do risco de acidente? Que idiotas fazem este tipo de coisas? Para quê um vídeo no YouTube? Que tal filmarem com um drone se atirarem de um penhasco?

GostoMostrar mais reações · Responder · 2 · 9 h

Anibal Costa Só depois de acontecer algum desastre é que tomarão medidas... esperemos que nao

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 · 8 h

Sandro Parrança Deviam promover um novo desporto, em vez de tiro aos pratos, atira-se ao drones, é mais barato, desde que, é claro evitem os aviões.. eh eh

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 · 8 h

Vitor F Veiga Mas quem anda a brincar aos drones perto do aeroporto? Não deve ser difícil identificar o infractor idiota.

GostoMostrar mais reações · Responder · 2 h · Editado

José Nuno Marques Em breve.... drones acima de X kilos não registados = ilegais

GostoMostrar mais reações · Responder · 9 h

Rogério Martins E o breve é quando?

GostoMostrar mais reações · Responder · 9 h

Ricardo Faria Sabe que já existe legislação?

GostoMostrar mais reações · Responder · 8 h

Rui Alex Talvez os drones devam começar a ter de usar matrícula e transponder.

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 · 1 h


Escreve uma resposta...



Alvaro Hunter-Araujo Ou esse drone tem um motor a jacto ou o avião é o original dos irmãos Wright.

GostoMostrar mais reações · Responder · 2 · 4 h

Miguel Santos Atiradores especiais de serviço .. os idiotas ficam sem eles e depois que protestassem ... para pagarem as despesas

GostoMostrar mais reações · Responder · 7 h

Bruno Miguel D'Almeida Vieira As leis so existem porque as pessoas nao se sabem comportar. O/A idiota

GostoMostrar mais reações · Responder · 8 h

Rogério Martins Se houver uma probabilidade de acontecer, vai acontecer mesmo.
E será outra tragédia.

GostoMostrar mais reações · Responder · 9 h

Rui Araujo os Holandeses devem ter fumado daquilo que faz rir na Holanda pois um drone a 1200 metros de altura e a voar a velocidade de um boeing ou era alucinação ou era Ovni

GostoMostrar mais reações · Responder · 2 h

Rodrigo Saraiva Qto mais falarem mais malta vai ver isso como um desafio e fazer igual. Mas depois foi o azar ou da cegonha

GostoMostrar mais reações · Responder · 8 h

Ana Maria Almeida Ate quando vai isto acontecer ? Quando algum avião foi atingido ? Só ha um que eu gostaria que fosse atingido ............esse mesmo. Vergonha

GostoMostrar mais reações · Responder · 8 h

Rogerio Ferreira As medidas estão tomadas e existe legislação. Pesquisem pk no Facebook não se aprende nada

GostoMostrar mais reações · Responder · 8 h

Sérgio Sousa Este engraçadinho ainda provoca um acidente grave...😡

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 · 9 h

Patricia Chaves Devem estar a espera de um acidente para fazerem algo...

GostoMostrar mais reações · Responder · 1 h

Vânia Jerónimo qualquer dia há alguma merda há pala disto -___-

GostoMostrar mais reações · Responder · 8 h

Ana Vaz estará a fazer-se alguma coisa para prevenir mais uma tragédia???

GostoMostrar mais reações · Responder · 8 h

Jaquim Quinhas A caça ao drone está instalada com o patrocínio dos média.

GostoMostrar mais reações · Responder · 8 h

Lurdes Soares já o quarto ? brinquem brinquem , ,não chega de tristezas '?

GostoMostrar mais reações · Responder · 8 h

Mária José Silva Que se Passa não há Leis nem VIGILÂNCIA A SERIO 😈😈😈🙇

GostoMostrar mais reações · Responder · 9 h
1 resposta

Isilda Espanha Esses drones ainda onde fazer das suas.Depois falamos...

GostoMostrar mais reações · Responder · 7 h

Edgar Brázio Quem?... o drone ou o avião?

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.