quarta-feira, 7 de junho de 2017

Renamo promove mega-encontro envolvendo quadros do partido em Sofala


Listen to this post. Powered by iSpeech.org Manuel-Bissopo-22-05-2014-625x230O Secretário-Geral do partido Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), Manuel Bissopo, orientou na cidade da Beira um mega-encontro envolvendo os quadros do partido ao nível da província central de Sofala, considerada como a principal zona de maior influência da “perdiz”.
Manuel Bissopo encontra-se a trabalhar na província de Sofala, por período de uma semana, no quadro da monitoria das actividades do partido com enfoque a preparação dos dois próximos pleitos eleitorais, nomeadamente autárquicas de 2018 e gerais de 2019.
Numa conferência com a imprensa que concedeu nesta segunda-feira (05), na cidade da Beira, Manuel Bissopo explicou que o objectivo da actividade de monitoria visa preparar a consolidação das estruturas de base do partido, com vista a encontrar caminhos viáveis para a recuperação do Município da Beira nas próximas eleições autárquicas.
Bissopo referir constituir um imperativo no seio do seu partido a recuperação do Município da Beira, a capital provincial de Sofala.
“Temos a pura convicção de que vamos recuperar o Município da Beira, por se tratar de uma vontade e decisão dos nossos militantes e a população em geral residente nesta autarquia”.
Refira-se que a Renamo que havia conquistado o Município da Beira das mãos da Frelimo em 2003, perdeu a favor do na altura independentista Daviz Simango, em 2008, que mais tarde criou o seu partido, o MDM – Movimento Democrático de Moçambique, que voltou a ganhar as eleições autárquicas de 2013, nas quais a Renamo não concorreu.
Actualmente o MDM tem sob o seu controlo quatro municípios, nomeadamente Beira, Quelimane, Gurué e Nampula; e a Renamo não tem gestão de nenhum território neste momento.
Sabe-se, entretanto, que em Sofala a Renamo já governou dois municípios, nomeadamente da Beira e de Marromeu.
Candidato da Renamo será revelado até o final do ano
Relativamente a figura com a qual a Renamo irá concorrer para conquista do Município da Beira nas eleições de 2018, o Secretário-Geral do partido disse que o nome será revelado até finais do ano em curso.
Tem sido uma tradição dos partidos políticos moçambicanos manter em segredo o nome dos seus candidatos às eleições, até aos derradeiros momentos.
Para o caso do MDM, o partido emergente que trabalha para a manutenção da gestão do Município da Beira, é tido como dado certo que a organização política irá recandidatar o actual autarca da cidade, Daviz Simango.
Davis Simango é considerado um dos políticos mais promissoras no contexto político actual.
Já no seio do partido Frelimo que, a semelhança da Renamo, está a trabalhar para resgatar a gestão do Município da Beira, veicula-se com alguma insistência o nome de Atanasio Marcos, um indivíduo sem tradição na política, mais conhecido no meio da comunicação social moçambicana.
(Francisco Esteves)
O AUTARCA – 06.06.2017

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.