quinta-feira, 15 de junho de 2017

Reduz número de candidatos à UEM



Abertura de novas instituições de Ensino Superior contribui para diminuição do número de candidatos à UEM
O número de candidatos aos cursos de licenciatura na Universidade Eduardo Mondlane (UEM) reduziu nos três últimos anos. No ano passado, inscreveram-se 21211 candidatos contra 24 710 de 2015, este número representa uma diminuição de 14%. A redução também foi verificada em 2015, quando comparado com 2014, que teve 26 481 candidatos aos cursos de licenciatura na universidade.  
A abertura de novas instituições de Ensino Superior é indicada como a principal causa da diminuição do número de candidatos.
“Uma análise do panorama geral do Ensino Superior em Moçambique indica que esta queda pode estar associada ao aumento do acesso a este nível de ensino à escala nacional, propiciado pelo crescimento do número de instituições de Ensino Superior públicas e privadas”, explicou o reitor da UEM, Orlando Quilambo.
Orlando Quilambo falava, ontem, durante a apresentação do informe anual da instituição. O reitor destacou que o aumento do número de docentes e investigadores com níveis de doutoramento e mestrado tem vindo a subir, mas a retenção destes profissionais constitui uma preocupação para UEM.
“Em 2016, estavam em formação 179 docentes e investigadores ao nível de doutoramento e 207 ao nível de mestrado. Estes dados indicam que, nos próximos anos, teremos um quadro docente e investigador mais qualificado, embora se levante o desafio da sua retenção no quadro institucional. Urge, então, em colaboração com o Governo e parceiros de cooperação, definir os mecanismos que permitem manter estes profissionais na UEM”, afirmou Quilambo.
O reitor considera que a universidade tem como principal desafio reforçar a investigação com impacto nos problemas do país. “Devem surgir os melhores avanços científicos e soluções tecnológicas e de inovação para resolver os problemas da fome, da violência de género, da industrialização. Mas todas essas soluções dependem, em primeira instância, da nossa capacidade de produção de conhecimento científico. A nossa aposta deverá ser na melhoria da nossa capacidade científica”, concluiu o reitor.
Participaram da apresentação do informe anual docentes, investigadores, estudantes, parceiros da universidade, antigos dirigentes, com destaque para o antigo presidente, Joaquim Chissano, e antigos reitores da universidade.
O País
4 h · 
Abertura de novas instituições de Ensino Superior contribui para diminuição do número de candidatos à UEM
Os temas que fazem a actualidade Moçambicana e Internacional em várias áreas de interesse. Os destaques do dia.
OPAIS.SAPO.MZ
Comentários
Matin Sabin
Matin Sabin Estranho que a UEM se queixe hoje quando quase todos os distritos possuem o nivel medio. E com razao :) Foi graças a Guebuza que hoje esta sendo olhado com desprezo que o cenario mudou. Ao criar as duas grandes universidades publicas (UniLurio e Unizambeze) em áreas diferentes de Maputo, contribuiu para minimizar os custos pela eduacaçao. E nomeou o inquestionável Uthui que expandiu a UP em todas as províncias o que contribuiu para o desinteresse de alguns pela UEM. Hoje, em termos numéricos, a UP lidera, com mais de 50 mil estudantes
 · Responder · 2 min
Lucia Quitxuwe
Lucia Quitxuwe Há vários factores que concorrem para que essa redução de candidatos. Falar do ensino Superior em Moçambique deixou de ser unicamente falar da UEM. Existem agora faculdades nos distritos. Isso ajuda de certa maneira na redução dos custos em deslocação e alojamento. Apesar disto não determinar na selecção da Instituição que queremos frequentar, tem um certo peso. UEM deve expandir-se e não agarrar. -se a Maputo. Outro aspecto é do grau de empregabilidade que os formados na UEM têm quando desejam entrar no mundo laboral. Que competencias oferece e que grau de satisfação têm as empresas que absorvem a mão de obra proveniente nela. O tempo que as pessoas gastam para fazer uma formação, dependendo da sua previsão normal. Não se pode gastar 15 anos para fazer uma formação que devia ter sido de 5 ou 7. Os próprios critérios de selecção. A quem beneficiam?
 · Responder · 
7
 · 1 h
Eduardo Hélder Horacio Jr.
Eduardo Hélder Horacio Jr. A retenção dos quadros numa instituição depende da saúde moral da instituição, se um docente universitário for livre e dotado de condições salariais, materiais e equipamento de pesquisa atualizados,e outras que qualifica de acordo com a sua área de formação, manter-se-á na sua instituição. Caso contrário, mesmo eu trocaria de instituições quantas quiser....
 · Responder · 
1
 · 2 h
Xavier Carlos Francisco
Xavier Carlos Francisco Antes todo Mundo tinha o sonho de admitir na UEM. Hoje com a UniZambeze na Zona Centro e a Unilurio nu Norte as coisas ficaram descongestionadas e os Candidatos ja não tem tanta Sede assim de ingressar na UEM apesar de ser a instituição do Ensino Superior mais antiga do País.
 · Responder · 
2
 · 2 h
Aconteceu Paulo Hanhane
Aconteceu Paulo Hanhane Quando for mais a oferta maior será a procura! UEM já não universidade democrático tudo depende da órgão central por isso há número maior de redução
 · Responder · 
3
 · 3 h
Ilídio SA
Ilídio SA Com mais concorrência, se vão destacar apenas os melhores estabelecimentos de ensino; razão para incrementar a quantidade.
 · Responder · 
2
 · 3 h
Joao Augusto Joanessa Joao
Joao Augusto Joanessa Joao Melhor que haja qualidade nas tais e que sejam elas acessives ao bolso do povo Moçambicano.
 · Responder · 36 min
Paulo Paulo
Paulo Paulo Nos ja nao estamos pra estudar, mais sim pra comprar sertinficados ou deplamas.
 · Responder · 
2
 · 2 h
Milagre Pahuwa
Milagre Pahuwa Certificados e Diplomas
 · Responder · 2 h
Paulo Paulo
Paulo Paulo Obringado
 · Responder · 2 h
Fatima Nhamtumbo
Fatima Nhamtumbo obrigado
 · Responder · 2 h
Nelson Tinga Tinga
Nelson Tinga Tinga Obringado=Obrigado
 · Responder · 
1
 · 1 h
Milton Chivale
Milton Chivale UM OUTRO ASPECTO PARA A REDUCAO A CANDITATURAS A UEM E A FALTA DE UM ESTAGIO DISCINPLINAR
 · Responder · 1 h
Lastino Zaichelho Marrengula
Lastino Zaichelho Marrengula como não reduzir?se pessoas chumbam em massa.
 · Responder · 
8
 · 4 h
Sitama Siebo
Sitama Siebo É verdade 😂😂😂
 · Responder · 4 h
Keze De Madeira
Keze De Madeira So por dizer....😂😂😂
 · Responder · 2 h
José Isaías Mandlate
José Isaías Mandlate Mesmo para questões óbvias!😂😂😂😂
 · Responder · 1 h
Teixeira Teté
Teixeira Teté Talvez pelos cursos disponíveis seja uma das razões.
 · Responder · 4 h
Tony Ndzawana
Tony Ndzawana Lei do menor esforço. Vão para onde é mais fácil.
 · Responder · 1 h
Alvan Alvanovitch Alvanovsky
Alvan Alvanovitch Alvanovsky Sem comentario. . .
 · Responder · 2 h
Sampaio Costume
Sampaio Costume Pior qdo um agrônomo da aulas de biologia...
 · Responder · 39 min
Antonio Frazao Chaguala
Antonio Frazao Chaguala Helelelele ixia,so pra admitir é um problema
 · Responder · 
1
 · 1 h
Mauro Dionísio Ða Silva
Mauro Dionísio Ða Silva hehehe principalmente engenharia 😭
 · Responder · 3 h
Jaime Comé
Jaime Comé A dita competitividade....
 · Responder · 1 h
Kussu Tangune
Kussu Tangune perdeu merito essa universidade
 · Responder · 
1
 · 2 h

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.