terça-feira, 20 de junho de 2017

Kuhanha não concorreu para gestão do Moza


A Kuhanha funcionou como um plano B ou “plano de contingência”

“Vou ser franco: surpreende-me esse ruído da sociedade pela nossa decisão de gestão do Moza Banco. Eu estava à espera que a sociedade celebrasse”. As palavras do governador do Banco de Moçambique saem embargadas e num tom de desilusão de quem “evitou o descalabro”, mas não é compreendido pelo grande público.
Rogério Zandamela convocou uma conferência de imprensa, ontem, para explicar as decisões da reunião de Comité de Política Monetária, mas foi sobre a Kuhanha que mais falou. E disse o que não foi dito no primeiro pronunciamento sobre a decisão do destino de um dos bancos mais importante do país.
 Afinal, segundo Rogério Zandamela, a empresa gestora do Fundo de Pensões do Banco de Moçambique não chegou a concorrer para a aquisição do Moza Banco. A Kuhanha funcionou como um plano B ou “plano de contingência” usado pelo regulador, após concluir que todos os concorrentes não estavam em condições de gerir o Moza Banco. “Digo com clareza que nós saímos do sufoco que vivíamos diariamente”, desabafou.
À mesa de Zandamela chegaram dois tipos de propostas de aquisição do Moza Banco. A primeira passava pela compra da parte saudável da instituição financeira e a segunda pelo controlo do seu conjunto. A primeira falhou por não estar em conformidade com os termos de referência definidos pelos accionistas, associado ao facto de o Banco Central não ter atribuições legais para a venda de bancos em partes. A segunda foi colocada de lado por acarretar riscos de branqueamento de capital. “Queríamos estar seguros de que o Moza Banco não estaria a ser usado para lavagem de dinheiro. e não vou mentir, houve investidores que vieram com essas intenções”, revelou.
O governador do Banco de Moçambique frisou, ainda, que a decisão de entregar a gestão do Moza Banco à Kuhanha é definitiva, sendo que fica ao critério da empresa colocar as acções no mercado.
Sobre as linhas de força do relatório da KPMG que conduziram à venda do Moza Banco, nem uma palavra. Como o próprio governador do Banco de Moçambique assume, “não é isso que importa, o mais importante é estabilizar o sistema”.
Veja a seguir as partes mais importantes da explicação do governador do Banco Central sobre o polémico negócio com a Kuhanha.

Ser - Huo
14 h · 
Dizem que o Zandamela, agora que já garantiu a circulação de sua assinatura no Metical, e nada recua (aqui só avanca), decidiu falar que "NÃO HOUVE NENHUM CONCURSO PARA A TAL KUHANHA BABAR O MOZA". Ou seja, foi de tipo "vamos levar esta cena para nós". Eu nem tenho nada a ver com isso. 
Porém, eu gostaria de ver o papo daqueles irmãos que diziam e defendiam com unhas e garras que "do Concurso, a Kuhanha foi aquela que apresentou a melhor proposta sob ponto de vista de negócio e sustentabilidade", e que "Zandamela não tinha nada a ver com o chorudo Fundo de Pensões".
QUE CONCURSO vocês estavam a defender com tanta ciência económica e jurídica? Esta é mais uma prova de que discutir sem fundamentos, embora com alguma ciencinha à mistura, não serve...
______
A Comissão de Ética tem mais uma na bolada!
Gosto
Comentar
Comentários
Spirou Maltese
Spirou Maltese Homer Wolf e Carlos Graca subsídios aqui. Um remind pra vossas memórias
 · Responder · 14 h
Homer Wolf
Homer Wolf NÃO FOI ISTO que disse Zandamenta!
 · Responder · 
3
 · 14 h
Spirou Maltese
Spirou Maltese ...sabe o que é remind neh?
 · Responder · 
1
 · 14 h
Homer Wolf
Homer Wolf tsc... Queres chegar aonde afinal?
 · Responder · 
2
 · 14 h
Ser - Huo
Ser - Huo Literalmente foi isso Homer. 
Alguém dizia que o (apelidado) xerife iria jogar o poker do sistema...
 · Responder · 
1
 · 14 h · Editado
Spirou Maltese
Spirou Maltese Kkkkkk não há como escapar aos cowboys do bar.
 · Responder · 
2
 · 14 h
Homer Wolf
Homer Wolf «"NÃO HOUVE NENHUM CONCURSO PARA A TAL KUHANHA BABAR O MOZA". Ou seja, foi de tipo "vamos levar esta cena para nós". »
Foi isto que concluiste, depois do que ouviste???
 · Responder · 14 h · Editado
Spirou Maltese
Spirou Maltese Esta no título ou que zandamela disse. Veja a foto que postei
 · Responder · 14 h
Homer Wolf
Homer Wolf Sicquee... Eu posso titular "RONALDO NO SPORTING" é no corpo do texto náo estar a dizer exactamente isso.
Afinal OUVISTE ou náo ouviste com atençáo o que disse Zandamela pela própria boca?
 · Responder · 
1
 · 14 h
Spirou Maltese
Spirou Maltese Por isso disse que devias ter ouvido ele também...e aquilo que está no título foi o que ele disse. Queres que eu grave e te mande?
 · Responder · 14 h
Homer Wolf
Homer Wolf 🔩🔩🔩🔧... ntsém
 · Responder · 14 h
Ser - Huo
Ser - Huo Homer, acreditas que estarão por um lado jornalista que cobriram a sessão e noutro os tantos usuários da rede que (re)interpretam as palavras do homem, todos equivocados. Será que precisamos de um tempo de antena para esclarecimento de duvidas?

Quando se diz "não houve concurso", entretanto, houve adjudicação, é para se entender o que?
 · Responder · 
1
 · 13 h · Editado
Homer Wolf
Homer Wolf H O U V E C O N C U R S OOOOOOO sim!!! eish
 · Responder · 
2
 · 13 h
Spirou Maltese
Spirou Maltese Kkkkll não sei o que mais ele quer saber pra além dessa frase mágica. Triste
 · Responder · 13 h · Editado

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.