segunda-feira, 12 de junho de 2017

Homem Fica Preso 17 Anos Por Ser Parecido Com O Assaltante




Um homem do Kansas passou 17 anos da sua vida preso por, ser demasiado parecido com o verdadeiro criminoso.

Richard Anthony Jones, foi preso com base em testemunhas que descreveram a aparência daquele que seria o assaltante.

Richard, infelizmente, correspondia demasiado às características apresentadas, para além de possuir o mesmo primeiro nome e acabou por ser detido e acusado de roubo armado, em 1999.

Há dois anos, contudo, ouviu falar de um homem que seria semelhante a si na prisão e que tinha o seu nome. Richard julgou poder ser essa a explicação para a sua detenção e pediu a reabertura do caso.
Um advogado confessa que “todos ficaram boquiabertos” com o quão parecidos os dois eram. Os dois homens foram então chamados a tribunal, tendo o segundo negado ter cometido qualquer crime. Perante os dois, as testemunhas foram incapazes de dar certezas de que Richard Anthony Jones era o homem que há anos atrás acreditavam ser o autor do roubo. O juiz decidiu então libertar o homem dado que não existem provas de ADN, impressões digitais ou certezas físicas de este era o assaltante. Apesar de tudo, Richard diz compreender que as testemunhas o tenham confundido e diz que quer agora apenas recuperar o tempo perdido junto dos filhos.

Richard Anthony Jones (à direita) foi preso porque as testemunhas acreditavam que ele era o homem à esquerda na fotografia.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.