sexta-feira, 16 de junho de 2017

Dhlakama atira culpa da compra de Mercedes à Frelimo





O líder da Renamo diz que a Frelimo é responsável pela aquisição das 18 viaturas de marca mercedes

A polémica em torno dos Mercedes Benz - viaturas “topo de gama” compradas pelo Estado para os membros da Comissão Permanente da Assembleia da República - continua na ordem do dia.
O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, disse, esta quinta-feira, durante a teleconferência que dirigiu aos quadros e membros do seu partido, que a Frelimo é responsável pela aquisição das 18 viaturas de marca mercedes, atribuídas aos membros da Comissão Permanente. Dhlakama acusa a Frelimo de não ter ouvido os deputados da Renamo em relação à matéria, daí que se exime de tomar qualquer medida, na qualidade de presidente do partido, com vista a persuadir à sua devolução.
Entretanto, o líder da Renamo diz que não faz sentido que se invista na aquisição de viaturas luxuosas e onerosas aos cofres do estado, numa altura em que o país vive uma grave crise económica.
Por sua vez, Ivone Soares, chefe da bancada parlamentar da “perdiz”, defende a substituição das viaturas mercedes por outras ajustadas ao trabalho de campo que tem sido desenvolvido pelos parlamentares, além de propor um debate sobre o assunto na Assembleia da República.
A chefe da bancada diz que os Mercedes Benz atribuídos não são adequadas às estradas nacionais, muitas delas esburacadas, para além de que têm a limitação de não se fazerem a todo o terreno. Ivone Soares afirma, no entanto, que a situação não consubstancia ostentação por parte da Assembleia da República, dado que o fim último daquele órgão é servir o povo que o elegeu.
A medida está a chocar o país e já motivou o lançamento de um abaixo-assinado por um parlamentar do MDM, o qual procura alianças entre os seus pares para repudiar a medida.
Recentemente, o Ministério da Economia e Finanças disse que a medida é legal, ainda assim, a sociedade continua a repudiar, em vários fóruns, a aplicação de 228 milhões de meticais - cerca de 4 milhões de dólares - na operação.
Refira-se que, desde que o assunto dos Mercedes benz dos membros da Comissão Permanente da Assembleia da República foi despoletado, aquele órgão mantém-se calado.
As declarações de Afonso Dhlakama e Ivone Soares foram feitas, esta quinta-feira, durante um evento promovido pela Renamo, em teleconferência, onde reflectiu sobre a vida do partido.
VLITOS, 15 06 2017
A FRELIMO, QUE JÁ NÃO COMPARTILHA COM A RENAMO E, MEDIADORES INTERNACIONAIS, UMA MESA DE NEGOCIAÇÕES, ONDE PASSOU LARGOS MESES, A PONTAPEAR POR BAIXO DO TAMPO DA MESA, UM POR UM, OS MEMBROS DA DELEGAÇÃO DA RENAMO, POR ISSO, INVENTOU AGORAUM NOVO SISTEMA, PARA EMPATAR OS TRABALHOS, RUMO À PAZ FINAL E DURADOIRA.
O FILIPE NYUSSE, FALA AO TELEFONE COM AFONSO DHLAKAMA, E A CON VERSA, VAI PARA O COMITÉ CENTRAL, ONDE É FILTRADA E, CLARO APE-NAS RETIRAM O QUE É DO INTERESSE, DA CONTINUAÇÃO DO REGABOFE.
ASSIM, FORAM AS OUTRAS CONVERSAÇÕES, SEM RESULTADOS QUE SE POSSAM DECLARAR, DIGNOS DESSE NOME. 
O NYUSSE, SEM ESPERAR MAIS, CORREU DESESPERADO ÀS AMÉRICAS, PARA ESTENDER A MÃO, PORQUE DESEJA A TODO O CUSTO, INTRUJAR A COMUNIDADE INTERNACIONAL, AMANSANDO-A A FAVOR DA CONTINUIDADE DA CORRUPÇÃO E, EXPLORAÇÃO DOS MOÇAMBICANOS.
PORÉM, DO ALTO DA SERRA DA GORONGOSA, «O BERÇO DA DEMOCRACIA NACIONAL», ESTÁ SERENAMENTE AFONSO DHLAKAMA, JUNTO AOS FIÉIS E VALENTES GUARDIÕES, «OS RANGERS», ATENTOS ÀS MANOBRAS DE DE-SESPERO, DA FRELIMO E SEUS SEQUAZES.
A VERDADE TEM DE TRIUNFAR, CHEGOU A HORA E, ESTÃO OS 85% DOS 25 MILHÕES, COM PACIÊNCIA E, FÉ AGUARDANDO, UM SÓ SINAL DO LÍDER INCONTORNÁVEL, SUA EXCª SR PRESIDENTE AFONSO MAKACHO MARCETA DHLAKAMA, PARA «ENVENEZUALIZAREM A LUTA DE MOÇAMBIQUE, DO RO-VUMA AO MAPUTO E, DO ZUMBO AO ÍNDICO», COM VISTA AO DESALOJA-
MENTO DEFINITIVO DA CORRUPÇÃO, MENTIRAS, ESPANCAMENTOS EM BUSCA DA VITÓRIA DA DEMOCRACIA GENUÍNA.....
FOGO NA BAÍA...
****************************************************************************************************
Dhlakama espera acordo em Moçambique até final do ano

A ver: Dhlakama espera acordo em Moçambique até final do ano
Em entrevista exclusiva à RTP, Afonso Dhlakama mostra-se convencido de que, até ao final deste ano, as negociações entre o Governo moçambicano e a Renamo vão ficar fechadas.
O presidente do principal partido da oposição moçambicana confessou que o problema do lado da Frelimo não está em Filipe Nyusi, mas sim numa ala das Forças Armadas que até aqui tem rejeitado todos os acordos estabelecidos.
Dhlakama diz que só uma paz efetiva e permanente permitirá um forte investimento em Moçambique.
MOÇAMBIQUE É UM PAÍS RIQUÍSSIMO, COM UMA POPULAÇÃO EMPOBRECIDA E, PROPOSITADAMENTE ATRASADA, COM A BARRIGA ESTRATÉGICAMENTE ESVAZIADA, PARA MELHOR A FRELIMO, CONTRO-LAR A MISERABILIZAÇÃO DOS 25 MILHÕES, FOI UMA TÉCNICA DEIXADA PELO SAMORA MACHEL.
A INTOLERÂNCIA DA FRELIMO, É SINÓNIMO DE ANALFABETISMO POLÍ-TICO E, COBARDIA DEMOCRÁTICA...
QUANTO AS TROPAS ESTACIONADAS, AO SOPE DA SERRA DA GORONGO-SA «O BERÇO DA DEMOCRACIA NACIONAL», ESTAMOS FALADOS E ENTENDIDOS, PORQUE É SINAL DE QUE A FRELIMO, ESTÁ À CAÇA DO HOMEM AFONSO DHLAKAMA, COMEÇARAM EM 1979, ATÉ À DATA NADA CONSEGUIRAM, DEVIDO A INCOMPETÊNCIA E, FALÊNCIA DA ESTRATÉGIA DO COMITÉ CENTRAL DA FRELIMO.
FOGO NA BAÍA...

Afonso Dhlakama fala para Maputo
YOUTUBE.COM
Comentários
Mateus Manuel Miquitaio

 · Responder · 16 h
Eduardo Abel
Eduardo Abel O meu grande homem, bem abenssoado. Obrigado por tudo que tens feito para este pais,

 · Responder · 15 h
Simao Francisco Matavele
Simao Francisco Matavele A certeza do povo!!! Está duumm lá da Serra. .

 · Responder · 15 h
Paulino Paulo Mucanheia
Paulino Paulo Mucanheia Se ninca fez nada. Eu e os outros nunca vimos.
Unica coisa ki fez i k sabe fazer é guerra, kuanto cortou a cabeça do meu tio na minha frente em 1989

 · Responder · 
2
 · 15 h
Castigo Jose Ngomacha
Castigo Jose Ngomacha Maluco tas a sonhar em 89 ja havia negociacoes

 · Responder · 9 h
Paulino Paulo Mucanheia
Paulino Paulo Mucanheia Este partamerda chefe dos bandidos vai a merda!!!!! Kkkkkk

 · Responder · 15 h
Puto Xtrela Dzimba

 · Responder · 15 h
Belmiro Branquinho
Belmiro Branquinho Forca ai , estamos juntos

 · Responder · 14 h
Josia Sibanda
Josia Sibanda Fogo na baia, estamos a espera!!!!

 · Responder · 14 h
Lackson Limpo
Lackson Limpo Que vai rekuar. Povo para afurete.

 · Responder · 13 h
Lackson Limpo
Lackson Limpo Q more note medo de podrecer.

 · Responder · 13 h
Munga Fone Tomandiwe
Munga Fone Tomandiwe O homem que nao canca

 · Responder · 12 h
Rosinha Levessene
Rosinha Levessene O grande homem carrega a revolta do povo Moçambicano. Bem haja papai

 · Responder · 12 h
Tonny Maphosa
Tonny Maphosa Vitoria é certa Vamos

 · Responder · 2 h
Rail Dique
Rail Dique FOGO NA BAIA
VLITOS, 15 06 2017,
GOVERNAR, É SER REPONSÁVEL E ZELOSO, PELO PATRIMÓNIO E ERÁRIO DA NAÇÃO, CONSTITUINDO O PRINCÍPIO BÁSICO, DO NACIONALISMO
A Frelimo, foi constituída Autoridade Governativa, pelos comunistas Portugueses e pelos internacional socialistas, e assim, conseguiram interferir e influenciar, os 42 anos da nossa vida Nacional, aproveitando-se da ingenuidade, da larga maioria da População de Moçambique, na altura….
A Frelimo, deconhece as obrigações e, deveres que estruturam a base dum juramento, numa tomada de posse, para a administração do vasto território e de, toda a sua População ( incluindo gentes, fauna, flora, pesca e extensa zona e superfície demarcada).
Para a Frelimo, o que conta são as palmadas, e um punhado de dólares, com que os chineses lhes abarrotam os bolsos, para nos delapidarem tudo o que existe, que podia muito bem, ser multiplicado, estimado e bem tratado, ao invés de serem rotulados, como inúmeras espécies, “em vias de extinção”.
A Frelimo, desconhece o verdadeiro sentido do Patriotismo, ignora o orgulho Nacional e, é analfabeto político na defesa intransigente, das belas riquezas e património natural, que Deus nos ofertou e, associando-se ao diabo chinês, vão dilacerando a alma, do nosso Povo.
A Frelimo, vive exclusivamente de joelhos, recebe sinistras e satânicas ordens, ultra-neo-colonialistas depauperantes, dos chineses, QUE CONSTITUEM O FLAGELO DA HUMANIDADE DO SÉCULO XXI, e são os maiores inimigos, da plenitude da vida Global do nosso Planeta.
OS NOSSOS JAZIGOS PRODUZEM RIQUEZAS, EM MATÉRIAS NÃO RENOVÁVEIS.
AS NOSSAS SAVANAS E SELVAS, CARREGAM AFORTUNADAS FAUNAS EXÓTICAS E RARAS.
OS NOSSOS PARQUES E RESERVAS, ESTÃO POVOADOS DE ANIMAIS DE PORTE E, BELEZA ÍMPAR.
AS NOSSAS 10 PROVÍNCIAS, ALBERGAM POPULAÇÕES DE DIVERSIDADE CULTURAL, COM FACETAS PLURIDIMENSIONAIS SUI GENERIS, UNIDAS FORMANDO UMA SÓ TRIBO: «A MOÇAMBICANIDADE».
EM MOÇAMBIQUE VIVEM SECULARMENTE EM HARMONIA E PAZ, OS POVOS BANTUS, INDIANOS, BRANCOS, CHINESES E MESTIÇOS.
MAS A FRELIMO, HÁ 42 ANOS, INICIOU O ACTO DE BATER COM A ÁGUA MOLE, EM PEDRA DURA, DO MOSAICO NACIONAL.
SERÁ QUE VAI CONSEGUIR CRIAR FENDAS, NOS ALICERCES QUE, A NATUREZA DIVINAMENTE NOS FORJOU??? ESTEJAMOS ATENTOS……
**********************************************************************
Caçadores furtivos abatem 200 rinocerontes em Moçambique
As autoridades moçambicanas dizem que apesar das fortes medidas de protecção, os caçadores furtivos mataram este ano 200 rinocerontes para além dos 9 nove mil elefantes abatidos nos últimos cinco anos, colocando em risco estas outras espécies protegidas.
O director de Protecção e Fiscalização, Carlos Lopes Pereira, descreve como bastante grave a questão da caça furtiva, que levou a que Moçambique perdesse 48 por cento da população de elefantes que o país possuía, estimada em 20 mil animais.
Afirmou que foram reforçadas as medidas de protecção, mas isso não impediu que os caçadores furtivos matassem os animais, sublinhando que, "se fizermos as contas, e olhando para dados recentes, nós estamos a perder qualquer coisa como sete elefantes por dia e dois rinocerontes por dia"
GostoMostrar mais reações
Comentar

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.