sexta-feira, 16 de junho de 2017

Rússia diz que “pode ter matado” líder do Estado Islâmico na Síria


EM ATUALIZAÇÃO
O Ministério da Defesa russo anunciou na noite de quinta-feira que acredita que terá matado Abu Bakr Al Bagdadi num ataque aéreo de final de maio.
ALEXEY NIKOLSKY / SPUTNIK / KREMLIN POOL / POOL/EPA
O Ministério da Defesa da Rússia acredita que terá conseguido matar o líder do chamado Estado Islâmico, Abu Bakr Al Bagdadi, num ataque aéreo de final de maio. A neutralização de Al Bagdadi terá ocorrido numa intervenção na cidade síria de Raqqa, segundo informação das agências noticiosas russas.
“De acordo com informação que está agora a ser confirmada através de vários canais, o líder do Estado Islâmico Abu Bark Al Bagdadi, que foi eliminado pelo ataque aéreo, também estava presente na reunião”, afirma a agência RIA, citando o ministério. A reunião em questão foi um encontro de líderes da organização terrorista, a 28 de maio, que os russos conseguiram intercetar e atacar.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.