domingo, 11 de junho de 2017

PREPARADOS PARA O COMBATE A CORRUPÇÃO ? QUANTOS? TU?

Vakitheeeee
PREPARADOS PARA O COMBATE A CORRUPÇÃO ? QUANTOS? TU? Ahhhh, só se não souberes o que isso significa….
Xxxxx xxxxxx xxxxxx
- Ezequiel, está-se a falar muito de corrupção man.
- Yaa, Batista, também já ouvi e continuo a ouvir, até irrita. 
- Muitos dizem que é um assunto do governo. Eu acho que não.
- Humm, mas então o que achas tu? Afinal não é só lá onde há corrupção?
- Não mano, esse é um assunto muito abrangente, corremos o risco de corrigir isso ao nível da administração pública mas ele persistir na administração privada.
- Yaa, tu hoje já vens com assunto paaaa. Deixa-la isso e vamos beber.
- Não mano, espera, vamos conversar sobre isto, é importante este assunto. Mesmo em relação aos que falam muito da corrupção, alguns têem muitos rabinhos presos. Repare no exemplo que eu tenho dado. Estás a ver esses bairros novos que surgiram nos últimos anos? Não vamos citar nomes, esses que tu conheces, e sei que tens muitos tios lá vivendo. Já imaginaste se um dia, se tomar a decisão de que, numa determinada rua, a titulo meramente experimental, convida-se a todos os moradores a abandonarem as suas casas e se colocarem do lado de fora e só voltar a entrar aquele que conseguir provar por A+B que a casa foi comprada ou construida e as viaturas compradas por via de fundos lícitos baseados nos rendimentos mensais, salários ou dividendos para o caso de empresário…?
- Ahhh brada, suca tu, tas maluco? muitos não voltariam a entrar nas suas´´próprias´´ casas. Ate conheço alguns que nem ficariam a espera da sua vez para responder. Iriam embora correndo em debandada, com suas famílias, sem levar nenhuma das viaturas que afinal nunca foram suas…
- Ahhhh, então já tas a ver o problema?e eu te dizia que ao nível da administração privada, por exemplo, as admissões ao emprego em que os manos que estão no RH cobram aos candidatos para lhes garantir vagas, etc etc etc. isso também se chama corrupção. Mesmo tu, no ano passado, lembras-te quando ias matricular a tua filha e depois disseste que a fila era longa e então chamaste o Director Pedagógico, teu vizinho e ele facilitou o processo? Sabias que isso também se enquadra nessas coisas de corrupção, nepotismo, etc etc etc?
- Epaaaaa, acho que provoquei abelhas mano, já estas a tramar-me, quer dizer, eu mesmo assim, pobre que eu sou, me achas corrupto?
- Não sou eu que te acho mano, são os teus actos. Então, se de facto queremos falar desse assunto, temos de nos preparar, olharmo-nos bem ao espelho e nos perguntarmos se nós seremos as pessoas mais indicadas para o efeito. Caso contrário, estaremos lavando alimentos com mãos sujas e já imaginas o que vai dar no estômago de quem vai comer. Vai dar BORRADA GRAVE.
- Mano vamos deixar, nao quero mais saber dessa merda, so me deixaste com peso de consciencia. Que se dane o combate a corrupcao.
-Ainda bem que ainda tens isso, consciencia e que as vezes pesa. Muitos ja nem sabem onde deixaram isso.
Heiiiiii yaaaaaaaa tiku 30 e tal.
A propósito, tu que estás a ler isto, que por ventura ganhas oficialmente 15 paus, mas tens duas viaturas em casa, aquela mesmo grande, tens gado, até alfinetes compras em nelspruit, etc etc etc, estás em condições de comentar isto?
O COMBATE A CORRUPÇÃO SÓ TERÁ SUCESSO QUANDO PERCEBERMOS QUE SE TRATA DE UM MAL SOCIAL E NÃO COMO UM INSTRUMENTO DE ARREMESSO POLITICO, OU LIGADO EXCLUSIVAMENTE AOS GOVERNOS, NESTE SENTIDO GOVERNO CONFUNDIDO COM ESTADO.
É UM CANCRO COLECTIVO E DEVEMOS NOS PREPARAR PARA QUE DE FORMA SEVERA O COMBATAMOS EM TRINCHEIRAS PARTICAPADAS POR TODOS SEM EXCEPÇÃO.
LAVEMOS AS MÃOS, TODOS NÓS, POIS, O ALIMENTO QUE PRETENDEMOS LAVAR, É BASTANTE SENSIVEL, E, AO QUE PARECE, MUITOS DOS QUE SE OFERECEM A LAVAR, ESTÃO, DE FACTO, COM AS MÃOS MUITO SUJAS.
Agora vai, vai ao espelho e volte aqui e diz-me se estas ou não em condições de participar da luta contra a corrupção, estou a falar de ti mesmo.
Vakitheeee
GostoMostrar mais reações
Comentar
Comentários
Avelino Francisco Navaia
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5/6 às 16:29
Filimao Suaze
Filimao Suaze ja estiveste junto do espelho mano? foste muito rapido....
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 5/6 às 16:35
Avelino Francisco Navaia
Avelino Francisco Navaia Maningue. Só dá para rir. Há dificuldades para comentar esse post.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 16:55 · Editado
Filimao Suaze
Filimao Suaze ja imagino o que viste la...sorry bro....sorry mesmo. kakakakakak
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5/6 às 16:54
Avelino Francisco Navaia
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 16:55
Companheira de Todos
Companheira de Todos Pensando.....
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5/6 às 16:52
Filimao Suaze
Filimao Suaze vai ao espelho e olha bem fundo nele...assim vais pensar bem mais rapidamente...kikikiki
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5/6 às 16:52
Alex Inguane
Alex Inguane Eu sinceramente, nao estou.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 17:25
Filimao Suaze
Filimao Suaze Hummmmmm
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 18:32
Alex Inguane
Alex Inguane no hospital central, sou o primeiro a kwehletar o servete para colocoar a minha ficha a frente, e da e dai...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5/6 às 19:09
Filimao Suaze
Filimao Suaze Xa bindza mano
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5/6 às 19:12
Alex Inguane
Alex Inguane Conheço muitos que sao grandes criticos ao governo, recebe 2 salariios minimos, mas todos os fins de semana está naquela barraca, os quatro filhos vao a escola de carrinha escolar, a esposa é clente daquele vendedor de cabelos da india e china e quando lhe pergunto?, donde vem essa mola toda, ele me responde: " eu sou Moçambicano e sei phandhar" phandhar dele e o que meu irmao...haa vamos la falar. Eu arisco em dizer que 90% dos Moçambicanos são corruptos.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 19:23
Filimao Suaze
Filimao Suaze Hewenaaaa
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 19:28
Gilberto Correia
Gilberto Correia Filimao Suaze não compreendi bem o apelo final. É para se combater ou deixar de combater a corrupção por infecção geral?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5/6 às 18:38
Filimao Suaze
Filimao Suaze Mais velho já esteve no espelho de certeza. Kakaakak ilustre temos de acabar com esta vergonha. Está pronto Chefe?
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 18:53
Gilberto Correia
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 5/6 às 19:14
Flavio Martins
Flavio Martins Acho k devia fazer um apelo no sentido de se combater a corrupção 
porque os seus tentaculos sao nefastos. Haja coragem
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 23:19
Francisco Ngwenya
Francisco Ngwenya ya madala wanga. gosto do debate que aqui me apresenta. de facto a questao da corrupção deve ser combatida a partir de casa. eduquemos os nossos filhos para não serem corruptos mas também a darmos confiança a quem merece. o politico deve fazer o justo. ser exemplar para merecer confiança. é preciso ensinarmos aos nossos filhos a verem aos outros como se fossem sua imagem (porbre ou rico). os políticos devem cumprir suas obrigações de servidores públicos respeitando ao cidadão. precisamos de criar um circulo de confianca entre as classes sociais e fazer com que todos esses tenham acesso aos mesmos serviços públicos (o que significa eliminar o privado). cada profissional deve saber cumprir suas missoes
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 19:05
Vitorino David
Vitorino David Ya, muito profundo
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 19:11
Cossito Freitas
Cossito Freitas Uma grande guerra essa mano. Seremos pouco a ir ao espelho.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 19:52
Rodrigues Junior
Rodrigues Junior Wakithe! Mas tudo que é mau deve ser combatido. A questão é que plantamos e hoje estamos a colher. A lógica deste drama é que não se começa do pequeno para combater. Ai não está fazer nada. Mas quando se fala dos bairros emergentes onde vive a população não sua parte surge na sequência de roubo. Desculpem me. Mas o camionista, o chapeiro, que desvia combustível e o carro para outros fins o carpinteiro e o pedreiro que desvia o material de construção entre outros. É verdade que o funcionário público vive e este sim.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 5/6 às 21:15
Cidy Magaia
Cidy Magaia Essa Filimao Suaze é pra mim néeee....estou activando o MODO ZUÉÉÉÉÉÉ TITITIIIIIIII
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6/6 às 9:13
Filimao Suaze
Filimao Suaze Kikiki vejo que não estás pronta para este combate. Até aqui só eu e Gilberto Correia estamos prontos. O resto dos nossos bradas estao a beneficiar-se dela...a maldita corrupção...kwkaka
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6/6 às 10:19
Cidy Magaia
Cidy Magaia Filimao Suaze manigue meu irmão ishiii....
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 6/6 às 13:38
Guida Chauque
Guida Chauque indjeeee niku tidzuuuuu.
Vakitheee
ZUNGUZE A BORDO DE UM AVIAO PELA PRIMEIRA VEZ, na companhia do coitado MAZIVE: MAPUTO-PARIS, 1985
CAPITULO 2
He sawena Mazive, a ganoni já go tsutsuma vo hundza pimu. Ahi txukwani hi txica vevi(Mazive, o avião vai rápido de mais, não acha melhor descermos agora?
Mazive já começava, coitado, a ficar cansado com tudo aquilo porque para ele, a primeira vez tinha sido diferente. Quando soube que subiria avião, reflectiu, falou com pessoas experimentadas e assim ficou a saber de muitas coisas antes e era exactamente isso que ele esperava de Zunguze, o qual, não tinha qualquer noção do que a viagem por avião significava.
Mazive tratou de olhar de esguelha ao Zunguze, mas daquelas esguelhas de zanga, que permitiu que, sem dizer uma única palavra, Zunguze percebeu, porque era Matsua sim mas de burro não tinha nada, que afinal, já estava na situação de não retorno, aquele aparelho não iria parar só para ele descer e nem se sequer se colocava essa hipótese, para uma pessoa em quem o Estado Moçambicano tinha sacado dos seus pobres cofres para pagar uma viagem aérea a Paris.
Aproximava-se afinal, uma assistente de bordo, vindo bem directinho ao sítio onde a dupla estava sentada e centrando o seu olhar no Zunguze. Mulher bonita é sempre mulher bonita e Zunguze não era cego, nem tão pouco.
Hesawu Mazive, loyi wo kwatsi hi laurani wa mina le kaya ka murrombeni. Hinga mu wona fambela gakwe…(amigo Mazive, esta parece a minha Laurinha la de Murrombeni.Veja so o andar dela…).
…Por favor caro passageiro, queira colocar o cinto de segurança e agitar-se menos porque este e um momento sensível, a descolagem….rematou a beldade da assistente.
Pela primeira vez, Mazive abriu a boca, não para falar com Zunguze mas para responder a linda assistente de bordo, em nome do Zunguze: queira desculpar, é a primeira viagem dele de avião, vou fazendo a minha parte para acalmá-lo mas há-de convir que compreenda que não é fácil e a viagem se quer iniciou ainda….
A assistente de bordo voltou ao seu lugar e aliáis, das colunas ouviu-se a voz do comandante de voo ordenando nesse sentido.
Mazive Ndzi komi, Mazive, hinga ndzi koma sawena u hatlhissa, hosi ya mina, ndzi vune…mwina va ka Zunguze, va mina já vo mbela vevi, he Mazive, Maziveeeeee, (Mazive pega-me, Mazive, pega-me rapidamente, meu Deus, ajuda-me, vocês família Zunguze, minha vida acaba agora mesmo, Mazive, Maziveeeeee)…esses foram os gritos que se ouviram de Zunguze quando o avião levantou e enquanto não ganhava equilíbrio. Desta vez, Mazive não conseguiu ficar indiferente, tirou o lenço que tinha no bolso das calças, abraçou ao Zunguze e fechou-lhe a boca, diminuindo assim o volume que já constrangia outros passageiros que não compreendiam, mas afinal o que se estava a passar.
Logo que houve o sinal que autorizava que se retirasse o cinto, para quem assim quisesse, Zunguze, altamente transpirado e meio desagradável de lhe sentir o cheiro, perguntou sobre a casa de banho e ainda certificou-se da disponibilidade de rolos de papel higiénico. É que, segundo ele disse ao Mazive, vi mahekile vontlelele… (aconteceu tudo). E, de facto, pelo cheiro que se fazia sentir, daquele nervosismo do levantamento do voo, tinha resultado coisa que, de ponto de vista do olfacto, podemos considerar bastante grave.
Regressado ao seu lugar, calhou que já circulavam os menus, donde constavam duas opções de comida, um prato de peixe e outro de guisado de vaca, tudo bem escrito, em português e frances.
…Sr. Zunguze, espero que tenha lavado e bem as mãos. Tem de escolher entre essas duas opções, quer peixe ou caril de vaca?tentou ajudar o Mazive.
Hina le Murrombeni higa vilo hinga vi wona na vi bikiwa. Vinga koteka ku hiya wona lomu va vi bikaku vakuga levi?( la na nossa terra em Murrombeni, comemos coisas que vêmos a cozinharem… seria possível me acompanhares ao local onde estão a cozinhar?
Cada intervenção de Zunguze era um martírio, um teste a paciência de Mazive, um verdadeiro exame de paciência e capacidade de encaixe.
Em voz baixinha, Mazive tentou e quase conseguiu, explicar ao Zunguze que ali dentro do avião, não poderia haver lenha acesa e pessoas a cozinhar, onde ele pudesse ir apreciar panelas e pedir para abrirem, etc, como estava habituado a fazer em Murrombene. Explicou ainda que ali, a comida vinha feita e que a única coisa que se fazia, era aquecê-la antes de servir aos passageiros.
Ndza vizua, vo kala vi nga ndzi tsatsiki kuga va kuga vo maha hiku kufumetiwa, na kassi ndzi nga vi wonangui na vi bikiwa (compreendo-lhe, sucede porem que não gosto a ideia de comer comida aquecida e para piorar sem se quer ter visto o processo da cozinha).
Enquanto os passageiros faziam as opções de comidas, já estavam disponíveis uns drinks básicos. Eram sumos, aguas e refrescos, que circulavam em bandejas metálicas, suportadas por uns lindos paninhos bordados a francesa.
Enquanto as bebidas não chegassem ao lugar onde a dupla moçambicana se sentava, Zunguze exagerou e aí, Mazive levantou-se aborrecido e foi em direcção a casa de banho, certamente para puxar ar e se calhar mandar um poraaaaaaaa. Não era caso para menos: he Mazive, ndzi wona magwala matsinelaku. Hinga dzi wotissela le go mahwa hi ma kandju ndzi ga gui tolovela le Murrombeni…(Olha la Mazive, estou a ver bebidas a aproximar. Poderia por obsequio perguntar se tem aquela minha bebida preferida la de murrombeni feita de sumo de Caju?
…..,,,…..,,,….
Eixiiii, ninguém aguentaria.
Bom trabalho, bom final de semana e até ao CAPITULO 3.
Mais do que beber com moderação, melhor não beber de todo, pelo menos hoje.
Um abraço fraterno a todos os amigos.
Vakitheeeee
GostoMostrar mais reações
Comentar
Comentários
Higino Filimone
Higino Filimone kakakakakakakakakaka. Hinga tsala buko gawena sawena, ndzita xava kasi ndzita komba kokwa Zunguze na Nondzua ya mina Alfreduani Mazive.... Vakitheee
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
3
 · 2/6 às 13:38
Ema Melembe
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2/6 às 14:21
Filimao Suaze
Filimao Suaze Kikiki hi vona makabve....a buku gui ta baliwa
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 3/6 às 10:49 · Editado
Efraimo Neves
Efraimo Neves Não podia ser um Nhantumbo de Zavala! Hehehe
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2/6 às 13:45
Cidy Magaia
Cidy Magaia Hiii haja paciencia Mo Deus. bwakakaaaa Parte III
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2/6 às 19:13
Fenias Mazive
Fenias Mazive Ja nao me lembro dessa viagem
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 2/6 às 19:58
Filimao Suaze
Filimao Suaze Kakakakakakakakak tu também viajas maningue mano...desde década 80...obra!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 2/6 às 20:26
Samuel Chiunzo
Samuel Chiunzo Hehehe... você é um cara inspirado irmão. Deverias actuar no mesmo palco com o Trevor Noah, mas a ostentar a bandeira da pátria amada, assim o mundo saberia que nem tudo vai mal por cá.
Abraço mano Filimao Suaze
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 2/6 às 21:06
Filimao Suaze
Filimao Suaze Muito obrigado irmão
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 2/6 às 21:15
Nomeado Jossai Maraca
Nomeado Jossai Maraca Tsala hibuku doutor lomu ka fone zitanyamalala kakakakakaaaa nako nada vakitheeee
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 2/6 às 21:16
Mandindindi de Raça
Mandindindi de Raça Ku fanissana na Higino Filimone na minawo ni bilela a buko sawena. Kakakaaaaa...
Na tsuba dzita tsaliwa.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
2
 · 2/6 às 22:07
Filimao Suaze
Filimao Suaze Kakakakakkkakak
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
1
 · 3/6 às 0:35
Rodrigues Junior
Rodrigues Junior Kkkkkkkk o melhor é Mazive ter ficado por lá na casa de banho até a bebida passar onde está sentado o compatriota. Imaginam ter pedido Gine ou wisk com estômago vazio? Meu Deus. Acredito que este era só um ensaio para o Mazive. Em Paris o espetáculo que o Zunguze deu valeu para Mazive não esquecer até hoje que vem desabafar.kkkkkkkkkk
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 3/6 às 13:37

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.