sexta-feira, 14 de abril de 2017

LISTA DE ASSASSINADOS NO SEIO DA FRELIMO:


Comments

1
umBhalane said...
LISTAGEM NOMINAL PROVISÓRIA DE COMPATRIOTAS ASSASSINADOS PELOS TERRORISTAS, SEJA FRELIMO.

PROVISÓRIA,

PROVISÓRIA,
PROVISÓRIA,
...
É bom colocar a palavra provisória.
- PROVISÓRIA quer dizer, significa - Interino; transitório; passageiro; temporário.
"provisória", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/provis%C3%B3ria [consultado em 14-04-2017].

Uma coisa não acabada, DESacabada, que AINDA, serviço não acaba nunca, logo tem outro, logo tem mais...etc, etc, etc,...


Na luta do povo ninguém cansa.


FUNGULANI MASSO

LEMBREM BEM
QUEM NÃO LUTA, PERDE SEMPRE

A LUTA É CONTÍNUA
2
Samora Machel foi uma grande maldiçao para os moçambicanos e para o povo moçambicano. Foi preciso que ele existisse para pessoas imaginarem que pudesse ter havido um individuo cuja preocupaçao era so de matar aqueles que deviam ter sido os seus colegas ou as pessoas.
Nao ha tambem nenhuma duvida que o seu desaparecimento foi uma bençao, se jamais a morte de alguem pode se classifcar como uma bençao. Embora a atmosfera assassina, criminosa e genocidaria do regime dele nao desapareceu com ele, foi na mesma um alivio que o demonio desapaereceu. Que ele esteja no inferno para sempre. Samora Machel nao foi o unico. Ele era apenas o lider de demonios tais como Joaquim Chissano, Marcelino dos Santos, Armando Guebuza,o patricida Alberto Chipande, Raimundo Pachinuapa, José Moiane, Joao Facitela Pelembe, Armando Panguene, Mariano Matsinhe, Jacinto Veloso, Fernando Ganhao, Helder Martins, Sérgio Vieira, Oscar Monteiro, Jorge Rebelo,Sebastiao Mabote, Américo Mpfumo, Hama Thai e muitos outros facinoras.
Foram aqueles senhores que decretaram a liberdade de pensamento e de expressao como crime punivel pela pena da morte nas varias maneiras que inventaram tais como queimar ou enterrar as pessoas vivas, fuzilar, baionetar, afogar, trabalhos forçados, matar a pauladas, a fome, sede, cortar pescoços e mais outras.
Temos a sorte de termos o General Zeca Caliate que os espiritos salvaram e salvaguardaram para nos contar aquilo que ele viu, viveu e sobreviveu. Antes dele aparacer nese blog, eu vinha contando algumas destas coisas que ele narra e ele veio a dar mais peso a realidade do que o movimento terrorista que se chama a Frelimo foi, é e sempre sera.
Nao se enganem, moçambicanos: a Frelimo é uma organisaçao criminosa e assassina e terrorista.
Ha so um parvo de nome Afonso Dhlakama que deixa ser manipulado por estes simios e assassinos e que pensa que pode transformar Moçambique num pais melhor do que ja foi sob a Frelimo através de tais dialogos imbecis com aqueles senhores. A boa nova é que a Frelimo ja desfez os seus sonhos e contnua a humilha-lo ele nunca prende.
Foi ele que disse que nao houve acordos com a Frleimo em Outubro do ano passado e assegurou-se mesmo que teria acordos em Novembro. Parece-me, pelos vistos que Novembro ja passou e estamos agora em Abril do novo ano, isto é seis meses a partir de Novembro e ele continua enfiado algures numa cova em Gorongosa e nada acontece apaserar dele fazer as suas tréguas e de estar a falar com o irmao dele Felipe Nyusi que nunca permitira que ele saia donde esta para ser um cidadao livre em Maputo, como ele balbuciou no fim do ano passado quando sonhava dos sesu acordos com a Frelimo.
Nyusi e os seus militares o isolaram das suas forças e permanecera assim isolado e assim perecera de doença, acidente, vitima de operaçoes militares ou vira a ser capturado. Se for capturado, a Frelimo nao o deixara live para ele vadiar e fazer disturbios pela provincias. Nyusi acabou com aquelas fantasias dele de vadiar pelas provincis e a sua fantasia de governar seis provincias.
Ele sofre visto que nunca quiz aprender para entender o que a Frelimo é: um vomito da boca do Satanas no fundo das trevas e do infenro. Sofre visto que nunca adoptou estratégias para enfrentar os criminosos da Frelimo.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.