domingo, 30 de abril de 2017

Trump convida Presidente das Filipinas a visitar Washington


A Casa Branca explicou numa nota que o convite surgiu na sequência de um "telefonema muito amigável" onde foi abordado o esforço filipino para "se livrar das drogas".
Rodrigo Duterte é acusado de ordenar execuções à margem da lei que terão vitimado milhares de pessoas.
Foto
Rodrigo Duterte é acusado de ordenar execuções à margem da lei que terão vitimado milhares de pessoas. REUTERS/ERIK DE CASTRO
O Presidente norte-americano Donald Trump convidou o homólogo filipino, Rodrigo Duterte, a visitar Whashington, anunciou este sábado a Casa Branca.
Sem detalhes quanto à data da visita, Trump explicou o convite na sequência de um telefonema “muito amigável” com Duterte, durante o qual foi abordada a controversa política de combate às drogas nas Filipinas, que já terá provocado a morte de mais de sete mil pessoas.
Na semana passada, e como recorda o jornal britânico The Guardian, um advogado filipino intentou uma acção no Tribunal Penal Internacional contra o Presidente das Filipinas, acusando-o de homicídio em massa e de crimes contra a humanidade. Na queixa de 77 páginas, é dito que Duterte tem feito sucessivas e continuadas execuções à margem da lei, por via dos conhecidos “esquadrões da morte” que trabalham com aval governamental.
A nota emitida ontem pela Casa Branca limitava-se a dizer que Trump e Duterte também discutiram o facto de as Filipinas estarem “a lutar muito por se livrarem das drogas, um flagelo que afecta muitos países em todo o mundo”. 
Trump tem agendada para Novembro uma deslocação às Filipinas, no âmbito de uma cimeira com outras nações

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.