sexta-feira, 14 de abril de 2017

Agostinho Vuma promete apostar no sector agrário caso seja eleito presidente da CTA


Vuma mostra-se pronto para assumir a liderança empresarial  

Agostinho Vuma concorre à liderança da CTA, organização na qual trabalha como vice-presidente há seis anos.
Político e empresário, Vuma tem interesses em diversas áreas de negócios, com destaque para a construção civil. É este homem que se propõe a assumir a presidência da CTA.
O actual vice-presidente da organização diz que pretende apostar num sector que vem sendo ignorado pelo Estado nos últimos anos, o sector agrário.
Com 12 anos de experiência em associativismo, Agostinho Vuma é fundador da Federação Moçambicana de Empreiteiros.
Marcelo Mosse adicionou 2 fotos novas.
5 h
A CTA vai a votos a 4 de Maio. O processo eleitoral tem umas nuances de mesquinhez e politiquice de bairro. Os dois candidatos, Quessanias Matlombe e Agostinho Vuma, pertencem à atual equipa directiva mas nenhum deles renunciou, como seria de praxe. O processo segue um registo cordial embora sob um pano de fundo salpicado pelas picardias azedas que as redes sociais permitem.
Seria de grande incoerência se Vuma não tivesse renunciado ao seu mandato de deputado na AR. De resto estaria a ser improbo. Ele diz que quer consolidar o que a CTA já fez. Qessanias diz que quer "devolver a dignidade" perdida mas ele era o presidente do Conselho Fiscal. Como ficarmos? Ok. Os manifestos prometem mas é parco o debate sobre assuntos candentes: a impreparacao do empresariado face ao local content e uma nova ordem nas parcerias publico privadas. Depois Joaquim Chissano. Ele desceu de seu pedestal de respeitabilidade para endossar um candidato. Cria a sensação de que nosso empresariado não vive sem o suporte da classe política. Quessanias vai ser visto como uma mão de Chissano junto da CTA.
De resto é difícil dissociar o empresairado dirigente da Frelimo. Vuma também é militante. Mas Chissano? Pareceu me excessivo. O sector privado precisa de se libertar..
Gosto
Comentar

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.