sexta-feira, 14 de abril de 2017

Administração Trump deixa de publicar lista de visitas à Casa Branca

PRESIDENTE TRUMP


O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou que vai deixar de publicar voluntariamente a lista de visitantes à Casa Branca, uma política adotada pelo seu antecessor, Barack Obama.
AUDE GUERRUCCI / POOL/EPA
O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta sexta-feira que vai deixar de publicar voluntariamente a lista de visitantes à Casa Branca, uma política adotada pelo seu antecessor, Barack Obama.
A Casa Branca justificou a decisão com “graves riscos de segurança nacional e preocupações sobre a privacidade”, segundo o Washington Post.
A equipa de Trump não publicava a lista de visitantes desde que tomou posse, em janeiro, e agora anunciou que só vai divulgar os nomes das personalidades que visita a Casa Branca quando a sua equipa assim entender.
Apenas serão públicos os registos das visitas de agências que organicamente não são parte da Casa Branca, como a Agência de Gestão e Orçamento, cuja sede está também na mansão presidencial.
A Casa Branca diz que a decisão de não atualizar a base de dados das visitas, que era publicada na internet e estava ao acesso de todos, irá poupar 70.000 dólares aos contribuintes até 2020.
O ex-presidente dos Estados Unidos da América Barack Obama revelava periodicamente a quase totalidade dos visitantes da Casa Branca, uma medida de transparência a que a administração Trump agora põe fim.
A administração de Barack Obama não publicava, no entanto, algumas visitas à Casa Branca, como as entradas meramente privadas (como as amigas das duas filhas) ou visitas altamente sensíveis (como os nomeados para o Supremo Tribunal).

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.