quarta-feira, 3 de maio de 2017

Inferno, devoção e atentados. Afinal, quais são os três segredos de Fátima?


134
18
Uma visão do inferno, a devoção a Lúcia e a previsão de um atentado contra o Papa. É assim que a Igreja interpreta os relatos dos pastorinhos sobre as aparições de Fátima. Conheça-os aqui.
Wikimedia Commons
Autor
  • Agência Lusa
O chamado terceiro segredo de Fátima, revelado em 2000 por João Paulo II, alimentou especulações durante anos, e inclui uma “previsão” do atentado contra o papa polaco, a 13 de Maio de 1981.
Os três segredos terão sido revelados nas “aparições” de Nossa Senhora a três crianças que andavam a guardar um rebanho – Lúcia, Jacinta e Francisco -, em junho e julho de 1917. Os primeiros dois segredos são uma visão do Inferno e a devoção do mundo, incluindo a Rússia, ao Imaculado Coração de Maria, e foram revelados por Lúcia em dois escritos, nos anos 40 do século passado.
Os três segredos de Fátima sempre estiveram envolvidos em polémica. Seja por as primeiras descrições de Nossa Senhora a apresentar-se de azul e com saia até ao joelho, seja por ter sido “previsto” o fim da I Guerra, que não veio a concretizar-se naquela data, em 1917.
Na sua interpretação ao terceiro segredo, o cardeal Joseph Ratzinger, mais tarde papa Bento XVI, mais do que valorizar a parte da “previsão” do atentado ao papa João Paulo II, nunca se referiu ao fenómeno como “aparições” de Nossa Senhora, encarando-as antes como “visões”. E destacou que a mensagem fundamental de Fátima é o apelo à fé e à conversão, mais do que a referência ao papa vestido de branco (João Paulo II), na leitura feita por António Marujo, no livro “A Senhora de Maio” (Temas e Debates/Círculo de Leitores).
As três crianças tiveram, segundo a história oficial, um envolvimento diferente nas “aparições”, que se prolongaram de maio a outubro de 1917. Lúcia terá visto, ouvido e falado com a imagem, Jacinta terá visto e ouvido e Francisco apenas teria visto a Nossa Senhora. Lúcia, que viveu até 2005, foi fazendo sucessivos textos sobre os segredos, remetendo as interpretações para a Igreja e a sua hierarquia.

Primeiro segredo

Uma visão do inferno “num instante terrível”

O primeiro segredo, segundo Lúcia, refere-se a uma visão do inferno que terá sido relatada às três crianças, num “instante terrível”. O relato é feito por Lúcia na sua “Terceira Memória”, em 1941. E diz o seguinte:
“Nossa Senhora mostrou-nos um grande mar de fogo que parecia estar debaixo da terra. Mergulhados em esse fogo, os demónios e as almas, como se fossem transparentes e negras ou bronzeadas, com forma humana, que flutuavam no incêndio levadas pelas chamas que delas mesmas saíam juntamente com nuvens de fumo, caindo para todos os lados, semelhante ao cair das faúlhas em grandes incêndios, sem peso nem equilíbrio, entre gemidos e gritos de dor e desespero que horrorizava e fazia estremecer de pavor. (…) Esta vista foi um momento, e graças à nossa boa Mãe do Céu, que antes nos tinha prevenido com a promessa de nos levar para o Céu (na primeira aparição)! Se assim não fosse, creio que teríamos morrido de susto e pavor”.

Segundo segredo

A devoção do mundo a Lúcia

O segundo segredo, ou segunda parte do segredo, relaciona-se com a devoção do mundo, incluindo a Rússia, ao Imaculado Coração de Maria. A referência à Rússia só é feita por Lúcia, na década seguinte, em 1929. Inicialmente, o texto de Lúcia (“Terceira Memória” de 1941) fazia uma referência ao fim da guerra, no caso, a I Guerra Mundial. Há várias versões: a guerra acabaria nesse mesmo dia ou que ia acabar em breve.
É no segundo segredo que surgem as referências à Rússia e à sua conversão, apesar de só ser feita claramente essa indicação por Lúcia em 1929. Por outras palavras, Lúcia ligava “os erros” que a Rússia poderia espalhar pelo Mundo. E só se o papa convertesse o mundo ao “Imaculado Coração de Maria”, que o mesmo é dizer se se tornassem crentes em Deus, se evitariam novas guerras e a Rússia (ou a União Soviética, comunista), se converteria.
Os primeiros relatos das três crianças descreviam que Nossa Senhora tinha um vestido azul, “até um pouco abaixo do meio da perna”. Mais tarde, a imagem da Virgem foi sendo corrigida para o manto branco, que foi descendo até aos pés – e é essa imagem que é venerada na Cova da Iria.
O padre Manuel Formigão, que fez os primeiros interrogatórios às três crianças “rudes e ignorantes”, comentou: “Nossa Senhora não pode, evidentemente, aparecer senão o mais decente e modestamente vestida. O vestido deveria descer até perto dos pés.” É após a revelação do segundo segredo que terá sido feito o pedido aos pastorinhos para “rezarem muito e oferecerem os seus sacrifícios pela paz, pelo Santo Padre e pela conversão dos pecadores”, segundo a “Enciclopédia de Fátima” (Principa).
O excerto onde o segredo é revelado diz:
“(…) Levantamos os olhos para Nossa Senhora que nos disse com bondade e tristeza:
Vistes o Inferno, para onde vão as almas dos pobres pecadores. Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção a meu Imaculado Coração. Se fizerem o que eu disser salvar-se-ão muitas almas e terão paz. A guerra vai acabar, mas se não deixarem de ofender a Deus, no reinado de Pio XI começará outra pior. Quando virdes uma noite, alumiada por uma luz desconhecida, sabei que é o grande sinal que Deus vos dá de que vai punir o mundo pelos seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para a impedir virei pedir a consagração da Rússia a meu Imaculado Coração e a Comunhão Reparadora nos Primeiros Sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz, se não, espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas, por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia, que se converterá, e será concedido ao mundo algum tempo de paz.”

Terceiro segredo

Previsão do atentado contra João Paulo II

Durante anos, alimentou-se a especulação sobre este segredo que foi revelado pelo cardeal Angelo Sodano, a 13 de maio de 2000, durante a última visita de João Paulo II ao santuário da Cova da Iria. O terceiro segredo de Fátima inclui uma “previsão” do atentado contra João Paulo II, a 13 de Maio de 1981, de acordo com uma das interpretações possíveis do Vaticano anunciada na Cova da Iria pelo cardeal Sodano, em 2000.
Esta conclusão é retirada da própria interpretação dada pelos pastorinhos sobre a mensagem que lhes foi revelada em 1917, segundo a qual o papa – “Bispo vestido de branco”, como o referenciavam – “caminhando penosamente para a Cruz por entre os cadáveres dos martirizados (bispos, sacerdotes, religiosos, religiosas e várias pessoas seculares), cai por terra como morto sob os tiros de uma arma de fogo”.
Angelo Sodano aludiu ao atentado de 1981 e “à mão materna que permitiu que o papa agonizante se detivesse no limiar da morte”, mas acrescentou que o terceiro segredo está também relacionado com a luta contra o ateísmo.
Antes de ser papa, Ratzinger foi prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé e nessa qualidade fez uma interpretação ao chamado terceiro segredo de Fátima. O “facto de ter havido lá uma ‘mão materna’ que desviou a bala mortífera demonstra uma vez mais que não existe um destino imutável, que a fé e a oração são forças que podem influir na história e que, em última análise, a oração é mais forte que as balas, a fé mais poderosa que os exércitos”, escreveu Ratzinger, numa mensagem de esperança. Os três segredos de Fátima, concluiu, significam, no seu conjunto, uma “exortação à oração como caminho para a salvação” e “o apelo à penitência e à conversão”. E na interpretação, o cardeal alemão nunca se refere ao fenómeno como “aparições”, mas sim “visões”.
O segredo foi descrito por Lúcia na sua “Quarta Memória”, em 1944, do seguinte modo:
“E vimos n’uma luz imensa que é Deus: ‘algo semelhante a como se veem as pessoas n’um espelho quando lhe passam por diante’ um Bispo vestido de Branco ‘tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre’. Vários outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fora de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia em ruínas, e meio trémulo com andar vacilante, acabrunhado de dor e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de joelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam vários tiros e setas, e assim mesmo foram morrendo uns trás outros os Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas e várias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de várias classes e posições(…)”.



ç
António Gonçalves
4 h
Tenho muitas duvidas: 
- Estes 3 segredos soam-me a falso, 
- Deus tem poder só sobre o planeta Terra ou é interplanetário, 
- Nossa Senhora apareceu de forma humanizada, de saia comprida, não ficava bem aparecer de mini-saia. 
Ainda bem que são visões!
Sim são visões o extreminio das comunidades cristãs...
victor guerra
4 h
Não revelaram :"Daqui a 100 anos,o Benfica vai ser campeão" .Um milagre
Luis Ilheu
5 h
Fátima...falarem de Fátima sem mencionar as perseguições a cristandade...tal como há 100 anos em que Jacobinismo Islâmico extreminava comunidades cristãs, actualmente vivemos no mesmo contexto, o que significa que a Mensagem é actualissima...
Von Galen
5 h
Eu acredito em Nossa Senhora de Fátima. Peço desculpa às almas mais sensíveis que vejam uma afronta nas minhas palavras.
Nos dias que correm é preciso muito cuidado para se afirmar crente católico. Pode ferir susceptibilidades dos ateus mais afoitos. 
Carlos QuartelVon Galen
5 h
Não há afronta. A religião é uma questão de fé, não se chega à religião por cálculo matemático-Quem tem fé é religioso, quem não tem, está fora.
Podia ser feito um esforço de investigação e reflexão sobre as razões dessa fé, que vai deste povos de cavernas até salões de aristocratas.Mas há que aceitar que uma grande maioria das pessoas acredita em algo mais do que nos 7 palmos de terra.
O mal das religiões é que são exclusivas, cada uma tem 100% de verdade e os seus agentes têm passado séculos a empurrá-la pela goela abaixo dos outros, com guerras, mortes e desgraças incontáveis.Uma vista de olhos à história leva-nos a concluir que as guerras religiosas têm feito mais mortos do que as guerras de conquista.
Não há mal em acreditar que a nossa é verdadeira. O problema é quando achamos que a nossa crença é verdadeira e gozamos, desprezamos ou agredimos quem pensa de forma diferente. 
Von Galen
5 h
Só para lembrar alguns leitores mais zelosos com as crenças dos outros: só acredita quem quer. Ninguém é obrigado a acreditar em Fátima. 
Perto de onde estava esta notícia há outras. Do Cristiano Ronaldo, da praia dos Galapinhos. Não se sintam na obrigação de ler a notícia e comentar. Se é para me doutrinar e me conduzir ao evangelho do ateísmo não vão ser bem sucedidos. Não estou para aí virado. Mas respeito a vossa crença e não vos insulto, menorizo ou menosprezo. 
Francisco GarciaVon Galen
5 h
Acontece que a religião é uma coisa altamente gozável. Não é só esta, também há as virgens do Maomé, etc.
Mas se ler o texto, fica a saber que nem os papas acreditam em aparições em Fátima.  Isso diz tudo...
Claro que é gozável. Numa matéria cujas certezas absolutas são nulas (refiro-me à fé, à espiritualidade ou à ausência dela, à existência de uma entidade divina ou à sua ausência), o comportamento mais sensato é gozar com quem não comunga da nossa crença. É uma atitude inteligente e reveladora de enorme dimensão intelectual.  Mas acho que mais sensato é colocar uma fita à volta da testa e cuspir e fazer troça em público com quem acredita de forma diferente de nós. Acho que é mais adequado.  

nem os papas acreditam em aparições

Não acreditam na medida em que o termo aparições nem sequer existe do ponto de vista teológico.É um jargão popular. Em teologia estudam-se visões. E analisam-se essas visões para apurar se têm autenticidade espiritual ou não. 
As mensagens espirituais vêm em forma de sonhos, de visões, ou seja, de fenómenos naturais do ser humano. O milagre não está no meio usado para passar a mensagem mas na mensagem em si.

De igual modo, é óbvio que o sol não bailou. Esse foi o título do jornal O Século. Houve um fenómeno atmosférico e isso é provado por milhares de testemunhas, entre as quais muitos ateus e pessoas que estavam a alguns quilómetros do local. Ocorreu um fenómeno nautual e não algo sobrenatural. Não houve uma interrupção momentânea das leis da física. O milagre não está no fenómeno portanto. Está na previsão dos pastorinhos para a ocorrência daquele fenómeno naquele dia, naquela hora e naquele local. 
Francisco GarciaVon Galen
3 h
Tudo tem um limite. Fátima faz ultrapassar o limiar do riso incontrolável.   Previsões feitas 30 anos depois dos factos, Nossas Senhoras a elogiarem o seu lindo coração, alminhas do inferno a uivarem entre as labaredas.  Um fartote..
Eusébio Chamuscado
6 h
Balelas. Pronto!
josé maria
6 h
As grotescas invenções da Igreja Católica

O segredos de Fátima são apenas as patacoadas arquitectadas por alguns manipuladores da Igreja Católica. Uma " Nossa Senhora" que nem conseguiu acertar com a previsão do termo da 1ª Grande Guerra, só mesmo com manipuladores muito incompetentes. Se há algo que essa narrativa demonstra é que o cristianismo primitivo está a anos-luz dessa obscenidade anti-espiritual da Igreja Católica.
josé mariajosé maria
6 h
Salazar escolhido por Deus ?

Perante este rotundo disparate, alguém, de boa sanidade mental, acredita no que disse a freira Lúcia ?


... Ler mais
Fernando Silveira
6 h
"A devoção do mundo a Lúcia". Quem escreveu este disparate? Trata-se da devoção do mundo a Maria. Sois assim tão estúpidos que não sabeis ler um texto? Ateu, ateu (como eu), mas estupidez à parte.
Carlos Faria
7 h
Segredo écoisa que não se divulga. Sigilo. Variação da verdade.
Sucede que há muitas variações da verdade. Mas apenas uma verdade.
E cada uma das variações da verdade só pode ser chamada de mentira. Muito mais do que um assunto filosófico, a constatação desse facto traz-nos um alerta muito importante: 
Será que não temos pautado as nossas vidas por meias verdades (que de facto são mentiras inteiras)?
É justamente na aparência da verdade que habita o poder da mentira. 
Uma mentira totalmente oposta à verdade é facilmente derrotada por argumentos. Mas e quando os argumentos usados são tão convincentes e parecidos com a verdade?
E quando esses argumentos, mesmo sendo enganosos, nos atraem, por satisfazerem os nossos desejos secretos (também chamados de pecados)?
A pessoa que se considera sábia, de acordo com argumentos falsos, também pode ser chamada de alienada. Ela vive uma realidade própria, um “universo paralelo”, onde a Verdade (com letra maiúscula) deu lugar a uma outra verdade, baseada no engano.
E a pior de todas: “Hoje tudo é relativo”. 
Ora, se tudo é relativo, então cada um tem a sua própria Verdade, e cada um tem em si a resposta para tudo.
(texto apócrifo)
Francisco Garcia
7 h
Converter a Rússia? Mas em 1917 a Rússia não era a cristianíssima?
 A história do meu maravilhoso coração também é engraçada.  E eu sou a Nossa Senhora da Assunção (não confundir com outras que há lá por cima).
Francisco GarciaFrancisco Garcia
5 h
Ai, peço desculpa, era a Nossa Senhora do Rosário. Essa é outra.
António Magarreiro
António Magarreiro O segredo de Fátima melhor guardado e que dificilmente alguma vez será descoberto é quanto é que aquilo rende ao ano. Imagino que deve ser uma pipa de massa, o que até é bom para a economia portuguesa.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
19
 · 3 h
João Farinhote
João Farinhote Isso são danos colaterais 😀
 · Responder · 
1
 · 3 h
Paula Cascalho
Paula Cascalho Isso é conversa do demo
 · Responder · 1 h
Horácio Oliveira
Horácio Oliveira Aqui para nós, penso que a santa foi um bocado azelha no que respeita ao desvio da bala no terceiro milagre pois, com mais um jeitinho tinha evitado que o bom do João tivesse ficado ferido, era só desviar mais uns centímetros...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
16
 · 6 h
Maria João Furtado
Maria João Furtado É tudo engenho dos tempos do principio do século. A pobreza a ignorancia e o feudalismi católico levou a que se inventássem estas coisas.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
9
 · 3 h
Maria Helena Alberto
Maria Helena Alberto Ha coisas que não ser discutem, uma delas é a fé. 
Lamentavelmente há muita gente a fazer dela negócio. A cidade de Fátima é o exemplo disso. A própria igreja em Fátima é o exemplo da ostentação.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
3
 · 1 h
Paulo Silva
Paulo Silva Também todos os dias invento histórias para os meus miúdos adormecerem!!
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
17
 · 6 h
Artur Neto
Artur Neto Como é possível alguém minimamente evoluído e inteligente acreditar nisso???
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
15
 · 6 h
Rogério Neiva
Rogério Neiva Isto de dizer que o milagre era aquele depois de ter acontecido até é fácil. Antes é que é difícil.
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
8
 · 4 h · Editado
João Farinhote
João Farinhote Mas o que a notícia diz é que ela escreveu tudo antes das coisas acontecerem, só revelaram mais tarde depois de elas terem acontecido.
 · Responder · 3 h
Luis Esteves
Luis Esteves Claro...ao fim de acontecerem, é tudo muito bonito lol.
 · Responder · 1 h
Rogério Neiva
Rogério Neiva João Farinhote claro que dizem, o que é que queria que dissessem ?
 · Responder · 1 h
Artur Neto
Artur Neto Tudo não passa de uma farsa, de um embuste. Tudo sem o mínimo de sentido e de verdade. Tretas e mais tretas...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
9
 · 6 h
Elisa Martins Alves
Elisa Martins Alves Ainda a bater na mm tecla???!!!
Venderam-me essa história até aos 12 anos...depois cresci...
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
5
 · 2 h · Editado
João Café
João Café Pena os segredos serem tão vagos. Fazem lembrar as previsões do professor Chibanga.
"Esta galinha está mortaaa"
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
3
 · 1 h
João L R Abegão
João L R Abegão Escolhi o ramo errado. Se queremos ser visitados por entidades divinas temos mesmo de aprender a guardar rebanhos. Funcionou com estes garotos, funcionou com o Maomé, funcionou com Abraão et al....
GostoMostrar mais reações
 · Responder · 
4
 · 1 h
Jose Manuel Caldeira
Jose Manuel Caldeira Abraao merece ser respeitado, é o pai da fé judaica .
 · Responder · 1 h
João L R Abegão
João L R Abegão Jose Manuel Caldeira Com toda a candura que me é permitido garantir a ficções medievais, vou dispensar idolatrar ídolos bárbaros, que merecem existir somente em livros de erros históricos.
 · Responder · 58 min · Editado
Luis Filipe Mendes
Luis Filipe Mendes cada vez entendo porque existe cada vez mais miséria neste mundo...ninguém acredita em nada e depois não faltam provações e expiações na humanidade,basta olhar para o nosso corpo e ver a lei divina a interagir com a matéria que o constitui,simples...grande obra um corpo humano não é,nem o homem o replica na totalidade...
 · Responder · 
3
 · 4 h · Editado
Luis Esteves
Luis Esteves Mais tabaco nisso pf....
 · Responder · 1 h
André Costa Silva
André Costa Silva O terceiro segredo ter sido revelado apenas depois de acontecer foi a piece de resistence da história.
 · Responder · 
3
 · 4 h
Maria Barata
Maria Barata Mas ISTO É SÓ PRA QUEM ACREDITA. Não Acreditas. PORQUE TE METES *****Amém ****
 · Responder · 
1
 · 3 h
Rui Chico Fragoso
Rui Chico Fragoso O 3 segredo foi revelado hoje: era o terço que a Joana Vasconcelos apresentou ao mundo. Não. Degredo, era isso.
 · Responder · 53 min
Teresa Ruivo Viana
Teresa Ruivo Viana Segundo eu tive conhecimento a ser verdade que um dos papas antigo leu e ficou doente na cama o que ele leu?
 · Responder · 6 h
Jose Manuel Caldeira
Jose Manuel Caldeira Crê é no senhor jesus e seras salvo, tu e a tua casa. Tudo mais é folclore
 · Responder · 1 h
Francisco Santos Marques
Francisco Santos Marques Só tem um : que os pastorinhas andavam a fumar drogas bem pesadas naquele num belo dia de maio de 1917 e confundiram uma alucinação com uma aparição
 · Responder · 1 h
Sergius Barraguilius
Sergius Barraguilius A maior mentira alguma vez contada
 · Responder · 
10
 · 6 h
Paulo Baptista
Paulo Baptista Só nunca entendi porque raio o Divino comunica assim com terror... Tipo o Louçã a falar!
Será que o Louçã é o verdadeiro filho de Deus?!
 · Responder · 
1
 · 4 h
Ana Magalhães
Ana Magalhães Não é por uma mentira ter 100 anos e ser dita mil vezes passa a ser uma verdade
 · Responder · 
6
 · 3 h
Paulo Sergio Alves
Paulo Sergio Alves Acima de tudo como é que Ela sabia falar português?????
 · Responder · 
4
 · 5 h
Américo Ferreira
Américo Ferreira Podiam ser mais criativos...
 · Responder · 
2
 · 5 h
Eduarda Linhares de Castro
Eduarda Linhares de Castro E agora a Jacinta é loura e com olhos azuis?
 · Responder · 
3
 · 6 h
Paula Sá
Paula Sá A senhora terá aprendido português onde ?
 · Responder · 
1
 · 4 h
Augusta Alves
Augusta Alves Os ditos segredos é que manteram a fé do povo ...
 · Responder · 
1
 · 5 h
Paulo Rogado
Paulo Rogado o verdadeiro milagre e acreditar nessa treta toda
 · Responder · 
1
 · 3 h

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.