terça-feira, 9 de maio de 2017

Criminosos matam guarda de parque de viaturas em Maputo


Malfeitores roubaram quatro baterias e um aparelho de som em cinco viaturas
Um guarda foi morto na madrugada desta terça-feira num parque de viaturas localizado ao longo da avenida Angola, na cidade de Maputo. Os criminosos, que se encontram foragidos, terão amarado o guarda antes de o matar, para roubar baterias de viaturas e aparelho de som.
O guarda foi encontrado morto, por volta das quatro horas por um colega, no local onde se acomodava durante o trabalho. O portão do parque de estacionamento de viaturas não foi aberto, o que leva a entender que os malfeitores tiveram que saltar o murro.
Dentro do parque, os assassinos ainda a monte, amararam as pernas, os braços e a boca do guarda e por fim o mataram. De seguida, roubaram quatro baterias e um aparelho de som de uma das cinco viaturas que se encontravam no recinto. Um dos trabalhadores do parque conta que apenas uma viatura ficou ilesa.
Esta é a segunda vez que o parque é assaltado. A primeira vez, há três meses, os criminosos roubaram um aparelho de som de uma viatura. Os vizinhos do parque dizem que não ouviram barrulho durante a noite de segunda-feira, nem sequer na madrugada desta terça.
O guarda que trabalhava há cinco meses no parque era residente do bairro de Maxaquene, na cidade de Maputo. A polícia fez-se ao local para fazer a perícia, mas não deixou a imprensa fazer imagens dentro do recinto do parque, onde se encontrava o corpo da vítima. De resto, os agentes da polícia retiraram o malogrado e só depois os jornalistas tiveram o acesso.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.