terça-feira, 2 de maio de 2017

Polícia detém dois indivíduos na posse de uma AK47


Indivíduos foram detidos quando preparavam assalto em Magoanine
Dois indivíduos foram detidos pela polícia na posse de uma arma AK47, com 15 munições. Os mesmos são acusados de fazer parte de uma quadrilha de quatro elementos. Os outros dois puseram-se em fuga.
Os jovens, de 25 e 30 anos, foram detidos, na madrugada da última sexta-feira, no bairro de Zimpeto, em Maputo, quando se preparavam para um assalto em Magoanine. Em sua posse, foi encontrada a arma e um medicamento tradicional. Os indiciados negam o envolvimento em actos criminais e acusam o líder da quadrilha que se encontra fugitivo.
“Fomos encontrados com esta arma, os colegas que tinham esta arma fugiram e deixaram cair, nós como estávamos atrás formos neutralizados. Quando a polícia chegou mandou-nos parar, eles correram deixaram a arma no chão então recolheram a nós”, contou um dos indiciados.
A polícia não tem dúvidas que se trata de criminosos e acrescenta que o grupo perturbava a ordem e tranquilidade públicas. “É uma quadrilha que vindo aterrorizar a cidade e a vila da Manhiça, tanto é que um dos integrantes é morador da Manhiça. Saíram da vila com a intenção de tentar mais uma incursão criminosa. Há um mês foram flagrados e deixaram cair uma arma”, disse Paulo Nazaré, Porta-voz da Polícia ao nível da cidade de Maputo.
A ousadia dos indiciados ultrapassa a ciência. Para alcançar seus objectivos, estes usam remédios tradicionais na arma, acreditando que através da sua aplicação não serão descobertos. “Contatou-se que na arma tinha um remédio tradicional. Aquele produto não é nenhum componente da arma. Informações dão conta que eles aplicavam este produto na arma para terem sucesso nos seus roubos para que as vítimas não descubram a presença deles”, fez saber Nazaré.
O porta-voz revelou que diligências estão a ser feitas, no sentido de neutralizar os outros integrantes da quadrilha.
A Polícia da República de Moçambique diz que, em geral, a cidade de Maputo esteve calma durante o final de semana e não houve registo de grandes incidências criminais.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.