sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

72 civis mortos em ataques aéreos turcos contra Estado Islâmico

ESTADO ISLÂMICO

Síria:

Ataques aéreos da Turquia contra o grupo extremista Estado Islâmico no norte da Síria mataram 72 civis na quinta-feira, 21 dos quais crianças, disse o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.
Os raides da aviação turca, que apoia rebeldes sírios no terreno, tiveram como alvo a cidade de al-Bab, na província de Alepo
MAYSUN/EPA
Autor
  • Agência Lusa
Ataques aéreos da Turquia contra o grupo extremista Estado Islâmico no norte da Síria mataram 72 civis na quinta-feira, 21 dos quais crianças, disse esta sexta-feira o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. Os raides da aviação turca, que apoia rebeldes sírios no terreno, tiveram como alvo a cidade de al-Bab, na província de Alepo.
Para além dos civis, na quinta-feira, o observatório (uma organização não-governamental) tinha dito que pelo menos 61 pessoas morreram desde quarta-feira em combates entre o Estado Islâmico e rebeldes apoiados pelos turcos em al-Bab.
Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, dez soldados turcos e 32 combatentes sírios que participavam na ofensiva “Escudo do Eufrates” contra o Estado Islâmico em al-Bab morreram. Já o Estado Islâmico registou 19 vítimas mortais.
Fontes militares citadas pela estação turca NTV anunciaram na quarta-feira que 14 militares da Turquia morreram e outros 33 ficaram feridos em vários ataques do Estado Islâmico perto de al-Bab. Os rebeldes sírios, apoiados por aviões e carros de combate turcos, lançaram uma ofensiva na quarta-feira na periferia de al-Bab. A 10 de dezembro, as fações sírias anunciaram o começo do ataque para “libertar” al-Bab.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.