quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Jorge Ferrão elimina curso de Ciências Médicas da UP


O Reitor da Universidade Pedagógica (UP) Jorge Ferrão baniu o curso de Ciências Médicas, em processo de reestruturação, facto que fará com que esta instituição do Ensino Superior não receba novos ingressos.
Para o efeito, a instituição informa em comunicado de imprensa citado pelo portal FOLHA DE MAPUTO que todos os candidatos inscritos neste curso para o Ano Académico de 2017 podem requerer o reembolso do valor pago para a inscrição ou solicitar a reorientação para um outro curso de sua preferência até 28 de Dezembro, desde que conste do Edital para os Exames de Admissão de 2017.
O documento refere ainda que os candidatos em causa deverão contactar as comissões de exames dos locais de candidatura (Delegações ou UP-Sede) munidos do seu código e de todos os dados de identificação.
Alberto Joaquim · 

Se a missao da up é formar quadros pra educacao eu acho esta medida ser mais justa. embora tardia, este sr parece possuir alto sentido de planificacao. olha nas coisas diferentemente.
GostoResponder95 h
Frederico De Jesus Gomes · 

Sim esta medida é justa e boa, apesar de ser tarde, a up tem que se focar mai na pedagogia e didadica para melhor formar quadros preparados na dociencia.
GostoResponder45 h
Pedro Nhassengo · 

De acordo. A UP tem que seguir seu objectivo, que é formar professores.
GostoResponder45 h
Mucipo Mucipo · 
Trabalha na empresa Ministério da Educação - MEC

Eu tambem comungo com a opiniao em certos cursosca up ja vem demonstrando uma tendencia desviante por aquilonq saonos seus objectivos. E verdade q e preciso competir no mercado mais sem no entanto fugir da sua ideologia e filosofia na formaçao d homem novo
GostoResponder35 h
Afonso Loya Miguel Caetano · 
Trabalha na empresa Estudante

concordo plenamente. A ideia de uma instituicao nao pode ser de formar apenas para lançar no mercado dai a necessidade de ver a qualidade, a UP nao está preparada para a formacao medica.
GostoResponder34 h
Farito Zefina Alberto · 
Trabalha na empresa Estudante

Eu concordo concordo plenamente ter ciências médicas na up? Não faz sentido algum.
GostoResponder24 h
Bernardino Quice · 

Decisão certa, apoiado
GostoResponder14 h
Arnaldo Tique · 

Bem pensado, deve existir vocação!
GostoResponder4 h
Domingos Estermo · 
Trabalha na empresa MISAU

É de louvar, fazia sentido...
GostoResponder14 h
Faquir Bay · 

Devia continuar com o curso, o professor da medicina, ciencias de saúde devem ser um professor seja formado pela UP e outras faculdades.....
GostoResponder24 h
Jackson Uaniheque · 
Field Coordinator na empresa IREX

Que tipo de profissionais a UP esperava formar na área de saúde? Mal consegue apetrechar laboratórios dos cursos já existentes...
GostoResponder13 h
Leonel Armindo · 

Esse cabrao vai cair ja de verdade esta descontente ate ja ñ reconhece a importancia de cuidados da saude. Quere o que?
GostoResponder3 h
Eurico Amir Lilomba · 

Ja k a opiniao é pessoal, mas meu caro nao olhe as coisas a seu favor, maa analise o impacto e a genese da UP. Ha cursos k aparecem p acomodar alguns interesses. Mas neste caso olhemos p o geral
GostoResponder2 h
Juvencio De Gracio Luis · 

A decisão foi justa isto porque em algum momento parecia estar a fugir do lema que a UP teve desde a sua criação.
GostoResponder13 h
Edelto Amaral
Ha muitos cursos por ser banidos na UP, basta de comercializacao do ensino nesta instituicao e vira para a genese da sua criacao
GostoResponder2 h
Shirley Essiaca · 

Posetiva pois up nao forma medicos mas professores
GostoResponder2 h
Daniel Antonio Nguetse · 

Continue purificando a casa! porém, não injustice os candidatos. julgo que o prazo fixado é muito curto olhando para os canais de divulgação e considerando o período, de festas, é muito provável que alguns candidatos estejam fora do país ou desligado do mundo. Força Ferrão, não é por acaso o nome.
GostoResponder2 h
Victor Severiano Munjjovo · 
Trabalha na empresa Les Garçons de la rue

Pensando na qualidade. Até arrisco afirmado que a medida é justa dado que a UP ainda carece de muito mais em quase todas áreas de formação. No que tange ao apetrexamento das bibliotecas e laboratórios. Não se pode depender apenas da internet (Wikpédia), pra tudo na vida académica.

Parabéns Magnífico Reitor, pela sua âmpla visão de águia.
GostoResponder1 h
Tito Mussauque Maqui · 
TEC. LABORATORIO na empresa MISAU

Estou de acordo com o ministro de educacao com a ideia dele, uma coisa nao tem nada haver com outra, UP so forma professores nao Medicos.
GostoResponder1 h
Fernando Elinio Nuvunga · 
Trabalha na empresa Nacala-porto

Correto boss ferrao... aproveita desmantelar as redes de corruptos dentro da up... que so estao a denigrir a boa imagem da up...
GostoResponder1 h
Manuel Mindiate · 
Studying na empresa Estudante

Faz sentido!
Alguém conseguiu identificar esse erro uma universidade vocacionada a formar professores, virar se em formar profissionais de saúde, geólogos, contabilistas..... Senhor ministro precisamos ainda de banir e reformas alguns cursos!
Edson Baptista Machava Previsto · 

E para aqueles que estão no segundo ano será que a medida lhes atinge?
Mario Martinho Ussalo · 

Eu concordo pela o piniao. ParA licionar ciencia medica preciza se reunir condicoe favoral.
n
MAIS DINHEIRO ROUBADO...
Tarpon Serviços, Limitada ID do Registo: 10607
Nome da Entidade : Tarpon Serviços, Limitada
Anúncio de : Constituição de sociedade por quotas
Publicado em: BR nº 6, III Série de 10 de Fevereiro de 1999 - pág. 128
Sócios pessoas : Dato Tan Teong Hean
Nyimpine Joaquim Chissano
Capital : Cento e vinte milhões de meticais
Objecto social : Prestação de serviços em áreas tais como investimentos, gestão técnica, económica, financeira, contabilidade, informática e de apoio a empresas, bem como de fornecimento de equipamento e know how e exploração de outras actividades permitidas por lei.
Lugar da sede : Maputo - Maputo
Data da escritura : 08 de Outubro de 1998
Local e data de assinatura : Maputo, 27 de Novembro de 1998
----------------------------------------------------------------------
CREDICOOP - Cooperativa de Crédito e Investimento, S.C.R.L.
ID do Registo: 5858
Nome da Entidade : CREDICOOP - Cooperativa de Crédito e Investimento, S.C.R.L.
Variantes do nome : CREDICOOP
Anúncio de : Constituição de sociedade cooperativa
Publicado em: BR nº 21, III Série de 24 de Maio de 1995 - pág. 433
Sócios pessoas : Abel Rodrigues Chicalia
Alkis Jorge Macropulos
Ângelo Inocentes das Neves Pinto Salgado
António Luís Francisco
Diogo Eugénio Guilande
Egas Moniz Maria do Carmo Rafael Mussanhane
Fernando Sumbana Júnior
Jacinto Soares Veloso
Mahomed Ikbal Abdul Gafar
Ruy Affonso de Bettencourt Baltazar
Capital : Mil milhões de meticais
Objecto social : Funções de cooperativa de crédito e bem assim o desenvolvimento de quaisquer actividades afins ou complementares, em benefício exclusivo dos seus sócios.
No prosseguimento do seu objecto a CREDICOOP visará alcançar, em especial, os seguintes fins:
a) Realização de uma política de crédito orientada para a promoção do crescimento e desenvolvimento económico e social do país;
b) Mobilização das poupanças dos sócios e a sua orientação com vista ao financiamento do desenvolvimento económico;
c) Captação de fundos de investimento;
d) Prestação de serviços de garantia de créditos;
e) Promoção da realização de projectos agrícolas e industriais e o apoio na respectiva implementação por micro, pequenas e médias empresas, constituídas ou a constituir pelos sócios;
f) Constituição de depósitos à ordem e a prazo noutras instituições de crédito;
g) Concessão de empréstimos e outras operações activas de crédito a curto, médio e longo prazo que sejam permitidas por lei.
Lugar da sede : Maputo - Maputo
Data da escritura : 16 de Dezembro de 1994
Local e data de assinatura : Maputo, 22 de Março de 1995
Data da escritura : 16 de Dezembro de 1994
- Capital : Mil milhões de meticais
Data da escritura : 10 de Março de 1997
- Capital : Sete biliões de meticais
Data da escritura : 13 de Setembro de 2006
-----------------------------------------------------------------------
ficha personalidade Jacinto Soares Veloso
ficha personalidade Fernando Sumbana Júnior
ficha personalidade Abel Rodrigues Chicalia
ficha personalidade Alkis Jorge Macropulos
ficha personalidade Angelo Inocentes das Neves Pinto Salgado
ficha personalidade António Luís Francisco
ficha personalidade Diogo Eugénio Guilande
ficha personalidade Egas Moniz Maria do Carmo Rafael Mussanhane
ficha personalidade Mahomed Ikbal Abdul Gafar
ficha personalidade Ana Maria Dai
ficha personalidade Diogo Eugénio Guilande
ficha personalidade José Eduardo Dai
ficha personalidade Tobias Joaquim Dai
ficha personalidade Momade Sumalgy
ficha personalidade Pedro Fernando Messias Ferreira
ficha personalidade Eurico Nunziata
ficha personalidade Dalila Augusta Agostinho Maquile
ficha personalidade Ana Maria Dai
ficha personalidade Mussumbuluko Armando Guebuza
ficha personalidade Valentina da Luz Guebuza
ficha personalidade Carlos Nicolau Salvador Júnior
ficha personalidade Ana Maria Dai
ficha personalidade Tobias Joaquim Dai
ficha personalidade Luís Filipe Pereira Rocha Brito
ficha personalidade Voo Chong Min
ficha personalidade Lilla Szakmeister
ficha personalidade José Eduardo Dai
ficha personalidade Carlos Nicolau Salvador Júnior
ficha personalidade Norah Armando Guebuza
ficha personalidade Armando Ndambi Guebuza
ficha personalidade Miguel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Daude Idrisse Gabriel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Mussumbuluko Armando Guebuza
ficha personalidade Mariamo Nhaca Guebuza Massingue
ficha personalidade Valentina da Luz Guebuza
ficha personalidade José Eduardo Dai
ficha personalidade Carlos Nicolau Salvador Júnior
ficha personalidade Armando Emilio Guebuza
ficha personalidade Miguel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Daude Idrisse Gabriel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Armando Emilio Guebuza
ficha personalidade Armando Ndambi Guebuza
ficha personalidade Daude Idrisse Gabriel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Valentina da Luz Guebuza
ficha personalidade Mussumbuluko Armando Guebuza
ficha personalidade Sebastião Marcos Mabote Júnior
ficha personalidade Roberto Joaquim Dai
ficha personalidade Zacarias Micas Nhaca Guebuza
ficha personalidade Valentina da Luz Guebuza
ficha personalidade José Eduardo Dai
ficha personalidade Carlos Nicolau Salvador Júnior
ficha personalidade Armando Emilio Guebuza
ficha personalidade Miguel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Daude Idrisse Gabriel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Armando Emilio Guebuza
ficha personalidade Valentina da Luz Guebuza
ficha personalidade Mussumbuluko Armando Guebuza
ficha personalidade Miguel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Agostinho Salvador Mondlane
ficha personalidade Mariamo Nhaca Guebuza Massingue
ficha personalidade Mussumbuluko Armando Guebuza
ficha personalidade Moisés Rafael Massinga
ficha personalidade Cadmiel Filiane Muthemba
ficha personalidade Benjamim Alberto Faduco
ficha personalidade Bernardo Gabriel Mavanga
ficha personalidade Salimo Amad Abdula
ficha personalidade Celso Ismael Correia
ficha personalidade Mariano de Araújo Matsinha
ficha personalidade José Salomone Cossa
ficha personalidade Norah Armando Guebuza
ficha personalidade Armando Ndambi Guebuza
ficha personalidade Matias Zefanias Mboa
ficha personalidade António Correia Fernandes Sumbana
ficha personalidade Daude Idrisse Gabriel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Miguel Nhaca Guebuza
ficha personalidade Tobias Joaquim Dai

ficha personalidade José Luís Sederico da Costa Virott

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.