sábado, 31 de dezembro de 2016

Viúva do embaixador recebia amante em casa enquanto marido dormia


PM Sérgio Moreira Filho, assassino confesso de Kyriakos Amiridis, deu detalhes em depoimento de sua relação com a hoje viúva Françoise Amiridis

O policial militar Sérgio Moreira Filho, assassino confesso do embaixador da Grécia, Kyriakos Amiridis, deu detalhes de sua relação com a hoje viúva Françoise Amiridis em depoimento na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).  Ele afirmou que frequentava a casa da amante até mesmo quando o marido estava em casa dormindo.
No depoimento, o PM contou que foi até a casa deles, em Nova Iguaçu, para tomar satisfações do diplomata, já que Kyriakos teria agredido a esposa dias antes. Ela estaria no shopping naquela noite. Os dois teriam brigado e o policial teria matado o grego em legítima defesa, de acordo com suas declarações.
Até agora, Françoise nega qualquer participação no plano para matar o marido. Ela contou, no entanto, que constantemente era agredida pelo marido, a quem descreveu como agressivo, arrogante e que “estava sempre bêbado”.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.