domingo, 22 de janeiro de 2017

Historia da Semana

Boa noite, amigos de Madrugada Amiga! Peço o anonimato para partilhar com vocês um pouco da minha História.
Sou uma mulher casada há 21 anos com o meu marido e mãe de família. O que me faz escrever para o Programa é o seguinte:
Há alguns meses eu recebia mensagens carinhosas de um homem, com muito respeito. Confesso que nunca na minha vida eu havia recebido algo igual. Aquilo deixava-me com um ânimo e enchia o meu dia de alegria. Contudo, no meio disso, o meu marido acabou por descobrir as mensagens. Então, ele passou a usar senhas através das quais consegue entrar nos meus contactos de Facebook e WhatsApp, invadindo assim a minha privacidade. Por causa disso, o meu casamento já não anda bem. Sinto que está a desmoronar a cada dia que passa. No momento em que ele descobriu as mensagens ligou para o senhor que correspondia comigo. Este, por sua vez, prontificou-se a vir ter com o meu marido e pedir-lhe desculpas. O homem disse que se houvesse algo para reparar o erro, estaria pronto a cumprir. Porém, a posição do meu marido foi a seguinte: - Quero entregá-la nas suas mãos, porque vocês são amantes!
Reconheço que tenho culpa, apenas por ter aceitado receber essas mensagens, vindas de pessoa estranha. Mas só foram mensagens e não passou disso! Eu correspondia com o indivíduo porque as achava tão lindas e carinhosas, talvez pela minha carência de atenção. Na verdade, eu gostaria de que esse carinho viesse da parte do meu marido, mas não era assim. Eu sou uma mulher de princípios e gosto de manter a minha dignidade. Em momento algum me passou pela cabeça trair o meu marido. Em toda a minha vida nunca o traí, pois, não sou mulher dessas atitudes. Pelo contrário, eu sei que o meu marido é que me está a trair, o que me dói tanto. Ele próprio sabe que eu não sou capaz de o trair mas, mesmo assim, atormenta-me! Na verdade, eu estou a ser acusada de algo que não cometi. Porém, da maneira como as coisas estão a caminhar, eu fico desesperada com a atitude do meu marido. Não durmo bem nem sorrio, porque estou desgastada. Não quero separar-me do meu marido em momento algum. Mas esta situação está a deixar-me deprimida. No serviço a minha produção baixou e até estou a ter problemas com o meu chefe, porque não consigo concentrar-me no trabalho. Estou sem chão.
Por favor, peço a vossa ajuda para a s

4 comentários:

Evaristo Machava disse...

Acho que a senhora devia ter respeito de si mesma.sabendo que és cada e mãe devias valorizar o teu lar, estou certo que mesmo se isso acontecesse comigo faria o mesmo. A minha petgunta é: como a senhora a ceitou mensagens desconhecidas atém o usar facebook e watsap, se não conhecia da pessoa? Se estás a falar a verdade chama teu marido sentam e pede desculpas, se possível implorando longanimidade dele. Porque para um homem isso é uma chatisse

Evaristo Machava disse...

Queria dizer casada.desculpa pela falha!

Evaristo Machava disse...

Queria dizer casada.desculpa pela falha!

Evaristo Machava disse...

Acho que a senhora devia ter respeito de si mesma.sabendo que és cada e mãe devias valorizar o teu lar, estou certo que mesmo se isso acontecesse comigo faria o mesmo. A minha petgunta é: como a senhora a ceitou mensagens desconhecidas atém o usar facebook e watsap, se não conhecia da pessoa? Se estás a falar a verdade chama teu marido sentam e pede desculpas, se possível implorando longanimidade dele. Porque para um homem isso é uma chatisse

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.