sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Desavenças por trás da morte do agente da PIC



Desavenças por trás da morte do agente da PIC
janeiro 06
20:512017
A Polícia da República de Moçambique (PRM) suspeita que desavenças estarão na origem da execução a tiros do agente afecto a PIC, na madrugada de hoje na avenida 24 de Julho.


MAPUTO- De acordo com a PRM, a vítima que em vida respondia pelo nome de Ibrahim Moamed foi crivada por 20 balas por indivíduos ainda a monte.
A Polícia diz que as desavenças podem ter causado a morte pois tudo iniciou quando o malogrado encontrava-se no interior da discoteca Matchedje e de repente recebeu uma chamada tendo saído até a estrada onde encontrou-se com uma jovem e instantes depois apareceu uma viatura donde desceu um indivíduo que entrou em desavenças com o malogrado.
” Momentos depois , desceu da mesma viatura um outro indivíduo que trazia consigo uma arma de fogo e o outro com quem estava a discutir empurrou a cidadã e o jovem que empunhava a arma crivou de balas ao finado”, disse hoje porta-voz da PRM ao nível da cidade de Maputo, Paulo Nazaré.


Em relação a chamada que o agente terá recebido, Nazaré garantiu que os telemóveis estão em investigação, ” Por isso acreditamos que tenham sido desavenças por causa daquela mulher com quem o finado esteve a conversar”.
Neste momento segundo a PRM, a jovem está sob investigação. [AM]
Folha de Maputo

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.