quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Nyusi não quer mediadores no assunto da descentralização

Comments

1
Alguem se admira que a bobice renamo-frelimo findou desta maneira com um pontapé na nadega do Dhlakama Afonso e uma porrada na cara do mesmo? Eu ca nao. Ja via isto vindo, mesmo sem aqueles talentos milagrosos dum curandeiro.
Os bobos oportunistas da Renamo que estao no parlamento da Frelimo poderao terminar nas prisoes ou mortos visto que a Frelimo pode dizer que nao faz sentido continuar a ter estes jagunços no parlamento visto que, como Sérgio Vieira diz, Moçambique é o unico pais que tem no parlament membros dum partido armado que faz guerra contra o estado. Uma grande anomalia. Faz sentido, nao faz? Os bobos da Renamo provavelmente nao vem que a Frelimo pode usar qualquer argumento contra eles e continuam repimpados la em Maputo com casas podres que os colonialistas portuguese construiram, caros e catorzinhas sidaticas em grandes numeros e a borla.
Coitadinhos dos coitadinhos. Os miseraveis.
2
Chuphai said...
Esta vai ser a música que a FRELIMO vai tocar para Dlakama e Renamo dançar ate vésperas de eleições. Eu não espero nada de novo. Cabe a Dlakama e Renamo abandonar o Parlamento e fazer a guerra real e não estas brincadeiras de esconde, esconde e levar mais miséria para a população do Centro que vota na Renamo e Dlakama e como preço do voto estão a passar mal. Não há coluna no sul nem no norte, as colunas e matanças estão no Centro. A própria Frelimo faz de propósito porque sabe que esta a matar eleitores da Renamo.
3
O miudo Filipe Nyusi nao é o tal irmao do Afonso Dhlakama como ele pensa. Aquela fantasia que no principio de Outubro deste ano a findar que lhe corria na cabeça e que ele espalhou como Xiconhoca boateiro dizendo se "caliar" teremos um acordo no meio deste Outubro ou no meio de Novembro para ir se apertar as maos e se abraçar com Nyusi, este ultimo tratou aquilo como uma piada ou uma imbecilidade.
Afonso Dhlakama nao quiz considerar todos os sons dos tambores bélicos que vinham das bocas do Nyusi, Chipande, Guebuza, do tal secretario dos veteranos da guerra, da Helena Taipo dos véus estranhos e os feitos dos esquadroes da morte nyusistas contra os renamistas.
Os turras colocaram-o numa situaçao dificil de ele viver no covil no mato onde ele diz nao quer viver por causa da sua idade, depois antes ter dito que nao tinha problemas em viver no mato visto que todas as partes de Moçambique eram domicilio para ele. Mas ha-de viver como um animal caçado visto que ele decidiu paralisar a Renamo com os seus jeitos impraticaveis. Tipo estranho que lança uma guerra para a conduzir defensivamente e depois mandar emitir comunicados liricos e triunfalistas na pluma do senhor Unay Cambuma.
Felizmente que ha pensadores tais como Frank, Mozambican com muita consideraçao e respeito pelo caudilho da Renamo, Chuphai, Muzai, eu mesmo e outros, vimos quao impratico o chefe da Renamo se tinha tornando e com coragem denunciamos o sujeito como sendo inconstante, inconsistente, voluvel e um perigo para a propria Renamo cujos comandantes andam adormecidos e nao querem se acordarem ao perigo que o lider deles lhes representa.
O que vai fazer agora depois de o Nyusi lhe dar uma forte porrada na cara - nomear novos mediadores internacionais, contunuar as negociaçoes com a Frelim, ou ir ter um cara a cara com o irmao dele Nyusi?
Ou porquê nao se retirar da chefia da Renamo em virtude da idade avançada e impraticalidade para ceder a cadeira a um individuo jovem com ideias frescas?
Aguardemos mais piadas e bobices do sr Dhlakama com a sua fé e boa vontade para o NYUSI que ao lhe reciproca da mesma maneira.
4
Renamo Brasil said...
Sinceramente!.... O que a Frelimo quer é manter o país refém dos seus caprichos. A Frelimo é um partido composto de dirigentes que não amam o país e nem tão pouco ao povo moçambicano. Eu pergunto, cade a proposta da descentralização da Frelimo? Porque é que a Frelimo não gosta de descentralização? Porquê? Hummmmmmm. Exploradores e traidores do povo, isso eles são de verdade!...

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.