quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

HUMOR: LEGALIZAÇÃO INÉDITA DE ZOFIMO MUIUANE NO TRIBUNAL JUDICIAL DA CIDADE


Ahmejed Komar Khan

JUIZ DE INSTRUÇÃO: Declarada aberta a sessão. Réu ZOFIMO, antes de iniciar a sessão tem alguma informação a deixar ao tribunal?
ZOFIMO: Naturalmente, gostaria que o tribunal me fizesse perguntas lógicas e coerentes, sub pena de eu abandonar esta sessão.

JUIZ DE INSTRUÇÃO: O réu terá que responder todas perguntas que lhe forem colocadas aqui no tribunal e as que achares não importantes podes não responder. Lembre-se que, qualquer ocultamento de uma informação de um réu, automaticamente beneficia ao ofendido.

JUIZ DE INSTRUÇÃO: Réu ZOFIMO, é pai de quantos filhos?
ZOFIMO: Uma filha.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Já respondeu em tribunal.
ZOFIMO: Está e a primeira vez.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Como se conheceu com a Valentina?
ZOFIMO: Através das redes sociais, a famosa FACEBOOK.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Como foi possível o réu envolver-se com a filha do maior magnata da nação Moçambicana?
ZOFIMO: Esta pergunta eu também já fiz a Valentina, mas ela disse-me que eu era um ovo estrelado e era o único homem que lhe fodia bem.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Você é nojento!
ADVOGADO DE ZOFIMO: Protesto injúrias contra o meu cliente. O cliente falou a verdade.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Qual foi o vosso tempo de namoro?
ZOFIMO: Não respondo esta pergunta.

JUIZ DE INSTRUÇÃO: Agora vamos ao essencial. Mataste ou não mataste a Valentina?
ZOFIMO: Eu não matei.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Já que na tropa dizem que a arma dispara sozinha uma vez por ano, tu queres me dizer que a arma disparou sozinha contra a Valentina?
ZOFIMO: A Valentina queria atirar contra mim na tentativa de eu arranca-lá a pistola, a pistola virou contra ela.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Então qual foi o motivo desta briga fatal?
ZOFIMO: Problemas conjugais.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: O tribunal quer saber quais os motivos desta briga conjugal que resultou em uma morte, percebeu?
ZOFIMO: No início da sessão, Meritíssimo disse-me que eu estava livre de não responder perguntas que eu não achasse importantes.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Ou não queres dizer que abriga partiu da Valentina negar despir-se a cueca para consagrares a vitória na cama?
ADVOGADO DE ZOFIMO: Protesto esta pergunta contra o meu cliente.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Nos últimos dias, como era o vosso fogo de artifício na cama com a Valentina?
ZOFIMO: Dormíamos em quartos separados.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Na 7a esquadra da polícia há registos do réu ter agredido um casal de turistas na praia da costa do sol, enquanto a polícia Sul Africana dá-nos a informação do réu ser fugitivo de um processo de homicídio Voluntário na Africa do Sul. E o que nos dizes sobre esses crimes que lhe são imputados.
ADVOGADO DE ZOFIMO: Protesto esta pergunta contra o meu cliente. Meritíssimo, faça o perguntas que tem haver com o seu crime presente.

JUIZ DE INSTRUÇÃO: Aonde conseguiu as armas de fogo sem licença de porte.
ZOFIMO: Nunca possuí armas de fogo, as armas pertenciam a Valentina. Eu confio no meu Taekwondo.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Os resultados de DNA, indicam que as armas pertenciam ao senhor?
ZOFIMO: Não concordo com este resultado de DNA.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Se arrepende pelo crime cometido?
ZOFIMO: Não redondo esta pergunta; purque eu já o disse que não matei a Valentina.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Gostaria de pedir desculpas a família Guebuza?
ZOFIMO: Não respondo esta pergunta.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Caso saia da Penitenciária, pensa um dia ir visitar a sepultura da Valentina?
ZOFIMO: Não respondo esta pergunta.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: ...Mas purque?
ZOFIMO: Violaram os meus direitos de ir participar o funeral dela.
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Já mediu que consequências que terá o crescimento da sua filha?
ZOFIMO: No lugar da Valentina que ria que eu morresse para ela ficar a cuidar do Bebê? A Valentina se me matasse, julga que ela seria conduzida a polícia?
JUIZ DE INSTRUÇÃO: Não misture questões políticas por questões judiciais, mas sim opte em responder a pergunta.
ZOFIMO: Esta pergunta fica para o advogado.
ADVOGADO: Meritíssimo, num combate e descombate, não se conta com os prejuízos dos primários, secundários e nem dos terceiros.

JUIZ DE INSTRUÇÃO: Obrigado por terem nos facilitado o nosso serviço e por terem nos obrigado a rever as leis Declarada terminada a sessão.

Europa
Inimigo às portas

Ahmejed Komar Khan

Comentários


Moiane Telma da Gloria Que coisa nojenta, gozando mesmo do juízo normal, não ia permitir a publicação dessa palhaçada pra os teus seguidores, vê se ligo que trata se de um palhaço publicando palhaçada. Espero que perdoe a minha franqueza.
Gosto · 4 · 3 h


Ahmejed Komar Khan Estou duvidoso, tu és do sexo masculino ou feminino?
Gosto · 1 · 2 h · Editado


Volta Samora quem segue e comenta palhaçada pareçe q gosta como tu, s não gostou não es obrigado a comentar.
Gosto · 1 · 2 h


Moiane Telma da Gloria O que achas

Renato Paulo Gagagaga
Gosto · 1 h


Zviripa Chena Machava Ohome zofim
Gosto · 1 h


Kadinho Vince Carter Boa reportagem
Gosto · 1 h


Lomue Tancredo boa entradas e boa sorte.
Gosto · 56 min


Esmeraldo Carlos Armando Ei em moz!
Gosto · 38 min


Boko Haram Morre Taekwondo *Qual é o significado disso?
Gosto · 33 min


Boko Haram Morre Taekwondo quer dizer o quê Ahmejed Komar Khan
Gosto · 32 min


Fdr Faculdade da Rua Palavras tortas mas doces

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.