segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Secretário-geral da Frelimo preocupado com ritmo das conversações no diálogo político


Eliseu Machava diz que estaria satisfeito se o assunto tivesse sido fechado
O secretário-geral da Frelimo, Eliseu Machava, manifestou, no sábado, alguma preocupação com o ritmo do processo de diálogo político, em sede da Comissão Mista.
Machava, que falava à margem de uma visita de trabalho que realizou à província de Manica, disse que esperava que os dossiers em cima da mesa já estivessem, a esta altura, encaminhados.
Só “podia estar satisfeito, se tivesse sido fechado o assunto”, disse o secretário- geral da Frelimo, instado a comentar sobre o processo.
Ainda assim, Machava disse esperar que a equipa de trabalho acelere os processos “de modo a permitir que o Presidente da República possa se encontrar com o líder da Renamo, para parar com a situação de conflito e terminar com a existência de armas em mãos alheias e assegurar que a paz seja duradoura”, disse Eliseu Machava.
Não à  corrupção
Eliseu Machava voltou a vincar a posição do seu partido sobre os alegados casos de corrupção envolvendo o negócio da aquisição de aeronaves pelas Linhas Aéreas de Moçambique. “A Frelimo não começa agora a combater tudo o que é mau, sempre que houve casos que envolvessem qualquer membro em actos de corrupção. A Frelimo distanciou-se e combateu de forma aberta”, disse Machava, apelando a uma investigação, para que, caso se confirme, os responsáveis sejam punidos.
Comissão Mista volta a reunir
Hoje, a Comissão Mista volta a reunir-se com os mediadores, para a procura de consensos sobre o pacote legislativo, para a descentralização.
Na última quarta-feira, as delegações do Governo e da Renamo concordaram pela criação de um sub-grupo de trabalho, para preparar as linhas que vão orientar o processo de descentralização, cujos integrantes serão indicados pelas duas lideranças, nomeadamente, o presidente da república, Filipe Nyusi, e Afonso Dhlakama.
Os membros da equipa ainda não foram anunciados, pelo menos oficialmente.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.