sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Mulher indiciada de executar esposo refuta acusações


Mulher indiciada de executar esposo refuta acusações
dezembro 24
02:382016
Uma mulher que está a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) indiciada de ter executado, a sangue frio, o seu esposo, com que estava casada a 10 anos, com recurso a uma “rebarbadeira” e um berbequim, em Maputo refuta as acusações.


MAPUTO- A indiciada que nega o seu envolvimento no crime conta que “Eu não tirei a vida do meu marido e até fiquei surpresa com aquela informação. Quando isso aconteceu eu estava em casa de um senhor chamado Jonasse sendo por isso que eu não o procurava porque havia me mandado embora de casa”.
Em relação a mudança de número de celular, a indiciada respondeu que foi devido ao bloqueio do seu anterior contacto por falta de registo do seu cartão SIM.
Questionada sobre os instrumentos encontrados no local do crime, esta afirmou que os mesmos pertenciam ao finado que era canalizador e por baixo da mala ficava o berbequim e outro material de trabalho.[AM]
Folha de Maputo

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.