sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Buzz Aldrin retirado de emergência do Polo Sul


1
Buzz Aldrin foi o segundo homem a pisar a lua, em 1969. Hoje em dia nem a idade já avançada, 86 anos, o faz parar de explorar, a não ser um problema repentino de saúde... foi mesmo isso que aconteceu.
Buzz Aldrin, de 86 anos, conhecido por integrar a missão Apollo 11, teve de ser retirado de emergência do Polo Sul
Getty Images
Buzz Aldrin ficou conhecido em 1969 quando pisou pela primeira vez a lua com Neil Armstrong e Michael Collins. Desde esse grande passo para a humanidade, como foi apelidada a viagem à lua, Aldrin não mais parou de explorar o mundo da astrofísica e da ciência, até que o teve de fazer abruptamente. O astronauta teve de ser resgatado do Polo Sul devido a líquido nos pulmões.
Ap11-s69-31740
Aldrin (à direita) juntamente com Armstrong (à esquerda) e Collins (ao centro) em 1969 aquando da missão Apollo 11, que levou primeiros homens à lua.
Nem a sua idade já avançada – Aldrin já conta 86 anos – o fazem parar de explorar. O astronauta, estava no Polo Sul, juntamente com uma comitiva de turistas, quando o seu estado de saúde se agravou. Com líquido nos pulmões e a necessitar de intervenção médica urgente, a National Science Foundation disponibilizou um “voo de evacuação médica humanitária” para o Buzz Aldrin.
Segundo o Business Insider, uma vez retirado de emergência do Polo Sul, Aldrin foi internado no hospital de Christchurch, na Nova Zelândia. No site oficial do astronauta foi colocado um comunicado onde se afirmava que o voo tinha aterrado com sucesso e que “atualmente está a responder bem aos antibióticos”. O astronauta teve de permanecer no hospital durante a noite para observação, mas o quadro clínico era estável e estava bem humorado, segundo o seu empresário, evidente na fotografia publicada na sua conta pessoal no Twitter, em que o astronauta aparece sorridente na cama do hospital.
No mesmo comunicado, Buzz Aldrin deixa “sinceros agradecimentos à equipa da American National Science Foundation” por disponibilizar um voo tão rapidamente.
A White Desert, instituição responsável pela expedição de Buzz Aldrin e restante comitiva ao Polo Sul, publicou também um comunicado onde explicou a situação.
“O cliente da White Desert, Buzz Aldrin, foi retirado do Polo Sul”, começa por afirmar o comunicado. “Por precaução, após discutir o assunto entre o médico da White Desert e o médico do Programa Antártico dos Estados Unidos (USAP), o senhor Aldrin, juntamente com um membro da sua equipa, foi retirado no primeiro voo disponível.”
Buzz Aldrin publicou ainda no seu Twitter o início desta viagem. Nos twetts aparece sorridente ao lado da comitiva que o acompanhou e do avião que os levou até ao Polo Sul.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.