segunda-feira, 20 de maio de 2019

vim por meio desta alerta-lo a tomar muito cuidado com PCs/Laptops vendidos nos grupos (especialmente em Maputo)

Saudações Internauta dos grupos de boladas (Compra&Venda) do Facebook vim por meio desta alerta-lo a tomar muito cuidado com PCs/Laptops vendidos nos grupos (especialmente em Maputo) cujo o preço é muito baixo para para as especificações do produto.
Burladores de Maputo hoje trabalham em coordenação com a polícia postam PC/Laptop a venda muito moderno a “um preço de banana” e quando vais pra comprar/ver o produto a polícia aparece do nada alegando querer documentação desse produto ou dizer tratar-se de um produto roubado e os dois são algemados e obviamente apreende-se o produto e o dinheiro e/ou terás que negociar (corromper a polícia) para obter a sua liberdade.
Como identificar este tipo de burladores?
R: Burladores são astutos/espertos e evoluem a cada dia mas por experiência própria é relativamente fácil os identificar:
1. O preço do produto — é necessário avaliar o produto (o estado e as especificações do produto) com relação ao preço vejam os exemplos nas fotos abaixo. O preço é sempre negociável mesmo sendo tão baixo, podes até negocia um produto de 12,500.00 MZN para pagar a 9,000.00 MZN.
2. As fotos — os burladores geralmente não têm o produto que postam em mãos, geralmente eles baixam imagens do produto da net e colam nas suas postagens. Peça que ele te envie outras fotos no privado (essas têm que ser diferentes das que estão na postagem), podes até pedir um vídeo/chamada de vídeo para ver o produto “em loco”. Peça foto do produto ligado, no caso de PC/Laptop/Celular peça screenshots da página que mostra detalhes/especificações.
3. Pagamento — quando ligar pro burlador manifestando interesse de adquirir o produto ele sempre vai lhe perguntar se traz o dinheiro consigo até quando dizes que só quere ver o produto eles dizem “traga o dinheiro de vez porque têm certeza que vais levar o produto”.
4. Localização — os burladores não localização fixa e se os lugares de nº diferentes fazendo as mesma questões poderá notar disparidade. Melhor é ele vir até onde estás ou combinem para se encontrar em um lugar público onde não haja risco pra si por mais que seja necessário enviar dinheiro para transporte.
5. Nunca faça negócio com um desconhecido sem sequer ver o produto — quando estás distante eles dizem pra enviar dinheiro de transporte do produto e eles vai enviar mesmo antes do pagamento final, isso é burla.
Isso é o básico mas lembre-se eles evoluem a cada dia, talvez daqui há 1 mês eles usaram outra formas de burla.
-Inbox
Comentários
Escreve um comentário...
Maria Regina Faustino
Bom dia Gente...
Pedimos uma ajuda muito grande,
O excelentíssimo senhor Raul Novinte perdeu o seu passaporte no Maputo.
Humildemente pedimos a quem achar o documento em nome de Raul Novinte para que entre em contacto através do número: 849009134. Obrigada
Por favor, partilhe está publicação. 🤗
Comentários
Escreve um comentário...
RIP
Jornal Amparo
ESFAQUEIAM O PADRE E FAZEM-NO BEBER ÁCIDO
Com dor profunda o Padre Landry dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus, sofreu na sua residência em Chamba na Província de Sofala, uma agressão e esfaqueanento, e de seguida os malfeitores o fizeram beber ácido sulfúrico (veneno). Esteve na sala de reanimação, não resistindo faleceu.
Esta agressão ocorreu ontem às 08h30 tendo falecido na madrugada de hoje.
É doloroso que os amealhantes façam e cometam tamanha barbaridades com eleitos do Senhor e tirando vidas a seres humanos do nosso seio.
A esquerda o Padre Laundry, a direita o Padre Romão ora também falecido na sexta-feira e as exéquias funebres do Padre Romão terão lugar em Maputo ambos da mesma congregação.
Rezemos pelos Padres Laundry e Romão para que o Senhor os conceda o descanso eterno na casa do Pai.
Comentários
Escreve um comentário...
Justiça Nacional
5 h
Governador Paulo Auade, a nossa madeira e os chineses
Nós não esperávamos outra atitude de Paulo Auade, governador da província de Tete. Quando confrontado com a questão se era ou não "barão da madeira", prontamente disse que não era. E arranjou outras justificações de cariz político para sustentar a sua débil inocência. Isto é comum na Frelimo. Mesmo o seu chefe, o Filipe Nyusi, não conseguiu responder ao Canal de Moçambique se comeu ou não o dinheiro do calote. Disse que se devia deixar andar.
Os chineses não podem ter entrado na província de Tete, abaterem a madeira "Nkula" até a sua extinção, sem o conhecimento de Paulo Auade. O que ele, como governador da província, deveria ter feito e não fez? Afinal pagamos-lhe salários chorudos e com regalias para quê? Para irem viver em hotéis cinco estrelas a pretexto de que foram atacados por uma praga de ratos? Onde é que o governador Paulo Auade gasta as suas energias? Escangalhando a nossa madeira…
Sempre os chineses. Não se lhes conhece nenhum conivente frelimista porque todos sacodem o capote. Ninguém é tão parvo para aceitar que os chineses, em pleno século XXI, saem da Ásia para Moçambique para vir saquear as nossas riquezas sem que haja algum conivente moçambicano. E o conivente é quem governa este País desde a independência. O Paulo Auade disse o politicamente correcto. É assim que se desenrascam os camaradas.
E estamos num País onde ainda não existem carteiras para todos. Senta-se no chão. A madeira é dada aos chineses em troca de migalhas para os governantes aumentarem o seu harém.
Recordam-se do Paulo Auade? Foi o mesmo que há alguns anos atrás negou que existiam refugiados moçambicanos no Malawi, em fuga da crise política e militar entre as Forças de Defesa e Segurança e a oposição da Renamo. Disse que se tratava de esposas, filhos, irmãos e primos dos homens armados da Renamo.
Há um provérbio ronga que diz "vale apena ser pobre de bens materiais do que de ideias".
(Justiça Nacional, siga-nos no Facebook)

Sem comentários: