sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Trump fez o juramento e é o 45.º presidente dos EUA. Acompanhe ao minuto


Chegou o dia. É hoje que o multimilionário Donald Trump prestará, em Washington, o juramento como 45.º Presidente dos EUA. O Notícias ao Minuto vai acompanhar, ao minuto, a tomada de posse.

© Getty Images
Mundo EUA
17h17: O novo presidente dos Estados Unidos faz ainda outras promessa: "O orgulho nacional irá guiar-nos". "A todos os americanos, em todas as cidades, de montanha a montanha, de costa a costa, ficam estas palavras: Nunca voltarão a ser ignorados. A vossa voz, a vossa esperança e os vossos sonhos irão definir o nosso destino. Juntos faremos com que a América seja mais forte outra vez, rica de novo, orgulhosa de novo, segura de novo e, sim, juntos tornaremos a América melhor outra vez".
PUB
17h16: Donald Trump promete "erradicar completamente o terrorismo da face da Terra".
17h10: "20 de janeiro de 2017 será lembrado como o dia em que o povo voltou a ser quem manda neste país. Os homens e mulheres esquecidos não voltarão a ser esquecidos", garantiu o novo presidente.
17h07: "A cerimónia de hoje tem um significado muito especial porque não estamos a fazer uma transferência de poder de uma administração para a outra, ou de um partido para o outro, estamos a transferir poder de Washington e a devolvê-lo a vós, o povo", referiu.
17h05: O presidente agradeceu aos Obama pela transição de poder "amável". "Foram magníficos".
Notícias ao Minuto
17h02: Donald Trump discursa agora para o país, prometendo que haverá um "esforço nacional para reconstruir" os Estados Unidos e "restaurar a prosperidade para todo o povo". "Juntos iremos decidir o caminho da América e do mundo, por muitos anos", começou por dizer, referindo que haverá "desafios e dificuldades" mas que será possível e que a tarefa será conseguida.
16h59: Toma posse Donald Trump. O presidente dos Estados Unidos fez o juramento com duas bíblias, uma delas da sua infância.
16h55: Ouve-se America the Beautiful vozes do coro de Mormon Tabernacle.
16h53: Mike Pence faz o juramento perante o povo americano e o mundo. É a tomada de posse do vice-presidente dos Estados Unidos.
Notícias ao Minuto
16h45: O coro da Universidade do Missouri cantou na cerimónia. Recorde-se que houve grandes nomes da música norte-americana que recusaram estar presentes.
16h40: Roy Blunt, senador e responsável pela organização da tomada de posse, citou alguns dos antigos presidentes norte-americanos no discurso que deu início à cerimónia que dará posse a Trump.
16h32: Donald Trump chega à tribuna onde vai decorrer o juramento e junta-se a todos aqueles que estão no local.
16h07: Filhos de Donald Trump acabam de entrar na tributa do juramento.
16h04: Presidente eleito e Obama chegaram ao Capitólio, onde vai ser assinado o juramento por parte de Trump e Mike Pence.
15h53: Hillary Clinton, a candidata derrotada por Donald Trump, está no Capitólio como antiga primeira-dama e deixou uma mensagem no Twitter.


15h50: Trump e Obama irão agora fazer uma viagem curta até ao Capitólio. Seguem no mesmo carro, acompanhados por Melania e Michelle.
15h48: Melania Trump e Michelle Obama já estão prontas a sair da Casa Branca. Aguardam Donald Trump e Barack Obama.
Notícias ao Minuto
15h45: Barack Obama está de despedida e site oficial da Casa Branca mudou a sua foto de abertura. 'Yes, we did. Yes, we can'.
Notícias ao Minuto
15h39: Protestos em Washington obrigam as autoridades a intervir. Manifestantes são contra a eleição do novo presidente dos Estados Unidos.


15h20: Bill e Hillary Clinton chegaram ao Capitólio para assistir à tomada de posse.
Notícias ao Minuto
14h53: George W Bush chegou ao Capitólio acompanhado pela mulher.
Notícias ao Minuto
14h40: Donald e Melania Trump chegaram à Casa Branca, onde foram recebidos por Barack e Michelle Obama. Antes, tinha chegado Mike Pence, que foi recebido pelo vice-presidente cessante, Joe Biden. Momentos antes deste encontro, Obama entrou pela última vez na Sala Oval, o gabinete presidencial.
Notícias ao Minuto
14h39: No dia da despedida, Barack Obama deixou um agradecimento aos americanos.

Aos 70 anos, Donald Trump assume esta sexta-feira (dia 20 de janeiro) os comandos da maior economia do mundo, numa cerimónia pública na escadaria do Capitólio, em Washington. O multimilionário é o 45.º Presidente dos EUA e o mais velho a assumir o cargo.
Ao meio-dia em Washington (17h00 em Lisboa), Trump prestará juramento sob duas Bíblias - uma sua que guarda desde criança, outra que pertenceu ao presidente Abraham Lincoln - e sob o olhar atento de uma multidão dividida entre o fervor dos apoiantes e os receios dos críticos.
Fontes oficiais anteveem que entre 800 mil a 900 mil pessoas estejam presentes na cerimónia, nos festejos associados ou nas várias ações de protesto previstas.
Notícias ao Minuto
Sobre o discurso que proferirá, um porta-voz de Trump revelou que será “uma declaração muito pessoal e sincera sobre a sua visão para o país”, na qual irá abordar “o que significa ser americano”, os desafios que enfrenta o povo americano, em particular a classe média.
Destaque também para a ausência já confirmada de várias dezenas de congressistas democratas na cerimónia de tomada de posse, cujo início está previsto para 9h30 locais (14h30 em Lisboa). Confirmadas estão as presenças dos antigos Presidentes e das respetivas primeiras-damas.
Notícias ao Minuto
Saliente-se que Donald Trump é o Presidente eleito mais impopular em 40 anos, com apenas 40% de opiniões favoráveis.
RECOMENDADOS PARA SI
Carla Dutra ·
Adoro o discursso , nos ,nos, nos ! A partir de hoje para Trump nao existe os outros , eles vivem sozinhos . Vamos ver os outros fazerem exactamente igual e quero ver o que da. Isto nao e um presidente de um pais a falar e muito menos um de um pais como a America , isto e alguem que nao tem nenhuma nocao do que e o cargo que tem. E a coisa mais vazia que ja ouvi e que na minha opiniao envergonha os Americanos porque nao ]e conversa para um presidente .
Gosto · Responder · 1 · 9 min
Carnes Eurobife ·
O homem tem por missão servir neste mundo que lhes é oferecido para cumprir sua missão de paz que Deus lhes conceda a serenidade e amor como foi criado. os mais responsaveis deem o exemplo paz ao mundo.
Fernando Monte
Agora é igual, a diferença está na campanha que está a ser festa pelos democratas que não pensavam perder....
Antonio Geraldes Batista
É claro que este também vai fazer a sou guerra, que é algo que os américas fazem lindamente. Alguém se lembra qual foi o presidente que não fez uma ou mais guerras? Este para ser melhor que todos os outras basta não promover mais um conflito...
Fernando Monte
Realmente, é fotogénico e tem oratória, mas essas coisas não são parece o mais importante....
Manuel Rosa
O Trump tem oratória ?
Gosto · Responder · 1 · 1 h
Magali Viana Martins ·
Psicologia na empresa IEFP
Manuel Rosa fotogénico?
Gosto · Responder · 1 · 1 h
José Luciano Almeida ·
Se é por charge, ponham lá o Brad Pitt, o Cloney ou qualquer outro mais fotogénico. O Roosvelt até andava em cadeira de rodas, e deve ser um dos 5 melhores presidentes que os EUA tiveram. E até não era um orador nato. Mas foi o maior reformador dos sistema social e económico para colocar o país no topo, com um sistema social que durou muitos anos, e que a Europa foi copiar no pós 2 guerra mundial.
Gosto · Responder · 28 min
Isabel Silva ·
Trabalha na empresa Câmara Municipal de Lisboa
Foi o eleito pelo povo americano, há que respeitar a domacracia... agora que se entendam com ele...
Gosto · Responder · 1 · 1 h
Carla Dutra ·
Esta enganada , foi eleito pelo colegio Eleitoral porque no voto popular perdeu . Se as eleicoes fossem como sao em Portugal a Hilary tinha ganho. Se fosse so um problema dos Americanos eu tambem nao estaria preocupada mas ]e um problema do mundo e a America tem um presidente que sabe ganhar dinheiro mas nao percebe nada de direito e politica internacional e o seu egocentrismo podera dificultar a vontade de aprender e isso ]e preocupante porque armar/se em chico esperto com os Chineses parece/me ]a partida uma ma jogada logo de principio.
Gosto · Responder · 1 · 50 min · Editado
Magali Viana Martins ·
Psicologia na empresa IEFP
tenho as minhas duvidas se foi mesmo eleito pelo povo...
Gosto · Responder · 2 · 1 h
Manuel Rosa
Verdade... mas foi eleito com menos votos do que a Hilary, de resto como antes aconteceu com George Bush ( o filho ) que foi eleito com menos votos que o seu adversário... coisas do colégio eleitoral. De pasmar é que esteja com o nivel de popularidade mais baixo dos ultimos 40 anos e só hoje entra como presidente em funções... antes era só um "mero" presidente-eleito. De facto os americanos elegeram-no, agora gramem com ele. Eu até dormia descansado e divertir-me-ia com um distânciamento quase "cósmico" não fosse este mundo ser hoje mais pequeno que uma aldeia ( a tal aldeia global que tanto se fala ), mas que com tanta "TRUMPA" e trampa que anda por esse mundo, hoje não passa de um "penico global" e nós seremos sempre afetados de uma forma ou de outra.
Gosto · Responder · 1 h
Magali Viana Martins ·
Psicologia na empresa IEFP
Ha 8 anos era uma festa..hoje..é o que se vê :/
Gosto · Responder · 2 · 1 h
Magali Viana Martins ·
Psicologia na empresa IEFP
Posso estar enganada mas a mim parece-me que não vai correr "lindamente"..entre os que estao a favor e os manifestantes? 1 milhão de pessoas? Hum...
Gosto · Responder · 56 min
Carla Dutra ·
Espero queTrump com o tempo entenda alguma coisa de politica internacional porque da forma como tem gerido nao tem corrido muito bem. Espero sinceramente que possa aprender e ser um bom presidente .
Gosto · Responder · 2 · 1 h
Eriberto Carvalho ·
Trump é o cara, ele tem conceitos certos a se aplicar, pois o obama está criando guerras no oriente medio para força imigração islamica,, se vierem para america latina seram mortos!
Gosto · Responder · 3 · 1 h
Manuel Rosa
Mas que coisa tão bem pensada !...compativel com a quantidade absurda de erros ortográficos. 1. O Obama não começou nenhuma das guerras que decorrem no médio oriente. Verdade que não acabou com elas, mas daí a dizer que as começou, ainda por cima para forçar a emigração islâmica... é de bradar aos céus... tem tanta lógica quanto a seriedade dos politicos do senado brasileiro ( que, pasme-se, conseguem bater aos pontos mesmo os ladrões que temos no parlamento português ). Qual seria o resultado prático da emigração islâmica ? Que coisa boa poderia advir de um exodo em massa como aquele que se verifica atualmente, e que, caso não saiba, é constituida por sirios sim, mas muitas mais são pessoas da Africa sub-sahariana e de paises como paquistão ( que não está em guerra ). Pense o que leva as pessoas da Africa Sub-Sahariana a fugir... Será obra do Obama ou de viverem num sitio onde por vezes nem água há, quanto mais comida. Enfim... seria aqui um assunto para escrever durante 10 horas e o tempo escasseia.
Por fim.... Trump... velha teoria da boca aberta... do que se tem visto, quando abre a boca, ou entra mosca ou sai asneira. O que pode prever não é bom para ninguém... nem para americanos, nem para ninguem no mundo. No momento de tensão geo-politica, com os eixos de poder a transformarem-se como se verifica hoje e nos ultimos anos, o que faltava ao mundo era outro tótó radical, outro Putin... e é o que os americanos aparentemente elegeram.
Gosto · Responder · 3 · 1 h
José Luciano Almeida ·
O Obama já foi....como acontece em democracia. Não há eternos presidentes ou ministros; nem o Fidel conseguiu lá ficar eternamente.....
Gosto · Responder · 44 min
Carla Dutra ·
Manuel Rosa Nao podia concordar mais . A diferenca e que o Putin ]e mais esperto e mais politico e o Trump que nao passa de um milionario chico esperto Americano nao percebeu ainda que fazer olhinhos ao Putin e menosprezar a China pode ser fatal
Gosto · Responder ·  

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.