sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Mais um camião-cisterna de combustível arde em Moatize


Incidente não teve vítimas mortais
Um camião-cisterna transportando combustível, em quantidade não especificada, incendiou-se, na manhã de quarta-feira, na localidade de Nkondedze, distrito de Moatize, província de Tete, mas sem causar vítimas humanas, escreve AIM.
As autoridades apontam curto-circuito, como tendo sido a causa do incêndio, que depois provocou a explosão do tanque de combustível.
Embora não tenha feito vítimas humanas, segundo o chefe das operações no Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Tete, Pedro Banana, o incêndio causou danos materiais no camião, para além de se ter perdido o combustível.
O produto estava a ser transportado do porto da Beira com destino ao distrito de Angónia, a norte da província, junto a fronteira com o Malawi.
Este é o segundo incidente que ocorre no distrito de Moatize envolvendo um camião-cisterna de transporte de combustível.
Em Novembro passado, uma explosão de tanque de combustível causada por um incêndio no respectivo camião-cisterna provocou a morte de mais de 100 pessoas, em Caphirizange, naquele distrito do norte de Tete. As vítimas, que sofreram queimaduras, acorreram ao local do incidente para retirar o combustível. Alguns dos feridos continuam ainda hospitalizados.
Neste último caso, segundo o oficial da Policia, foi possível evitar perdas de vidas humanas, porque a população não aproximou sequer ao camião que estava a arder.
Banana explicou que esta atitude da população é resultado da sensibilização que o Governo tem levado a cabo, tendo em conta as experiências amargas do caso Caphiridzange, que para além de mortes, deixou mais de 100 crianças em situação de orfandade e várias viúvas e viúvos.
O camião-cisterna incendiou-se quando já tinha passado a região de Mussakama.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.