terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Jovem detida por queimar o marido em Manica


PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 02 Janeiro 2017
Share/Save/Bookmark
Uma cidadã identificada pelo nome de Helena Moisés, de 20 anos de idade, encontra-se privada de liberdade, desde a semana passada, no Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Manica, acusada de queimar gravemente o marido com água fervida.
O caso deu-se no bairro 25 de Junho, no distrito de Gondola. A Polícia acredita tratar-se de um crime motivado por ciúmes.
A indiciada, que é já mãe de três filhos, alegou ter atentado contra a integridade física do seu cônjuge, de nome Meque José, em legítima defesa.
“Ele autorizou-me para sair com as minhas amigas, mas quando regressei começou a fazer confusão, dizendo que me prostituo. Começou a bater em mim e apertou-me o pescoço. Ele queria matar-me. Pedi socorro mas ninguém interveio e atirei uma panela de água fervida no corpo dele”, narrou a jovem.
Por sua vez, o ofendido contou que a sua mulher frequenta as barracas à noite na companhia de algumas amigas cuja conduta não é boa.
No dia em que os dois brigaram, ele procurou saber onde é que Helena estava, com quem e o que fazia nesse local, o que não agradou a sua interlocutora. “Ela começou a gritar, atirou uma panela de água quente contra mim e queimei”, disse Meque. Sobre este caso, a Polícia em Manica disse que a jovem encontra-se detida por cometer um crime de violência doméstica. A denúncia foi feita por populares.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.