domingo, 1 de janeiro de 2017

Homem invade festa de final de ano no Brasil e mata 11 pessoas

BRASIL


Um homem invadiu uma residência, em Campinas, no estado de S.Paulo, e matou 11 pessoas da mesma família, incluindo a ex-mulher e o filho de nove anos. De seguida, suicidou-se.
Inácio Rosa/LUSA
Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre
Um homem invadiu uma residência, em Campinas, no estado de S.Paulo, na madrugada de domingo, e matou 11 pessoas da mesma família, incluindo a ex-mulher e o filho de nove anos. No final, suicidou-se, informou a polícia brasileira.
O homicida saltou o muro da residência, localizada no Jardim Aurélia, em Campinas, onde decorria uma festa de final de ano, entrou na sala principal e começou a disparar indiscriminadamente com uma pistola. Além das 12 vítimas da mesma família — nove mulheres, dois homens e uma criança –, ficaram feridas três pessoas, que foram encaminhadas para o hospital universitário da Universidade de Campinas.
Uma das testemunhas no local contou que, no início, os disparos foram confundidos com estalos do fogo de artifício. Só depois de ver uma das vítimas caída no chão, um tio, correu para se proteger numa casa de banho e pedir ajuda, refere brasileiro G1.
A mesma testemunha recorda que ouviu o homem gritar que pretendia matar a mulher, de que se estava a divorciar, porque tinha perdido a custódia do menor. Foi a própria criança quem gritou que o pai tinha matado a mãe. Seguiram-se dois disparos e, por fim, o silêncio.
O agressor, de 40 anos, estava em processo de divórcio e não aceitava a separação. Depois de ter matado e ferido os participantes na festa, nove dos quais eram mulheres, o homem disparou contra si próprio. No local do crime, de que resultaram 12 mortes (contando com o autor dos disparos) foi encontrado uma carregador com munições extra que o homem levou consigo para o ataque.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.