domingo, 1 de janeiro de 2017

Trump elogia resposta de Putin às sanções americanas


“Grande jogada” ao adiar decisão, escreveu o Presidente eleito dos EUA no Twitter. “Sempre soube que ele era muito inteligente.”
Reuters/JONATHAN ERNST
Foto
Reuters/JONATHAN ERNST
O Presidente eleito dos EUA elogiou a “grande jogada” por parte de Moscovo em relação às sanções aplicadas por Washington devido à alegada interferência russa nas eleições presidenciais norte-americanas deste ano.
A administração Obama anunciou que vai aplicar sanções contra dirigentes russos e expulsar espiões. O Presidente russo, Vladimir Putin, classificou esta sexta-feira a decisão norte-americana de “diplomacia irresponsável de trazer por casa”, mas optou por não ripostar, deixando a iniciativa do lado do próximo ocupante da Casa Branca, Donald Trump.
Esta opção de Putin é agora elogiada, no Twitter, pelo futuro Presidente dos EUA: “Grande jogada ao adiar (por V. Putin) – Sempre soube que ele era muito inteligente”.
Nesta quinta-feira, no dia em que se conheceram as represálias americanas, Trump tinha já afirmado que “é tempo de o nosso país seguir em frente para coisas maiores e mais importantes”. Apesar disso, o Presidente eleito revelava que iria inteirar-se da situação: "No interesse do nosso grande país e do seu grande povo, vou encontrar-me com os líderes da comunidade de informação na próxima semana para ser actualizado com os factos desta situação".
No mesmo dia, e em declarações à porta de sua casa na Florida, onde vai permanecer na Passagem de Ano, Trump disse ainda: "Acho que devemos continuar com as nossas vidas. Penso que os computadores complicaram muito a vida. A era do computador no seu todo fez com que ninguém saiba exactamente o que se passa".
O republicano toma posse como Presidente dos EUA no próximo dia 20 de Janeiro, cabendo-lhe a ele, por isso, a manutenção ou a reversão destas sanções impostas pela administração Obama. Segundo o que afirmou esta sexta-feira Vladimir Putin, a resposta do Kremlin dependerá do caminho escolhido por Trump.
  1. Luis Simões
    "A administração Obama anunciou que vai aplicar sanções contra dirigentes russos e expulsar espiões" Com base num relatório da CIA alega que as operações de Moscovo tinham como objectivo eleger Trump. O mais curioso é que o relatório não menciona o Wikileaks, nem uma única vez. Por outras palavras, o relatório não alega que os russos deram ao Wikileaks nenhum email do Podesta ou do Partido Democrata!...
    1. Beep Beep
      E precisavam? Qualquer coisa que dissessem sobre ela vcs acreditavam. Enquanto que os comentários sobre molestar mulheres do Trump eram fait-divers.
  2. jmbmarte
    Ribbentrop/Molotov? Pre-cold war déjà vu...
  3. vinha2100
    O Trump anda a afundar-se. Já Le chamam o Presidente siberiano. Vai ser interessante... eh eh eh...
  4. Beep Beep
    A Sociedade de Admiracao Mútua que o mundo precisava....
  5. Zé Solto
    Mas estavam a espera do que? Se foi Trump, em pela campanha eleitoral, a convidar a Rússia a espionar o partido Democrata. Esta fossa em céu aberto propagada por Putin já era um ato concertado com Trump. Trump será a maior vergonha de sempre do americanos. Um empresário da classe alta com a ajuda do pápá, um corrompido, corrupto, incompetente e, acima de tudo, um vendido.
  6. Zé Solto
    Mas estavam a espera do que? Se foi Trump, em pela campanha eleitoral, a convidar a Rússia a espionar o partido Democrata. Esta fossa em céu aberto propagada por Putin já era um ato concertado com Trump. Trump será a maior vergonha de sempre do americanos. Um empresário da classe alta com a ajuda do pápá, um corrompido, corrupto, incompetente e, acima de tudo, um vendido.
  7. sempre a patinar Obama! e este é que aproveita...
    1. Luis Simões
      O politicamente correcto está morto e enterrado. E ainda bem...
    2. "O politicamente correcto está morto e enterrado. E ainda bem..." exacto, venham as ditaduras!
    3. Margarida Paredes
      Luis Simões, viva o incorreto politicamente, a liberdade de expressão sem limites mesmo que vá contra os Direitos Humanos e o bom senso, o que está a dar é ser racista, xenófobo, misógino, fascista e fundamentalista religioso. O terrorismo chegou às palavras, ao discurso e não nos faltam exemplos como o Trump e você.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.