sábado, 28 de janeiro de 2017

Antigo tradutor do hebraico original diz que “a Bíblia não fala de Deus”


Tradução
44.943
106
Mauro Biglino, antigo tradutor das Edizioni San Paolo (uma das mais importantes editoras católicas), traduziu durante anos escritos originais da Bíblia. Agora afirma que o livro não fala sobre Deus.

Mauro Biglino foi tradutor de hebraico antigo durante vários anos nas Edizioni San Paolo
Mauro Biglino
Mauro Biglino trabalhou durante anos no Vaticano como tradutor de hebraico antigo para as Edizioni San Paolo, uma das mais importantes editoras católicas do mundo, que edita a Bíblia e outros livros católicos em todo o mundo, incluindo em Portugal (Editora Paulus). Era responsável pela tradução dos escritos originais da Bíblia, em hebraico, para a publicação em italiano pela editora pertencente à Sociedade de São Paulo, congregação fundada em 1914 pelo Beato Giacomo Alberione. Trinta anos depois de ter começado o seu trabalho como tradutor, publicou “A Bíblia não é um Livro Sagrado” (Livros Horizonte), obra polémica em que assegura: “A Bíblia não é aquilo que habitualmente se diz. Conta uma outra história, não se ocupa de Deus”.
Ao Observador, Biglino afirma que “não há qualquer referência a Deus nos textos da Bíblia. Há, sim, a um coletivo, chamado Elohim, e a um deles em particular, chamado Yaveh“. A dada altura, explica o autor, “as traduções foram sendo adulteradas e foram convertendo Yaveh num Deus único e todo poderoso”. E acrescenta: “Em hebraico nem sequer há nenhuma palavra que signifique Deus”. No seu livro, Mauro Biglino detalha o percurso das traduções oficiais da Bíblia, que foram adulteradas para “para inventar o monoteísmo”.
Biglino, que nasceu em 1950 na cidade italiana de Turim, aprendeu hebraico na comunidade hebraica de Turim. Mais tarde, a editora do Vaticano apercebeu-se dos trabalhos de tradução de Biglino, reconheceu o seu rigor e convidou-o para colaborar. “Além disso, perceberam que eu também conhecia latim e grego, línguas essenciais para entender o contexto dos textos bíblicos”, acrescenta.
“Em 2010, comecei a escrever um livro em que denunciava algumas das contradições que estava a encontrar nas minhas traduções dos textos bíblicos, e desde esse momento, a colaboração foi interrompida, acabaram o meu contrato de trabalho”, lembra. Biglino acrescenta que compreende “perfeitamente” a decisão da editora, uma vez que se tornou “inviável” estar ao serviço da editora e obter conclusões tão distintas.
Quando deixou de colaborar com as Edizioni San Paolo, Biglino publicou livros em que apresentou traduções literais, palavra por palavra, de vários textos bíblicos, que foram usados por historiadores para identificar imprecisões. Nesses livros, que mostravam lado a lado as palavras italianas e hebraicas, Biglino argumenta que a Bíblia contém diversas imprecisões facilmente demonstráveis. “É por isso que os críticos discordam das minhas conclusões mas não põem em causa o rigor das traduções”, sublinha.
“Quando eu digo que a Bíblia não fala de Deus, não digo que Deus não existe, porque não o sei. Digo apenas que a Bíblia não fala de Deus”, destaca, acrescentando que, no seu entender, “não se sabe nada sobre Deus”. Por isso, sublinha, “como Deus me é absolutamente desconhecido, não posso acreditar nele”. Mauro Biglino afirma ainda que não é o único a discordar das traduções oficiais da Bíblia, mas acrescenta que “não há muitos que tenham a coragem de divulgar as suas conclusões”.
Para o antigo tradutor, o seu trabalho pode mesmo ter influência nas futuras traduções da Bíblia, avançando que já se sentem alguns efeitos. “A profecia de Isaías, por exemplo, dizia que «a Virgem irá conceber e dará à luz um Filho», mas as bíblias alemãs, depois da aprovação da Conferência Episcopal, já não dizem isso. Já dizem que «a Virgem vai conceber», que é o que verdadeiramente lá está escrito”, destaca Mauro.
Contactada pelo Observador, a editora italiana confirmou que Mauro Biglino já deixou de colaborar com as Edizioni San Paolo “há muitos anos”, pelo que recusou comentar o trabalho atual do tradutor.
Artigo corrigido às 13h38 de 26/01/2017
Joao Speed
8 h
Não digo que corresponda exactamente à realidade, mas pode estar muito mais próxima dela do que o que se lê nas diversas bíblias actuais... em http://misteriosantigos.50webs.com/os-livros-apocrifos.html experimentem "A Sabedoria Secreta de Cristo" e por exemplo "Apócrifo de João (versão longa)". E fala bastante de Deus, no sentido em que tal pode ter alguma utilidade para o espírito humano compreender o seu lugar no todo. Mas para quem só está interessado em saber como melhorar enquanto pessoa espiritual que leia "Na Luz da Verdade" escrito por Abdruschin, não custa nada se lerem em formato digital, mas ainda que custasse valeria todas as riquezas da Terra pois os valores lá explanados são eternos.

Francisco Valente
10 h
já o outro dizia a bíblia não é de fácil compreensão, mas ensina-nos muita coisa e é sempre o melhor caminho a seguir. penso que com o Corão e outros livros de outras religiões é igual... e reparem por ex nas cruzadas, e em certos grupos árabes que seguem o seu livro sagrado e não o souberam interpretar... talvez seja essa a prova que deus tem para nós acreditar nele como o criador... e reparem que até o mais ateu na hora de aflição se lembra de deus alá ou o que lhe quiserem chamar...
Clayton Pereira
14 h
o Livro Sagrado fala com todos mas poucos são merecedores
Araci Goulart Goulart
15 h
Concordo, realmente as Escrituras não falam de deus, e nem poderiam, afinal essa palavra "deus" é um titulo, e não um nome, e já que não é um nome e o Criador tem um NOME, não poderia falar de deus e sim do Altíssimo...cujo nome é em hebraico, sendo Ele um hebreu.

Antonio Carlos Vargas
15 h
Mais um aventureiro tentando explicar fatos de forma destorcida. Para dizer que a bíblia não relata nada sobre Deus, seria necessário desconstruir toda a história do norte da Africa, Europa e uma parte da Asia. Não se trata apenas de "traduzir".  Qualquer especialista ou historiador com especialidade no tema sabe que a bíblia foi sim distorcida durante o periodo de Constantino, para a manutenção do poder e domínio das massas. Mas dizer que a bíblia não fala sobre Deus é simplesmente ridículo. Visto que o próprio povo judeu, bem como árabes só existem como tal devido à essa relação intrínseca.
O que de fato é verdade, é que a biblia não cita "Deus"(deus é um titulo  não o nome do Eterno).
No pentateuco (os primeiros 5 livros, que compõem a Torah), aparece como Hashem, Adonai, Elohim, e outros 72 nomes atribuídos à "Deus". Visto qu era proibido aos judeus utilizar o nome Dele em vão. Também há o fato de que o verdadeiro nome de Deus só era conhecido pelos sacerdotes, e era representado pelo tetragrama YHWH , que muitos acreditam soar como "Yaveh". 
Os especialistas no tema não são unânimes sobre isso, e acreditam que os escribas judeus esconderam o verdadeiro nome justamente por conta dos ataques que o povo judeu sofreu desde que José do Egito (Youssef) morreu e o povo judeu foi escravizado. 
A Torah cita que quando o Eterno apareceu para Moisés, revelou seu nome verdadeiro, bem como sua missão de resgatar o povo judeu da escravidão.
Moisés então voltou ao Egito e se apresentou aos sacerdotes (que praticavam sua fé escondidos) e repetiu o nome YHWH. Segundo o relato bíblico, os sacerdotes ficaram assombrados como ele (Moisés) sabia o verdadeiro nome de Deus. nome esse que não era pronunciado a muito tempo.u poderia passar horas aqui apontando os erros conceituais deste "tradutor". Gostaria de encerrar apenas com uma reflexão que cabe bem à esse cidadão despreparado: " O fato de que você tenha lido muitos livros e feito dissertações não o transforma em um gênio. Você pode ser apenas um idiota com mania d grandeza". :) - Me parece bem o caso! 
Paulo César
16 h
Uma reflexão muito boa do Gonçalo.M. Tavares: "Tu não usas uma metodologia. Tu és a metodologia que usas.
[Ou: tu não chegas a um resultado. Tu chegas a uma metodologia.
Ou ainda: tu não provas um fato ou uma teoria, tu provas uma metodologia.]

Naslauski Silvio
16 h
Eloim Yave Adonai ...São nomes de Deus!No total o Senhor tem 72 nomes ,agora Deus não é um dos nomes.Deus é  um Atributo  do Divino.Essa pessoa é  tradutor não é teólogo então  não está qualificado a filosofar sobre a Torah!
Paulo César
16 h
Pois é, quem entende de tradução do hebraico são os especialistas aqui, que nem português sabem direito.

João Franco
19 h
Menos droga ajudaria a traduzir melhor. Então o Novo Testamento fala de quê, já que Jesus Cristo faz parte da Trindade divina? E fala no Pai?
Pedro StarkJoão Franco
13 h
Acusas os outros de estarem drogados quando quem deve estar drogado e para além disso é ignorante és tu.

Por acaso tens a noção de que A Trindade não vem nas escrituras.? Sei eu mais da tua religião que tu próprio!

Danilo Melo
22 h
Carai, o cara quer destruir um religião milenar, tradições históricas e religiosas em alguns anos de tradução da bíblia. 
Ele nesses anos não entendeu uma palavra que traduziu hahahahaha
luiz henrique de carvalho
22 h
Por isso o texto informa que o cara é católico!
Fernando Silveira
23 h
Que estranho... eu pensava que textos quer do AT, quer do NT, usavam o termo "ho Theos"... e que burro que era eu em pensar que isso, em grego, queria dizer precisamente Deus... que burro que era...
Pois eras. Porque os originais não são em grego. 
João AmaroEdgar Silva
18 h
O Novo Testamento foi escrito em Grego
Pedro StarkEdgar Silva
13 h
O Novo Testamento foi escrito em grego!
O antigo é que não!
Ruben Loup Chama
1 d
Então? Porque é que o artigo não fala sobre a teoria dos Aliens deste tradutor?
Sergio Citroni
1 d

Quem conhece os textos bíblicos originais sabe que isso é um fato: O Testamento Original (o Tanakh) é uma compilação de mitos anteriores à criação do monoteísmo hebreu. As histórias da bíblia só fazem sentido no contexto do embate entre deuses em conflito. A Bíblia não fala do Deus monoteísta, mas sim de deuses. Basta ler o brilhante livro do link acima.

Pedro StarkSergio Citroni
1 d
Tem toda a razão mas uma vez endoutrinados já nada lhes entra na cabeça! É a triste realidade da endoutrinação quando ela começa desde muito cedo!
Ás vezes nem sequer querem saber de interpretações alternativas.

Muitos ignoram que antes do Antigo Testamento existir já havia homens na Terra há milhares de anos e que a Bíblia representa apenas uma das muitas versões sobre histórias que existem pelo mundo fora! É triste mas é assim!
Joao SpeedSergio Citroni
8 h
Procure por "A Sabedoria Secreta de Cristo" e "Apócrifo de João (versão longa)", talvez fique mais próximo do que na realidade os textos originais diziam... que não obstante algumas eventuais incorrecções estariam bem mais próximos da realidade que as bíblias actuais.
De resto a verdadeira bíblia é "Na Luz da Verdade" escrito por Abdruschin (originalmente em Alemão e traduzido em diversos idiomas)... essa sim, é digna de ser lida e relida até à sua total compreensão, e, claro, seguida de acordo com o que nela está explanado. Espero que seja útil, para quem realmente quer entender de onde realmente vêm, o que aqui faz e para onde segue depois.
Pedro Stark
1 d
Os Evangélicos e outras seitas semelhantes descobriram  este artigo e cairam aqui a comentar como se isto fosse mel. É um não acabar de citaçoes que nada têm a ver com o tema do artigo! Mas parece que não conseguem argumentar sem fazer citações. Deixai-os!
Jean WyllysPedro Stark
1 d
Citações é parte da argumentação, sem citações  sua argumentação é fraca, nunca aprendeu redação ? "Seitas semelhantes" Os católicos não uma seita, se você com essa "Seitas semelhantes" não se refere á eles, você está sendo totalmente retardado, se não, me apresente uma "seita" a qual se parece com o protestantismo. Lembrando que aspas é uma citação também, e não a nenhum erro gramatical em usar aspas em argumentação. 
Pedro StarkJean Wyllys
1 d
Não percebi. Qual é o seu problema? É eu dizer "seitas semelhantes"? Ao contrário de si eu não tenho problema nenhum com a utilização da palavra seita. Sim, o cristianismo quando surgiu era uma seita!
O protestantismo quando surgiu era uma seita, porque era uma pequena comunidade que derivou do cristianismo romano. Portanto não vale a pena argumentar sobre estas pequenas questões! O essencial da minha intervenção tem a ver com a tendência exagerada dos Evangélicos e outros (TJ, etc) em citarem constantemente as escrituras! É um facto! Não estou a especular!

Jean WyllysPedro Stark
1 d
hurr durr não percebi, qual é o seu problema? hurrf durr Em  nenhum momento eu disse que o protestantismo não é uma seita ou fui contra essa ideia, você tem uma imaginação bem fértil em? Qual o problema em se utilizar as escrituras? A própria matéria na qual você comenta as citam, de acordo com a premissa as escrituras são válidas como argumentação, vários arqueólogos usam a bíblia como fontes históricas.
Pedro StarkJean Wyllys
1 d
Problemas com as citações:
a) Quando surgem em grande número para justificar o que quer que seja (prática constante dos evangélicos e outros) torna-se um problema. Não deixa as outras ideias fluirem no âmbito de uma discussão.

b) As escrituras não têm significado nenhum para quem não acredita!

E já agora deixe-me corrigi-lo. A Bíblia não é um livro de História! Tem histórias mas não é um livro de história!

Joaquim MateusJean Wyllys
13 h
Meu caro sr. para se entender o que são "seitas" devemos primeiro considerar a igreja católica como sendo central, principal religião Cristã, depois saber que "seitas" são todas as que se "ramificaram", desviaram ou saíram desta principal por ter uma ideologia diferente daquela a que antes pertenciam.


André Luis Karpinski
1 d
Passar tamanha vergonha publicando essa besteira não é pra qualquer um (me refiro ao tradutor). Não dá pra se negar que existem traduções equivocadas e que querem forçar alguma coisa, mas daí pra dizer que a bíblia não fala de D-us - e como justificativa usar as traduções e não a semântica derivada do próprio léxico hebraico - é de uma ignorância atroz. Eu diria que é no minimo estranho o fato de judeus lerem a Torá e o Tanakh em hebraico, i.e., no original e nunca terem percebido que ali não se fala de D-us. Eu não sei a respeito do chamado "Novo Testamento", mas quanto ao Tanakh não há qualquer dúvida, seja em qualquer abordagem hermenêutica/exegética hebreia, que os livros tratam de D-us, e de um D-us único, cuja uma multiplicidade de "nomes" são utilizados visando expressar diferentes formas de manifestação desse Ser imanente e transcende. E isso é sabido porque o Tanakh é como um mnemônico para a tradição oral judaica, todas as palavras, versículos, livros e o próprio conjunto da obra tem, além do seu significado literal, três outros níveis de interpretação, compondo assim o chamado PaRDeS, um acrônimo para Pshat (nível literal), Remez (nível de "dicas" a palavra significa algo como dica, trata-se de um nível básico de metaforização), Drush (nível moral) e Sod (nível místico/secreto, a palavra significa algo como "segredo"). Essa tradição oral - com a diáspora em Roma e o perigo de extermínio do povo - foi transcrita, sendo os Midrashim referentes ao Remez, os Talmudim referentes ao Drush e livros como o Zohar e outros mais velados referentes ao Sod. E o que eu estou dizendo é algo de nível básico para qualquer judeu adulto que siga os preceitos judaicos, o que, na minha percepção, quer dizer que bastava ele ter tido um papo básico com qualquer um deles pra não passar esse vexame teórico.PS: posso ter cometido algum engano no que falei sobre o PaRDeS, mas em linhas gerais é isso mesmo.
Gisele Gonçalves
1 d
Jornal Observador.pt eu fiz um comentário aqui hj de manhã, e tenho notificação de resposta a ele, mas estou procurando tanto via android quanto via note e por ambos não consigo vizualizar meu comentário... Algo precisa ser corrigido no sistema de vcs. Fui inclusive na reportagem dentro do facebook e mesmo nele não consta meu comentário mesmo retirando filtros. Aguardo qq contato, por gentileza.
Gisele, na página do observador (canto superior direito), faça click na sua foto e escolha Comentários. Nessa página pode localizar o comentário que fez!
PS: Eu não trabalho no Observador :-)
Gisele GonçalvesPedro Stark
1 d
Já fiz isso tanto pelo Android quanto pelo note, Pedro. E em ambas opções o comentário realmente não está visível pra mim. Acabei de receber outra notificação dele o que parece que Sta visível pra mais pessoas, mas continuo se acesso. Apenas este comentário está lá na lista de comentar no site. Mas Obrigada por tentar ajudar :) 
Luís PereiraStaffGisele Gonçalves
18 h
Boa tarde Gisele, respondemos ao seu email. Por favor verifique a sua caixa de entrada. Obrigado.
Gisele GonçalvesLuís Pereira
18 h
Obrigada Luiz. 
Gisele GonçalvesLuís Pereira
17 h
Este aqui fica visível normal, inclusive no menu do site, em comentários. Mas o anterior ... mistério. Algumas (muitas) pessoas estão conseguindo ver. Como, que não sei.
Dario Centurione L. Barbosa
1 d
"Artigo corrigido às 13h38 de 26/01/2017" - são 13:14 agora.
Carina Santos
1 d
Q cometário mais Absurdo ! Óbvio q a Bíblia Sagrada Fala d Deus .. É ridículo afirmar q não menciona o Nome d Deus ! Tanto estudo & conhecimento pra nd .. Simplesmente chegar em conclusões erradas !
Silvia Morim CostaCarina Santos
1 d
Se lesse o artigo  percebia aqui vai´´ explica o autor, “as traduções foram sendo adulteradas e foram convertendo Yaveh num Deus único e todo poderoso”. E acrescenta: “Em hebraico nem sequer há nenhuma palavra que signifique Deus” 
´´Percebeu agora!
Sergio CitroniCarina Santos
1 d
O "Deus" citado nos textos do Tanakh é, na verdade uma coleção de deuses citados em tradições mais antigas que o judaísmo, é essa a conclusão que qualquer um que leia o texto original, com senso crítico chega. A bíblia (qualquer uma das versões) vendida por aí, é um texto, desde sua origem, falseado, criado para justificar:
1 - O controle da população hebreia pelos seus líderes religiosos;
2 - A conquista e destruição dos povos que habitavam a região da palestina pelas tribos judaicas;
3 - Atualmente, um número imenso de práticas preconceituosas e atrasadas.

Mar Azul
1 d
Mais um idiota com muitos diplomas...
Maria Machado
1 d
"Nós, porém, não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito procedente de Deus, para que entendamos as coisas que Deus nos tem dado gratuitamente. Delas também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito, interpretando verdades espirituais para os que são espirituais. Quem não tem o Espírito não aceita as coisas quevêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente.  Mas quem é espiritual discerne todas as coisas..." - 1Coríntios 2:12 a 15a.
Sergio CitroniMaria Machado
1 d
Se um livro diz que ele é verdadeiro, isso prova que ele é verdadeiro?
Maria MachadoSergio Citroni
23 h
A fé é a certeza daquilo que espero e a prova das coisas que não vejo - Hb.11:1
Pedro StarkMaria Machado
13 h
Tipico de quem se recusa a raciocinar! Incrível!
Nestes casos é porque a endoutrinação já chegou á medula!

A fé é acrença cega naquilo que se ignora. É a negação da humanidade!

Responda por favor á pergunta feita pelo Sergio!
Maria MachadoPedro Stark
29 m
Você ignora...não eu!
Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente"..."O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus" (2Co.4:4); você sabe quem é o deus desta era?
António Pinto de Magalhães
2 d
Mais critério! Essa afirmação absurda da Igreja Católica ter inventado o monoteísmo faz cobrir este artigo de ridículo! Nem acredito que o Sr. Biglino tenha proferido tal alarvidade...
Moises Silva
2 d
Se a Bíblia não fala de Deus, então quem é Javé, senão o nome do verdadeiro Deus, o Criador dos Céus e da Terra?
O Sr depois de tanto trabalho apurado de tradução, não viu o tetragrama (4 consoantes do nome JEOVÁ em hebraico) nas cópias antigas encontradas nos rolos do mar Morto. Nas cópias o nome divino -o tetragrama - está escrito cerca de 7.000 vezes.
Há algum outro nome na Bíblia que supera em nº o nome divino?
Há algum outro livro que revela a pessoa do Deus verdadeiro, a ponto de milhões de pessoas poderem afirmar que conhecem a Deus?
Como seria possível amar a Deus sem O conhecermos?
Ele se dá a conhecer neste livro ímpar - a Bíblia.
Se o Sr. conhecesse-se bem este livro sagrado como muitos o conhecem, com certeza que não o blasfemaria.
Medite por favor nas palavras de Jesus em Mateus 11:25 e concluirá facilmente que ser tradutor não significa que conhecemos a Bíblia ou a Deus. Ele dá-se a conhecer apenas aos "pequeninos", aqueles que se agradam em O louvar.

Quais foram os manuscritos em hebraico que o Sr. traduziu?
Depois de tanto trabalho apurado de tradução, é uma pena que o Sr não tenha concluido que o tema central da Bíblia é a legitimidade de Deus governar suas criaturas?
Todos os livros da Bíblia louvam e enaltecem o Deus verdadeiro.
Veja por exemplo estas palavras de Davi servo fiel de Deus, em Salmo 86:10 "Tu és grande e fazes coisas maravilhosas; tu, só tu, és Deus!"
Os provérbios são um livro de riquíssima sabedoria de cima.
Veja o aviso amoroso de Deus para os seus servos, sobre livros, em Eclesíastes 12:12.
Para quem conhece bem a Bíblia, não nos enganamos com livros dessa natureza, pois quem se dedica muito tempo a eles cansa-se.
Sou de mente aberta e receptivo a debates. Obrigado.
Pedro StarkMoises Silva
1 d
Tanta conversa e tantas citações!.
Deixo-lhe uma pergunta: Tem evidências que Deus existe?
Sergio CitroniMoises Silva
1 d
Rsrsrs... garanto para você que ele traduziu TODOS os manuscritos. Ele apenas não caiu no erro de acreditar que um livro é verdadeiro porque  o autor dele escreveu que o livro era verdadeiro, ele, com certeza fez uma análise detalhada do ponto de vista da redação, não está lendo os textos cego pela fé.

Uma leitura muito interessante:

Jean WyllysPedro Stark
1 d
E você, tem evidências de que não existe? Ausência de evidência não é evidência de ausência. Como o Universo pode se criar sozinho? 
Pedro StarkJean Wyllys
1 d
Concordará que o onus da prova está do lado de quem apresenta a reclamação! Eu não reclamo nada pelo que não tenho que provar nada!

Quanto ao Universo não sei como se criou. Não sei eu, não sabe você e não sabe ninguém. Existem teorias, mas na verdade ninguém sabe! Portanto a resposta correta e que se espera de qualquer pessoa intelectualmente honesta é: NÂO SEI!
Jean WyllysPedro Stark
1 d
"Quanto ao Universo não sei como se criou. Não sei eu, não sabe você e não sabe ninguém." Se ninguém sabe como o Universo "se" criou, sendo que há teorias com uma base  clara de como ele começou, você acaba de aceitar que ele foi criado, não só você como a ciência, Toda a comunidade científica aceita o Big bang como nome para a expansão inicial que sabemos que ocorreu, Se ela ocorreu, e foi "inicial" então essa expansão teve um início se teve um início teve uma causa, se teve uma causa então o meu Deus existe. 
Pedro StarkJean Wyllys
1 d
Se ela ocorreu, e foi "inicial" então essa expansão teve um início se teve um início teve uma causa, se teve uma causa então o meu Deus existe. 
Que estranha lógica!
E porque há de ser o seu Deus a criar isso? Falta a explicação para isso! Porque não um dos deuses dos Gregos?
Ludgero BernardesPedro Stark
1 d
E tu tens evidências de que Deus não existe?

Já respondi a isso mais acima! 4 posts mais acima e tens a minha resposta a isso! Essa é clássica!
Sergio SáJean Wyllys
21 h
Jean ????? estou te estranhando??  Você acredita em Deus???
Joaquim MateusPedro Stark
12 h
Meu caro Sr, Pedro Stark, pois eu tenho evidências que Deus existe mesmo "pedi e ser-vos-a dado, batei a abrir-se-a..." eu pedi e fui atendido: Deus revela-Se nas pequenas coisas, não vem com aparato. Só quem acredita consegue ver estas coisas. 
Pedro StarkJoaquim Mateus
12 h
Isso não são evidências! Os seus desejos e ânsias não são evidência de nada!
Pedir e será dado?
Quantas vezes eu já fiz esses teste? Eu e outras pessoas que conheço. E fiz isso quando era crente! Pedi e nunca nada foi dado e não estava a pedir coisas materiais!
Portanto isso não são evidências!
Joao SpeedPedro Stark
8 h
Porque os "deuses" gregos e de outras civilizações existem, continuam lá nos mesmos lugares onde antes eram vistos, mas não são deuses, são apenas servidores, na realidade os seres humanos tem na sua origem um plano de existência acima do local onde esses seres se encontram, mas visto de baixo para cima realmente parecem estar muito elevados, e em relação a este plano realmente estão, mas só existe UM DEUS ÚNICO, e mesmo o Filho do Homem é uma parte do Deus Único, apesar de estar separado do Todo, continua a ser parte do Todo... e esses ditos "deuses" dos gregos e outros servem o Deus Único... e servem-no correctamente assim como "incontáveis" outros seres humanos e outros seres que se encontram no paraíso e outras partes dos diversos universos posteriores como aquele onde nos encontramos.
João Porrete
2 d
Uh uh uh... Mais uma conspiração dos malandros dos católicos, agora desmascarada por mais um tradutor definitivo da Bíblia... Já maça haver tanto tradutor a ver o que os anteriores 16526 tradutores não viram... E dá sempre jeito lançar um livrito para ganhar umas massas à conta da Igreja...
Já agora, por acaso viram alguma notícia sobre aquela cena bombástica de há um par de anos a dizer que tinha sido descoberto um manuscrito provando que Jesus tinha sido casado com Maria Madalena, tese propugnada com grande estardalhaço por uma investigadora de Harvard? Pois descobriu-se que o tal manuscrito era forjado e a investigadora, a custo, lá admitiu que aquilo era tudo uma mentira involuntária. Não vi notícia nenhuma sobre isso. E o suposto túmulo de Jesus? Outra aldrabice. 
Francamente, não tenho pachorra para estas supostas revelações extraordinárias. 


Guilherme SilvaJoão Porrete
2 d
Não querendo menosprezar a sua opinião, pois é de facto verdade que da maneira como a notícia está escrita, (tal como muitas outras deste género), é mais para o impacto do que para a informação própriamente dita. Mas, se a única maneira de ver se algo é teoria da conspiração ou tem mais que se lhe diga é procurar por si mesmo, e é um facto de que há referências e nomes na bíblia que foram sendo alterados de tradução para tradução com os tempos, é algo que dá para conferir com 5 minutos no youtube e uma bíblia ao lado. As revelações que vierem (grandes ou pequenas) já são de si para si.
João PorreteGuilherme Silva
2 d
Concerteza. O meu único ponto é a pretensão de que se descobriu algo realmente novo, desconhecido de todos os anteriores especialistas. Há diferenças assumidas e explicáveis entre as diversas traduções e que não têm nada a ver com desígnios secretos e mal intencionados.
Pedro StarkJoão Porrete
1 d
Sobre o manuscrito que refere que Jesus tinha uma mulher, você deve ter lido apenas as notícias bombásticas dos jornais.
Efetivamente existe muita informação sobre este manuscrito e os estudos feitos por académicos sobre o assunto.

Existe muita informação online. A conclusão dos estudos feitos é que o referido manuscrito não era falso, embora datado de uma época muito posterior (séculos VII a VIII) e que não provava que Jesus era casado (ao contrário dos títulos dos jornais). Mas a bem da verdade nas escrituras conhecidas, não existem evidências que Jesus fosse também celibatário.

Após o primeiro século do cristianismo esta questão do estado civil de Jesus foi amplamente debatida porque havia correntes num sentido e noutro. A tendência que acabou por prevalecer e que tomou conta da tradição cristã é que Jesus era celibatário, mas no entanto não existem evidências de nenhuma fonte sobre o estado civil de Jesus. Todas as escrituras são omissas sobre este assunto. Apenas persiste a tradição.

Sobre o manuscrito e os estudos existe muita coisa online, mas para uma leitura rápida deixo ficar aqui o link Q&A:
http://gospelofjesusswife.hds.harvard.edu/QA
Sergio CitroniJoão Porrete
1 d
Eles viram sim, alguns até já disseram isso (http://www.baixelivros.com/jack-miles-deus-uma-biografia/), mas a maioria não estava interessada em dizer isso... faria mal para os negócios, entende?
Jean WyllysPedro Stark
1 d
A Bíblia muitas vezes fala da família de Jesus; fala também de mulheres que o acompanharam durante seu ministério e que estavam por perto quando ele foi executado. Mas a Bíblia nunca menciona que ele tivesse uma esposa. (Mateus 12:46, 47; Marcos 3:31, 32; 15:40; Lucas 8:2, 3, 19, 20; João 19:25) A razão mais lógica de a Bíblia não falar nada sobre isso é que ele nunca foi casado.Jesus falou a seus discípulos sobre alguns que não se casam para poderem fazer mais no serviço a Deus. Ele disse: “Dê lugar a isso [ficar solteiro] aquele que pode dar lugar a isso.” (Mateus 19:10-12) O próprio Jesus foi o modelo para os que decidem não se casar a fim de se dedicarem mais a Deus. — João 13:15; 1 Coríntios 7:32-38.Pouco antes de morrer, Jesus deixou sua mãe aos cuidados de um de seus discípulos. (João 19:25-27) Se Jesus fosse casado ou tivesse filhos, sem dúvida ele teria tomado providências para que alguém também tomasse conta desses familiares tão próximos.Ao ensinar como o marido deve tratar a esposa, a Bíblia usa como modelo o relacionamento de Jesus com a congregação, e não com uma esposa literal. A Bíblia diz: “Maridos, continuai a amar as vossas esposas, assim como também o Cristo amou a congregação e se entregou por ela.” (Efésios 5:25) Se Jesus realmente fosse casado enquanto estava na Terra, ele teria sido um exemplo perfeito de marido literal. Será que o versículo não teria mencionado uma esposa em vez de mencionar a congregação?
Maria Rebeca
2 d
Voltaire, no Dicionário Filosófico, já diz isso: "No princípio, os deuses fizeram, ou os deuses fez..."

Teresa VarelaMaria Rebeca
2 d
E?
Maria RebecaTeresa Varela
2 d
E, portanto, não é surpresa  que a manipulação não seja uma característica do século XXI. (há mais "E"s mas de momento este é suficiente)
july nascimento
2 d
É licito esses questionamentos, e sou leiga em questões de tradução, mas sei que muitos se aproveitariam de informações importantes, para manipular uma população ou melhor uma nação inteira, no meu ver leigo, esse tipo de informação só é lançado para descredibilizar o que é a verdade, pois como ouço sempre de uma amiga que diz " existem três verdades, a minha, a sua e a verdadeira".
Então! não estávamos lá no inicio, mas cremos por meio da Fé " que é o firme fundamento das coisas que não se vê, mas que se esperam", ou seja não adianta tentar com esses trabalhos por em duvida as escrituras, pois também está escrito que a sabedoria do homem é loucura para Deus, e quem conseguiu passar a verdadeira mensagem apesar de Lúcifer ter tentado de tudo, foi Jesus e eu creio nele. A bíblia pode ser traduzida de tudo enquanto é jeito, mas lá sempre terá um pedaço da Verdade por que o grande Eu Sou revelou a homens e somos falhos e interesseiros...
Então não acredito nesse homem e nem em outros que possam aparecer dizendo tais coisas, pois, a bíblia foi escrita em aramaico uma língua considerada morta a muitos anos, como um homem da atualidade de hoje, afirma que a bíblia não fala de Deus, pois ele tem muitos nomes. La na construção da torre de Babel, surgiram as outras línguas, ou vai dizer que ela também nunca existiu?
 Porquanto a sabedoria deste mundo é loucura aos olhos de Deus. Pois está escrito: “Ele apanha os sábios nas próprias artimanhas".
Podia falar muitas outras coisas, mas pra mim já deu.
Pedro Starkjuly nascimento
2 d
"...a bíblia foi escrita em aramaico uma língua considerada morta a muitos anos..., "
Tem noção que o Novo Testamento não foi escrito em aramaico. Certo?
Joao Speedjuly nascimento
8 h
Se está realmente interessa em saber a verdadeira Vontade de Deus, e não a dos seres humanos, leia "Na Luz da Verdade" escrita por Abdruchin.
Lembre-se: a Verdade é a Verdade, goste ou não dela, concorde ou não com ela.
Pode viver continuamente ou morrer continuamente... analise com cuidado antes de decidir se aceita ou recusa a informação.
Verifique se a nova informação não se coaduna mais com aquilo que realmente se espera de um Deus Todo-Poderoso, que todo o ser humano que não se enterrou completamente, certamente tem pressentimentos de ser algo não alcançável por si mesmo, mas apenas seu reino se conseguir respeitar integralmente e sem reservas a Vontade do Criador, colocando-se assim favoravelmente na obra de seu Criador.
Agos Sil
2 d
Querem ver que afinal sempre é de mim que fala???
Acácio Bule Vapor
3 d
nao posso cre
josé maria
3 d
"A Bíblia não é um Livro Sagrado”

Aquela personagem perversa do Antigo Testamento é Deus ?

Se for, é de fugir.

Se não for, então é evidente que a Bíblia está repleta de passagens não sagradas e genuinamente demoníacas.
José Ramos
3 d
De cada vez que se fala de livros considerados "sagrados" é impossível ter uma opinião livre e tão exacta quanto possível sem congregar a hostilidade, se não o ódio, dos crentes das várias tradições, traduções e óbvias traições dos textos originais. Quem melhor que um erudito agnóstico para analisar filológica, literária e historicamente um livro tido como sagrado nas suas múltiplas e contraditórias versões?!... 
Teresa Varela
3 d
Sinceramente, não tive paciência de ler até ao fim, dado o disparate inicial.
O homem pode ser o melhor tradutor do mundo, mas quem "inventou" o monoteísmo não foram os cristãos e sim os hebreus, muitas centenas de anos antes de existirem cristãos, logo se alguém traduziu mal, seja lá o que for, foram os próprios hebreus.
Depois, a Bíblia é composta por dois grandes livros, o Antigo e o Novo Testamento, sendo que o Antigo Testamento é basicamente igual para cristãos e hebreus.
As questões, a serem levantadas, seriam acerca do Novo Testamento , mas, tal como referi antes, o Deus único, Monoteísta,  é muitos e muitos séculos anterior ao Novo Testamento- Este é uma colectânea de livros, escritos após a morte e ressurreição de Jesus Cristo. por diferentes autores e em diferentes alturas. Tanto quanto se sabe existem mais livros, mas a Bíblia, tal como a conhecemos hoje, é composta pelo Antigo e pelo Novo Testamento, sendo que este último foi definido no Concílio de Trento, século XVI, ou seja,  foram escolhidos os Livros que o compõem.
Pelo que nada deste artigo faz sentido, uma vez que parte de um pressuposto absurdo.
José RamosTeresa Varela
3 d
A colectânea de livros conhecida entre os cristãos por Bíblia não tem "dois grandes livros".
Depende. Por exemplo, a Católica tem 73 livros, pertencendo 46 ao Antigo Testamento. Porém, desses 46 apenas 5 pertencem à Torah. Creio, no entanto, que houve alterações entre o primeiro concílio de Niceia e o de Trento.
A Bíblia de Lutero tem 66 livros e penso (não sou um "expert" na matéria) que há alterações conforme as diversas variantes protestantes, sobretudo as pentecostais. A Bíblia do Rei Jaime, de 1611, é diferente da de Tyndale, traduzida cerca de um século antes para o Inglês e depois proibida e destruída.
Como vê, há bíblias para todos os gostos, há vontade do freguês, tendo cada freguês a "certeza" que a sua é a "verdadeira" e a "unica".
Pessoalmente, prefiro a opinião Mauro Biglino que, para além de ser um perito, não é certamente um sectário.
Teresa VarelaJosé Ramos
3 d
A Bíblia a que o antigo tradutor se refere é a dos católicos. Digo eu, já que o homem trabalhava para o Vaticano.
Dizer que são 2 grandes livros é uma forma de colocar a questão- Mas, se preferir é composta pelo Antigo e pelo Novo Testamento, os quais por sua vez são colectâneas de diversos livros, de diferentes autores.
Para os hebreus, tanto quanto se sabe, os inventores do Deus único, Deus não tem nome, ou, mais exatamente ,eles não se podem referir a Deus pelo seu nome, pelo que se referem a Deus através dos seus diferentes atributos, Assim, Elohim é um substantivo que se refere a "Deus" ou "deuses" quando no plural, usado na língua Hebraica moderna e antiga, Yaveh  é "aquele que traz à existência tudo que existe" e como os "nomes ou atributos de Deus são imensos, não vale a pena pôr aqui todos.
Quanto a acreditar, bem, meu Caro, acreditar em Deus é uma questão de fé, mas acreditar nos disparates que estão escritos neste artigo ultrapassa em muito qualquer conceção do que é fé.  Pois o artigo começa por dizer que foram os cristãos que "inventaram" o Deus único, sendo que, tanto quanto nos é dado saber, através do conhecimento histórico, o Deus único foi "inventado" pelos hebreus, muitas, mas mesmo muitas centenas de anos antes de existirem cristãos, os quais só passaram a existir depois do nascimento, morte e ressurreição de Cristo.
Não, não tem que acreditar que Cristo era filho de Deus, nem que nasceu da Virgem Maria, nem que ressuscitou, mas certamente Cristo existiu, quer se lhe atribua uma essência divina, quer não.
Assim, como é que se pode dar qualquer tipo de crédito a um pretenso artigo jornalístico que parte de um  pressuposto absurdo?
Se o antigo tradutor pretende revelar grandes segredos extraordinários ou se apenas quer protagonismo, não me interessa absolutamente nada, mas será melhor escolher bem a quem faz essas revelações bombásticas, pois quem escreveu este artigo não faz a mínima do que está a falar, pelo que só lhe poderá retirar credibilidade e expô-lo ao ridículo.

Teresa VarelaJosé Ramos
3 d
Já agora, o conteúdo do Antigo Testamento encontra-se no   Tanakh, apenas não está na mesma ordem que está na Bíblia 
O Tanakh é constituido pelo Torá, pelo Nevi'im  e pelo Ketuvim
Naturalmente poderão existir outros escritos, mas o essencial é comum ao Antigo Testamento e ao Tanakh
José RamosTeresa Varela
2 d
E que tal ler primeiro e tirar conclusões depois? Não lhe parece ser esse o único método sério? Não lhe suscita curiozidade? A Bíblia não é um Livro Sagrado - Volume I de Mauro Biglino"A divindade, entendida na sua acepção espiritual, não está presente no Antigo Testamento. Concretamente, na Bíblia não está Deus nem qualquer culto que Lhe seja dedicado. É por essa razão que o título afirma que a Bíblia não é um livro sagrado. Quem interveio, ao longo dos séculos, para modificar a Bíblia? Seremos vítimas de um grande engano? Leia este livro e descubra muito do que está contido na Bíblia."
Maria RebecaJosé Ramos
2 d
Voltaire fala nisso. Coloquei um comentário com um link para o Dictionnaire Philosophique mas o Observador avisou-me que vai moderar... talvez demore algum tempo... ou talvez não seja bem recebido...
José RamosMaria Rebeca
2 d
Lá está! Não conhecia o DF de M. Voltaire. O Prof. Pangloss disse-me para ir com caaaaaaaaalma!!!!!! Obrigado.
Teresa VarelaJosé Ramos
2 d
Ok, não falei do livro, não o li. Falei deste artigo do observador, que faz afirmações disparatadas. Nem sei realmente o que o homem disse, o jornalista pode ter traduzido ou percebido mal.
E agora falando mesmo, mesmo, a sério, identifica o que é isto?
Chama-se publicidade, encapotada, é certo, mas bem conhecida.
O homem não é parvo, sabe bem o que aconteceu com o Código Da Vince, duvido é que o Vaticano vá cair na esparrela duas vezes seguidas.
Leu o livro? Era giro, mas claro, quando chegou ao final, o Dan Brown já não tinha mais respostas, tal como nós não temos.
Para trás temos a história e todas as teorias da conspiração, mas para a frente, só podemos ter projeções de duvidosa fidedignidade e futurologia.
Mas, eu atrevo-me, agora, a fazer futurologia, este livro não vai ter nem metade das vendas do Código da Vince, pois o Vaticano vai, pura e simplesmente, ignorá-lo.

Pedro StarkTeresa Varela
2 d
O Código  da Vince é ficção  pura e dura. Quem acreditou que o Código da Vince tinha qualquer coisa próximo do real, está claramente a precisar de tratamento.
Este senhor era tradutor, ou seja aparentemente tinha acesso ás fontes mais antigas sobre as escrituras e que eu saiba  não escreveu um livro de ficção.  Eu vou lê-lo tal como já li muitos outros livros de académicos que estudam a Bíblia como objeto científico e não como escrituras sagradas!
Nema Godinho
3 d
Que mais nos será dado ver neste mundo? De facto o mundo inverteu-se e cada vez está mais doente... Então os Livros Sagrados não falam de Deus, este senhor ao fazer uma afirmação destas está a pôr em causa as duas religiões que foram e são um marco na história da Humanidade: a religião Judaica- Cristã! Se assim fosse teríamos a maior farsa neste planeta desde o seu começo até aos dias de hoje! Vem Senhor Deus não tardes porque este mundo está a tornar-se inabitável!
Pedro StarkNema Godinho
3 d
Mas pode acreditar que todas essas religiões são uma farsa! Não se deixe impressionar pelo número de fiéis. Perante a realidade e os factos, isso não quer dizer nada! E descanse porque o Senhor Deus não vai vir!
Conceber que tudo possa não passar de uma invensao humana. Ai balha-me deuzzzzzzzz
Rui PachecoNema Godinho
3 d
Entao nao era suposto serem duas religioes?
Teresa VarelaPedro Stark
3 d
Sério, Pedro Stark?
Diz o senhor pelo facto de possuir dons divinatórios, correto?
Dou-lhe um conselho, que não me pediu, não se preocupe com a fé ou falta de fé dos outros,
Houve um tempo em que o "pessoal" achava que o Sol andava à volta da Terra, pois, seguramente, a Terra era o lugar mais importante do Universo. Galileu acabou por ter que se retratar,  quando afirmou o contrário, pois a Terra andar à volta do Sol não agradava à igreja.
Ora, o seu comentário revela o mesmo tipo de prepotência que a igreja tinha nesses tempos da Idade Média.

Pedro StarkTeresa Varela
2 d
Não é prepotência. É uma coisa chamada evidência!
Sabe o que é isso?
As duas palavras acabam em "ência" mas querem dizer coisas totalmente opostas.
José RamosNema Godinho
2 d
"Este senhor" não está a pôr em causa "as duas religiões que foram e são um marco na história da Humanidade", limita-se, como erudito e conhecedor dos textos e das suas múltiplas e, muitas vezes, contraditórias versões, a pôr em causa as más traduções; as traduções oportunistas, tendenciosas e feitas por medida ao longo dos séculos.
Teresa VarelaPedro Stark
2 d
Pois, a igreja dizia exatamento o mesmo.
Pedro StarkTeresa Varela
2 d
A evidência não faz parte do léxico da igreja. A Igreja não apresenta evidências de nada.  A fé é tudo para a igreja e os crentes. Eles tinham fé que a terra seria redonda porque tinham fé nas escrituras. Como certamente saberá, quem apresentou evidências para sustenar a sua afirmação foi o cidadão que esteve ás portas da morte!
truth warningPedro Stark
1 d
Você como não viu ninguém construir a sua casa, acredita também que ela apareceu do nada.

É uma loucura afirmar que todas as formulas matemáticas, a biologia e todas as ciências, vieram do caos!!!!!
truth warningNema Godinho
1 d
QUEM É MEU NÃO PRECISA TEMER O QUE IRÁ ACONTECER28/02/1996

"Por caminhos inescrupulosos vivem as sociedades nas grandes cidades. Até as pequenas também junto vão caminhando. Quem procura se sujar, não se afasta da sujeira. Lá está a perdição da humanidade, pondo em risco até as crianças, com seus atos diabólicos.A pornografia e os palavrões são dirigidos por um só, o diabo; ele, Meu filho, nestes últimos tempos, fez que plantassem suas armadilhas perto das famílias. Na rua que leva à Igreja, os homossexuais ficam parados nas ruas atacando os que nada tem a ver com esta podridão. Com isso, as criancinhas vão aprendendo o que eles fazem. É um desrespeito. Esses, que se dizem “homens”, o inferno está lotado. Desses perdidos, muitos deixam suas mulheres para entregarem-se nesse caminho só de pecado.Bento, Meu filho, as horas, para esta gente são muito poucas. Eles estão completamente perdidos. Os rios farão a limpeza daqui para frente. Sobre estas cidades as chuvas irão cair constantes, com fortes ventos, formando tempestades em muitos lugares. Quem não dá a mínima importância para a disciplina, fica sujeito a sofrer graves acidentes e castigos um após outro, até que venha o Filho do Homem, que Sou Eu, Jesus, o Salvador da humanidade.Meus filhos, não há razão de sentirem medo do que irá acontecer porque tudo tem que se cumprir. Quem está Comigo tem que ter muita fé. É preciso sim, que continue rezando como fez Noé com a sua família. Dentro da arca, rezou o tempo todo, enquanto o castigo caía. Por sua fé nada lhe faltou e nem á sua família. Assim acontecerá a vocês. Pode até ser pertinho de onde vocês moram. Na hora que vierem as tormentas, estando Comigo, Minhas mãos livrarão todos. Também estará junto a Minha Mãe com os Meus Anjos e Santos.As labaredas de fogo farão surgir um forte odor de enxofre, mas não será mortífero para os filhos da luz. Meu Pai abreviou este dia por causa dos escolhidos, senão, não sobraria ninguém.Vejam, Meus filhos, até isto dou o conhecer a vocês, que estão Comigo. Não quer dizer que ninguém sofrerá o mal. Quando chegar o momento de Minha volta, vocês passarão a receber o Filho de Deus junto com aqueles que se levantarão da terra para a vida eterna. As lágrimas cairão de seus olhos, mas não será de tristeza e sim de alegria. Esse será o momento mais lindo que os olhos do ser humano possam ter visto. Para os que nada fizeram, suas lágrimas serão de tristeza e horror, porque serão como animais no inferno. As vidas dessas pessoas acabar-se-ão por ali. Não haverá mais perdão. O que passou, passou. O mundo, daqui para frente, sofrerá castigos constantes. A terra terá um descontrole, pela sujeira que os corruptos vem fazendo, ferindo Meu Pai que está no céu, vendo tudo o que fazem esses, que não temem o seu Criador.Obrigado, filho amado. As leis de Meu Pai, não sendo reconhecidas, os governantes nada mais podem fazer. Fica com a Minha Paz! Jesus"

ceifadores.com.br

Mensagem recebida pelo Profeta Pedro II (Bento da Conceição) - Taquaras – Balneário Camboriú – Santa Catarina – Brasil. Informações fone- fax: (0xx47) 3367-7110 ou (0xx47) 9234-1114 (Vivo) ou (0xx47) 9112-8000 (Tim) ou (0xx47) 3360-7167

Zezinha AmendoeiraNema Godinho
1 d
desculpe eu não tenho nenhuma religião,mas gostava de perguntar a todos ,se deus existe onde anda ?? que não faz nada em relação as crianças que andam a morrer de fome ,frio,violadas,enfim uma lista interminável.Me pergunto todos os dias que deus é este !?!?!? por favor todos sabemos que só existem religiões,para fazer guerras em nome desses deuses, são essas "seitas"  que mandam na sorte destas crianças e imigrantes,são eles que mandam nos que fazem os atentados. SE ELE EXISTE, QUE EM DÊ A PROVA QUE ACABE A GUERRA A FOME E QUE TUDO VIR O PARAÍSO. POR FAVOR ESTAMOS NO S.XXI. SE querem saber só tenho 6 anos de escola ,não acredito em contes de fadas.
Pedro Starktruth warning
13 h
Eu se não vir ninguém construir a minha casa digo precisamente isso, ou seja que não sei quem construiu a minha casa. Não vou dizer automaticamante que foi o Manuel ou o Joaquim ou Deus.

Agora num outro tipo de registo, sabe que existem milhares de histórias sobre como esta nossa casa surgiu? Você deve estar familiarizado com a história que vem de uma zona do mundo algures entre a África e a Europa e a Ásia. Mas se for ouvir histórias de povos do norte da Europa, da Ásias, das Americas, vai ouvir histórias totalmente diferentes!

E sobre as formulas matemáticas, elas foram inventadas pelo génio humano e as ciências também!
E felizmente que o homem inventou o método científico para nos ajudar a entender o mundo porque aquelas explicações religiosas deixavam muito a desejar!

E ainda bem que não acredita nessas historias. São apenas histórias entre muitas e mais nada!
Deus não existe ou se existe não está interessado em nós!

Joao SpeedPedro Stark
8 h
Realmente as religiões são um farsa.
Deus é demasiado grande para caber na criação toda desde o topo até à parte mais longínqua... na realidade esta Criação é apenas mais uma de suas obras que no todo se parece com um grau de pó... mas os seres humanos por cá ainda pensam que são o centro de tudo quanto existe... quão longe estão da realidade.
Quanto ao Filho do Homem já cá esteve, mais que uma vez... mas tal como era previsível não deram por ele e ainda o esperam... ficou a sua obra (no sentido literal "livros") para quem ainda quiser encontrar a Verdade tal como ela realmente é e não como o raciocínio humano doente achou que deveria ser.

Amon Rá
3 d
Um dia, não muito distante, quando se descobrir a verdade escondida pela Igreja Católica, que representa um obscurantismo de 20 séculos, a "casa" vai abaixo...
Carlos Carvalho RodriguesAmon Rá
1 d
Se a verdade está escondida como é que você sabe que a casa vai abaixo?
E como é que você sabe que há uma "verdade escondida"? Já a viu?
Bem, se já a viu é porque não está lá muito escondida.
Tem alguns indícios da existencia de uma "verdade escondida"?
Onde é que os encontrou? Nos livros do Dan Brown?
Ele deve estar a referir-se certamente à Verdade que pode ser encontrada nos livros "Na Luz da Verdade" escritos por Abdruschin, onde se esclarece a humanidade acerca da sua origem, o que fazem cá e para onde irão... e onde se "malha forte e feio" nas religiões por andarem a divulgar o que é errado e ainda nos que as seguem por aceitarem coisas que não passariam por qualquer pensamento mais crítico... onde literalmente tem de se acreditar às cegas em coisas sem qualquer lógica.
João Kissol
3 d
A 'Novilíngua' orwelliana em acção...

Afinal a Bíblia não fala de Deus... - deve ser do Socialismo e do evangelho de Karl Marx...
Josephvs Alves
3 d
Pobre Origen
Com este iluminado deve andar as voltas na sepultura!
Juan De Austria
3 d
Igreja católica inventou o monoteísmo...

MAIS NADA...e é este gajo o especialista!!!
Eu espero que tenha sido um erro de tradução. Senão, lá se vai o rigor. 
Joao SpeedJuan De Austria
8 h
O Deus Único é realmente uma revelação dada a certo ponto da evolução dos povos, quando os mesmos estão prontos para receberem tal informação.
Já muito antes se sabia do Deus Único, mas como muitas coisas mais tal acabou por se perder... e perder será realmente o termo, pois sua Alteza o Filho do Homem deixou claro que muitos dos documentos originais iriam reaparecer ao longo dos tempos para esclarecer a humanidade acerca da sabedoria do passado e corrigir-se erros do passado com relação a informação que foi veiculada como verdade mas que era de facto mentira.
A Verdade terá de vir ao de cima e virá: garantidamente.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook